Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: covid-19

Tag Archives: covid-19

Dose de reforço para Covid-19 no final de agosto para pessoas com mais de 80 anos

O Ministério da Saúde liderado por Marta Temido adiantou que : As pessoas com mais de 80 anos vão receber a dose de reforço da vacina contra a Covid-19, a partir do final de agosto ou início de setembro.

Durante uma visita ao Centro Hospitalar Universitário de São João, no Porto, para presidir à inauguração das instalações remodeladas da unidade de cuidados intensivos, a Ministra disse que a questão «que se coloca neste momento é saber qual o melhor momento para avançarmos com a quarta dose ou dose de reforço»:

«Face às características deste vírus, e estando a situação epidemiológica relativamente controlada, o que parece fazer mais sentido é que esse momento aconteça apenas antes do início do outono/inverno. Portanto, em final de agosto/início de setembro», afirmou  a ministra.

Marta Temido disse ainda que a administração da dose de reforço às pessoas com mais de 80 anos está «em linha com a posição da Agência Europeia do Medicamento», acrescentando que, «em função da situação de imunocomprometimento ou fragilidade imunitária», a quarta dose «já está a ser passada com prescrição médica» e que Portugal está preparado para continuar o processo.

por:GP

Covid-19- Destacado serviço dos bombeiros pelo Ministro da Administração Interna, José Luís Carneiro

O Ministro da Administração Interna, José Luís Carneiro, destacou o serviço prestado pelos bombeiros em dois anos de pandemia de Covid-19, acrescentando que «mesmo em plena pandemia, os bombeiros não deixaram nunca de responder a todas as demais ocorrências, garantindo em particular duas épocas muito difíceis de combate a incêndios florestais, dando um contributo crítico para os resultados alcançados».

Foi em Tomar, na cerimónia comemorativa do 100.º aniversário do Corpo de Bombeiros Municipais, onde enumerou os apoios do Governo ao setor da Proteção Civil desde 2020, acrescentando que, «porventura, a resposta conseguida não terá resolvido todos os problemas», mas que «as medidas tomadas permitiram apoiar e mitigar, limitar o impacto e reforçar a operacionalidade».

Financiamento e combustíveis

Ao nível do financiamento permanente, o Ministro relembrou que Orçamento do Estado para 2020 previu um investimento de 28 milhões de euros em operacionalidade, «representando um aumento de 4% face a 2019». Ainda no mesmo ano, «o orçamento suplementar criou um plano de apoio de emergência com o financiamento das associações humanitárias num montante superior a 7 milhões de euros, que beneficiou as 409 associações que os solicitaram». «Já no Orçamento do Estado para 2021, este financiamento voltou a aumentar, desta vez mais 2% face a 2020», explicou.

O Ministro afirmou ainda que «na proposta de Orçamento para 2022, inicialmente reprovada», está prevista a recuperação do orçamento de referência, em quase 30 milhões de euros, representando um aumento de 3,7% face a 2021.

José Luís Carneiro referiu também que a diretiva financeira – um instrumento fundamental de apoio aos corpos de bombeiros em 2020 – contemplou um aumento no valor de montante diários a abonar ao pessoal, de 50 para 54 euros, o que corresponde a um aumento de 8% em relação a 2019, e um aumento de 10% no valor das comparticipações com as despesas de alimentação.

Perante o aumento dos combustíveis, o Ministro relembrou que «o Governo decidiu transferir, através da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, a quantia de 1.500 euros por cada entidade detentora a título de compensação transitória», para comparticipação com encargos com combustíveis em 2021, «num valor que representou mais de meio milhão de euros».

Reforço da rede de Equipas de Intervenção Permanente e PRR

O reforço da rede de Equipas de Intervenção Permanente foi outra das medidas destacadas pelo Ministro e que demonstra uma «aposta clara no reforço do modelo de resposta permanente, a riscos de proteção civil, tendo sido já possível alcançar as 662 equipas», 28 das quais na sub-região do Médio Tejo. Este aumento representa, conforme refere, uma quadruplicação do número de EIP que até 2006 se situava em 169.

No âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência, o Ministro lembrou que o setor dos bombeiros foi contemplado com uma verba de cerca de 20 milhões de euros, dos quais 12,6 milhões de euros destinam-se à aquisição de 41 veículos florestais. Segundo José Luís Carneiro esta será a maior distribuição desde 1980, um milhão de euros dos quais «para formar, através da Escola Nacional de Bombeiros, 3.300 agentes de Proteção Civil entre 2021 e 2023, sendo que os principais beneficiários são mesmo os bombeiros».

José Luís Carneiro afirmou também que «o mundo hoje apresenta uma realidade bem diferente, com desafios cada vez mais complexos e exigentes do ponto de vista do socorro», pelo que é «importante valorizar o sistema de bombeiros nacional, naquilo que ele tem de melhor, na sua génese e também na sua natureza de voluntariado», mas sem deixar de responder ao desafio da profissionalização.

«Temos em mãos um grande desafio. O desafio de preparar o setor dos bombeiros, para as exigências de um futuro incerto, mas no qual a segurança terá ainda um papel mais decisivo», concluiu.

fonte:GP

Governo declara alívio das restrições

Foi aprovado em Conselho de Ministros que face a situação de alerta em todo o território nacional continental até às 23h59 de 7 de março de 2022 – deixando de vigorar a situação de calamidade – e o decreto-lei que altera as medidas aplicáveis no âmbito da pandemia da doença COVID-19.

Os diplomas vêm assim alterar as medidas aplicáveis no âmbito da pandemia da doença COVID-19, eliminando:
-o confinamento de contactos de risco;
-a recomendação de teletrabalho;
-os limites de lotação em estabelecimentos, equipamentos e outros locais abertos ao público;
-a exigência de apresentação de certificado digital, salvo no controlo de fronteiras;
-a exigência de teste com resultado negativo para acesso a grandes eventos, recintos desportivos, bares e discotecas.
Por outro lado, mantém-se:
-a exigência de teste negativo, exceto para portadores de certificado de recuperação ou de certificado de vacinação completa com dose de reforço, para:
-visitas a lares;
-visitas a pacientes internados em estabelecimentos de prestação de cuidados de saúde.
-uso de máscara nos espaços interiores onde é exigida atualmente.

Covid-19- Restrições podem ser aliviadas

Segundo testemunho da ministra da Saúde, no final de mais uma reunião com os especialistas sobre a evolução da pandemia da Covid-19, que decorreu no Infarmed, em Lisboa, referiu que:«A pandemia entrou numa outra fase. Estamos já com um decrescimento do número de casos e com um risco efetivo de transmissão também abaixo de 1»

A Ministra afirmou que apesar de «estarmos ainda numa situação em que o número de casos está num patamar elevado e a mortalidade é superior ao limiar de referência para o Centro Europeu de Prevenção e Controlo de Doenças, conseguimos passar este inverno com uma situação controlada, que nos permite olhar com expectativa para o tempo que aí vem».

Marta Temido referiu que «Portugal passou esta 5.ª onda com muito menos restrições do que outros países e do que ondas anteriores», mas sublinhou a necessidade de «manter a vigilância e o acompanhamento atento», por força do eventual «aparecimento de uma nova variante» e porque «as questões relacionadas com a efetividade vacinal e com a imunidade têm de ser ainda acompanhadas».

A Ministra disse que o Governo considerará «a alteração da política de testagem, que deverá ser mais focada, a apresentação de certificados em determinados espaços, utilização ou não de máscara ao ar livre, onde não haja pessoas».

Estas decisões deverão ser tomadas pelo Conselho de Ministros.

Covid-19-Atendimento presencial com marcação prévia no Município da Guarda

Tendo em conta a evolução do estado da Pandemia por COVID19, o Município da Guarda informa que vai passar a proceder ao atendimento presencial aplicando a obrigatoriedade de marcação prévia. Os munícipes deverão assim proceder ao pré agendamento através de telefone, email ou utilizar os serviços online do Balcão Digital, na página de internet do município (https://so.mun-guarda.pt/servicosonline) . Relembramos também que é obrigatório o uso de máscara para o acesso ou permanência nos Serviços e que deverá manter o distanciamento social, seguindo escrupulosamente as indicações dos funcionários e a sinalética disponível no local.

Figueira C.Rodrigo-Centro de vacinação contra a Covid-19 teve a visita do Executivo Municipal

A funcionar nas Piscinas Municipais, o Centro de Vacinação em Figueira de Castelo Rodrigo recebeu a visita do Executivo Municipal  a fim de verificar as condições em que o mesmo funciona bem como todo o processo de vacinação.
Entre quinta-feira, sexta-feira e sábado serão vacinadas as crianças entre os 5 e os 11 anos de idade, os professores e os auxiliares do Agrupamento de Escolas de Figueira de Castelo Rodrigo.
Esta ação é levada a cabo pelo Centro de Saúde de Figueira de Castelo Rodrigo, em estreita parceria com a Câmara Municipal, Proteção Civil, GNR e Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários Figueirenses.

Município de Figueira C. Rodrigo testou funcionários à Covid-19

Devido ao aumento de casos Covid-19 no concelho de Figueira de Castelo Rodrigo e à necessidade de adoção das medidas de prevenção que contribuem para o bem-estar dos colaboradores, reduzindo, também, o risco de contágio, a Câmara Municipal testou no dia de ontem os funcionários municipais que se encontram a desempenhar serviços presencialmente. Dos 73 testes realizados, os resultados foram todos negativos.

A Câmara Municipal de Figueira de Castelo Rodrigo adotou também o teletrabalho, em situações compatíveis com as funções, cumprindo assim a lei em vigor, reduzindo o número de funcionários nos seus postos de trabalho habituais, sendo que todos os serviços continuam a funcionar em plena normalidade.

Esta ação foi realizada em colaboração com o Centro de Saúde de Figueira de Castelo Rodrigo por forma a proteger os cidadãos que utilizam os serviços públicos da autarquia, permitindo uma implementação mais célere de medidas de isolamento que conduzam à contenção da transmissão do vírus.

Omicron faz disparar casos em todo País e a região interior também regista números elevados

A incidência do vírus SARS-CoV-2 aumentou para um máximo histórico, com uma tendência fortemente crescente a nível nacional, que se faz sentir nos internamentos em enfermaria, embora os cuidados intensivos se encontram a cerca de 60% do nível de alerta.

A nível de casos no distrito da Guarda, ronda os 1800, com grande incidência na Guarda, Seia e Gouveia.

Os internamentos em Unidades de Cuidados Intensivos mantêm “uma tendência estável” e a mortalidade reduziu, mantendo-se também “uma tendência estável”, para um valor inferior ao linear determinado pelo Centro Europeu de Controlo e Prevenção de Doença ECDC (na sigla em inglês), de 20 óbitos a 14 dias por 100 mil habitantes, afirmou hoje Pedro Pinto Leite, da Direção-Geral da Saúde, na reunião do Infarmed, em Lisboa, segundo adiantou a Lusa.

Segundo os especialistas, o pico desta variante estará atingida nos  segundo e terceiro fins de semana de janeiro.

Centro de Vacinação de Nelas reforçado e transporte garantido aos munícipes

No âmbito da atual situação pandémica e dado o crescente número de casos de infeção por COVID-19 registados no Concelho, a Câmara Municipal reforçou, desde o início do mês de dezembro, a equipa de enfermagem do Centro de Vacinação de Nelas, com a contratação de dois enfermeiros e disponibilização de dois recursos da autarquia, um para apoio administrativo e outro, para assegurar as medidas de higiene e limpeza do espaço.

Este reforço permitiu um aumento significativo na capacidade de vacinação na 3ª dose (maiores de 65 anos) e vacina da gripe, bem como o alargamento de horário, que passou a ser de segunda a sexta das 09h00 às 13h00 e das 14h00 às 16h00, e aos fins de semana e feriados, das 09h00 às 17h00, reduzindo o tempo de espera dos utentes, podendo, no entanto, ocorrer ligeiros atrasos, pelo que apelamos a todos os Munícipes compreensão.

Com este importante apoio, prestado pela autarquia, foi possível duplicar a vacinação, elevando para cerca de 2.500 os utentes vacinados com a 3ª dose e cerca de 2.700 os utentes com a vacina da gripe.

A autarquia procedeu também à reativação das linhas municipais de apoio, psicológica (966 040 872) e diversos (963 710 107), assegurando também o transporte aos Munícipes que tenham dificuldade em se deslocar ao Centro de Vacinação, bastando para isso ligar para o número 965 194 745.

A todos a Câmara Municipal de Nelas endossa as Boas Festas, congratulando todos os profissionais envolvidos nesta exigente vacinação, profissionais de saúde e outros envolvidos desde a primeira fase da pandemia, que diariamente contribuem para a mitigação das consequências sociais, psicológicas, económicas, causadas no âmbito do COVID-19.

Pinhel- Covid-19- Encerramento de espaços e cancelamento de atividades

O Município de Pinhel anunciou  que tendo em conta a evolução da situação epidemiológica no concelho, foi decidido proceder ao encerramento de alguns equipamentos públicos, bem como ao cancelamento de algumas iniciativas previstas para o mês de dezembro, conforme abaixo descriminado:

• 𝗦𝘂𝘀𝗽𝗲𝗻𝘀ã𝗼 𝗱𝗮𝘀 𝗮𝘁𝗶𝘃𝗶𝗱𝗮𝗱𝗲𝘀 𝗱𝗮 𝗔𝗰𝗮𝗱𝗲𝗺𝗶𝗮 𝗱𝗲 𝗠ú𝘀𝗶𝗰𝗮 𝗱𝗲 𝗣𝗶𝗻𝗵𝗲𝗹 𝗮 𝗽𝗮𝗿𝘁𝗶𝗿 𝗱𝗮 𝗽𝗿ó𝘅𝗶𝗺𝗮 𝘀𝗲𝗴𝘂𝗻𝗱𝗮-𝗳𝗲𝗶𝗿𝗮, 𝗱𝗶𝗮 𝟭𝟯 𝗱𝗲 𝗱𝗲𝘇𝗲𝗺𝗯𝗿𝗼 𝗱𝗲 𝟮𝟬𝟮𝟭.

• 𝗘𝗻𝗰𝗲𝗿𝗿𝗮𝗺𝗲𝗻𝘁𝗼 𝗮𝗼 𝗽ú𝗯𝗹𝗶𝗰𝗼 𝗱𝗮 𝗣𝗶𝘀𝗰𝗶𝗻𝗮 𝗠𝘂𝗻𝗶𝗰𝗶𝗽𝗮𝗹 𝗲 𝗱𝗼 𝗚𝗶𝗻á𝘀𝗶𝗼 𝗹𝗼𝗰𝗮𝗹𝗶𝘇𝗮𝗱𝗼 𝗻𝗼 𝗣𝗮𝘃𝗶𝗹𝗵ã𝗼 𝗠𝘂𝗹𝘁𝗶𝘂𝘀𝗼𝘀 𝗮 𝗽𝗮𝗿𝘁𝗶𝗿 𝗱𝗮 𝗽𝗿ó𝘅𝗶𝗺𝗮 𝘀𝗲𝗴𝘂𝗻𝗱𝗮-𝗳𝗲𝗶𝗿𝗮, 𝗱𝗶𝗮 𝟭𝟯 𝗱𝗲 𝗱𝗲𝘇𝗲𝗺𝗯𝗿𝗼 𝗱𝗲 𝟮𝟬𝟮𝟭.

• 𝗖𝗮𝗻𝗰𝗲𝗹𝗮𝗺𝗲𝗻𝘁𝗼 𝗱𝗮𝘀 𝗙é𝗿𝗶𝗮𝘀 𝗗𝗲𝘀𝗽𝗼𝗿𝘁𝗶𝘃𝗮𝘀 𝗱𝗲 𝗡𝗮𝘁𝗮𝗹.

• 𝗖𝗮𝗻𝗰𝗲𝗹𝗮𝗺𝗲𝗻𝘁𝗼 𝗱𝗮 𝗖𝗼𝗿𝗿𝗶𝗱𝗮 𝗱𝗲 𝗦ã𝗼 𝗦𝗶𝗹𝘃𝗲𝘀𝘁𝗿𝗲 (𝟯𝟭 𝗱𝗲 𝗱𝗲𝘇𝗲𝗺𝗯𝗿𝗼).

No que diz respeito às iniciativas culturais e recreativas previstas para o mês de dezembro, mantêm-se as atividades integradas no “Pinhel de Natal”, apelando-se à melhor colaboração de todos no sentido de serem cumpridas as regras preconizadas pelas autoridades de saúde, nomeadamente, o distanciamento, a higienização das mãos e o uso de máscara.