Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: Distrito da Guarda

Tag Archives: Distrito da Guarda

Distrito da Guarda recebe fase final do Inter-associações feminino de sub-16

Depois da fase zonal, onde a AF Guarda, ficou pelo caminho com duas derrotas expressivas frente a AF Vila Real e AF Viseu, o Distrito da Guarda vai agora receber a fase final do Inter-associações feminino de sub-16 , denominada Liga de Ouro, vão estar a AF Setúbal, AF Lisboa, AF Aveiro, AF Braga, AF Porto e AF Viseu, as vencedoras das seis séries. Aqui de realçar  abrilhante prestação da AF Viseu que finalizou a fase zonal com dois triunfos.

Legislativas 22- Entrega de Candidatura a Deputados do PS no Tribunal da Guarda

Segundo a  Federação da Guarda do Partido Socialista vai ser entregue na segunda-feira, dia 20 de dezembro pelas 09h00m, será entregue no Tribunal da Guarda, a Lista de Candidatos a Deputados do Partido Socialista pelo círculo eleitoral da Guarda, às eleições legislativas do dia 30 de janeiro de 2022.

Recorde-se que a lista vai ser liderada por Ana Mendes Godinho , seguida de António Monteirinho, Cristina Sousa, entre outros

Assim no ato de entrega da lista estarão presentes os Candidatos e o Presidente da Federação do PS Guarda, Alexandre Lote

Soraia Ricardo (Trancoso) eleita Miss Serra da Estrela 2021

Aconteceu na  Quinta do Moinho na Aldeia Viçosa – Guarda,  no passado dia 10 de outubro, a seleção Distrital do CNB PORTUGAL / MISS QUEEN PORTUGAL 2021 (Concurso Nacional de Beleza), que contou com a participação de jovens de todo o Distrito da Guarda, nas categorias Teen (13-18 anos), Miss (17-29 anos) e Mrs (18-38 anos, vários estados civis, com ou sem filhos). 

Após longos meses de preparação online e diversos desafios sociais e ambientais, no dia do Miss Serra da Estrela 2021, as jovens candidatas participaram num workshop orientado pela Miss Brasil 2014 e Diretora Artística CNB Portugal – Letícia Silva, bem como numa sessão fotográfica e entrevista. 

Para finalizar “em beleza”, as candidatas apresentaram-se em trajes casuais, vestidos curtos e vestidos compridos. Por votação do Público através de televoto, Vanessa Fernandes foi eleita Miss Popular Serra da Estrela 2021 by Seissa; e através do site e instagram do @missqueenportugal, Soraia Ricardo foi eleita Miss Fotogenia Serra da Estrela 2021 by Smile Up.

O júri do Miss Serra da Estrela 2021, teve a responsabilidade de eleger as representantes do Distrito da Guarda para a Final Nacional do Miss Queen Portugal, Miss Teen Portugal e Mrs Portugal 2021. E as candidatas classificadas foram:

  • MISS SERRA DA ESTRELA 2021 – Soraia Ricardo (Trancoso)
  • 1ª Dama Miss Serra da Estrela 2021 – Vanessa Fernandes (Guarda)
  • MISS TEEN SERRA DA ESTRELA 2021 – Alexandra Veloso (Guarda)
  • MRS SERRA DA ESTRELA 2021 – Cátia Gonçalves (Guarda)
Soraia Ricardo é agora Miss Serra da Estrela 2021 e finalista do Miss Queen Portugal 2021, sucedendo assim a Mariana Caetano (2020), Ana Ferreira (2019), Beatriz Moura (2018), Susana Ferreira (2017), Mariana Andresson (2016), Cátia Andrade (2015).
Alexandra Veloso eleita Miss Teen Viseu 2021, sucede a Rita Santos (Miss Teen Serra da Estrela 2020) e é agora finalista do Miss Teen Portugal 2021. Por sua vez, Cátia Gonçalves eleita Mrs Serra da Estrela 2021, é agora finalista do Mrs Portugal 2021.
 
O Miss Queen Portugal é o maior Concurso de Beleza em Portugal, elegendo as candidatas Portuguesas para alguns dos maiores concursos internacionais de beleza. No Distrito de Aveiro, realiza a seleção de finalistas desde 2013 e a partir de 2019 passou a selecionar também as categorias Teen e Mrs.

Conversa com Carlos Condesso-Presidente da Câmara de Figueira de Castelo Rodrigo

“Abrir o concelho ao mundo”

Depois da tomada de posse, fomos conversar com o novo Presidente da Câmara Municipal de Figueira de Castelo Rodrigo, Carlos Condesso, sobre como vai ser o seu mandato na autarquia da sua terra.

Magazine Serrano-Depois da derrota em 2017, voltou a candidatar-se e venceu agora. Tem pela frente um grande desafio?

Carlos Condesso – A minha terra precisava, já há 4 anos, de uma reconstrução urgente. E quem me conhece, sabe que não sou de virar costas aos desafios, muito menos a Figueira de Castelo Rodrigo e aos meus conterrâneos. Poderia ter aceitado outros reptos, mas o amor pela minha terra e pelas minhas gentes não me iriam deixar sossegado se não conseguisse voltar e lutar pelo meu concelho. O desafio está à altura das exigências que eu tenho sempre para mim e para os que me acompanham. Sonhamos alto e iremos tornar esses sonhos realidade e dar o máximo por todos os Figueirenses, desde o primeiro dia.

MS- Depois de tomar posse, uma das prioridades será uma auditoria às contas?

CC– Exatamente. Vou recorrer a um serviço de auditoria, tanto à Câmara Municipal como também à Fundação Dª Ana Paula, como instrumento de gestão e nunca de suspeição. Temos de ter uma ideia pormenorizada com o que contamos para podermos fazer da melhor maneira possível o nosso trabalho. É absolutamente natural que todos queiramos saber o que temos, o que devemos e o que necessitamos.

MS- Serão quatro anos de muito trabalho, quais os projetos para Figueira de Castelo Rodrigo?

CC-Temos diversos projetos que queremos desenvolver. Trabalharemos para revitalizar o sector agrícola, apostando nos nossos produtores e organizando anualmente uma Feira Agrícola Transfronteiriça. Na educação, temos de avançar, de uma vez por todas, com o Centro Escolar e vamos também fazer um levantamento exaustivo em todo o concelho para que se identifiquem todas as pessoas carenciadas, por forma a sermos justos e solidários. As Juntas de Freguesia, as IPSS, os Lares e as Associações do concelho serão, a partir de agora, tratadas de igual forma e sem qualquer tipo de discriminação. A atracão de investimento privado, a canalização de fundos comunitários para o desenvolvimento de projetos, as medidas de combate ao desemprego, a fixação de jovens, a melhoria das condições de vida e de bem-estar dos figueirenses, bem como a revitalização e promoção da imagem do concelho também são as nossas prioridades. Vamos já avançar com um protocolo com a Fundação Álvaro Carvalho a fim de operarmos gratuitamente às cataratas as pessoas que necessitam. A valorização cultural das nossas tradições terá de ser também considerada e preservada. A aposta no turismo será uma constante.

MS-Depois da pandemia, tudo começa a voltar à normalidade e a cultura e o turismo são que terá em linha de conta?

CC-O nosso concelho há muito que tem de se focar no turismo para criar riqueza, demonstrar o seu potencial e abrir-se, de uma vez por todas, às rotas turísticas mundiais. Temos um património único, paisagens inigualáveis e temos de salvaguardar esse passado e potenciá-lo no presente e no futuro. Obviamente que a cultura fará parte dessa oferta a quem nos visita. Nunca esquecendo os que cá moram e que também eles merecem e devem ser os primeiros embaixadores deste território.

MS- Com tanta desertificação, que medidas terá para travar esse mal tão prejudicial para o interior?

​​CC-Sabemos que os desafios da gestão autárquica serão múltiplos, que a capacidade de reivindicação, de forma concertada e intransigente, não nos pode demover. Os flagelos da desertificação e do abandono, o mesmo é dizer o grave problema demográfico que atormenta o nosso país, e a falta de jovens têm de nos preocupar. Temos de dar as mesmas oportunidades aos nossos jovens como as que têm os de outros territórios, bem como captar o investimento privado para a região e potencializar o empreendedorismo e a criação de valor em diversas áreas no nosso concelho.

​Este nosso território do interior de Portugal carece de um novo olhar e o próprio país também tem de ser encarado como um todo.

MS-São tempos de mudança e agora que mensagem deixa aos figueirenses?

CC-Vamos abrir o concelho ao mundo, dá-lo a conhecer, reforçar laços cooperativos, apostar na internacionalização da nossa base produtiva, estando do lado dos nossos produtores e empresários; vamos contribuir para se elevar a autoestima coletiva, o que se irá repercutir na produtividade e na competitividade do nosso concelho. ​A qualidade de vida no nosso concelho é um imperativo para mim e para a minha equipa. Da nossa parte esperem sempre ambição de querer mais, atitude para melhorar, ousadia para inovar, vontade de fazer e união para acreditar rumo a um futuro bem melhor.

Autárquicas 2021 no Distrito da Guarda- Câmaras Municipais

Aqui ficam os resultados da noite eleitoral no Distrito da Guarda, nas Câmaras Municipais nestas Autárquicas 21:

Na Guarda, Sérgio Costa (Pela Guarda)  36.22% – 8.559 votos, o PPD/PSD 33.68% – 7.958 votos, o PS 17.98% – 4.249 votos, o CH 2.69% – 636 votos, CDS-PP  2.69% – 636 votos, o B.E.  1.60% – 378 votos e o PCP-PEV  1.31% – 310 votos.

Figueira de Castelo Rodrigo,  Carlos Condesso (PSD)  47.63% – 1.882 votos,  PS – 45.41% – 1.794 votos, o CDS-PP – 2.61% – 103 votos, PCP-PEV – 0.61% 24 votos e o L – 0.23% – 9 votos.

Trancoso, Amílcar Salvador (PS)  59.71% – 3.461 votos,  PPD/PSD.CDS-PP – 32.71% – 1.896 votos e o PCP-PEV – 1.76% – 102 votos.

Fornos de Algodres, Manuel Fonseca(PS) 60.33% – 1.945 votos,  PPD/PSD.CDS-PP  34.24% – 1.104 votos e o PCP-PEV – 1.33% – 43 votos.

Celorico da Beira, Carlos Ascensão (PSD)  56.16% – 2830 votos, PS – 37.37% – 1.883 votos, o Chega – 2.50% – 126 votos e o PCP-PEV – 0.50% – 25 votos.

Pinhel, Rui Ventura (PSD) 66.64% – 3.629 votos,  PS 25.08% – 1.366 votos e o PCP-PEV  2.64% -144 votos.

Manteigas, Flávio Massano (Manteigas 2030)  34,14% – 758 votos, PS  28,11% – 624 votos, o PSD  26,76% – 594 votos, o NC  6,71% – 149 votos e o CDU  1,40% – 31 votos.

Sabugal, Vítor Proença (PSD)  47,09% – 3.403 votos,  PS com 40,22% – 2.907 votos,  CDS  4,14% – 299 votos, o Chega  2,85% – 206 votos e  CDU  1,54% – 111 votos.

Gouveia, Luís Tadeu(PSD) 50.09% 3.516 votos,  PS 40.85% – 2.868 votos e  PCP-PEV  2.99% – 210 votos.

Seia, Luciano Ribeiro (PS)  43.68% – 5.629 votos,  PPD/PSD  24.59% – 3.167 votos, o JPNT  17.82% – 2.296 votos, o Chega  5.54% – 714 votos e o PCP-PEV  3.41% – 439 votos.

Mêda, João Mourato(PPD/PSD.CDS-PP) 49.78% – 1.716 votos,  PS  44.27% – 1.526 votos e  PCP-PEV 1.13% – 39 votos.

Almeida, António Machado (PSD) 49.74% – 2.086 votos,  PS 42.61% – 1.787 votos e o PCP-PEV  2.62% -110 votos.

Vila Nova de Foz Côa, João Paulo (PSD)  51.30% – 2.287 votos,  PS 38.56% – 1.719 votos, o NC  4.33% -193 votos e o PCP-PEV  1.73% – 77 votos.

Aguiar da Beira, Virgílio da Cunha (UPNT)  52.16% – 2.194 votos,  PPD/PSD  40.04% – 1.684 votos,  Chega com 4.18% – 176 votos e o PCP-PEV  0.31% -13 votos.

 

Autárquicas 21- Rui Rio vai estar no distrito da Guarda esta semana

Inserida na campanha eleitoral das Autárquicas 21, o Presidente do PSD, Rui Rio vem de visita ao Distrito da Guarda, a fim de dar apoio aos candidatos do seu partido, casos da Guarda, Mêda, Trancoso, Aguiar da Beira e Figueira de Castelo Rodrigo.

Deste modo aqui fica a agenda:

14 setembro

  • 10h30: Contacto com população e visita ao comércio local na Guarda.

Ponto de encontro no Jardim José de Lemos, Guarda

  • 14h00: Contacto com população e visita ao comércio local em Trancoso.

Ponto de encontro em Portas D’El Rei, Trancoso

  • 16h00: Contacto com população e visita ao comércio local na Mêda.

Ponto de encontro na Praça do Município, Mêda

15 setembro

  • 11h00: Contacto com população e visita ao comércio local em Aguiar da Beira.

Ponto de encontro no Largo da Câmara, Aguiar da Beira

 

  • 14h00: Contacto com população e visita ao comércio local em Figueira de Castelo Rodrigo, seguido de breve passagem na Adega Cooperativa.

Ponto de encontro no Largo Mateus de Castro, Figueira de Castelo Rodrigo, passagem pela Adega Cooperativa de Figueira de Castelo Rodrigo pelas 16h00, ponto de encontro na Rua Pedro Jaques de Magalhães, Figueira de Castelo Rodrigo.

 

Ténis-2º Torneio Indoor de Ténis em Malta/Pinhel inicia temporada

O Ténis está de regresso ao Distrito da Guarda, já que em 2020 foi para esquecer em tempos ténisticos, pois não  foi possível realizar o  circuito , devido ao covid-19 mas este ano 2021 , vai iniciar já com a 5ª edição do circuito distrital que , terá o nome de Circuito Ergovisão 2021 (CE21) ,uma vez que é patrocinado pelas lojas da Ergovisão da Guarda.

No final do circuito serão distribuídos alguns prémios que em breve vão ser divulgados alguns dos jogadores do circuito. O ano passado o 1º torneio era para ser no dia 21 de Março 2020 na freguesia de Pinhel (na Malta) mas devido à pandemia teve que ser adiado/cancelado e passados 14 meses será então também o 1º torneio do ano de 2021, mais concretamente a 22 de maio.

Será um torneio indoor, jogado dentro de um pavilhão o que poderá ser uma novidade para alguns dos jogadores. “Estamos em conversações com alguns organizadores de torneios e técnicos municipais com vista a calendarizar mais torneios para o calendário de 2021 embora tínhamos começado a preparar esta época mais tarde nós esperamos ter 7 a 9 torneios este ano“, refere a organização.

Novo livro “Governo Local Conceitos, Estratégias e Práticas” em breve disponível

Ex – autarca António Edmundo Ribeiro é o autor

Vai estar disponível no mercado um novo livro da autoria de António Edmundo Ribeiro, que já foi autarca em Figueira de Castelo Rodrigo, vai agora lançar um novo livro com o título “Governo Local, Conceitos, Estratégias e Práticas”, das Edições Sílabo.

Segundo a editora, este livro visa apoiar os eleitos locais no exercício das suas funções, robustecendo conhecimentos e competências na gestão e administração local.
A sua perspetiva multidisciplinar e sistémica concede-lhe também a característica de instrumento de suporte ao estudo de administração pública, ciência política, gestão, economia e direito.
Os conceitos, procedimentos, estratégias e práticas que expõe são a base da gestão autárquica, sendo aplicados quotidianamente nas Freguesias, Municípios, Comunidades Intermunicipais e Áreas Metropolitanas do país.
Livro formativo e holístico, será também um instrumento indispensável para os dirigentes e técnicos das autarquias locais na gestão das suas carreiras e preparação para as avaliações.
Beneficiando da vasta experiência do autor, este livro, esclarecedor, aborda os assuntos sob a forma de «Glossário Técnico», proporcionando leituras breves por vastos temas do Governo Local e orientadas para a prática.

O autor, António Edmundo Ribeiro é Jurista pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, Curso Geral de Gestão pela Nova School of Business and Economics, mestre em Ciência Política pelo ISCSP/UL, pós-graduado em Liderança pela Católica Lisbon School of Business & Economics e em Planeamento pela Xhanghai Business School, Curso Avançado de Gestão Pública pelo INA e doutorando em Administração Pública no ISCSP da Universidade de Lisboa. Gestor Tributário e Aduaneiro, professor auxiliar convidado de Administração Autárquica, Governo e Administração Local e Planeamento Estratégico no Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa. Foi subdiretor-geral das Autarquias Locais; coordenador do Programa Capacitar; técnico-especialista no Gabinete do Secretário de Estado da Administração Local; presidente da Câmara Municipal de Figueira de Castelo Rodrigo; vogal do Conselho Diretivo da Associação Nacional dos Municípios Portugueses, administrador das Águas do Zêzere e Côa S.A.; diretor da Guarda Digital, da Associação das Aldeias Históricas e da Territórios do Côa; conselheiro das Comunidades Portuguesas pelos PALOP, diretor do departamento jurídico do Grupo JFS e professor convidado de Finanças Públicas e Direito Económico na Faculdade de Economia da Universidade Eduardo Mondlane em Moçambique.

foto:Sílabo.pt

Distrital do PSD da Guarda já escolheu os 14 candidatos às Câmaras Municipais do distrito

Em comunicado, a Distrital do PSD da Guarda refere que já tem concluído, desde o passado dia 29 do presente
mês, o processo da escolha dos candidatos às 14 Câmaras Municipais do Distrito.
Apesar da pandemia, que dificultou a mobilidade devido ao confinamento, o processo
cumpriu com todas as orientações e prazos estipulados pela Direção Nacional do
Partido.
Todo o procedimento da escolha dos candidatos foi efetuado com a responsabilidade,
seriedade, rigor e a transparência interna que um processo como este deve ter, refere
Carlos Condesso, Presidente da Distrital.
Apesar de todos os candidatos já estarem aprovados pela Comissão Política Distrital,
faltam homologar e consecutivamente apresentar apenas quatro candidatos por parte
da Comissão Politica Nacional, o que acontecerá já nos próximos dias.
Os candidatos já aprovados, homologados e apresentados pelo Partido são: António
José Machado (Almeida), Carlos Ascensão (Celorico da Beira), Carlos Condesso
(Figueira de Castelo Rodrigo), Luís Tadeu (Gouveia), Carlos Chaves Monteiro (Guarda),
Nuno Soares (Manteigas), Rui Ventura (Pinhel), Vitor Proença (Sabugal), João Carvalho
(Trancoso) e João Paulo Sousa (Vila Nova de Foz Côa). Falta apenas tornar público os candidatos a Fornos de Algodres, Mêda, Seia e Aguiar da Beira.
A Distrital tem um objetivo bem traçado, que é ganhar o maior número de Câmaras e
eleger o maior número de Presidentes de Câmara, de Vereadores, de Presidentes de
Junta e de Membros de Assembleia Municipal.

Todas as estruturas do partido estão mobilizadas e determinadas em trabalhar
arduamente para recuperar câmaras que estão nas mãos do Partido Socialista, por
forma a devolver a esperança às populações.