Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: bicicleta

Tag Archives: bicicleta

82ªVolta a Portugal/Santander-Frederico Figueiredo venceu na Guarda

Alejandro Marque mantém amarela

A chegada à cidade mais alta do País é sempre um grande momento, dado que , se trata de um final de etapa sempre a subir.

Assim foi um ataque cerrado à camisola amarela. Um dia antes da 82ª Volta a Portugal Santander ter o Dia de Descanso na Guarda, a W52-FC Porto e a Efapel partiram ao ataque da liderança de Alejandro Marque. Este domingo foi complicado para a formação da Atum General/Tavira/Maria Nova Hotel, que ainda assim sobreviveu, mas viu aproximar-se, e muito, Amaro Antunes e Frederico Figueiredo, que se estreou a vencer uma etapa na Volta.

Foi uma tirada de nervos entre Belmonte e Guarda (181,6 quilómetros). A equipa azul, comandada por Nuno Ribeiro, e os homens de equipamento amarelo fluorescente estavam decididos a ter representantes na frente, com a formação de Tavira, do Camisola Amarela Santander, a ter de trabalhar arduamente, desde o primeiro quilómetro, para tentar anular esta pretensão. Só depois dos 30 quilómetros as tentativas resultaram com Ricardo Mestre, Daniel Mestre e Ricardo Vilela (W52-FC Porto), Rafael Reis e Javier Moreno (Efapel) e Roniel Campos (Louletano-Loulé Concelho) a ficarem na frente. Durante grande parte da etapa, os três homens de azul tiveram de assumir todas as despesas de trabalho na fuga, com Rafael Reis a aproveitar para ganhar as metas volantes e a aproximar-se de Luís Gomes (Kelly/Simoldes/UDO) na luta pela Camisola Verde dos pontos Rubis Gás.

No entanto, lá atrás havia muita ação. Ainda nem tinha sido dada a partida real e Gustavo Veloso sofreu uma queda que o deixou maltratado. Ainda assim, muito trabalhou o veterano espanhol para ajudar o amigo e companheiro de equipa, Marque. Enquanto uns tentavam formar uma fuga, o pelotão fragmentou-se. Ficaram dois grandes grupos, com o segundo a atrasar-se irremediavelmente.  Mais de metade do pelotão chegou à meta com atraso superior a 30 minutos.

Ritmo elevado

Com W52-FC Porto e Efapel na frente, a Atum General/Tavira/Maria Nova Hotel assumiu sozinha a perseguição e nunca deu muito mais de um minuto de vantagem. A situação prolongou-se até às três subidas finais, dentro dos últimos 40 quilómetros: Videmonte (segunda categoria) e duas na Guarda (ambas de terceira), a derradeira a coincidir com a meta.

Amaro Antunes (W52-FC Porto) e Frederico Figueiredo (Efapel) deram o salto para a frente e acabaram por ficar sozinhos. Foi o assalto à amarela com a vitória de etapa em mente. Antunes – vencedor da Volta a Portugal Edição Especial 2020 – trabalhou sozinho. Figueiredo – terceiro no ano passado – explorou a roda do adversário, mas passou em primeiro nos prémios de montanha e no último folego, antes do risco de meta, tratou de assumir a frente e ganhar a etapa, a terceira para a Efapel nesta Volta.

“Foi uma etapa que sabíamos que ia ser muito dura. Andou sempre muito rápida. A W52-FC Porto também trabalhou para que fosse sempre num grande ritmo. Tínhamos a ideia de atacar na subida de Videmonte. Sabíamos que poderíamos fazer a diferença porque o terreno é sempre de sobe e desce até à chegada, contou Figueiredo, juntando-lhe a explicação sobre os objetivos distintos que ele e Amaro Antunes tinham na chegada à Guarda. “Cada um tinha o seu objetivo. Eu queria encurtar tempo, ele queria vestir a camisola amarela e ficou perto disso, mas ainda há muita Volta a Portugal”.

No grupo perseguidor, apenas Marque e Veloso da equipa algarvia sobraram para trabalhar com cerca de 50 quilómetros para a meta. Marque ainda apanhou um susto quando sofreu uma avaria mecânica na bicicleta. A Movistar deu uma ajuda já na parte final. Alejandro Marque sobreviveu e continua com a Camisola Amarela Santander, mas apenas com cinco segundos a separá-lo de Amaro Antunes e 25 de Figueiredo. No início do dia as diferenças eram de 1, 26 minutos e 1,46, respetivamente.
Se Marque continua de amarelo, já Amaro Antunes ficou com a Camisola das Bolinhas Continente, a camisola da Montanha que também pertencia ao espanhol.

Entre os mais jovens, o porto riquenho Abner González (Movistar) continua a ser o melhor classificado e a envergar a Camisola da Juventude Jogos Santa Casa. A Efapel não larga a liderança por equipas.

                                               Duas baixas no pelotão

 Apesar dos cuidados da organização e das equipas participantes, e seguindo um plano sanitário rigoroso que cumpre todas as orientações da Direção Geral da Saúde, a pandemia continua a ser uma realidade e este domingo a organização identificou mais um caso suspeito de Covid 19 no pelotão. De imediato foi posto em prática o protocolo previsto para estas situações e dois elementos da equipa espanhola Kern Pharma abandonaram a prova, o atleta em causa e o companheiro de equipa que com ele partilhava quarto.

Também entre a organização houve três casos suspeitos, tendo estes e o grupo de trabalho que integravam sido afastados do evento.

ResumoClassificacoes_4a Etapa-82 ª Volta a Portugal Santander
Classificacoes4a Etapa-82a V olta a Portugal Santander

 

Oferta de uma bicicleta de fisioterapia para Misericórdia de Mangualde

A Misericórdia de Mangualde foi contemplada nesta segunda -feira com a oferta de uma bicicleta de fisioterapia, na passagem da 80ª edição da prova rainha do ciclismo nacional “ Volta a Portugal”, pela cidade de Viriato.
Para o Provedor, José Tomás, “este equipamento vai contribuir para a promoção da boa forma física, dos residentes das diferentes respostas sociais da Misericórdia. Trata-se de um ato simbólico para com aqueles que mais precisam, que muito agradecemos.”
A Vice-Provedora, Isabel Couto e o Mesário, Carlos Coutinho, representaram a Misericórdia de Mangualde nesta Cerimónia.
Esta ação inovadora resulta da assinatura de um protocolo entre o Banco Santander, a União das Misericórdias Portuguesas e a Podium Events de apoio à população sénior, que prevê a entrega de várias bicicletas de fisioterapia à população sénior residente nas localidades das etapas da 80ª Volta a Portugal em Bicicleta.

Por:SMM

2º Grande Prémio do Dão em Ciclismo inicia-se em Mangualde

0gp dao28 de maio, 12h30

No próximo dia 28 de maio, às 12h30, Mangualde acolhe a partida da segunda edição do Grande Prémio do Dão que contará com a participação de todas as formações profissionais e todas as equipas de clube portuguesas. A corrida foi apresentada ontem, 16 de maio, no Solar do Vinho do Dão, em Viseu e contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo.

Na sua intervenção, o edil mangualdense salientou “acreditar que este tipo de eventos são fundamentais para atrair gente e turismo. Em 2016 espera-se uma prova mais rica em termos de nomes presentes, o que acresce à presença do Sporting e do FC Porto no pelotão, pelo que vamos atrair ainda mais público”. Acrescentando que estamos perante ‘uma prova grandiosa que projeta toda a região’ e que ‘as expetativas são elevadas e a ansiedade em torno da prova já se sente na região. Esta prova grandiosa tem como principais objetivos a projeção e promoção da Região Vitivinícola do Dão, incentivando simultaneamente a prática desportiva. É uma oportunidade única de unir a competição às paisagens e às tradições do Dão. Porque através do ciclismo conseguimos promover e unir territórios, divulgando a região e as suas singularidades’.

DIVULGAR A REGIÃO E AS SUAS RIQUEZAS PAISAGÍSTICAS, VINÍCOLAS E GASTRONÓMICAS É O PRINCIPAL OBJETIVO

Os melhores ciclistas do pelotão português vão percorrer os concelhos de Mangualde, Penalva do Castelo, Nelas e Viseu, entre os dias 28 e 29 de maio.mapa_1etapadao-2016 A prova terá três etapas e um total de 239,4 Km. Assim, no dia 28, os corredores vão pedalar ao longo de 163,3 Km, entre Mangualde e Penalva do Castelo, um percurso que conta com duas metas volantes e três prémios de montanha. No dia 29 realiza-se uma jornada dupla de ciclismo. Da parte da manhã, Nelas acolhe a partida e a chegada da segunda etapa, que terá 66 Km e contará com uma meta volante e dois prémios de montanha. A prova encerra em Viseu, com um contra-relógio individual de 10,1 Km.

O Grande Prémio do Dão pretende contribuir para divulgar a região e as suas riquezas paisagísticas, vinícolas e gastronómicas.

Por:Mun.Mangualde

77ª Volta a Portugal em Bicicleta -1ª Etapa – Pinhel / Bragança

Arranque da Volta a Portugal em Bicicleta da Cidade de Pinhel
A
cidade falcão vai acolher, esta quinta-feira, a partida da 1ª etapa da 77ª
Volta a Portugal em Bicicleta.
Desta
forma fica o programa desta etapa, no concelho de Pinhel:
10.00h: Concentração e
Animação na zona envolvente ao Palácio da Justiça
12.10h: Partida – Av.
Frederico Ulrich – Av. Carneiro Gusmão – Av. Gago Coutinho
12.20h: Passagem por
Valbom – Pala – Alto das Ervas Tenras – Souropires

12.15h: Volta a passar
pela cidade de Pinhel – Av. Frederico Ulrich – Rua da República (Meta Volante) – Rua Silva Gouveia –
segue em direção à Quinta Nova
Prova rainha da modalidade, a Volta
atrai anualmente milhares de seguidores de norte a sul do país. Nas partidas e
chegadas, aglomeram-se adeptos do ciclismo, pessoas de todas as idades que
fazem questão de acompanhar as equipas e dar o seu apoio aos ciclistas em
prova.
É aguardada com expetativa a 77ª Volta a Portugal em Bicicleta.
 Os
pinhelenses são adeptos da modalidade e que vão querer marcar presença neste
grande evento, mas também muita gente do distrito e da região irá aproveitar
esta oportunidade para assistir ao arranque da Volta a Portugal 2015.
Sim, porque é de Pinhel que os ciclistas
vão partir para uma prova que todos pretendem terminar com êxito pessoal e
coletivo.
Ao público, o Município de Pinhel, convida
para que venham assistir às emoções da prova rainha do ciclismo, na cidade de
Pinhel, cidade de boa gente, de boa mesa e de múltiplos motivos de visita.
Por :Mun. Pinhel