Início » Tag Archives: Campeonato de Kartcross

Tag Archives: Campeonato de Kartcross

Alexandre Borges espera volte-face em Montalegre

O Circuito Internacional de Montalegre, recebe já nos próximos dias 29 e 30 de julho,
a última ronda do Campeonato de Portugal de Kartcross, antes do interregno para
férias durante o mês de agosto.
Alexandre Borges, o piloto da NelaSport, espera que esta segunda passagem do
Campeonato por Montalegre, seja o ponto de viragem para os infortúnios que o têm
acompanhado esta época.
“Há coisas que por vezes são difíceis de explicar. Se na primeira ronda por
Montalegre, tivemos a infelicidade do acidente, quando liderávamos e depois alguma
instabilidade natural na prova seguinte, em Mação e talvez em Sever do Vouga, o
mesmo já não posso dizer de Lousada, onde demonstrámos estar rápidos, mas o
resultado final, não o refletiu. As corridas têm destas coisas. Temos trabalhado
afincadamente, para que esta segunda passagem por Montalegre, seja o ponto de
viragem que tanto ambicionamos”, acrescenta Alexandre Borges.
Com um figurino ligeiramente diferente do habitual, em virtude da transmissão em
direto das Finais de domingo, na Bola TV (13:30h), para a tarde de sábado,
encontram-se programados os treinos cronometrados e as duas corridas de
qualificação, enquanto a terceira corrida de qualificação e Meia-Final, decorrerão no
domingo de manhã. Todas qualificações, Meia-Final e Final, podem ainda ser
acompanhadas via live streaming, como habitualmente, tanto no Youtube como no
Facebook.

NelaSport – Antevisão Taça de Portugal de Kartcross, 2022

Depois de ter sido apontada para a nova pista de Baltar, será mesmo a Pista do Alto do Roçário, em Sever do Vouga, a receber a Taça de Portugal de Kartcross2022.
Alexandre Borges, o atual detentor do troféu, é uma das presenças
confirmadas, neste que será o último evento da época 2022 e como vem sendo seu apanágio, será certamente um dos pilotos a lutar pelo lugar mais alto do pódio, procurando assim amealhar pela terceira vez consecutiva, este Título e brindar a marca francesa do Kamikaz K3, com o seu primeiro troféu em Portugal.
A Taça de Portugal é diferente de todas as provas do Campeonato, aqui só a vitória interessa e claro, todos vão procurar estar na máxima força, na luta pelo lugar mais alto do pódio. O lote de pilotos do nosso Campeonato, está cada vez mais forte e as diferenças são mínimas, pelo que a margem de erro para uma prova destas, é praticamente nula. Conseguir revalidar o Título, seria uma forma excelente de fechar a época de 2022 e brindar todos os meus patrocinadores e amigos, mas como é óbvio, não será tarefa fácil, mas estou determinado”, refere Alexandre Borges.

Alexandre Borges com experiência positiva em Espanha

Assim foi uma experiência do piloto nelense em Espanha. Participando como outsider na última prova do Campeonato de Kartcross Espanhol, em Jerez de los Caballeros, Alexandre Borges, o piloto da NelaSport, partiu com o objetivo de testar em contexto de prova, diferentes setup’s no seu novo Kamikaz K3.
“Como o primeiro contacto que tive com o K3, foi dias antes da Prova de Sever do Vouga, não houve tempo para testar diferentes afinações. Com o adiamento da Prova de Lousada, decidimos aproveitar esta viagem a Espanha e experimentar vários tipos de setup’s em situação de corrida, onde é possível aferir, de forma mais significativa, os resultados das diferentes alterações”.
De salientar, que o Campeonato Espanhol, apresenta algumas diferenças regulamentares face ao nosso Campeonato, tanto em termos de especificações técnicas, como desportivas, com a totalidade dos Circuitos sempre em piso de terra e não misto como em Portugal.
Foi um fim de semana bastante positivo, onde tivemos a oportunidade de ensaiar várias soluções, que era o nosso principal objetivo. Em termos da competição propriamente dita, conseguimos rodar sempre nos dez primeiros ao longo das três corridas de qualificação, garantindo assim o acesso direto à Final A. Na derradeira corrida do fim de semana, o termos ficado sem o Roll-Off, logo na parte inicial, dificultou bastante a visibilidade, o que nos fez cair várias posições. A partir daí, foi recuperar lugares, tendo terminado na décima primeira posição”, acrescenta Alexandre Borges.

foto: newsmotorsports