Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: desporto

Tag Archives: desporto

Fornos de Algodres-Alunos caminharam no Dia Europeu do Desporto

  Integrada no Dia Europeu do Desporto na Escola, realizou-se uma caminhada pelas artérias da vila de Fornos de Algodres.
Os professores de Educação Física, em colaboração com os docentes de diferentes disciplinas, aliaram a prática de atividade física à lecionação dos conteúdos das suas disciplinas, os quais puderam ser ministrados nesta saída de campo, dando oportunidade aos alunos de aprender em contexto, fora da sala de aula.
A maioria das turmas aceitaram o desafio e os alunos saíram da escola tendo efetuado um percurso de 6 km, passando por vários locais de referência na vila.

AF Viseu Campeonato da Divisão de Honra 2ªjornada

Grupo Norte

GD Parada – GD Resende- 0-4

Paivense – Moimenta da Beira – 0-4

Nespereira FC – Lamelas – 1-2

SC Lamego – CD Cinfães (5 out)

Classificação:

1º- GD Resende- 6

2º- Moimenta da Beira-6

3º-Lamelas-4

4º-CD Cinfães-3

5º-SC Lamego- 1

6º- Nespereira FC- 0

7º-SC Paivense- 0

8º-GD Parada- 0

 

Grupo Centro

Campia – Oliveira de Frades- 0-1

UD Sampedrense – Sátão- 2-2

Lusitano Vildemoinhos – Carvalhais – 2-0

Penalva do Castelo – Roriz- 1-1

Classificação:

1º-Oliveira de Frades- 6

2º- Lusitano Vildemoinhos – 4

3º- Sátão-4

4º-Campia- 3

5º-Roriz-2

6º-UD Sampedrense- 1

7º Penalva do Castelo-1

8º- Carvalhais- 0

 

Grupo Sul

Vale de Açores – Carregal do Sal- 4-1

Molelos – Canas Senhorim- 6-2

GD Mangualde – Moimenta Dão – 0-0

SL Nelas – Mortágua FC- 1-2

Classificação:

1º Mortágua- 6

2º- GD Mangualde- 4

3º-Molelos – 3

4º- Canas Senhorim- 3

5º- Vale de Açores-3

6º- Moimenta Dão-1

7º-Sl Nelas- 0

8º-Carregal do Sal- 0

 

 

 

Mangualde- Inscrições abertas na Escola de Natação

Vai abrir já no dia 11 de outubro, a Escola de Natação do Município de Mangualde .
As inscrições poderão ser efetuadas a partir do dia 4 de outubro, já as renovações a partir do dia 27 de setembro. As aulas irão decorrer no complexo das Piscinas Municipais até ao dia 30 de junho de 2022.
Existem diversas aulas que englobam diferentes faixas etárias: nível de Adaptação ao Meio Aquático, crianças dos 3 aos 5 anos; nível de Natação Pura, dos 6 aos 17 anos e idade superior a 17 anos; aulas de Hidroginástica e Tarifário Combinado, a partir dos 14 anos. Existe ainda a modalidade de natação livre e a possibilidade de desfrutar do Centro de Saúde e Lazer, nomeadamente de squash e da sauna.

CD Gouveia e Fundação Laura Santos assinam acordo

Foi assinado um acordo de cooperação visando promover a prática desportiva e o aumento crescente do número de atletas nos vários escalões desportivos, entre o Clube Desportivo de Gouveia e a Fundação Laura dos Santos.

Este objectivo constitui, ainda, uma mais-valia de sustentação na certificação de Escolas de Futebol imposta pelos regulamentos internacionais e da própria Federação Portuguesa de Futebol.
Neste protocolo de entendimento, assinado no dia do 58º Aniversário do CDG, ficaram ainda definidos os termos da participação da nóvel equipa de futebol feminino (CDG-FLS) no respectivo Campeonato Nacional.
Alberto Cardoso, Presidente da Direcção do CDG e Rui Reis, Presidente da Fundação Laura dos Santos foram os subscritores deste acordo, inédito no contexto do fomento da prática desportiva no nosso Concelho. Neste acto estiveram também presentes João Amaro, Presidente da Assembleia Geral do CDG e Luís Tadeu, Presidente da Câmara Municipal de Gouveia.

Gouveia vai integrar Semana Europeia do Desporto

A SED é uma iniciativa da Comissão Europeia que vem promover o desporto e os estilos de vida ativos. Apela-se à importância da prática da atividade física e ao combate contra o sedentarismo exacerbado pela pandemia, ao introduzir hábitos saudáveis e duradouros. Deste modo, o Grupo de Desporto do Município de Gouveia vai integrar, entre 23 a 30 de setembro, a Semana Europeia do Desporto (SED), ao que estão planeadas um conjunto de atividades desportivas destinadas aos cidadãos das mais variadas idades e aptidões físicas.
Neste sentido, o Município Gouveense organizou um conjunto de atividades que se irão desenrolar ao longo desta Semana Europeia do Desporto:
■ No dia 24, o Pátio da Escola Básica de Gouveia vai mover o 1.º Ciclo, das 09h30 às 10h00, com a atividade ‘Dança na Escola’; para o 2.º Ciclo, a atividade é das 10h00 às 10h30. Mais tarde, às 20h do mesmo dia, o Notícias de Gouveia está ainda a organizar uma caminhada que iniciará nos Paços do Concelho.
■ Para dia 25, no dia do Professor de Educação Física, está agendado um divertido peddy-paper que vai unir e mover as famílias pelo concelho, onde terão de responder a questões relacionadas a pontos da cidade. O peddy-paper requer inscrição no Posto de Turismo de Gouveia, onde a atividade tomará início, às 18h00. O percurso de orientação termina nos Paços do Concelho.
■ Na defesa da inclusividade, o Boccia é o desporto em destaque no dia 27. No espaço envolvente do tribunal, às 10h00, a APBG irá demonstrar com os utentes do Centro de Atividades Ocupacionais (CAO) o potencial que o Boccia pode ter na qualidade de vida dos praticantes que, apesar das suas limitações físicas, devem perseverar a prática desportiva.
■ O dia 28 é dedicado aos seniores, que terão no Anfiteatro da Cerca a oportunidade de participar na Aula de Ginástica Sénior, pelas 10h30. Para além de estimulante, vem servir como lembrete: o desporto não escolhe idades e deve manter-se um hábito ao longo da vida. As inscrições devem ser feitas nas Piscinas Municipais Cobertas.
■ No dia 29, no âmbito do ‘Desporto no Trabalho’, os funcionários da autarquia serão ainda postos ao teste com aulas de atividade física tripartidas: das 09h00/09h45; das 11h45/12h30 e das 16h45 às 17h30.
■ A Semana Europeia do Desporto encerra com no fim de setembro, dia 30. O discurso de encerramento será feito pela Prof. Dra. Carolina Vila-Chã que apelará para o “Papel da Atividade Física na Qualidade de Vida dos Seniores”. Uma palestra que toma lugar no Auditório da Biblioteca Municipal Vergílio Ferreira, pelas 18h00.
Celebrada em simultâneo pela maioria dos países europeus, a Semana Europeia do Desporto vai na 6.ª edição. O lema é #BEACTIVE, “sê ativo”, salientando a importância da prática regular de exercício. Para além de potenciar a saúde dos praticantes, o desporto afirma-se assim como uma expressão cultural, estimulando os laços sociais entre comunidades e funcionando como um autêntico regulador da cidadania e bem-estar comunitário.
A SED é uma iniciativa cofinanciada pelo Programa da União Europeia ERASMUS+ e a coordenação em Portugal é feita pelo Instituto Português do Desporto e Juventude.

Fornos de Algodres recebeu galardão de Município Amigo do Desporto

Certificação da Qualidade dos programas de Atividade Física Sénior
Recentemente, o  Município de Fornos de Algodres  pelo terceiro ano consecutivo, recebeu o galardão de Município Amigo do Desporto, e também pela primeira vez, através do seu programa Fornos Vida, o galardão de Certificação da Qualidade dos programas de Atividade Física Sénior.
 Esta última distinção legitima a reinvenção das práticas que este programa demonstrou, e que se mostraram prementes pelas restrições impostas pela pandemia, continuando a promover estilos de vida ativos e saudáveis junto da população mais idosa do concelho.
Este prémio tem ainda um valor acrescentado tendo em conta a pandemia provocada pela Covid-19, pois foram tidas em conta as atividades realizadas de forma digital e presencial para mitigar os efeitos da pandemia, tendo sempre como suporte e base as normas vigentes definidas pela DGS.
Estes dois galardões que a Cidade Social e a APOGESD – Associação Portuguesa de Gestão de Desporto atribuiram ao Município de Fornos de Algodres no setor do desporto, é um reconhecimento, que é encarado por nós um sinal de regozijo mas acima de tudo de maior exigência e responsabilidade na prossecução da planificação e operacionalização de mais e melhores práticas desportivas em prol dos munícipes e  sobretudo para as equipas técnicas que coordenam estes setores.

Kartcross-Sorte madrasta para Nelasport

A vila de Mação, recebeu o regresso do Campeonato de Portugal de Kartcross, pista de boas memórias para a NelaSport, mas

 que desta vez, foi madrasta para as aspirações da equipa.

Artigo de Vítor Santos – Saber ser treinador

 

Ainda no mês passado assistimos a mais um momento de violência protagonizado por um treinador sobre o elemento que arbitrava o jogo entre crianças de 11 anos.

Quando pensamos que estes casos já são do passado, existe sempre quem nos recorde que ainda temos muito trabalho a fazer. A época desportiva que agora termina também nos deu indicações, muitas mesmas, de maus comportamentos de treinadores.

Começamos pelo ser treinador. Não é quem quer. Quem paga para ser. É preciso ter talento, ser-se líder e completar com formação. Hoje está quase tudo ao contrário. Não se pode fazer desta formação só uma fonte de receita. Quando não damos relevância aos comportamentos, à ética desportiva, à gestão emocional e ao exemplo, não estamos a formar, mas a vender conhecimento técnico.

Faço desde já uma declaração de interesse: sou acérrimo defensor da formação. O treinador tem de ter competências a vários níveis para o desempenho da função. Deve comprometer-se a fazer toda a formação exigida sem interrupção. Ao não cumprir com este requisito, aí sim ficaria impedido de exercer qualquer função, de forma a não se socorrer de artimanhas para continuar a poder orientar a equipa.

Não sou corporativista e muito menos fundamentalista. É exigida muita formação na área técnica, da qual temos excelentes exemplos em conceção e metodologias de treino, mas poucos “falam com o jogo” como refere o Mister Toni. É o mais importante para se ser treinador. O jogo. Perceber o jogo. Mexer com o jogo. As outras competências adquirem-se e, em muitos casos, complementam-se com elementos, formando excelentes equipas técnicas multidisciplinares.

“Quando deixei de jogar disseram-me que eu tinha de estudar quatro anos para poder ser treinador. Disse-lhes que estavam loucos.” Johan Cruyff

A independência também é muito importante. Mas é uma outra história. A sobrevivência no “emprego” por vezes não o permite.

Na formação temos de ser ainda muito mais exigentes com o perfil do treinador que vai ser responsável pelos “nossos” jovens e crianças. Faz todo o sentido que a exigência de formação a quem trabalha com crianças e jovens seja obrigatória, mas em que os módulos da ética e dos comportamentos sejam tão ou mais relevantes que o da técnica. Educar através do desporto e para o desporto é a prioridade.

O comportamento do treinador é vital no desenrolar de um jogo. A forma como os dois treinadores adversários se respeitam antes, durante e no fim do jogo podem fazer, e fazem, toda a diferença. São comportamentos positivos dissuasores de potenciais conflitos. O desporto é uma atividade neutra. Consideremos o desporto uma ferramenta e a forma como a utilizamos é que vai fazer a diferença. Pode ser utilizada positivamente ou negativamente.

O “saber estar” tem de ser uma atitude na atividade de Ser treinador e ganha uma relevância decisiva a partir do momento em que o treinador entende que, para ser um líder motivador, tem de respeitar o direito dos outros e estar com os outros segundo uma perspetiva de valorização e personalização dos seus colegas adversários. É uma atitude que vai sendo enriquecida, na medida em que o treinador passa a entender o “papel da comunicação” com todos os elementos que partilham, ao mesmo tempo, as atividades da sua modalidade.

Saber ser treinador também não é um saber que se possui quando se termina a carreira de atleta, quando se faz o transfer de qualquer lugar do público ou da universidade para o cargo de treinador. Quem pensa que treinador sai de laboratório também não percebe do jogo. Muitos treinadores com níveis de formação elevados nem clube têm!

O treinador tem a obrigação ética de respeitar todos os que participam nas atividades desportivas, no exercício de funções que lhes são próprias. É isto a que temos assistido no futebol profissional?! A formação exigente e onerosa de nível superior não se interessa pelos valores do desporto?! Muitas contradições levam a que se extremem posições e não se defina de vez uma “carreira” sensata.

Desporto e cultura são atividades diferenciadas das outras. Não é maestro quem quer. O talento tem de estar presente. Muitos confundem talento com vocação.

 

Vítor Santos

Embaixador do PNED

 

ABC de Nelas -Resultados do fim de semana 22 e 23 de maio

Aqui deixamos todos os resultados da atividade do ABC de Nelas,

sábado, 22 de maio

FUTSAL INICIADOS

Torneio Complementar (2ª jornada)

ABC de Nelas 00 – 04 Viseu 2001

FUTSAL JUVENIS

Torneio Complementar (2ª jornada)

Atitudes Traquinas 07 – 04 ABC de Nelas

FUTSAL JUNIORES

Torneio Complementar (2ª jornada)

ABC de Nelas 08 – 01 Gigantes de Mangualde

domingo, 23 de maio

 

ANDEBOL INICIADAS

Torneio Regional (2ª jornada)

ABC de Nelas 06 – 15 ACOF

 

FUTSAL INICIADOS

Torneio Nacional Sub-15 (3ª jornada)

ADC Nogueiró Tenões 02 – 02 ABC de Nelas

FUTSAL INFANTIS

Torneio Complementar (1ª jornada)

ABC de Nelas 04 – 02 FCLMG Futsal Clube Lamego

 

FUTSAL INICIADOS

Torneio Nacional Sub-15 (1ª jornada)

ABC de Nelas 04 – 04 ADC Nogueiró Tenões

FUTSAL INICIADOS

Torneio Nacional Sub-15 (4ª jornada)

ADC Nogueiró Tenões 09 – 02 ABC de Nelas

                                                        

 

Arranque da construção da Ciclovia na Variante de Nelas

Foi assinado recentemente,  o auto de consignação com o empreiteiro, empresa “A. M. Cacho & Brás, Lda“, de Condeixa-a-Nova, que foi representada neste ato pelo Eng. Pedro Miguel Fernandes, e pelo Presidente da Câmara Municipal de Nelas, José Borges da Silva, no Salão Nobre dos Paços do Concelho,  e marca o arranque da obra de construção da Ciclovia na Variante de Nelas, entre a Rotunda do Milénio – Rotunda da Vinha – Nova Rua António Ferreira Garcia, num investimento de mais de 600.000€, numa extensão de mais de 3Km de ciclovia.
Este investimento foi aprovado no âmbito de uma candidatura efetuada ao Aviso PAMUS (Plano de Ação de Mobilidade Urbana Sustentável), no Centro2020 da CCDRC, e contará com o apoio financeiro de fundos comunitários de 85%, constituindo uma excelente infraestrutura de mobilidade externa à malha urbana da Vila de Nelas, em particular, como alternativa ao veículo automóvel nas acessibilidades às suas Zonas Industriais Norte e Sul.
O arranque dos trabalhos, cujo prazo de execução é de 10 meses, ocorrerá ainda durante o corrente mês de maio, segundo assegurou o empreiteiro.
Maior mobilidade e melhor acessibilidade à malha urbana e ao tecido empresarial é um compromisso que tem vindo a ser cumprido por parte da Câmara Municipal e continuará a ser realizado noutros locais e noutras localidades.
Foto:MN