Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: Electrão

Tag Archives: Electrão

Campanha Electrão Empresas foi produtiva para ajudar IPSS

Chegou ao fim a Campanha Electrão Empresas, uma iniciativa promovida pelo Electrão e pela Samsung Eletrónica Portuguesa ao longo de 2019. A campanha permitiu angariar mais de 10.000€, que vão ser doados a Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS).

A Campanha Electrão Empresas correu o território nacional para recolher equipamentos eléctricos, pilhas e lâmpadas usados com o objectivo de os converter em apoios para causas sociais. Graças à participação de 21 centros de assistência técnica da Samsung foi possível recolher 106,678 toneladas destes resíduos que foram convertidos em 10.667,80€, entregues a 22 IPSS.

Os resultados da campanha de 2019 foram anunciados numa emissão streaming. O evento contou com a participação de Tomás Froes, Key Account Manager do Electrão, Cláudia Rodrigues, Head of Marketing & Communications da Samsung, Liliana Pereira, Finance Manager da Samsung, André Sousa, Service & Network Manager da Samsung e Ricardo Furtado, Director-Geral da ERR – Electrão Recolha e Reutilização.

Num ano que se revelou difícil para Portugal e para o mundo, o Electrão e a Samsung reconhecem ainda mais a importância de apoiar e dar retorno à sociedade. Esta é uma preocupação que uniu as duas organizações que já em 2018 recolheram mais de 48 toneladas de equipamentos eléctricos, pilhas e lâmpadas usados e doaram 4.800€ à casa da Encosta, Centro de Acolhimento Temporário de Crianças em Risco, no concelho de Cascais.

Lista de Centros Técnicos e IPSS envolvidos:

Centros Técnicos IPSS
AT informática Acreditar – Núcleo Regional Norte
C&V CRIPS – Centro Recuperaçao infantil de Ponte de Sor
Hot Cold Casa Mão Amiga
Refri Elo Social – Associação de Integração e apoio ao Deficiente Mental Jovem e Adulto
CTDI Operação Nariz Vermelho
CTL – Lar D. Pedro V ( para Praia da Vitória )
– Associação Atlântica de Apoio aos Doentes Machado-Joseph ( para a ilha de São Miguel)
BCD “ATR” – Associação tira-me da rua
Electropixel Lar Luis Soares de Sousa
Assistência 35 Centro Paroquial Santíssimo Sacramento
Electro Balsemão APPACDM Setúbal
STE Associação Nacional de Intervenção Precoce
Mavideo Casa do Kastelo
TV Principe Centro Social Paroquial S. Tiago de Silvalde
Tamet Associação do Porto de Paralisia Cerebral
Lidernor Operação nariz vermelho
Asteguima Centro Juvenil S- José
RCDigitec Lugar dos Pequeninos – Porto da Carne
Beiratrónica Escola de Cães-Guia
Álvaro Group Centro Social Paroquial do Entroncamento
Joel Tec Animalife – Associação dos amigos dos animais da Moita
ECS AFID Diferença
Samsung Acreditar – Associação de Pais e Amigos de Crianças com Cancro

O Electrão – Associação de Gestão de Resíduos é a entidade responsável por três dos principais sistemas de recolha e reciclagem de resíduos: embalagens, pilhas e equipamentos eléctricos usados. Gere uma rede de recolha de equipamentos eléctricos e pilhas usadas com mais de 5.500 locais de recolha dispersos por todo o território nacional e é também responsável pela reciclagem de embalagens em todo o país. A sua principal missão é assegurar a reciclagem dos resíduos recolhidos, contribuindo para a minimização do impacto ambiental e para um reaproveitamento dos materiais que os constituem, como promotor da economia circular.  Desenvolve diversas campanhas de comunicação e sensibilização com o objectivo de promover uma maior consciencialização ambiental e uma mudança de comportamentos, e a separação para a reciclagem, das quais se destaca o Quartel Electrão, a Escola Electrão e o TransforMAR.

A Samsung Electronics Co., Ltd. inspira o mundo e molda o futuro, através do desenvolvimento de tecnologias e ideias inovadoras. A empresa está a redefinir o universo das televisões, smartphones, equipamentos wearable, tablets, eletrodomésticos, sistemas de rede, memórias e soluções LED.

Electrão e ERP Portugal assinalam Dia Internacional dos Resíduos Elétricos

Electrão e a ERP Portugal em comunicado sobre o Dia Internacional dos Resíduos Eléctricos.

“No seguimento das recentes declarações da ZERO – Associação Sistema Terrestre Sustentável, o Electrão e a ERP Portugal vêm por este meio lamentar o péssimo contributo ambiental para o sector da reciclagem de resíduos elétricos dado pela citada ONGA no dia de hoje, Dia Internacional dos Resíduos Eléctricos.

Enquanto mais de 100 organizações pelo mundo fora se mobilizaram neste dia para comunicar a uma só voz uma mensagem de apelo à necessidade da alteração de comportamentos dos cidadãos para garantir a correta separação e encaminhamento para reciclagem dos resíduos eléctricos, prioridade máxima deste sector, esta organização não governamental optou por vir a público intencionalmente descredibilizar o trabalho desenvolvido nos últimos anos pelas entidades gestoras signatárias, mas também pelos consumidores, municípios, retalhistas e demais empresas que se têm empenhado nesta causa nacional.

Não pode ser admissível que uma organização não governamental ambiental venha a público premeditadamente prejudicar a difusão clara desta mensagem chave para o cumprimento das metas ambientais do país, instalando a dúvida e a incerteza junto de tudo e todos.

Mais lamentável se torna este contributo, quando esta organização propõe, aqui sim, o colapso de um sistema de recolha de mais de dez mil locais que permitem hoje o correto encaminhamento para tratamento e reciclagem de mais de cerca de 25 mil toneladas de resíduos anuais e que demorou 15 anos a estabelecer.

Naturalmente, o Electrão e a ERP Portugal acompanham com muita preocupação os resultados da recolha e reciclagem do país e não se resignam aos valores muito afastados das metas estabelecidas, infelizmente em linha com o que se passa na grande maioria dos países europeus. Têm, por isso, em diversas ocasiões proposto às tutelas alterações ao quadro regulatório e legal estabelecido

Não obstante, este tipo de iniciativas do dia Internacional dos Resíduos Eléctricos são sobretudo importantes para sinalizar a questão ambiental associada à reciclagem e uma oportunidade para relembrar aos cidadãos que nunca é demais o esforço e o empenho que colocam na separação dos resíduos e o no seu encaminhamento para reciclagem.

Ou para mobilizar os mais céticos a adotarem estas práticas de separação de resíduos, porque apenas assim será possível tratar os materiais e componentes perigosos presentes nalguns produtos elétricos e eletrónicos que consumimos e garantir o fecho dos materiais evitando o consumo de novas matérias primas, protegendo o ambiente e a saúde”.