Início » Tag Archives: ana borges (Pagina 2)

Tag Archives: ana borges

Ana Borges e Rui Mota Bicampeões Nacionais pelo Sporting

O Sporting CP foi neste domingo Bi Campeão de futebol feminino, depois de vencer o Valadares por 4-1.

Assim, Ana Borges a preencher esta temporada com letras de ouro, depois de ser eleita a melhor jogador do ano, revalida agora o titulo de campeã nacional, ao serviço da turma leonina.

Mas outra figura muito importante na estrutura do clube, é da região das beiras, de Seia, isto é, Rui Mota, enfermeiro do clube nesta secção.

Assim , são elementos da região das beiras que vão assim ganhando títulos por bandas de Alvalade.

Ana Borges eleita jogadora do Ano nas Quinas de Ouro

Decorreu em Lisboa, a Gala Quinas de Ouros, uma organização da FPF, com os melhores atletas masculinos e femininos a serem distinguidos.

Desta forma, mais um feito para a gouveense Ana Borges que ao serviço do Sporting CP e da Seleção Nacional arrecadou o troféu de Jogadora do Ano.

Desta região destacamos, o Treinador do Benfica (Jun), João Tralhão e Francisco Neto (Seleção A Feminina) que também foram distinguidos.

Por:AP foto:Quinas de ouro/FPF360

Feminino- Supertaça com Ana Borges , no Sporting, Silvia Rebelo, no Sp. Braga

Andreia Botelho na equipa de arbitragem da final

Vai realizar-se este domingo , no Estádio Efapel Cidade de Coimbra, com  as equipas do Sporting e do Sp.Braga a mostrar todo seu valor, pelas 15 horas.

Assim uma partida que vai de certo ter uma boa moldura humana, Ana Borges e Silvia Rebelo vão mostrar as suas potencialidades e na arbitragem, vai estar a marcar presença a jovem, Andreia Botelho, da AF Guarda.

 

 

Silvia Rebelo, Ana Borges e restante staff da Seleção Feminina recebidas em Belém

19989510_1433839393349250_2777437328746061265_nA Seleção Nacional AA Feminina vai participar no Europeu da categoria e vai daí, foi recebida pelo Presidente da República, numa cerimónia de deixar boa viagem a toda a equipa.

Nesta formação salientamos, Silvia Rebelo e Ana Borges, assim como selecionador Francisco Neto, por serem da região das Beiras.

Apesar de ser a primeira participação, Mónica Jorge tem também muito mérito, dado que foi ela a mentora de toda esta equipa, anteriormente e agora em funções diferentes de Diretora, mas sempre atenta à realidade.

Por:António Pacheco

Foto: Presidência da República

Silvia Rebelo e Ana Borges homenageadas em Gouveia

IMG_3909Uma cerimónia simples mas com grande significado, teve lugar , no Municipal do Farvão, no intervalo do encontro Gouveia-Águeda.

Deste modo, as atletas da cidade jardim, Sílvia Rebelo e Ana Borges (representada por Marta Cova), foram homenageadas pelo Município de Gouveia, com a presença do Presidente Luis Tadeu e o Vereador Jorge Ferreira, e também pelo Desportivo de Gouveia e Fundação Laura Santos, na presença dos diretores do clube.

Por:António Pacheco/Sofia Pacheco

Ana Borges triunfa na Gala Quinas de Ouro da FPF

17203199_10213055715373764_5470146990696927564_nMelhor Jogadora Feminina do Ano

Na noite desta segunda -feira, Ana Borges foi premiada na Gala das Quinas de Ouro da FPF, como Melhor Jogadora do Ano.

A atleta oriunda do concelho de Gouveia, tem feito um percurso notável, pois nesta altura está a defender as cores do Sporting.

Acabou por ter mais votos em relação Cláudia Neto e Matilde Fidalgo, todas elas com excelentes prestações, quer nos seus clubes ou Seleção Nacional.

Para esta gouveense este prémio também é fruto da sua dedicação e esforço dispensado diariamente.

Decerto que, esta conquista da atleta gouveense vem dar muito mais ênfase ao desenvolvimento do futebol feminino no distrito da Guarda.

Por:António Pacheco Foto:AB

FPF-Ana Borges e Silvia Rebelo titulares frente à irlanda

dolores_golo_irlandaA Seleção Nacional A feminina venceu a congénere da Irlanda do Norte por 1-0, num jogo que serve os interesses de preparação da Seleção Nacional A feminina para o Campeonato da Europa, a disputar na Holanda, no verão.

Dolores Silva, na marcação de um livre direto, aos 51 minutos, fez o único golo da partida, que Portugal dominou desde os instantes iniciais.

As duas formações voltam a encontrar-se quinta-feira, no Estádio Muncipal de Águeda, a partir das 18h30.

Francisco Neto, Selecionador Nacional, em discurso direto:

“Estes dois jogos de preparação representam o início da nossa caminhada de meio ano, até chegarmos ao Euro, aproveitando aquilo que as datas FIFA nos permitem. Infelizmente, não conseguimos trabalhar com as jogadoras quando queremos. Aproveitamos estes momentos para criar um contexto competitivo e procurámos um adversário com caraterísticas diferentes do que temos vindo a encontrar”.

“Na primeira parte não me agradou o espaço que não conseguimos criar, mas é normal, tendo em conta que passaram quatro meses desde a última vez que trabalhámos com as jogadoras. Além disso, a equipa da Irlanda do Norte também retirou muito espaço. Por outro lado, gostei do compromisso das nossas jogadoras, que estão sempre ligadas ao jogo. Na segunda parte, criámos situações. Estou também muito contente por termos estreado atletas [Matilde Figueiras]”.

Dolores Silva, autora do golo de Portugal, em discurso direto:

“Fomos superiores dentro de campo, tentámos sempre ter a bola e fazer o nosso jogo. Infelizmente, na primeira parte não rematámos tantas vezes quanto queríamos. Na segunda parte, quebrámos um bocado, mas estivemos sempre por cima e fomos felizes no golo.”

Ficha de Jogo:

Jogo de Preparração para o EURO-2017
Estádio Nacional, no Jamor
PORTUGAL 1- 0 IRLANDA DO NORTE (0-0 ao intervalo)

Árbitro: Ana Aguiar
Árbitros assistentes: Vanessa Gomes e Ana Paula
4.º árbitro: Catarina Campos

Portugal – Patrícia Morais, Matilde Fidalgo (Matilde Figueiras, 46), Sílvia Rebelo, Carole Costa (Raquel Infante, 76), Ana Borges, Dolores Silva, Amanda da Costa (Fátima Pinto, 76), Tatiana Pinto (Andreia Norton, 46), Suzane Pires (Solange Carvalhas, 76), Diana Silva (Andreia Veiga, 64) e Cláudia Neto – cap.(Laura Luís, 64)
Suplentes não utilizadas: Rute Costa e Filipa Rodrigues.
Treinador: Francisco Neto
Golos: 1-0 por Dolores Silva (51′)
Disciplina: nada a assinalar

Irlanda Norte – Jackie Burns, Rachel Newborough (Avilla Bergin, 82), Ashley Hutton, Julie Nelson, Jessica Foy (Samantha Kelly, 82), Laura Rafferty (Ciara Sherwood, 68), Kerry Montgomery, Marissa Callaghan, Caragh Milligan, Kirsty McGuiness (Lauren Wade, 68) e Simone Magill (Lauren Brennan, 82).
Suplentes não utilizadas: Emma Higgins, Sarah Haddock, Chloe McGlade e Hayley O’Donell
Treinador: Alfie Wylie
Golos: nada a assinalar
Disciplina: Jessica Foy (20) e Laura Rafferty (53)

Por:FPF

 

Gouveense Ana Borges no Sporting

15590033_1612782009031479_55546802405342730_nA jogadora gouveense e internacional A, Ana Borges, atualmente a defender as cores do Chelsea, regressa agora a Portugal para defender as cores do Sporting Clube de Portugal, por emprestimo de seis meses.

Depois de ter defendido algumas cores sonantes no futebol internacional, vem agora dar mais cor e alguma magia ao Campeonato Português.

A jogadora referiu que vai o seu melhor agora nesta nova fase da sua carreira.

Por:António Pacheco

Foto:AB/SCP

Conversa com a Campeã Ana Borges

Depois de uma grande conquista, fomos conversar com a nova Campeã inglesa.ab
António Pacheco-Qual a sensação de seres campeã em Inglaterra no Chelsea?
Ana Borges-É uma sensação única até porque foi a 1a vez que conquistei o campeonato e a taça de Inglaterra.
AP-Como portuguesa deve ter sido um grande orgulho e prazer?
AB– Sim até porque foi uma conquista fora de Portugal.
AP- José Mourinho decerto ficou muito satisfeito pela tua conquista?
AB– Toda a ‘família’ Chelsea ficou contente da equipa A, aos escalões mais jovens o que a nós nos deixa bastante contentes.
AP-Tens noção que representas um modelo ideal para a região das beiras mas para todo Portugal?
AB– Tenho noção que posso ter tido a sorte de sair nova e ter aproveitado da melhor maneira, modelo penso que todas nós somos e aprendemos umas das outras.

AP- Que conselho dás nesta altura a jovens que iniciam o futebol agora?
AB– O único que posso dizer é que se realmente gostam de jogar que lutem que nunca desistam dos sonhos e acima de tudo que se sintam bem nas equipas.

AP- A nivel masculino como analisas a prestação portuguesa, agora qualificada?

AB– Portugal é sempre um candidato a ganhar , fizeram agora a fase de qualificação com um pleno nos últimos 7 jogos o que os deixa com um bom sabor de boca…e Portugal tem equipa tem treinador para chegar muito longe e quem sabe a final.
AP- Que objetivos para o teu futuro?
AB– Os meus objetivos agora que acabou o campeonato é chegar o mais longe possível na liga dos campeoes e alcançar uma fase final com a seleção. Não pedia mais.
AP- Como vês a fundação nesta altura? A sua prestação atual?
AB– A Fundação já demonstrou o ano passado que tem qualidade para estar nas quatro primeiras…ponto menos ponto é o começo e é normal que as vezes haja algum resultado menos bom, mas tenho a certeza que no fim das contas é uma das candidatas ao título.

Por:António Pacheco