Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: aldeia historica

Tag Archives: aldeia historica

O Ciclo “12 em Rede – Aldeias em Festa” 2021em Idanha

Sabores e iguarias de Idanha-a-Velha inspiram um dia pleno de emoções na Aldeia Histórica

Sob o mote “Nas Terras do Rei Wamba… Há Pão!”, o Ciclo “12 em Rede – Aldeias em Festa” 2021 promove, no próximo dia 30 de outubro, um dia dedicado à gastronomia da Aldeia Histórica, com muitas surpresas e atividades para todos os gostos e idades.

Reza a lenda que, no lugar que hoje conhecemos como a Aldeia Histórica de Idanha-a-Velha, um humilde lavrador chamado Wamba tornou-se rei dos Visigodos (um dos vários povos que passou por aquele território). Ancorada numa paisagem de montado e olival, naquele tempo e até hoje, o sustento dos homens andou sempre de mão dada com a terra.

A gastronomia é, por isso, um dos grandes atrativos da Aldeia Histórica de Idanha-a-Velha, sendo o mote para o décimo evento do Ciclo “12 em Rede – Aldeias em Festa” 2021 que, durante todo o ano, leva animação e cultura às 12 Aldeias Históricas de Portugal.

Com o tema “Nas Terras do Rei Wamba… Há Pão!”, no próximo dia 30 de outubro, visitantes e habitantes podem participar, por exemplo, em workshops para aprender a fazer pão ou “borrachões” (biscoito típico da Aldeia Histórica de Idanha-a-Velha), visitar a mostra de produtos endógenos, ouvir “Estórias de Pão” (atividade direcionada para o público infanto-juvenil), assistir ao lançamento do Fascículo II de receitas desenvolvidas e confeccionadas nos workshops das edições 2020/2021 do Ciclo de eventos “12 em Rede” ou ao showcooking “Ervas e Aromas” com a chef Maria Caldeira de Sousa.

Como, pelo notável conjunto de ruínas que conserva, a Aldeia Histórica de Idanha-a-Velha é uma das mais importantes estações arqueológicas do país, o evento irá incluir, também, momentos lúdico-educativos sobre o tema. Por exemplo, duas visitas ao atelier “MosaicoLab”, que se irão focar no legado da arte do mosaico pela civilização romana, e que pode ser observado em Idanha-a-Velha, e um percurso orientado pela extraordinária coleção epigráfica da Aldeia Histórica. As visitas atelier “MosaicoLab” repetem-se ainda no dia seguinte, domingo, dia 31 de outubro.

Não faltará também um momento musical, com a acordeonista, cantora e compositora Celina da Piedade, cuja sonoridade folk, inspirada no cancioneiro tradicional alentejano, promete terminar o dia de sábado, em grande, na Aldeia Histórica de Idanha-a-Velha.

Devido à pandemia, a participação no evento será limitada e sujeita a inscrição prévia – mas a festa poderá ser sentida e vivida em todo o mundo, via streaming, no Facebook das Aldeias Históricas de Portugal.

A inscrição, que é gratuita, pode ser feita para a totalidade do evento ou apenas para um momento específico, como um concerto ou uma visita guiada – sendo que o limite de participantes dependerá do espaço e da tipologia de cada atividade. Pode inscrever-se para o evento na Aldeia Histórica de Idanha-a-Velha junto do Gabinete de Turismo da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova, de forma presencial ou através do número de telefone 277202900 ou do turismo@cm-idanhanova.pt, ou o Posto de Turismo de Idanha-a-Velha, de forma presencial.

O evento é promovido pela Aldeias Históricas de Portugal – Associação de Desenvolvimento Turístico, numa organização do Município de Idanha-a-Nova, Junta de Freguesia da União de Freguesias de Monsanto e Idanha-a-Velha, Associações e Agentes Económicos locais. Uma iniciativa apoiada pelo Centro 2020, Portugal 2020 e Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, através do Programa de Valorização Económica de Recursos Endógenos (PROVERE).

Entre nesta festa e viva um dia inesquecível na Aldeia Histórica de Idanha-a-Velha!

Programa do evento e limite de participantes:

30 de outubro
08h – 17h – Vamos ao Forno!
Local: Forno Comunitário
15 pax máx

11h – 12h – Atelier de Borrachões
Local: Forno Comunitário
15 pax máx

10h – 17h – Mostra de Produtos Endógenos
Local: Envolvente da Sé / Lagar de Varas

10h – 12h – Atelier MosaicoLab #1
Local: Largo do Espírito Santo/ Recinto de Festas
10 pax máx

10h – 12h – Estórias de Pão #1
Local: Antiga Casa da Câmara
10 pax máx

10h30 – Receituário Colecionável | Lançamento Fascículo II
Local: Igreja de Sta. Maria /Sé de Idanha-a-Velha
50 pax máx

11h – Visita Orientada| Árvores com História
Início: Porta Norte
12 pax máx

14h – 16h – Visita Atelier MosaicoLab #2
Local: Largo do Espírito Santo/ Recinto de Festas
12 pax máx

14h – 16h – Estórias de Pão #2
Local: Antiga Casa da Câmara
10 pax máx

15h – Showcooking | Ervas e Aromas – entre a História e a Tradição
Local: Palheiros de São Dâmaso
10 pax máx

15h30 – Prova de Bolos de Forno
Local: Forno Comunitário
15 pax máx

16h – Artes de Rua | Rasto – Companhia Erva Daninha
Local: Exterior da Igreja de Sta. Maria /Sé de Idanha-a-Velha

17h15 – Visita Orientada | Valete Vos Viatores
Local: Pavilhão Epigráfico
12 pax máx

21h – Concerto | Celina da Piedade
Local: Igreja de Sta. Maria /Sé de Idanha-a-Velha
Sujeito à lotação do espaço

31 de outubro
Visita Atelier MosaicoLab
Sessão #1 – 10h30
Sessão #2 – 12h30
Local: Largo do Espírito Santo/ Recinto de Festas
12 pax máx

A festa só acaba em novembro!
O Ciclo “12 em rede – Aldeias em Festa” 2021 só termina em novembro! Depois de Idanha-a-Velha, a festa segue para Monsanto, a 6 de novembro.

Ciclo “12 em Rede” celebra a força e o poder da mulher na Aldeia Histórica de Castelo Mendo

O Ciclo “12 em Rede – Aldeias em Festa” 2021 vai levar mais vida e animação à Aldeia Histórica de Castelo Mendo, no próximo dia 26 de junho, o tema do evento, “D. Mendo, a Donzela Que se Fez Varão”, simboliza a força e o poder da mulher e vai dar o mote para um dia pleno de emoções.

A figura feminina, o poder e a força da mulher vão estar em destaque no próximo dia 26 de junho, na Aldeia Histórica de Castelo Mendo. Partindo do rimance (pequeno canto épico) “A Donzela Que Vai À Guerra”, o Ciclo “12 em Rede – Aldeias em Festa” 2021 vai promover um dia repleto de diversão, para miúdos e graúdos.

Um dia para celebrar o feminino, mas também a cultura, a gastronomia, as tradições e costumes de Castelo Mendo, com uma programação dedicada a toda a família. Habitantes e visitantes são convidados a participar em jogos, desafios e passatempos para descobrir a História de Castelo Mendo. Para desfrutar da gastronomia do território, haverá um piquenique recheado de produtos típicos da região e um showcooking com o conceituado chef Álvaro Costa. O evento contará ainda com um concerto, “O Tempo Não Parou”, um projeto colaborativo criado em residência artística no território de Castelo Mendo, com direção artística de Hélder Costa, no qual participará a inigualável Maria João. E o dia termina com a performance e gravação de podcast “Entre Braga e Nova Iorque”: “Donzela Que se Fez Varão – O Poder e a Liberdade da Mulher”, nas ruínas da Igreja de Santa Maria do Castelo.

Devido à pandemia, a participação no evento será limitada e sujeita a inscrição prévia – mas a festa poderá ser sentida e vivida em todo o mundo, via streamingno Facebook das Aldeias Históricas de Portugal.

A inscrição, que é gratuita, mas necessária, pode ser feita para a totalidade do evento ou apenas para um momento específico, como um concerto ou uma visita guiada – sendo que o limite de participantes dependerá do espaço e da tipologia de cada atividade. Para se inscrever para o programa do evento na Aldeia Histórica de Castelo Mendo é necessário contactar o Posto de Turismo de Almeida, através do número 217 570 020 ou do email turismo.almeida@cm-almeida.pt, o café Venceslau, em Castelo Mendo, a Junta de Freguesia de Castelo Mendo, pelo número de telefone 912 149 316 ou o email uf.cmamm@gmail.com ou as Aldeias Históricas de Portugal, através do número 275 913 395 ou do email inovacao@aldeiashistoricasdeportugal.com.

Este evento é promovido pela Associação de Desenvolvimento Turístico Aldeias Históricas de Portugal, numa organização do Município de Almeida, Junta de Freguesia de Castelo Mendo, Associações e Agentes económicos locais. Uma iniciativa apoiada pelo Centro 2020, Portugal 2020 e Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, através do Programa de Valorização Económica de Recursos Endógenos (PROVERE).

Programa do evento e limite de participantes
A partir das 10:30
Programação para Famílias
13:00
Pic-nic nas imediações da Aldeia
60 pessoas máximo
16:00
“DOM MENDO, Donzela que se fez Varão” (Visita Guiada/ Percurso Performativo)
30 pessoas máximo
19:30
Showcooking
Degustação com Chef Álvaro Costa
60 pessoas máximo
21:30
Concerto – “Tempo Não Parou” com Maria João
100 pessoas máximo
23:00
“Donzela que se fez Varão” – O poder e a Liberdade da Mulher (Performance e gravação de podcast “entre Braga e Nova Iorque” )
15 pessoas máximo

A festa só acaba em novembro!
O Ciclo “12 em rede – Aldeias em Festa” 2021 só termina em novembro! Depois de Castelo Mendo, a festa segue para Sortelha, a 3 de julho; Belmonte, a 10 de julho; Almeida, a 17 de julho; Linhares, a 31 de julho; Castelo Rodrigo, a 28 de agosto; Marialva, a 11 de setembro; Piódão, a 25 de setembro; Idanha-a-Velha, a 30 de outubro; e Monsanto, a 6 de novembro.

Grande Rota das Aldeias Históricas de Portugal de 20 a 22 de março

Resultado de imagem para aldeias historicas mapa  A Grande Rota das Aldeias Históricas de Portugal foi
renovada, remarcada e está como nova ao fim de 15 anos. Pode ver com os
seus olhos e senti-la debaixo dos seus pés. Dois dias de caminhadas
simultâneas nas 12 Aldeias Históricas de Portugal. Irão ser mais de
mil pessoas a caminhar pela história e patrimônio do Centro de Portugal.
Assim deixamos programa que vai ser realizado:

[ Sexta Feira, 20 de Março ] Local: Linhares da Beira
Horário: 15h
Apresentação pública do projeto

[ Sábado, 21 de Março ] Duração: 5 a 6 horas
Hora de concentração na AHP: 9:00
Locais com passeio em simultâneo: AHP – Castelo Rodrigo, AHP – Almeida,
AHP – Sortelha, AHP – Idanha-a-Velha, AHP – Marialva, AHP – Castelo
Novo

[ Domingo, 22 de Março ] Duração: 3 a 4 horas
Hora de concentração na AHP: 9:00
Locais com passeio em simultâneo: AHP – Castelo Mendo, AHP – Belmonte,
AHP – Trancoso, AHP – Piódão, AHP – Linhares da Beira, AHP – Monsanto,
Penamacor; Pinhel; Gouveia e Seia

INSCRIÇÕES:
http://bit.ly/inscricoes-grahp

MAIS INFORMAÇÕES:
gr22@aldeiashistoricasdeportugal.com
Fonte:aldeias históricas

Algodres recebe 4º Encontro Rural

Foi neste domingo, que a freguesia de Algodres, recebeu a quarta edição dos encontros rurais 2014, onde participaram gentes de variados pontos do nosso Portugal.

A recepção aos turistas teve lugar no salão da Junta de Freguesia, onde o presidente da junta local, Paulo Dinis, deu as boas vindas e agradeceu a presença na aldeia com muita história deste grupo de pessoas que se vai interessando por conhecer as localidades mais rurais deste nosso interior.

Após a sessão solene, era hora de todos caminharem um pouco pelas ruas da freguesia e visualizarem e obter também registos fotográficos e sob a preleção do Bruno Rebelo, todos ficarem a conhecer a historia e os usos e costumes desta aldeia, pois foram visitados os principais locais onde o tempo acabou por ser escasso para ver todas as potencialidades históricas desta aldeia de Algodres, no concelho de Fornos de Algodres.

Ainda houve tempo de saborear pelo meio algumas iguaria regionais oferecidas pela confraria da urtiga e claro também os visitantes puderam assim adquirir alguns desses produtos regionais deste concelho.
O almoço convivio estava agendado para a freguesia vizinha do Casal Vasco, num local tambem com muita historia, o solar dos Caceres, assim sendo, estiveram presentes membros das confrarias da Urtiga, das Aldeias e dos Aldeões, do Caco, do Melão de Casca de carvalho, do Presunto e Cebola, alguns  anónimos.
No final o balanço foi positivo, onde o presidente Paulo dinis estva satisfeito por ser um dia enriquecedor para a freguesia, eos visitantes encantados com a quantidades de história que esta aldeia lhes proporcionou e tanta beleza nela existe.
Assim  é o turismo a ser cada vez mais a aposta das regiões deste nosso interior cada vez mais desertificado.

texto e fotos de Antonio Pacheco

ENCONTROS RURAIS! DIA 4 DE MAIO |ALDEIA DE ALGODRES

Em 2014 serão 14 Encontros, em 14 Aldeias, com 14 Almoçaradas e 14 Conversas.
Em
2014 iremos levar a efeito 14 Encontros Rurais, em aldeias de todo o
país, pelo que o convidamos a participar nestes magníficos momentos e a
apreciar o melhor da autenticidade do nosso território nacional. Em
todos os encontros visitaremos uma aldeia, com um guia que explicará a
história de terra e as tradições que permitem que estes lugares
continuem a subsistir. Em todos os encontros terá lugar um almoço que
ficará na memória de todos, pelos sabores autênticos e não só… Em
todos os encontros teremos um convidado especial que intervirá durante
dez minutos sobre um tema pertinente para o desenvolvimento rural.
Assim, fica o desafio para esta incrível viagem ao coração da nossa
portugalidade e o convite para saborear os melhores sabores que
sobrevivem entre nós.

Vem aí o quarto dos ENCONTROS RURAIS!
DIA 4 DE MAIO |ALDEIA DE ALGODRES
O número de participantes estará limitado aos 50 primeiros inscritos em mais um maravilhoso ENCONTRO RURAL!

Reserve já a sua inscrição AQUI.

                  
PROGRAMA
11:00 horas
Receção dos participantes na sede da Junta de Freguesia de Algodres
Degustação dos primeiros sabores urticantes (pão de urtigas + queijo urticante+manteiga de urtigas +bebidas.
Visita à aldeia de Algodres, com guia local
Colocação da placa da Rota da Confraria das Aldeias e Aldeões de Portugal;
Sessão de (in)formação “Urtiga para Tótós”, por Sofia Oliveira, Confraria da Urtiga (15m) (Solar dos Cárceres);
13:00 horas – Almoço urticante no Solar dos Cárceres, Casal Vasco(  http://www.solardoscaceres.com/  )