Início » Tag Archives: Conferências da Guarda

Tag Archives: Conferências da Guarda

Alavancas para o Desenvolvimento Sustentado debatidas na Guarda

Regressaram as Conferências da Guarda, iniciativa que o Município promove para debater o território e o seu desenvolvimento colhendo a opinião de especialistas e abrindo caminho ao debate público de ideias.

A primeira edição de 2023 teve as “Alavancas para o Desenvolvimento Económico Sustentado” como mote e aconteceu na Guarda a 5 de abril. Sérgio Costa, presidente da Câmara da Guarda, abriu a sessão, nos Paços do Concelho, referindo que «A Guarda tem uma estratégia de desenvolvimento económico e de marketing territorial que, em conjunto, representam um autêntico ponto de viragem, para o sucesso na atração de investimentos e recursos humanos qualificados a nível nacional (…) e que tem capacidade para se tornar um verdadeiro HUB do Interior, um HUB tecnológico e de empreendedorismo do interior de Portugal, alicerçado na Transição Digital, atraindo novas empresas e recursos humanos qualificados». Ideia que introduziria os painéis que se seguiram.

No primeiro painel desta conferência esteve “O papel da Academia no desenvolvimento do ecossistema empreendedor local” e teve a participação do presidente do Politécnico da Guarda, Joaquim Brigas; do diretor geral da ALTICE Labs, Alcino Lavrador, e do diretor da Comunilog, Nuno Silva.

No segundo painel esteve “A importância das redes de nova geração na atração de investimento e fixação de pessoas”. Participaram empresários que desenvolvem trabalho no território nos ramos do Turismo, mas também do Cluster Automóvel e da gestão financeira e da tecnologia: Luís Veiga, administrador executivo da IMB Hotels; Paulo Romão, fundador das Casas do Côro; António Magalhães, diretor da SODECIA; e Isabel Duarte, diretora da Air Liquide Europa. Os dois painéis foram moderados por António Costa, diretor do jornal digital ECO e comentador televisivo.

Ainda durante a manhã, Alexandre Fonseca, co-CEO do Grupo ALTICE Internacional e chairman da ALTICE Portugal e EUA, foi o responsável pela apresentação “A tecnologia e Inovação como plano A e B do crescimento Económico”.  Para o gestor, há duas dimensões críticas para o desenvolvimento económico do país que devem ser tidas em conta: o co-investimento e a atração de investimento estrangeiro. E deu o exemplo da instalação de fibra ótica em várias zonas do país. «Não temos de ter receios, estigmas. Temos de trabalhar em conjunto, o setor privado e o setor público, quando isso aconteceu (no passado), a qualidade de serviço melhorou, por exemplo no investimento em zonas ainda sem redes de fibra ótica».

O encerramento da sessão ficaria a cargo da ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, que revelou no final da sessão que «o Governo está a aguardar pela autorização da Comissão Europeia para fazer um investimento de 300 milhões de euros em infraestrutura de fibra ótica para cobrir todo o território nacional».

Ainda no âmbito dos Conferências da Guarda, durante a tarde do dia 5 de abril, foram realizadas duas sessões demonstrativas de Fusão e Expansão de Fibra Ótica, na Barragem do Caldeirão e na Urbanização Quinta do Pomar, na Guarda. Está ação marcou o arranque da iniciativa que se vai desenvolver até final 2025 e que tem por objetivo garantir 100 por cento de cobertura com Fibra Ótica do Concelho da Guarda.

As ações contaram com a presença do presidente da Câmara da Guarda, Sérgio Costa, da ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa e do diretor-geral da ALTICE Portugal, Jorge Fonseca, que que agradeceu na ocasião a parceria do Município da Guarda, elogiando a forma como desburocratiza, facilitando os processos de instalação de empresas no território. «Obrigado ao município da Guarda por permitir a estas empresas que investem facilidade nas licenças e autorizações que nos permite poupança de tempo e valor. A desburocratização e a simplificação de processos, bem como a forma interessada como o município lida connosco cativa-nos e atrai a que estejamos aqui e investamos aqui porque sabemos que não somos parados nas nossas operações o que nos permite mais agilidade e maior eficácia no terreno. O município da Guarda é hoje moderno e claramente virado para o futuro», referiu o diretor geral da ALTICE Portugal.
A iniciativa “Guarda – Alavancas para o Desenvolvimento Económico Sustentado” decorreu a 5 de abril na Sala António de Almeida Santos, nos Paços do Concelho e teve a parceria da ALTICE.

Fotos:MG