Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: exercito

Tag Archives: exercito

Operações Especiais do Exercito Português na Serra da Estrela

O Centro de Tropas de Operações Especiais do Exercito Português, está a realizar períodos desde 19 fevereiro de 2018 a 09 de março de um exercício terrestre (operações em montanha), na região da Serra da Estrela, nas áreas do Covão da Ametade, Cântaro Magro, Piornos e Torre.
Este exercício constará de deslocamentos quer apeados quer com viaturas.
Em todas as ações do exercício serão executadas rigorosas medidas de segurança no sentido de salvaguarda de pessoas e bens.
Por:MG
 

Brigada de Intervenção do Exército Português treina em Mangualde

Brigada de Intervenção do Exército Português treina em Mangualde Exército treina em Mangualde

Entre 13 e 22 de abril, a Brigada de Intervenção do
Exército Português vai levar a cabo um exercício de treino denominado
“MARTE15/SATURNO15” que passará por Mangualde. A preparação, treino e
certificação dos efetivos do 2º Batalhão de Infantaria Mecanizado de
Rodas e do Destacamento de Apoio Logístico Nacional decorre entre as
regiões de Viseu, Mangualde, Arganil e Santa Comba Dão.

A iniciativa comporta a fase final da preparação nacional,
destinando-se a validar o treino das Unidades e a atestar a capacidade
operacional para o desempenho das missões que lhes possam vir a ser
atribuídas. Está prevista a participação de cerca de 800
militares e 160 viaturas, das quais 58 serão as mais recentes e
tecnologicamente evoluídas que equipam esta importante força.

DESTACAMENTO DE APOIO LOGÍSTICO NACIONAL PASSA A TER SEDE EM MANGUALDE

Com a colaboração da Câmara Municipal de Mangualde, o quartel da
Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Mangualde passa a
acolher a sede do Destacamento de Apoio Logístico Nacional (National
Support Element – NSE).
É de referir que a 1 de janeiro de 2015, a Brigada de Intervenção deu
início ao aprontamento do 2º Batalhão de Infantaria Mecanizado de
Rodas, sediado no Regimento de Infantaria 14, em Viseu, a fim de ser
integrado no Comando da Componente Terrestre da Força de Resposta da
Organização do Tratado do Atlântico Norte – NATO Response Force de 2016,
no âmbito do contributo de Portugal para a Aliança Atlântica. Em
simultâneo, iniciou-se no Regimento de Infantaria 19, em Chaves, o
aprontamento do Destacamento de Apoio Logístico Nacional responsável por
garantir o apoio de serviços ao Batalhão, quando projetado para fora do
território nacional.
Por:Mun.Mangualde

Exército Português e Município de Celorico da Beira, assinam protocolo de colaboração

  Foi hoje assinado pelas 10h, no Salão Nobre dos Paços do Concelho de
Celorico da Beira, um protocolo celebrado entre o Exército Português e a
Câmara Municipal de Celorico da Beira.
É de salientar que o
Município de Celorico da Beira é o Primeiro Município no Distrito da
Guarda a firmar o Protocolo de colaboração desta natureza com o Exército
Português,
inserindo-se na estratégia de recrutamento
contínuo de voluntários, reclamada por um sistema que visa assegurar a
disponibilidade de recursos humanos qualificados, e tem como finalidade a
divulgação da prestação de serviço militar nos regimes de voluntariado
(RV), e de contrato (RC), nos termos da Lei n.º 174/99 de 21 de Setembro
(Lei do Serviço Militar), e do Decreto-Lei n.º 289/2000 de 14 de
Novembro (Regulamento da Lei do Serviço Militar), e a prestação de
esclarecimentos militares no âmbito das obrigações militares a efetuar,
gratuitamente, no edifício dos Paços do Concelho de Celorico da Beira.
 
O Protocolo foi assinado pelo Major General Jorge Nunes dos Reis,
Diretor de Obtenção de Recursos Humanos do Exército Português e por
Eng.º. José Francisco Gomes Monteiro, na qualidade de Presidente da
Câmara Municipal de Celorico da Beira.
  O protocolo hoje assinado,
estabelece o quadro de uma colaboração profícua entre a CM Celorico da
Beira e o Exército, no âmbito de ações de divulgação da prestação de
Serviço Militar em RV/RC, no município, bem como da prestação de
esclarecimentos e cooperação relativa a assuntos de natureza militar.

O protocolo assinado visa:
a) Divulgar as condições de prestação de serviço militar, nomeadamente,
em Regime de Voluntariado (RV) e em Regime de Contrato (RC);
b)
Prestar os esclarecimentos relativos a assuntos militares, no edifício
dos Paços do Concelho da CM Celorico da Beira, nomeadamente aqueles que
dizem respeito a:
(1) Recenseamento Militar;
(2) Dia da Defesa Nacional;
(3) Certidões Militares;
(4) 2.as vias de Cédulas Militares;
(5) Contagens de Tempo de Serviço;
(6) Requerimento para Complemento de Pensão e Reforma (Ex-Combatentes);
(7) Outros requerimentos.
Pelo exposto, ficou bem patente nos discursos proferidos pelo Senhor
Presidente da Câmara e pelo Senhor Major General que a celebração deste
protocolo facilita em muito a vida a todos aqueles que queiram ingressar
na vida militar, assim como para quem queira obter alguma documentação
junto do Exército, bem como permite ainda encurtar distancias e por
conseguinte economizar tempo e transportes até ao Centro de Recrutamento
mais próximo que se encontra em Viseu.
Fonte:Município de Celorico da Beira

Protocolo de colaboração entre o Município de Fornos de Algodres e o Exército Português

Protocolo de colaboração entre o Município de Fornos de Algodres e o Exército Português  

O Município de Fornos de Algodres e o Exército Português celebram a 30 de janeiro de 2014, pelas 10h30, no Salão Nobre do edifício dos Paços do Concelho da Câmara Municipal de Fornos de Algodres, protocolo de colaboração no âmbito de acções de divulgação da prestação de Serviço Militar em Regime de Voluntariado, (RV) e Regime de Contrato,(RC), no Município, bem como da prestação de esclarecimentos e cooperação relativa a assuntos de natureza militar.

Este protocolo vai permitir prestar um serviço de maior proximidade aos cidadãos, evitando assim deslocações ao Centro de Recrutamento de Viseu. Tendo como principal público alvo, jovens que queiram ingressar no exército e ex-combatentes, este protocolo tem como objectivo divulgar as condições de prestação de Serviço Militar, esclarecer e apoiar os cidadãos sobre a presença no Dia da Defesa Nacional e apoiar ex-militares nos pedidos de Certidões Militares; 2.as vias de Cédulas Militares; Contagens de tempo de Serviço; Requerimentos para Complemento de Pensão e Reforma (Ex-Combatentes).
 
O exército vai dar formação a técnicos do Município sobre os objectivos deste protocolo, disponibilizando os meios de divulgação necessários e compromete-se a colaborar com a Câmara na realização de eventos de natureza cultural, recreativa e desportiva que contribuam para a divulgação da prestação de Serviço Militar. A Câmara Municipal fornece os recursos humanos necessários à implementação deste acordo de colaboração.
 
O protocolo vai vigorar, nesta primeira fase, por um período experimental de 3 meses .
O Município de Fornos de Algodres e o Exército Português celebram a
30 de janeiro de 2014, pelas 10h30, no Salão Nobre do edifício dos
Paços do Concelho da Câmara Municipal de Fornos de Algodres, protocolo
de colaboração no âmbito de acções de divulgação da prestação de Serviço
Militar em Regime de Voluntariado, (RV) e Regime de Contrato,(RC), no
Município, bem como da prestação de esclarecimentos e cooperação
relativa a assuntos de natureza militar.

Este protocolo vai permitir prestar um serviço de maior proximidade aos
cidadãos, evitando assim deslocações ao Centro de Recrutamento de Viseu.
Tendo como principal público alvo, jovens que queiram ingressar no
exército e ex-combatentes, este protocolo tem como objectivo divulgar as
condições de prestação de Serviço Militar, esclarecer e apoiar os
cidadãos sobre a presença no Dia da Defesa Nacional e apoiar
ex-militares nos pedidos de Certidões Militares; 2.as vias de Cédulas
Militares; Contagens de tempo de Serviço; Requerimentos para Complemento
de Pensão e Reforma (Ex-Combatentes).

O exército vai dar formação a técnicos do Município sobre os objectivos
deste protocolo, disponibilizando os meios de divulgação necessários e
compromete-se a colaborar com a Câmara na realização de eventos de
natureza cultural, recreativa e desportiva que contribuam para a
divulgação da prestação de Serviço Militar. A Câmara Municipal fornece
os recursos humanos necessários à implementação deste acordo de
colaboração.

O protocolo vai vigorar, nesta primeira fase, por um período
experimental de 3 meses .

fonte:município de fornos