Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: “Ecos do Côa”

Tag Archives: “Ecos do Côa”

“Ecos do Côa” em Pinhel a 11 de julho

Devido ás condições atmosféricas adversas, o espetáculo de dança “Ecos do Côa”, não se realizou , em Pinhel no dia 30 de junho, motivo pelo qual foi reagendado para dia 11 de julho, quarta-feira, às 22.00h, no Jardim 5 de Outubro.

De referir que este espetáculo surge no âmbito do projeto “Cultura em Rede das Beiras e Serra da Estrela”, desenvolvido em parceria pela Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIM-BSE), pela Associação de Municípios da Cova da Beira (AMCB) e pelos municípios que integram estas estruturas.

“Ecos do Côa” é uma criação dos DEMO – Dispositivo Experimental, Multidisciplinar e Orgânico, estando a co-produção a cargo da CARB – Cooperativa Artística da Raia Beirã.

Trata-se então de um espetáculo de dança que reflete um intenso trabalho de criação artística, partilhado com participantes dos cinco municípios envolvidos nesta parceria – Pinhel, Figueira de Castelo Rodrigo, Almeida, Mêda e Trancoso.

De referir que o projeto Cultura em Rede das Beiras e Serra da Estrela tem a duração de três anos (2018, 2019 e 2020), estando a ser desenvolvido pela Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIM-BSE) e pela Associação de Municípios da Cova da Beira, em parceria com os municípios que fazem parte da Comunidade Intermunicipal.

Na prática, o projeto consiste na produção e realização de espetáculos comuns em três áreas artísticas, a saber, a Dança, a Música e o Teatro.

Assim, os 15 municípios que integram a CIM-BSE foram divididos em três zonas, cada uma com cinco municípios, tendo como referência a sua localização geográfica. Neste contexto, cada zona organiza um espetáculo de uma área artística por ano.

No que diz respeito ao Município de Pinhel, está inserido na Zona 3, juntamente com os municípios de Figueira de Castelo Rodrigo, Almeida, Mêda e Trancoso, recebendo neste primeiro ano o espetáculo de Dança “Ecos do Côa”, no qual vão participar pessoas de todos os municípios envolvidos na respetiva zona.

Nos próximos anos – 2019 e 2020, Pinhel receberá espetáculos de Teatro e Música, sempre com uma componente comunitária.

“Ecos do Côa”estreou em Figueira de Castelo Rodrigo

Decorreu na passada sexta-feira, em Figueira de Castelo Rodrigo a estreia do espetáculo “Ecos do Côa”, um evento de dança que reuniu participantes, voluntários, dos concelhos de Figueira de Castelo Rodrigo, Pinhel, Almeida, Trancoso e Mêda. Foi uma criação DEMO com a co-produção da CARB.
Este evento faz parte do projeto “Cultura em Rede das Beiras e Serra da Estrela”, um projeto pioneiro no nosso país que assenta em 3 áreas artísticas: dança, teatro e música. É uma co-produção dos 15 Municípios pertencentes à Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela. Agora a digressão continua por outros municípios como Pinhel (30 de junho), Almeida (2 de julho), Mêda (8 de julho) e Trancoso (13 de julho)

Espetáculo “Ecos do Côa” avança dia 9 de junho

Este projeto pretende diversificar a oferta cultural das comunidades, bem como envolver as pessoas em novas experiências artísticas.

O projeto “Cultura em Rede das Beiras e Serra da Estrela” promovido pela CIMBSE em parceria com a Associação de Municípios da Cova da Beira e os municípios foi apresentado em Figueira de Castelo Rodrigo, no salão do Ginásio Clube Figueirense.

Uma iniciativa que pretende constituir uma rede cultural entre os 15 Municípios da CIMBSE, vocacionada para a promoção cultural deste território. O projeto assenta em três áreas artísticas: dança, teatro e música.

O primeiro espetáculo “Ecos do Côa”, uma criação artística dos DEMO em coprodução com a CARB, vai ser realizado no próximo sábado, dia 9 de junho, pelas 22 horas, no Largo Serpa Pinto, em Figueira de Castelo Rodrigo. É um espetáculo de dança que reúne participantes dos concelhos de Figueira de Castrelo Rodrigo, Pinhel, Almeida, Trancoso e Mêda.

Para Paulo Langrouva, presidente da Câmara Municipal de Figueira de Castelo Rodrigo, “esta é uma experiência nova que irá enriquecer o programa cultural dos municípios e pode ser o primeiro de outros projetos em cooperação”. Também Rui Ventura, vice-presidente da CIMBSE e presidente do Município de Pinhel, esteve presente na apresentação e acrescentou que “este projeto é a génese da CIM, que pretende fazer projetos intermunicipais”.

Trata-se de uma “iniciativa inédita no país que reúne 15 municípios para fazer cultura” destaca António Ruas, que adianta que foram contratados especialistas nas diferentes áreas que estão a criar co-produções com a comunidade, “espírito colaborativo é o que pretendemos com este projeto”.

O primeiro espetáculo está marcado para Figueira de Castelo Rodrigo, no dia 9 de junho, às 22 horas, no Largo Serpa Pinto, que já tem 170 metros quadrados de terra e as bancadas montadas. O sabor a terra, os brasões e nas lendas dos municípios, bem como a natureza são algumas das inspirações do espetáculo que conta com a participação de 38 voluntários, amadores.