Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: artes

Tag Archives: artes

Origens é a nova exposição de Pintura no CIHAFA

10380202_306809509517162_139762469578203025_oO CIHAFA (Centro de Interpretação Histórica e Arqueológica de Fornos de Algodres), inicia um novo ciclo de exposições intituladas “Pinturas Fornenses”, de 01 a 31 de julho de 2016 estará patente uma Exposição/Venda da artista Maria da Graça Almeida que poderá ser visitada todos os dias entre as 10h00 – 13h00 e as 14h00 – 17h00.

  “A execução na pintura deve sempre ter improvisação.”

                                                                                                                                   Eugene Delacroix                                           

“ Origens”

É o nome que a artista Maria da Graça deu a esta exposição realizada pelo CIHAFA – Centro de Interpretação Histórica e Arqueológica de Fornos de Algodres, que pretende mostrar uma imagem da nossa terra, das nossas gentes e das nossas origens.

A cor é o elemento essencial da pintura. A estrutura fundamental de uma obra é composta pela relação entre as massas coloridas. A pintura faz parte da vida do ser humano desde o Renascimento, foi umas das principais formas de representação dessa época, está presente nos dias atuais. A pintura se expressa através da superfície onde será produzida e dos materiais, como pincéis e tintas, que lidam com os pigmentos.

Maria da Graça Almeida, nasceu em 1967 em Fornos de Algodres, desde muito cedo que se mostrou interessada pelas artes, concluiu o ensino obrigatório e com apenas 11 anos começou a aprender costura com a conceituada modista Rosa Neto. Aos 18 anos iniciou-se na pintura em tecido com Luísa Ramos onde aprendeu várias técnicas de pintura e artesanato. Hoje tem o seu próprio estilo, a sua própria mania de pintar como ela gosta de dizer “ pinto tudo o que me apetece”, “ gosto e transformar coisas inúteis em coisas desejadas”, “isso acontece com a pintura, com a costura, com o artesanato e com coisas velhas”. Concluiu o 12º ano e várias formações, mas é na pintura e no tratamento de idosos que se sente realizada.

Por: CIHAFA

 

 

Noites de encontro com artes em Mangualde

   De
29 de julho a 1 de agosto, o Largo Dr. Couto, em Mangualde, acolhe mais uma
edição da iniciativa “Em quarto crescente… noites de encontro com as
artes em mente”.

    A iniciativa promovida pela Câmara Municipal de
Mangualde, através da Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, tem como parceiros o
Agrupamento de Escolas, as Bibliotecas Escolares, e a Associação AMARTE.
Leituras ao luar, oficinas de teatro, escrita e fotografia, sessões de contos,
curtas, filmes, espetáculos musicais, stand up comedy e muita animação aliam
várias áreas da cultura nestas noites de verão dedicadas aos quatro elementos que unem a natureza à
humanidade: ar, água, terra e fogo. Em todas as noites será possível visitar a
feira do livro e a exposição: O que diz Lisboa’.

 NOITES TEMÁTICAS: AR,
ÁGUA, TERRA E FOGO

   Com uma programação pensada para todos os públicos, e
envolvendo a comunidade através de diversas temáticas e atividades, o Largo Dr.
Couto será assim o centro da animação na noite da cidade durante esta semana.
No dia 29 de julho tem lugar a ‘Noite Ar’ com um Solo de Piano de Pedro Afonso
Ribeiro, a exibição da Curta – Vento de Robert Lobel – Cine Eco Seia, uma
Peça-bailado ‘Uma história que nos faça sonhar’ AMARTE e um Concerto Musical –
Meeting Quartet. A 30 de julho é a vez da ‘Noite Água’ com o Coro Infantil de
Mesquitela, a Curta – A minha floresta – Sebastian Pins, os Livros Contos e Comédia
de Jorge Serafim e a atuação ‘20 Dizer – Trigo Limpo/ACERT’. A ‘Noite Terra’
acontece a 31 de julho com a Curta – Viagem à Lua + Number, please?, o Filme
musicado ao vivo de José Carlos Sousa e Nuno Silva, o Cineclube Viseu/ Teatro
Viriato, a Robertices Teatro Atrapalharte e o Concerto Musical Be Flat. Por
fim, no dia 1 de agosto será a ‘Noite Fogo’ com a apresentação do livro ‘Vera
Cruz’ – Escritor João Morgado, a abertura da exposição de artes plásticas
‘Mulheres Escravas e Deusas’ – Tertúlias itinerantes (ACCIG | FEMA), com a
Curta – Apagando Traçados – Armando Camero – Cine Eco Seia, o momento ‘Entre
Mulheres Stand-UP Comedy’ com Nuno Miguel Henriques e o Concerto Musical
Quinteto Paulo Lima. Durante todos os dias haverá Oficinas diversas, Leituras ao
Luar, ‘Feira do livro’, a exposição ‘o que diz Lisboa’ e serviço de bar.
 Por :Mun.Mangualde

ASSINATURA DE PROTOCOLO PARA A CRIAÇÃO DE ESCOLA DE ARTES NA LAPA DO LOBO

ASSINATURA DE PROTOCOLO PARA A CRIAÇÃO DE ESCOLA DE ARTES NA LAPA DO
LOBO ONDE A “CONTRACANTO ASSOCIAÇÃO CULTURAL” DE ANTÓNIO LEAL VAI DAR
VIDA AO EDIFÍCIO DA ESCOLA PRIMÁRIA AGORA REQUALIFICADA

Foi na
presença de dezenas de convidados e munícipes que a Câmara Municipal de
Nelas, a Fundação Lapa do Lobo, a Contracanto – Associação Cultural, a
Junta de Freguesia da Lapa do Lobo e o Agrupamento de Escolas de Canas
de Senhorim celebraram hoje, dia 18 de Abril 2015, um Protocolo para
a implementação de uma Escola de Artes no espaço reabilitado da Escola
Primária da Lapa do Lobo recuperada, fruto de uma parceria entre a
Câmara Municipal de Nelas e a Fundação Lapa do Lobo. Recentemente criada
e sob orientação do encenador António Leal, a Contracanto – Associação
Cultural que vai ocupar o espaço pretende com esta escola promover a
formação artística de jovens e adultos da região – nomeadamente dos
concelhos de Nelas, Carregal do Sal, Santa Comba Dão, Tábua e Mangualde –
em particular nas áreas da música, teatro, canto e dança, contando já
com mais de 40 alunos e com provas dadas pelo sucesso alcançado dos
espetáculos “As Músicas que os Vinhos Dão” e “Jesus Cristo Superstar”.

De destacar que, com este protocolo, a Câmara Municipal de Nelas
garante a preservação e dinamização daquele espaço emblemático do
imaginário da população construído nos anos 40 do século XX na Lapa do
Lobo, assegurado pela riqueza de atividades artísticas e culturais
previstas no Plano de Actividades da Contracanto, sempre em direta
colaboração e compatibilidade com as outras propostas e salvaguardando a
possibilidade de uso futuro por parte do Agrupamento de Escolas de
Canas de Senhorim, para desenvolvimento de projecto de autonomia em
negociação com o Ministério da Educação e Ciência. Este espaço, também
aberto a toda a comunidade e Associações locais, é capaz de potenciar a
Aldeia da Lapa do Lobo como Aldeia Cultural de Portugal, dando
seguimento ao trabalho que ali vem sendo realizado especialmente pela
Fundação Lapa do Lobo.
O Presidente da Câmara Municipal, Dr. José
Borges da Silva, felicitou todos a agentes envolvidos neste projecto,
em particular o apoio da Fundação Lapa do Lobo e António Leal a
“Contracanto” que têm desempenhado um papel fundamental para impulsionar
dinâmicas para o desenvolvimento de inúmeras experiências artísticas
geradoras de inovação nas culturas locais, estimulando, ao mesmo, o
talento dos jovens e demais gentes da região. Realçou ainda a missão da
Autarquia em apoiar iniciativas que ajudem a fomentar o desenvolvimento
artístico, bem como a importância de unir esforços e conhecimentos entre
pessoas e entidades no sentido de contribuir para o desenvolvimento de
atividades que enriqueçam o panorama cultural do Concelho de Nelas.
Fonte:Mun.Nelas