Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: combate

Tag Archives: combate

Combate à Vespa Asiática em Fornos de Algodres

Está em curso no concelho de Fornos de Algodres, o combate à Vespa Asiática, uma ação dos Serviços Municipais de Proteção Civil de Fornos de Algodres, com a ajuda dos Apicultores locais.

A Vespa Asiática é prejudicial para a produção de mel, dado que, entrando nas colmeias dizima as abelhas existentes.

Desde outubro de 2017 que este inseto tem vindo a aumentar no País e nesta região, face a isso, esta praga tem sido combatida com produtos que procuram eliminar esta praga.

Fica  o alerta aos cidadãos para que, em caso de deteção ou suspeita de avistamento da vespa, seja feita de imediato a comunicação, aos Serviços Municipais de Proteção Civil de Fornos de Algodres, no sentido de poderem ser combatidas.

Por:AP fotos:SMPCFA

Combate à pobreza e exclusão social pelo Conselho Local de Ação Social

Realizou-se na passada terça-feira, dia 23, a reunião descentralizada do Conselho Local de Ação Social de Mangualde (CLASM). O encontro, que decorreu na sede do Estrela Mondego Futebol Clube, em Abrunhosa-a-Velha, contou com a presença de Maria José Coelho, Vereadora do Município de Mangualde e Presidente do CLASM, dos parceiros membros do CLASM e dos Presidente e Tesoureiro da Junta de Freguesia de Abrunhosa-a-Velha.

Este encontro, que decorreu na sequência da descentralização encetada anteriormente, teve como objetivo aproximar os parceiros das realidades locais, avaliar as potencialidades e as dificuldades do território, tendo em atenção a demografia, o envelhecimento, a baixa natalidade e os seus recursos. Teve ainda como objetivo dar a conhecer as respostas sociais integradas que ajudam a minimizar a pobreza e exclusão social, potenciando a coesão.

A reunião do CLASM teve como ordem de trabalhos a eleição dos membros do Núcleo Executivo para 2018/2020, onde foi aprovada, por unanimidade, a sua constituição: Câmara Municipal de Mangualde, ISS –  Serviço Local de Mangualde, Centro Paroquial da Cunha Baixa, Unidade de Cuidados na Comunidade, Associação Empresarial de Mangualde, Junta de Freguesia de Mangualde e Agrupamento de Escolas de Mangualde. Foi também apresentado o relatório de atividades do projeto CLDS3G Mangualde, decorrente da Lei, e o relatório anual de 2017 da Entidade Coordenadora Local de Parceria, Obra Social Beatriz Pais, apresentado igualmente pela equipa do CLDS 3G.

Por:MM

Formação para combate à vespa da galha do Castanheiro

Combate à vespa da galha do Castanheiro

No âmbito do cumprimento do designado Protocolo Biovespa, que pretende implementar ações de luta Contra a Vespa da Galha do Castanheiro, teve lugar no dia 18 de maio, uma ação de sensibilização conjunta entre técnicos da DRAPC, da Associação Portuguesa da Castanha e representantes do Município. Esta ação, permitiu aos agricultores presentes clarificar aspectos referentes a esta praga, nomeadamente, perceber a gravidade das suas consequências e as alternativas de luta existentes.

A ação de formação, inseriu-se no âmbito da primeira intervenção de combate à praga, levada a cabo no concelho de Fornos de Algodres. Sendo a luta biológica, aquela que atualmente se assume como a mais eficaz, esta consistiu na libertação, nos locais infectados, de insectos que vão atacar a vespa da galha dos castanheiros quando estes ainda se encontram no interior das galhas.

Neste primeiro ano , a autarquia assumiu já os encargos com o programa de combate, custeando nesta fase 5 largadas de insectos. Contudo, os serviços técnicos da autarquia detectaram já novos focos da praga no concelho, prevendo-se um reforço de verba para o ataque no próximo ano.

Por:Mun.Fornos de Algodres

MANGUALDE TEM DISPOSITIVO ESPECIAL DE COMBATE A INCÊNDIOS FLORESTAIS

Autarquia considera a segurança
prioritária

Realizou-se
no passado sábado, dia 9 de maio, pelas 10h00, a apresentação do Dispositivo
Especial de Combate a Incêndios Florestais 2015 de Mangualde (DECIF), no
auditório da Câmara Municipal, seguida de uma visita pelo concelho.

 A
apresentação foi conduzida pelo Presidente da Câmara Municipal de Mangualde,
João Azevedo, e contou com intervenções do Comandante Operacional Municipal,
Pedro Amaral, do Presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários
de Mangualde, João Soares, dos elementos dos Bombeiros Voluntários de
Mangualde, Comandante Carlos Carvalho e Adjunto Márcio Teles e do Comando
Territorial da GNR, Cabo Jerónimo do SEPNA. Intervieram ainda membros das
Juntas de Freguesia e do Conselho Municipal de Segurança.
130 HOMENS E 20 MEIOS DE COMBATE AFETOS AOS DECIF
No âmbito do
dispositivo agora apresentado, estão afetos ao combate a incêndios florestais
em Mangualde cerca de 130 homens e 20 meios de combate ou apoio ao combate. Os
meios, humanos e materiais, estão distribuídos pelos Bombeiros Voluntários de
Mangualde, pela GNR, pela Proteção Civil Municipal, pelos Sapadores Florestais,
pelas Juntas de Freguesia, entre outros agentes de proteção civil.
 Durante
a apresentação foi destacada a importância da preparação e prontidão para um
período crítico, que se prevê com condições muito adversas em termos de combate
aos incêndios florestais. Foi ainda referido que a segurança ocupa sempre as
prioridades não descurando a missão e as estratégias necessárias para uma
eficaz e eficiente gestão das ocorrências.
 Após a
sessão no auditório do município, realizou-se uma visita ao concelho cujo
objetivo era reconhecer, no terreno, as infraestruturas que servem a Defesa da
Floresta Contra Incêndios (DFCI), nomeadamente, o estado dos Reservatórios de
DFCI, o posto de vigia e os caminhos que atravessam os espaços florestais.
Por:Mun.Mangualde

Dispositivo Especial de Combate a Incêndios 2015 apresentado em Pinhel

   Decorreu ao final da tarde desta terça- feira, na cidade
de Pinhel, a Apresentação Pública do
Dispositivo Especial de Combate a Incêndios 2015 para o Distrito da Guarda,


no Auditório da Câmara Municipal, pelo Comandante Operacional Nacional, Dr.
José Moura, e também o  Comandante
Operacional Distrital, Dr. António Fonseca.

Estiveram presentes alguns Autarcas, GNR, INEM, Representantes
das Direções e Comandantes dos bombeiros do distrito da Guarda.
Este dispositivo vai ser composto por 130 equipas, 596 elementos e 135 veículos prontos para o combate aos incêndios, 24 h por dia.
  Foi assim explicado como este novo plano de ação vai decorrer durante este ano 2015.
 Por:Sofia Pacheco
Fotos:Mun.Pinhel