Início » Tag Archives: caminhos

Tag Archives: caminhos

Albergue de peregrinos em Mangualde inaugurado pelo Motoclube

O Motoclube de Mangualde inaugurou, este fim de semana, um albergue destinado aos peregrinos que rumam a Fátima ou a Santiago de Compostela e que podem, assim, encontrar em Mangualde um apoio à sua jornada. A iniciativa foi elogiada pelo Presidente da Câmara Municipal, João Azevedo, que defende que “os autarcas têm a obrigação de estar junto das iniciativas que valorizam o concelho, e esta é uma delas!”.

 “Hoje podemos dizer que em Mangualde temos a capacidade de receber peregrinos num albergue, repleto, principalmente, de carinho e solidariedade, e esta relação entre o trabalho voluntário destas pessoas e a possibilidade de termos aqui peregrinos a passar pelo concelho fortalece não só o concelho, como também a região”, acrescenta João Azevedo. O Presidente da autarquia salienta ainda que, embora se deseje que tal não venha a ser necessário, este é também um espaço que poderá ser utilizado em situações de exceção que venham a acontecer no concelho, como aquela que aconteceu em 2017.

Fernando Santos, Presidente do Motoclube de Mangualde, sentiu a necessidade de criação de uma infraestrutura deste tipo quando se viu no papel de peregrino. Viu na sua equipa importantes incentivadores deste projeto, que concordaram com a necessidade de inserir Mangualde na rota dos peregrinos como localidade que os apoia.

Marco Almeida, Presidente da União das Freguesias de Mangualde, Mesquitela e Cunha Alta, elogiou igualmente o papel do Motoclube de Mangualde, que atrai até à sua concentração anual entusiastas de todo o país e até de fora de Portugal. “O Motoclube dá aqui um salto que, na minha opinião, é um salto virado para as questões sociais. É um salto que é por nós reconhecido e valorizado”, acrescentou.

Por:MM

Mangualde vai tratar de caminho e linhas de água

maquiO município de Mangualde obteve parecer favorável, do PDR2020, à candidatura de Estabilização de Emergência Pós-Incêndios, efetuada em dezembro pela autarquia. Os investimentos, em cerca de meio milhão de euros, tem uma comparticipação de 100% a fundo perdido do PDR2020.

Neste âmbito irão ser realizadas intervenções de tratamento e limpeza de caminhos e linhas de água, no valor de 180.000 euros, que visam recuperar caminhos e linhas de água atingidas pelos incêndios de 2015. No mesmo âmbito, a Zona de Intervenção Florestal (ZIF) constituída em Mangualde será contemplada com um valor de 128.000 euros, para a mesma tipologia de intervenções dentro da sua área de gestão. Encontra-se também em fase de concurso um conjunto de intervenções em linhas de água no concelho para tratamento e limpeza de margens, no valor de 150.000 euros, ao abrigo de medidas de apoio do PDR2020.

Para o Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo, “este representa o maior investimento de sempre, em Mangualde, em intervenção florestal, nomeadamente, no que diz respeito à limpeza, tratamento e reposição dos caminhos e linhas de água afetados pelos incêndios e também aqueles que são estratégicos para a prevenção florestal.”

João Azevedo afirma que “para o município de Mangualde é determinante a aposta na floresta e na prevenção de acontecimentos catastróficos no nosso território. Vamos continuar a investir na prevenção, com reforço de meios para a equipa de sapadores florestais, no tratamento de caminhos e linhas de água através dos incentivos do PDR2020 e na reflorestação, em parceria com as juntas de freguesia e com as entidades privadas que estejam dispostas a investir no concelho.”

Além das candidaturas em marcha, o município de Mangualde encontra-se a desenvolver um plano estratégico de intervenção florestal que contará, já em 2016, com uma dotação de 40.000 euros para intervenções de limpeza e tratamento em caminhos.

Por:Mun.Mangualde

 

Limpezas e manutenção de caminhos na freguesia de Figueiró da Granja

Por uma região mais limpa

  Estamos numa época em que os municípios, as freguesias e os particulares deitaram mãos à obra e vão assim limpando o seu pedaço de terreno, pois a fase inicial de alerta a incêndios já está a decorrer e como é do conhecimento geral as coimas são elevadas.

  Mas também uma coisa é certa se todos limparem a sua parcela, tudo se torna mais fácil e se contribui para uma região mais limpa.
  Face a isso, a Freguesia de Figueiró da Granja, não é exceção, e os seus colaboradores vão limpando caminhos e acessos a terrenos para que em caso de azar de deflagrar qualquer incêndio, seja mais fácil a vida dos Bombeiros para executar o seu trabalho de proteger as populações e suas propriedades.

Fotos :Pedro Andrade
Por: António Pacheco