Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: centro cultural

Tag Archives: centro cultural

Exposição – “Singular do Plural”em Celorico da Beira

De 31 de janeiro a 21 de fevereiro, vai estar patente no Centro Cultural de Celorico da Beira, uma exposição intitulada “Singular do Plural”, promovida pela EAPN Portugal – Rede Europeia Anti-Pobreza em colaboração com a Rede Social de Celorico da Beira e o NLI.

Inserida na campanha nacional “A discriminação é falta de educação”, a exposição “Singular do Plural”, da autoria de Maria José Vicente e Sérgio Aires e promovida pela EAPN Portugal, é composta por quarenta fotografias, que têm percorrido o país, de norte a sul. Em Celorico da Beira, a inauguração da exposição está agendada para dia 31 de janeiro, pelas 10H00, no Centro Cultural. Antes da cerimónia inaugural, a partir das 10H00, terá lugar a tertúlia “Singular do Plural: estórias das nossas vidas”, direcionada para a comunidade cigana.

Os mentores do projeto visam, essencialmente, sensibilizar a população para a problemática das comunidades ciganas, combater a discriminação e exclusão social, desconstruir estereótipos e alterar a imagem social (negativa) destas comunidades na sociedade. Promover o conhecimento sobre esta comunidade (plural), a sua cultura e tradições, influencia positivamente a imagem social destas pessoas, fomenta a inclusão social, a aceitação positiva e impulsionadora do enriquecimento social, económico e cultural e contribui para a construção de uma sociedade mais justa, inclusiva e solidária.

 

Coaching “Emoções na Procura de Emprego” em Fornos de Algodres

15000860_1667692690228289_4901238397737184163_oO Centro Cultural Dr. António Menano, acolheu uma ação  com o tema  Coaching “Emoções na Procura de Emprego”.

Perante uma plateia jovem, a Dra Paula Melo procurou explicar e elucidar os presentes de como lidar com esta situação e ainda de como (re)conhecer as emoções se pode tornar num processo essencial, uma vez que permite lidar com a frustração, e melhorar as competências pessoais, sociais e /ou profissionais, ajudando a ultrapassar todas as situações mais adversas. Esta ação organizada pelo CLDS 3G Servir Fornos de Algodres.

Por:CLDS 3G SFA

 

Exposição de pintura de António Saraiva em Trancoso

exposiçãoA exposição de pintura de António Saraiva estará disponível no Centro Cultural de Trancoso, entre 13 de Novembro e 4 de Dezembro. Os visitantes poderão encontrar cerca de 25 quadros, onde as paisagens da nossa região, as flores e outros temas figuram nas suas pinturas.
António Manuel Saraiva desde muito cedo demonstrou interesse e aptidão natural para o desenho e pintura. Reconhecendo e procurando estimular essa capacidade inata, o pai ofereceu-lhe o seu primeiro conjunto de aguarelas e uma paleta de cartão logo nos primeiros tempos da escola primária.
O contexto familiar não permitia, no entanto, prosseguir os estudos e aprofundar conhecimentos nessa área, pelo que, desde tenra idade, começou a trabalhar como empregado comercial.
Aos 14 anos teve o primeiro contacto com os guaches, e começaram a surgir os primeiros quadros, dos quais se destaca, dessa fase, a representação de João de Deus, pintado quando tinha apenas 16 anos.
Autodidata, procurou sempre aprofundar conhecimentos e evoluir nas técnicas utilizadas, nomeadamente através da leitura de livros da especialidade. Camilo Pissarro e o movimento impressionista marcaram a sua forma de se expressar pela pintura.
Trancosense orgulhoso, retratou através dos seus quadros alguns dos lugares e recantos mais emblemáticos da sua terra.
Realizou várias exposições das quais se destacam a da Casa das Beiras, no Porto, mas também na Guarda, Viseu e, naturalmente, em Trancoso.

O horário da exposição será:
– segunda-feira a sexta-feira, das 9:00 às 17:30
– sábados e domingos, das 14:00 às 17:30

Por:Mun.Trancoso

Recepção aos Docentes pelo Município de Fornos de Algodres

Assinalando a abertura do ano letivo 2015/2016, o Município de Fornos de
Algodres realizou esta terça-feira, 15 de setembro, a cerimónia de Recepção aos
Docentes que vão lecionar nas escolas deste Concelho.
A iniciativa teve lugar no Centro Cultural Dr. António Menano, pelas 12h00, tendo a
saudação de boas vindas ficado a cargo do Presidente da Câmara
Municipal de Fornos de Algodres, Dr. António Manuel Pina Fonseca.

Nesta cerimónia estiveram ainda presentes os membros do Executivo
Municipal, Dr.ª Rita Silva e Dr. Alexandre Lote, assim como Dr. Artur
Oliveira, Diretor do Agrupamento de Escolas de Fornos de Algodres.

Por:Mun.Fornos de Algodres

Exposição de fotografia no Centro Cultural de Celorico da Beira

    Fotografia em destaque

    Está patente ao público, no Centro
Cultural de Celorico da Beira, até 29 de Julho e exposição de fotografia
“Transversalidades :  Fotografias sem fronteiras. Territórios
,Sociedades e Culturas em tempos de mudança.”, cedida pelo CEI – Centro
de Estudos Ibéricos. As fotos expostas foram as premiadas no Concurso de
Fotografia subordinado a este tema,  que o CEI promove regularmente.

    Partindo
da importância que a imagem assume nas sociedades contemporâneas,
impõe-se romper com processos mediáticos que excluem e deixam sem
visibilidade vastas áreas do planeta, pelo que, no âmbito deste
Concurso, recorreu-se à fotografia como meio eficaz para promover a
inclusão dos territórios. O projeto foi alargado a países doutros
continentes onde perduram marcas da presença ibérica. Este aumento de
escala e de coordenadas geográficas colocou, em tempos de globalização,
estimulantes desafios: encontrar imagens que traduzam as reestruturações
que percorrem aquelas regiões, captar sinais de continuidade e de
mudança, dos arcaísmos e das inovações que atravessam tanto as
metrópoles mais populosas como as mais remotas, longínquas e despovoadas
regiões fronteiriças.
Prosseguindo objetivos coincidentes com os
que pautam a atuação do CEI, esta iniciativa não deixa de contribuir
para superar artificiosas fronteiras que se vão impondo entre
comunidades, povos e culturas. A viagem que se propôs por tão dispares
espaços, além de documentar a diversidade de Territórios, Sociedades e
Culturas Ibéricas, permitirá ler e interpretar uma multiplicidade de
paisagens naturais, económicas, sociais e culturais que se encontram
dispersas de tão amplas geografias.


Por:Mun.Celorico da Beira

Este sábado, II Seminário Ambiental em Fornos de Algodres

  No próximo sábado,dia 30 maio, terá lugar em Fornos de
Algodres, mais concretamente no centro Cultural Dr. António Menano, pelas 10horas,  o II
Seminário Ambiental – A Cidade Sustentável – que vai contar com a presença
de vários preletores,
Prof. Manuel Filipe Costa, Jorge
Pelicano, arquiteto Miguel Roque, o Agrupamento de Escolas de Fornos de
Algodres que vai apresentar o projeto “Eco Escolas” entre outros,  que 
falarão sobre vários temas, tais como ” A Cidadania ambientalmente
responsável”, Turismo de Natureza global, entre outros.

  O evento tem como objetivo
proporcionar ao público conhecimentos sobre preservação ambiental e
questões relacionadas com ações de sustentabilidade que cada vez mais
devem estar presentes no nosso dia a dia.
  A salientar a
presença do  Presidente do Turismo Centro de Portugal, Dr. Pedro
Machado, o que será uma mais valia nas temáticas inerentes à
sustentabilidade turística.

Exposição fotográfica e documental “Sós e Isolados”em Celorico

 Está patente ao público em geral, uma Exposição fotográfica e
documental “Sós e Isolados”, por Ceci de F, recentemente inaugurada pelo  Vice Presidente da Câmara Municipal de
Celorico da Beira Dr. Jose Luis Cabral.

A Fundação S. João de Deus, delegação da Guarda, e o Município de
Celorico da Beira, apresentam, até só dia 24 de Abril,no Cinema –
Centro Cultural de Celorico da Beira, a exposição fotográfica “Sós e
Isolados”, por Ceci de F., fotógrafa natural do Porto, a residir em
Espanha.
Além da exposição fotográfica, onde vários idosos do
distrito da Guarda têm o papel principal, serão também apresentados os
resultados dos primeiros 9 meses do programa “Somos por Si”.
A
Fundação S. João de Deus pretende sensibilizar, através desta exposição,
para o problema do isolamento social e geográfico no Distrito da
Guarda, e dar também a conhecer as respostas que tem para oferecer para
este problema.

A fotógrafa Cecília de Fátima resolveu
documentar a vida de pessoas com mais de 65 anos que vivem sós e
isolados . O Sr. F. e a Sr.ª A. têm uma idade próxima dos 75 anos e
vivem numa quinta de uma aldeia do concelho de Seia. O acesso só é
possível a pé e a casa não tem luz elétrica, água canalizada ou casa de
banho. Sós e isolados, são palavras que descrevem bem o dia-a-dia do
casal. Não são revelados os nomes dos fotografados para os proteger de
eventuais criminosos, mas não é pela ausência do nome que os relatos
perdem força.
O objetivo do trabalho é sensibilizar a população
para o quotidiano a as condições de vida dos idosos que vivem em
situações de isolamento por todo o país.
A fotógrafa do Porto
vai continuar a trabalhar no projeto, em busca de mais de mais idosos e
para enquadrar cada história nas quatro estações do ano.
Além
disso, a exposição é acompanha por dois cartazes com informação do
projeto “Somos por si”, os quais informam o número de pessoas idosas
acompanhadas pelo projeto e os objetivos atingidos, e mais alguma
informação sobre a Fundação S. João de Deus, promotora de mesmo.
Por: Mun.CB

Exposição do Museu da Assembleia da República em Celorico da Beira

foto:Mun.CB

  O Centro Cultural de Celorico da Beira tem patente ao público neste mês de Março, uma Exposição Itinerante do Museu da Assembleia da República – “História do Parlamentarismo”.

  Assim todos os visitantes podem ver a história e relembrar todos os que passaram pela Assembleia da República durante estes anos, tudo representado em fotos e respectivas legendas.
  Pode ser visitada assim até 30 de março em entrada livre das 9h00-13h00 e 14h-17h.
Por António Pacheco