Início » Tag Archives: concurso

Tag Archives: concurso

12.º workshop de Aves Invernantes da Serra da Estrela

O CERVAS – Centro de Ecologia, Recuperação e Vigilância de Animais Selvagens e o Centro de Interpretação da Serra da Estrela (CISE) promovem, nos dias 20 e 21 de janeiro de 2024, o 12.º workshop de Aves Invernantes da Serra da Estrela.

A iniciativa visa proporcionar um conhecimento mais abrangente da avifauna, posicionando a Serra da Estrela como local privilegiado para a prática de birdwatching, em especial na época mais fria do ano.

A região da serra da Estrela representa um dos melhores locais em Portugal para o estudo de algumas das espécies de aves invernantes que noutras regiões do país são relativamente raras.

Aqui, durante o inverno, é possível observar uma grande diversidade de aves. A baixas altitudes ocorrem aves semelhantes a outras zonas do país, e nas zonas mais elevadas e com maiores adversidades, encontram-se espécies bem-adaptadas ao clima frio e à neve, como a ferreirinha-alpina e da escrevedeira-das-neves. Além destas, é possível observar o melro-de-colar, o dom-fafe, o lugre, a petinha-ribeirinha, o tordo-zornal, o tordo-ruivo, entre outras espécies quer residentes na região quer exclusivamente invernantes.

No workshop serão desvendadas particularidades das migrações e das adaptações ao frio e à neve, assim como alguns dos melhores locais na serra da Estrela para observar as aves invernantes. Além disso, pretende-se suscitar o interesse e a sensibilidade pela observação regular de aves e pela conservação da avifauna e da natureza em Portugal.

Durante o curso estão programadas várias saídas de campo para observação das espécies no seu habitat natural, nomeadamente em áreas agrícolas e zonas húmidas, ribeirinhas e de montanha. A componente prática tem como ponto de partida o CISE.

Inscrições e mais informações junto do CERVAS, pelo telefone 919 457 984 ou correio eletrónico cervas.pnse@gmail.com

Lançado concurso para instalação de redes de banda larga

Foi lançado nesta terça-feira, o concurso público internacional para a instalação de redes de banda larga nas chamadas “zonas brancas” – territórios onde não existe cobertura de rede ou esta não revela a qualidade adequada. Um projeto que vai abranger mais de 400 mil casas, em diversas regiões do interior, resultando na cobertura da totalidade do território continental até 2026/2027.

Em causa está um investimento global de 425 milhões de euros – cerca de 150 milhões de euros dos Programas Regionais do Portugal 2030, sendo o restante proveniente de fundos nacionais. Ler Mais »

Vários concursos do Turismo Centro de Portugal

A Turismo Centro de Portugal tem em curso os concursos anuais promovidos por esta entidade, concretamente o Concurso de Empreendedorismo Turístico “José Manuel Alves” e o Concurso de Teses Académicas. As candidaturas a ambos os prémios podem ser submetidas até ao dia 15 de março.

Com estas duas iniciativas, a Turismo Centro de Portugal aposta, por um lado, na deteção e apoio às melhores ideias de negócio turístico geradas na região; por outro, na valorização do conhecimento científico produzido sobre a atividade turística no último ano. Os vencedores serão conhecidos até ao dia 15 de maio de 2023.

Prémio de empreendedorismo turístico mais antigo do país

Já na sua oitava edição, o Prémio José Manuel Alves é o concurso de empreendedorismo turístico mais antigo do país. Nas sete edições anteriores, recebeu um total de 342 candidaturas, tendo distinguido 56 projetos e premiado 20.

O concurso tem como missão distinguir e apoiar projetos inovadores no setor do Turismo com implementação na região Centro de Portugal, distinguindo as melhores novas ideias de negócio no setor. Podem candidatar-se ideias e projetos que ainda não tenham iniciado a atividade turística.

Após a submissão das candidaturas, um júri intermédio, composto por individualidades ligadas ao turismo e ao empreendedorismo, seleciona os oito projetos finalistas. Posteriormente, um júri final irá determinar os vencedores.

Ao vencedor do Concurso de Empreendedorismo Turístico é atribuído o Prémio José Manuel Alves, em homenagem ao percurso do ex-presidente da Região de Turismo do Centro, que esteve na génese da criação do gabinete de Apoio ao Investimento Turístico da região Centro de Portugal. Os três primeiros classificados são galardoados com um prémio financeiro.

Uma das características mais singulares deste concurso é o facto da ligação aos projetos participantes não se extinguir após a sua participação no concurso, como acontece na generalidade dos eventos similares a nível nacional. No Prémio José Manuel Alves, há um acompanhamento contínuo da totalidade dos projetos participantes, que se prolonga por todas as fases de crescimento destes empreendimentos. A entidade organizadora – o Núcleo de Apoio ao Investimento Turístico (NAIT) da Turismo Centro de Portugal – estabelece uma relação umbilical e indissociável de todos os projetos, estando disponível para auxilia-los em diversas dúvidas ou dificuldades, seja no enquadramento na legislação, na informação sobre sistemas de incentivo disponíveis ou no apoio no contacto com entidades licenciadoras.

O regulamento e todas as informações estão disponíveis em https://bit.ly/3ZqEIy5.

Concurso de Teses Académicas em sétima edição

Em paralelo, estão a decorrer as candidaturas para o VII Concurso de Teses Académicas da Turismo Centro de Portugal, que premeia as melhores teses de mestrado e de doutoramento apresentadas sobre o tema do Turismo.

Promovido pela Turismo Centro de Portugal desde 2017, o Concurso de Teses Académicas tem como objetivo valorizar o conhecimento gerado no seio da comunidade científica sobre a atividade turística e aproximá-lo das empresas do setor do Turismo e de todos os interessados em desenvolver projetos de empreendedorismo turístico.

O concurso tem duas categorias, uma dedicada às teses de Mestrado e outra dedicada às teses de Doutoramento. Podem concorrer, na categoria Mestrado, todas as dissertações, relatórios de estágio e projetos com vista à obtenção do grau de mestre já avaliadas e, na categoria Doutoramento, dissertações de doutoramento já defendidas e avaliadas, cujo tema incida sobre o setor do Turismo, preferencialmente na região Centro de Portugal – seja em exclusivo ou englobada num estudo de âmbito nacional -, entre 1 de janeiro de 2022 e 31 de dezembro de 2022.

Após a submissão das candidaturas, há um júri intermédio que seleciona cinco teses finalistas em cada categoria. Posteriormente, um júri final determina os dois vencedores, que serão galardoados com um prémio financeiro.

O regulamento e todas as informações estão disponíveis em https://bit.ly/3ZqEIy5.

Ascendi lança concurso “A Nossa Biodiversidade”

A Ascendi lança um concurso que tem como objetivo promover a preservação da biodiversidade junto das crianças que frequentam as escolas nas imediações da sua rede de Autoestradas.
Designado de “A Nossa Biodiversidade”, este desafio tem como missão envolver as crianças com a biodiversidade e fomentar a implementação de medidas que contribuam para o equilíbrio da natureza. Esta edição está direcionada às escolas dos municípios adjacentes à Concessão Beiras Litoral e Alta (A25) – Albergaria-a-Velha, Almeida, Águeda, Celorico da Beira, Fornos de Algodres, Guarda, Mangualde, Oliveira de Frades, Sever do Vouga, Viseu, Vouzela e Pinhel.
As turmas do 1º e 2º ciclo são convidadas a apresentar ideias que ajudem a preservar ou
recuperar a biodiversidade local. Para ajudar as crianças com ideias, e passar informação sobre
Biodiversidade, será realizado um Roadshow que levará a equipa de Biólogos da Ascendi às
escolas. O prazo de inscrição decorre em fevereiro e o envio das ideias até 31 de março.
As turmas vencedoras serão premiadas com um valor até 500€ para a implementação do
projeto, uma visita ao Jardim de Serralves, no Porto e ao Centro Operacional da Ascendi, em
Viseu.
Toda a informação sobre o desafio pode ser consultada no site Ascendi (www.ascendi.pt) ou
através deste link – https://www.ascendi.pt/a-nossa-biodiversidade/
Esta iniciativa surge no âmbito da política de sustentabilidade da Ascendi que resulta da
preocupação em cultivar uma relação ética e responsável com o meio envolvente, tendo como
objetivo a promoção de uma cultura de valorização da biodiversidade e de práticas ambientais
mais sustentáveis.

Concurso público para atribuição do Lote 3B, na Zona Industrial de Pinhel

Foi deliberado na reunião ordinária da Câmara Municipal de Pinhel, datada de 5 de janeiro de 2023, nos termos e para os efeitos do disposto no artigo 15.º do Regulamento de Atribuição de Lotes de Terrenos na Zona Industrial de Pinhel – Quinta do Pezinho, encontra-se aberto concurso público para atribuição do Lote 3B, sito na Zona Industrial de Pinhel, com inscrição na matriz 3610, da Freguesia de Pinhel, com descrição na Conservatória do Registo Predial de Pinhel sob o n.º 3159, com a área de 1.314,08 m2 e com uma área máxima de construção de 313 m2, com uma área máxima de anexos de 78,80m2, o número mínimo de estacionamentos privados deverá cumprir a Portaria 216-B/2008, de 3 de março, a altura máxima do edifício será de 9m, o número máximo de pisos acima da cota da soleira serão 2 e o número máximo de pisos abaixo da cota da soleira será 1.

Mais se informa que os interessados deverão formalizar as suas candidaturas, no prazo de 30 dias, a contar da data do Edital publicado abaixo, e nos termos exigidos no Regulamento supra identificado. Tal Regulamento encontra-se disponível, para consulta, nos Paços do Concelho, durante o horário do expediente ou poderá ser descarregado no site do Município de Pinhel, em https://www.cm-pinhel.pt/investir-pinhel/zona-industrial/

Concurso Público para atribuição de um Lote (janeiro 2023):
Edital 65-2023 – Concurso Público para atribuição de Lote na Zona Industrial – janeiro 2023

Pastelaria & Padaria do Intermarché da Guarda vencedor da Melhor Bola Parda

Teve lugar na tarde deste sábado, o concurso da Melhor Bola Parda da Guarda. Foram algumas dezenas de participantes neste concurso, cerca de meia centena de participantes neste concurso, que tinha sido anunciado durante a Feira Farta nesta cidade. Os concorrentes mostraram o seu real valor e o júri (Chef Rui Cerveira; Carla Sandra Mota Castro (IPG); João Quaresma (Turismo do Centro de Portugal); Master Chef Júnior, Rosário Romão e o jornalista da TVI, Paulo Salvador) avaliou todos os bolos candidatos.
Desta forma no Café Concerto do TMG, Sérgio Costa anunciou assim o grande vencedor foi o numero 27,  que era pertença da Pastelaria & Padaria do Intermarché da Guarda, que arrecadou o diploma e o cheque no valor de 1500 euros.
Em suma, um concurso com uma grande mobilização de toda a comunidade guardense.

“Pontos de Vista” projeto fotográfico vencedor do Concurso “Fronteiras da Esperança”

Foram entregues os prémios relativos à segunda edição do Concurso “Fronteiras da Esperança: Minha Terra, Meu Futuro” ,uma iniciativa do Centro de Estudos Ibéricos (CEI) e da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIMBSE)
O grande vencedor geral do concurso foi, Micael Marques (Esc. Secundária de Pinhel), com o trabalho fotográfico “Pontos de Vista”, bem como às escolas vencedoras. E foram elas: a Escola Secundária de Pinhel, 1º lugar; a Escola Secundária Frei Heitor Pinto da Covilhã, 2º lugar, e as Escolas Básica Adães Bermudes da Guarda e Secundária do Fundão, 3º lugar ex aequo. O presidente da Câmara da Guarda, Sérgio Costa, aproveitou a ocasião para dizer aos jovens alunos que: «A Guarda necessita que os seus jovens partam por esse mundo fora. Ganhem conhecimentos e novas experiências. Mas precisamos do vosso regresso, da vossa presença do vosso contributo». A sessão teve lugar no Teatro Municipal da Guarda, onde foi lançado o Catálogo e inaugurada a exposição que estará patente até 11 de março, no Foyer do Grande Auditório do TMG.

Sorteio do concurso “Comércio Tradicional é na Terra Natal”em Figueira de Castelo Rodrigo

Decorreu no Salão Nobre dos Paços do Concelho, o sorteio do concurso ”Comércio Tradicional é na Terra Natal”.
Esta iniciativa, que decorreu entre 13 de dezembro de 2021 e 6 de janeiro de 2022, foi promovida pelo Município de Figueira de Castelo Rodrigo em conjunto com o NERGA (Associação Empresarial da Região da Guarda).
Neste concurso, que visa apoiar o comércio local em todo o concelho, foram contemplados os seguintes compradores:
1º Prémio no valor de 250€: Sr. Francisco Arrepia – Barca d’Alva
2º Prémio no valor de 175€: Sr. Luís Silva – Figueira de Castelo Rodrigo
3º Prémio no valor de 100€: Sra. Maria Valente – Figueira de Castelo Rodrigo
4º Prémio no valor de 75€: Sra. Ana Santos – Reigada
O valor dos prémios terá, assim, que ser utilizado nas lojas aderentes desta iniciativa.

Concurso “Vamos Brincar na Escola” para escolas do 1ºciclo

Escolas têm até dia 15 para se candidatarem ao concurso da IKEA

 Este é já o quarto ano consecutivo que a IKEA desafia as escolas públicas do primeiro ciclo  a participarem no concurso “Vamos Brincar na Escola”. A iniciativa tem como objetivo promover a brincadeira e incentivar as crianças a brincar mais e melhor na escola. Para concorrer, as escolas têm até ao final desta semana, 15 de janeiro, para submeter este formulário, apresentando um projeto que responda às necessidades das suas instalações e contribua para um ambiente de brincadeira.

Todas as candidaturas são depois analisadas por uma comissão de avaliação e a escola vencedora recebe 10.000€ por parte da IKEA para implementação do projeto submetido a concurso. Esta é mais uma iniciativa da marca de origem sueca para garantir que cada vez mais crianças têm a brincadeira presente nas suas escolas e na sua vida, de uma forma segura e inspiradora.

Escolas vencedoras “Vamos Brincar na Escola” 2020

As escolas vencedoras do concurso “Vamos brincar na escola” 2020, foram Escola Básica de Tondela, do Agrupamento de Escolas de Tondela Cândido de Figueiredo e Escola Básica Via Rara, do Agrupamento de Escolas de Santa Iria de Azoia. Desde 2017 a IKEA Portugal já apoiou 8 escolas nacionais no âmbito deste concurso, tendo ajudado a criar mais e melhores condições de brincadeira para mais de 1500 crianças em cada ano letivo.

Pinhel-Daniela Marques (Tábua) eleita “Rainha das Vindimas de Portugal 2021”

Pinhelense Tânia Pina eleita 2ªDama de Honor

Pinhel, Cidade do Vinho 2020-2022, acolheu a eleição do concurso “Rainha das Vindimas de Portugal 2021”, iniciativa promovida pela Associação de Municípios Portugueses do Vinho.

As Piscinas Municipais Descobertas na cidade de Pinhel acolheram o Concurso “Rainha das Vindimas de Portugal 2021”, um espaço com uma forte ligação à temática da Vinha e do Vinho, para os pinhelenses.

Uma grande noite de gala com todas a candidatas a mostrarem-se satisfeitas por estar neste concurso e por terras pinhelenses.

Teve a participação de público, mas de forma limitada, dado que, havia apoiantes das diversas candidatas, assim estiveram onze candidatas, em representação dos municípios de Alenquer, Arruda dos Vinhos, Cadaval, Cartaxo, Lagoa, Palmela, Pinhel, Portalegre, Rio Maior, Tábua e Torres Vedras.

Por sua vez, ao júri, coube a  responsabilidade recaiu sobre um painel de jurados liderado por José Arruda, Secretário-Geral da AMPV.

Foram dois desfiles pelas onze candidatas: o primeiro em Traje Regional e o segundo em Vestido de Noite. Além disso, as concorrentes tiveram oportunidade de se dirigir ao público para apresentarem o seu concelho e a importância da Vinha e do Vinho para os territórios vinhateiros.

Uma Pinhelense entre as da frente

O anúncio das vencedoras, foi o mais aguardado, com os lugares de 2ª Dama de Honor, 1ª Dama de Honor e Rainha das Vindimas 2021.

Para orgulho e satisfação do Município de Pinhel, a candidata Tânia Pina, representante de Pinhel, conquistou o lugar de 2ª Dama de Honor. A faixa com o título foi entregue por Bernardo Gouvêa, Presidente do Instituto do Vinho e da Vinha e membro do júri.

Quanto ao lugar de 1ª Dama de Honor, foi conquistado por Rafaela de Oliveira, concorrente do Cartaxo, tendo sido a Vice-Presidente da Câmara Municipal de Pinhel, Daniela Capelo, a entregar e colocar a respetiva faixa.

Representante de Tábua é a nova Rainha das Vindimas

O título de Rainha das Vindimas 2021 foi conquistado por Daniela Marques, concorrente de Tábua que também conquistou o Prémio Fotogenia. A faixa foi com o título de Rainha foi entregue por Pedro Ribeiro, Presidente da Associação de Municípios Portugueses do Vinho e Presidente da Câmara Municipal do Cartaxo.

Quanto ao Ceptro e à Coroa, que vão passando “de reinado em reinado”, foram entregues pessoalmente pela Rainha das Vindimas 2019, Cátia Mateus, do Município de Azambuja.

Prémios Fotogenia e Simpatia

Antes de serem anunciadas as vencedoras, foi entregue o Prémio Fotogenia, por Cristóvão Gonçalves, Técnico do Município de Pinhel que fez a cobertura fotográfica do evento, incluindo uma sessão fotográfica realizada previamente na cidade. Neste caso, a escolha recaiu sobre Daniela Marques, concorrente de Tábua.

Eleita pelas próprias concorrentes foi a vencedora do Prémio Simpatia, prémio entregue pela Presidente da Assembleia Municipal de Pinhel, Ângela Guerra, sendo que neste caso a escolha recaiu sobre Raquel Oliveira, concorrente do Cadaval.

O Município de Pinhel felicitou todas as candidatas, pela sua participação e pelo seu empenho. Aproveita ainda para agradecer a disponibilidade dos membros que compuseram o painel de jurados, bem como a presença dos apoiantes oriundos dos vários municípios envolvidos.

Por força das circunstâncias e pelo facto de ser Cidade do Vinho 2020-2022, Pinhel prepara-se para acolher novamente a Gala da Rainha das Vindimas em 2022, esperando que o evento decorra com a normalidade que ainda não foi possível ter este ano.

Participantes:

Alenquer | Beatriz Teixeira
Arruda dos Vinhos | Maria Gagueiro
Cadaval | Raquel Oliveira
Cartaxo | Rafaela de Oliveira
Lagoa | Madelon Geerlings
Palmela | Diana Sousa
Pinhel | Tânia Pina
Portalegre | Maria Dias
Rio Maior | Helena Henriques
Tábua | Daniela Marques
Torres Vedras | Maria Figueiredo

fonte:MP