Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: apscdfa

Tag Archives: apscdfa

Conselho de Administração da ADRUSE vai ser presidido por Carlos Ascensão, autarca celoricense

Assim para o biénio 2021/22, Carlos Ascensão, Presidente da Câmara Municipal de Celorico da Beira,  foi eleito como Presidente do Conselho de Administração da ADRUSE . 
Fazem parte do órgão Conselho de Administração, a Câmara Municipal de Fornos de Algodres, a Associação de Artesãos da Serra da Estrela, a Associação de Beneficência Popular de Gouveia e a Associação de Promoção Social, Cultural e Desportiva de Fornos de Algodres.

Assim aqui ficam as primeiras palavras do novo presidente que :” Este é mais um desafio, numa tarefa exigente e difícil. Procurarei, como sempre, em trabalho de equipa e com a ajuda de todos, dar o melhor de mim em prol do território que abarca estes nossos cinco concelhos entroncados na Serra da Estrela.

Fica o compromisso: jamais me eximirei às responsabilidades assumidas“.


A ADRUSE – Associação de Desenvolvimento Rural da Serra da Estrela , constituída em 3 de maio de 1991, é uma associação de direito privado, sem fins lucrativos e de utilidade pública que tem por objeto social a promoção, apoio e realização de um aproveitamento mais racional das potencialidades endógenas dos concelhos que integram a sua área de atuação, por sua iniciativa ou em colaboração com organismos ou serviços oficiais ou privados, nacionais, estrangeiros ou internacionais, tendo em vista o desenvolvimento rural e a melhoria das condições de vida das populações

Covid-19- APSCDFA regista casos na instituição e lança resumo do dia em comunicado

Atendendo à pandemia que assola o mundo, e o país, e ao agravamento que se verificou especificamente neste concelho, a APS  de Fornos de Algodres informa pela voz do Presidente, José Fernando Tomaz:
 “Temos testado colaboradores de forma proactiva. Decorrente dessa testagem identificámos 3 casos positivos;
– Os clientes da RS ERPI Santa Teresa foram testados em articulação com a ULS Guarda no dia 05-01-2021 tendo todos testado negativo;
– Temos atualmente 1 surto com 5 casos ativos, na resposta social CN Muxagata;
– Os clientes encontram-se estáveis e a serem apoiados por pessoal especializado;
– Temos reportado a evolução aos clientes e respetivas famílias, pelo que pedimos que, para qualquer dúvida, entrem em contacto com a APS;
– Qualquer evolução será por nós reportada na generalidade, quer no site, quer nas redes sociais, e particularmente, a cada cliente ou familiar responsável.
Temos estado em articulação desde o primeiro momento com a DGS.
Não são de todo estas as notícias que gostaríamos (e que queríamos) de vos dar neste início de ano.
Nesse sentido queremos deixar uma palavra de apreço a todas as colaboradoras e amigas da APS que connosco têm enfrentado esta luta desigual, mas estamos, mais que nunca, alinhados e focados em vencer esta dura prova”.

Sessão de esclarecimento:”Vamos falar sobre a doença de Alzheimer e outras demências”

Realizou-se hoje, dia 6 de dezembro, uma sessão de esclarecimento “Vamos falar sobre a doença de Alzheimer e outras demências”, no C.A.O. da APSCDFA em Fornos de Algodres. Foi uma ação desenvolvida pelo Projeto – “Café Memória Faz-se à Estrada” da delegação de Viseu da Associação Alzheimer Portugal.
A sessão iniciou com a participação dos presentes num trabalho de grupo, seguindo-se uma pausa para café que permitiu o convívio entre todos.
De seguida, houve a apresentação do tema dinamizado por Emília Vergueiro e Sandrina Neri.

Ação de sensibilização “Os Perigos da Internet” em Fornos de Algodres

Vai realizar-se no próximo dia 14 de março, quarta-feira, pelas 18 horas, no âmbito do Plano de Formação/Informação,  a ação de sensibilização “Os Perigos da Internet” sob a orientação do destacamento da G.N.R. de Gouveia(S.P.E.), uma iniciativa da Creche do Pólo de infância e Juventude da APSCDFA,  destinada aos pais e a todos aqueles que acharem o tema pertinente, a realizar em Fornos de Algodres.

As inscrições estão abertas a todos através do 271708191 ou na Creche da APSCDFA.

APSCDFA levou crianças ao cinema

20031807_1704242979603784_6194761100003924475_nEsta quinta-feira, foi diferente para os clientes do Catl Jardim de Infância e Catl 1°Ciclo da APSCDFA.

Todos foram ao cinema , ao Palácio do Gelo em Viseu e assistiram ao filme ” Gru, o Maldisposto 3 ” , onde todos estavam muito satisfeitos, seguiu se o almoço convivio.

Diga-se que foi um dia diferente para todas estas crianças.

Foto:APSCDFA

Inscrições abertas para a Universidade Sénior em Fornos

A Universidade Sénior de Fornos de Algodres está já a preparar o novo ano lusetivo e face a isso, abriu inscrições para todos que queiram frequentar.

As disciplinas são diversificadas: Hidroginástica, Atividade Física, Pirates, Inglês, entre outras.

Deste modo, os interessados devem dirigir-se ao CAO, para a respetiva atividade, estão abertas até 31 de julho.

Por:APSCDFA

 

APSCDFA promove Verão em Movimento

verãoCom as férias a chegar, as diversas instituições vão promovendo atividades para a fase de Verão.

Assim a APSCDFA vai desenvolver um variado leque de atividades para jovens com idades compreendidas entre os 3 e os 10 anos, nos meses de julho e agosto, tais como :Diversidade de passeios, jogos tradicionais, atividades aquáticas, expressão plástica, musical, festa do pijama, sessões de cinema, entre outras.

Uma equipa técnica especializada e dinâmica que irá proporcionar aos jovens, um verão repleto de diversão.

As inscrições estão abertas.

Foto:APSCDFA

Hinos da Fruta da APSCDFA e Escolas de Seia entre os 80 finalistas

logo_heroisdafruta_site2015Seia e Fornos de Algodres presentes entre os 80 finalistas

Foram já revelados os 80 finalistas do concurso Heróis da Fruta que decorreu a nível nacional.

Assim na fase do Distrito da Guarda, Seia dominou os três primeiros lugares, Jardim de Infância de Tourais, Tourais: 38 votos e 26 partilhas,  C, Centro Paroquial de Seia, 34 votos e 27 partilhas, Seia: 3, 4, 5 e EB1/JI Dr. Reis Leitão, Loriga: 1,2L, 34 votos e 15 partilhas.

Fornos de Algodres também vai marcar presença entre os finalistas, através da Associação de Promoção Social, Cultural e Desportiva de Fornos de Algodres, Fornos de Algodres-Creche, alcançou assim 21 votos e 79 partilhas.

Agora segue-se a fase final deste projeto, onde os alunos e professores se empenharam imenso.

Por:António Pacheco/HF

Artigo de opinião–A Importância da Respiração

aop Será a respiração uma função inata com a qual não precisamos de nos preocupar?

A respiração é um processo fisiológico que se dedica à troca de oxigénio e dióxido de carbono com o meio ambiente, pelo que é uma das funções vitais. A respiração nasal, a par da mastigação, favorece o crescimento craniofacial e portanto mantém saudáveis as estruturas orofaciais.

Fisiologicamente, a via nasal é a principal em todo o processo respiratório. O nariz favorece a filtração, humidificação e o aquecimento do ar. Todas estas características são promotoras de um sono adequado, de menores infeções (otites e/ou amigdalites) e de um crescimento facial harmonioso.

A respiração é uma característica tão inata, que por vezes desvalorizam-se alguns sinais atípicos que só uma equipa multidisciplinar (Terapeuta da Fala, Otorrinolaringologista, Ortodontista, entre outros) consegue detetar, avaliar e intervir corretamente, minimizando os impactos na vida das pessoas.

Quando ocorre uma modificação na função respiratória, pode desencadear-se um padrão de respiração oral, que consequentaopiemente desencadeia alterações miofuncionais e também no sistema estomatognático. Este padrão pode causar diversas alterações ao nível da fala (fonética), da linguagem (fonologia), do processamento auditivo e até nas competências cognitivas (atenção e memória).

Apesar de ser muito mais vantajoso efetuar-se uma respiração nasal, a hipertrofia das amígdalas e/ou adenoides, a flacidez dos músculos faciais, a rinite, as alergias respiratórias e o desvio do septo nasal podem alterar o padrão respiratório e torná-lo oral. É preciso salientar que a respiração oral só se torna um problema quando se torna um hábito. Quando se adota constantemente essa respiração, as consequências variam de acordo com a causa do hábito, a idade da pessoa e o tempo de instalação desta alteração. As repercussões podem relacionar-se com alterações na forma e posicionamento de estruturas rígidas (ossos faciais e dentes), na função e posicionamento dos músculos orofaciais e na postura global. Todas as alterações referidas implicam possíveis dificuldades na fala, mastigação e deglutição.

Os respiradores orais evidenciam alguns sinais que podem ser observados, com alguma facilidade, por um profissional especializado. Deste modo, os sinais mais comuns relacionam-se com alterações na fala, alterações na mastigação (sendo esta unilateral), otites frequentes, olheiras, alterações no sono, alterações na postura corporal, face alongada e assimétrica, má oclusão dentária, palato alto e estreito, alterações no paladar e no olfato, lábios secos, flacidez nos músculos da mastigação, cansaço frequente, baba noturna, reduzido rendimento físico e intelectual e tensão do músculo do queixo.

Quando identificar algum dos sinais apresentados deve consultar o Terapeuta da Fala. Quando mais cedo for identificada a causa deste hábito, melhores serão os resultados obtidos na terapia. Não se esqueça que a intervenção precoce é a chave de um maior sucesso na intervenção!

No próximo mês fique a saber o que deve fazer caso o seu filho apresente uma respiração oral e qual é o papel do Terapeuta da Fala nestas situações!

Um Feliz 2017 a todos os leitores! Que este ano seja tão bom ou melhor que no de 2016 !

Por:Ana Carolina Marques- Terapeuta da Fala na APSCDFA