Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: divida

Tag Archives: divida

Município de Mangualde com contas positivas em 2019

                                                                 Dívida caiu 13%

Foram aprovadas recentemente na Câmara de Mangualde as contas da gerência, relativas ao ano de 2019. A autarquia continua a demonstrar boas práticas na gestão orçamental e financeira, que contrastam com a pesada herança recebida em finais de 2009.

O exercício de 2019 traduz equilíbrio e boa execução orçamental municipal, obtendo um saldo positivo e colocando a dívida global do Município nos 7.405.617€, menos 1.106.652€ do que a dívida registada no início de 2019, que era de 8.512.269€.

“As contas relativas ao ano de 2019 exprimem o rigor da gestão municipal, a sustentabilidade financeira da câmara e a ambição de progresso do executivo camarário. A dívida foi reduzida em 1,1 milhões de euros, ou seja, menos 13%, o resultado líquido foi positivo em 1,5 milhões de euros e os indicadores de liquidez e solvabilidade testemunham, objetivamente, as boas práticas da nossa gestão autárquica”, começa por explicar o Presidente da Câmara Municipal, Elísio Oliveira. “A estrutura financeira e as bases de exploração da atividade municipal da autarquia são o garante para promover a execução do maior investimento público de sempre no concelho, de forma sustentável e duradoura. Obras como a ETAR Poente Mangualde, Chãs de Tavares, Cunha Alta e Freixiosa, Lobelhe do Mato, Tibaldinho, Abrunhosa a Velha e Gandufe, bem como os projetos de regeneração urbana em desenvolvimento, são o exemplo de obras em curso no âmbito do maior plano de investimentos de sempre no concelho e que requalificam o nosso território “, sublinha o autarca.

As contas da gerência 2019 apreciadas pelo órgão executivo serão submetidas para deliberação e aprovação da Assembleia Municipal, que se realizará no próximo dia 25 de junho.

Redução da dívida a 50% pelo Município de Mangualde

A Câmara Municipal de Mangualde diminuiu a dívida a 50%. As contas demonstram um resultado líquido positivo e uma redução da dívida global da autarquia para 8.993.113,96 euros. A autarquia tem hoje a sua situação financeira equilibrada. «Hoje temos capacidade de fazer investimento comparticipado por programas do Governo e da Europa, com um único propósito: colocar Mangualde num patamar de excelência.», atenta o autarca, João Azevedo.

São oito anos consecutivos de redução de dívida, sem nunca esquecer do investimento. Mangualde, entre outras áreas, tem apostado na regeneração urbana, na cidade e nas freguesias, no tratamento de águas residuais e ainda num plano de recolha de resíduos, garantindo, sempre, um equilíbrio financeiro e orçamental para melhorar a qualidade de vida e do serviço público no território.

O autarca não poupa esforços quando se trata do desenvolvimento do concelho «Temos conseguido atingir os objetivos que traçamos para o futuro de Mangualde: aumento do investimento do capital em mais de 1,5 milhões de euros; recorremos à banca num empréstimo superior a 1 milhão de euros; e baixamos, sistematicamente, desde 2010, a nossa dívida. Reduzir a despesa corrente é nosso objetivo.»

«ESTAMOS A FAZER POR MANGUALDE AQUILO QUE TEM DE SER FEITO!»– João Azevedo

São estes indicadores de boas práticas de gestão na autarquia de Mangualde, «um trabalho de responsabilidade e de compromisso com os mangualdenses», atenta João Azevedo, realçando que «o trabalho realizado fala por si mesmo. Entrámos em 2009 com desequilíbrios financeiros gravíssimos, uma autarquia em falência. Preparámos um plano de ajustamento financeiro que deveria ser executado até 2027. Mas conseguimos sair deste ajustamento onze anos antes. Saímos em 2016 do saneamento financeiro e preparámos um plano de investimentos sustentado e estruturado em fundos comunitários que, ao longo destes anos temos vindo a executar, em prol de Mangualde!»

É também indicador de boa gestão a redução do IMI que a autarquia proporcionou ao concelho. «Estamos a fazer por Mangualde aquilo que tem de ser feito!», refere o Presidente, acrescentando que «vamos continuar a gerir a autarquia, os dinheiros públicos, com boas práticas de gestão e acima de tudo com responsabilidade e sustentabilidade financeira.»

 

Dívida da autarquia mangualdense diminuiu

mangNa última Assembleia Municipal de Mangualde, de abril, foram apreciadas e votadas as contas da gerência de 2016 da Câmara Municipal de Mangualde. A dívida da autarquia diminuiu 1 milhão e 922 mil euros e as contas foram aprovadas com um resultado líquido positivo de 1.352.188,22 euros. O exercício de 2016 consolida, assim, uma trajetória de desagravamento da dívida e de equilíbrio financeiro.

HOJE A AUTARQUIA DE MANGUALDE ENCONTRA-SE COM A SUA SITUAÇÃO FINANCEIRA EQUILIBRADA» – JOÃO AZEVEDO

 O Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo, sublinhou a importância destes resultados: «Continua-se a reduzir a dívida, não se aumentaram os impostos e estamos a levar a cabo o maior investimento público de sempre no concelho! Fizemos nestes últimos anos um esforço notável para reduzir dívida e desde 2009 reduzimos a dívida em cerca de 8 milhões de euros. Hoje a autarquia de Mangualde encontra-se com a sua situação financeira equilibrada».

 O edil mangualdense reforçou ainda que «no princípio das boas práticas da gestão, a autarquia continuará a trabalhar para devolver aos mangualdenses mais e melhor qualidade de vida, sem colocar em causa a sustentabilidade financeira do município».

 As contas da gerência de 2016 foram aprovadas por maioria dos membros da Assembleia Municipal.

Por:Mun.Mangualde