Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: exposição

Tag Archives: exposição

Exposição itinerante “O futuro é amanhã!!

Teve lugar a inauguração da exposição itinerante “O futuro é amanhã!”. Deste modo, está patente na Quinta da Cruz – Centro de Arte Contemporânea de Viseu, a sessão de apresentação da exposição, entre outros, contou com as presenças do Secretário Executivo da Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões, Nuno Martinho; e da Presidente de Câmara Municipal de Viseu, Conceição Azevedo.

  Esta iniciativa procura dar resposta à necessidade de consolidar e divulgar os resultados patentes no Plano Intermunicipal de Adaptação às Alterações Climáticas do território de Viseu, Dão e Lafões, estando enquadrada no projeto “O futuro é amanhã!”, cujo principal objetivo é motivar a reflexão, debate e divulgação da problemática das alterações climáticas. Este projeto abrange todos os alunos dos 14 municípios que compõem a CIM Viseu Dão Lafões, assim como professores e famílias.

  Aliando a promoção do sucesso educativo às alterações climáticas, o projeto “o futuro é amanhã!” apresenta-se enquanto espaço privilegiado, diferenciado e inovador de acesso ao conhecimento, assente em estratégias de intervenção baseadas na experiência e na reflexão sobre os fenómenos decorrentes das alterações climáticas, criando um espírito de conhecimento pela experiência e visualização. A mostra está aberta à comunidade em geral.

  A exposição pretende funcionar enquanto facilitador da descoberta da temática das alterações climáticas, partindo de questões simples e de desafios para mobilizar e captar a comunidade escolar na adoção de atitudes e comportamentos que atenuem e mitiguem os impactos negativos das alterações climáticas no território.

De acordo com o Secretário Executivo da CIM Viseu Dão Lafões, Nuno Martinho “Esta exposição itinerante afigura-se como uma mais-valia na sensibilização da população para a adaptação às alterações climáticas na Região Viseu Dão Lafões”. 

“Atendendo aos eventos climatéricos a que temos assistido, a CIM adotou uma estratégia com vista a desenvolver uma literacia ambiental capaz de introduzir os conceitos de adaptação às alterações climáticas no nosso território, sendo que os alunos e a comunidade educativo assumem um papel estratégico na mudança de paradigma,” concluiu o Secretário Executivo.

A Exposição Itinerante “O Futuro é Amanhã!” poderá ser visitada até ao próximo dia 11 de junho

Exposição de Pintura “Silêncio Utópico” vai ser inaugurada na Muxagata

Vai ter lugar a inauguração na localidade da Muxagata, da exposição de pintura da autoria de Rui Ferreira, com o nome de “Silêncio Utópico”.

Vai estar patente na sede da freguesia, a inauguração será no próximo sábado, 5 de junho pelas 15 horas.

O pintor é natural de Lisboa ,mas já reside nesta localidade há largos meses, isto é escolheu esta localidade do concelho fornense para a sua morada atual.

Casa da Cultura de Pinhel acolhe exposição “Moringues, Moringos ou Moringas”

A Casa da Cultura de Pinhel tem patente a exposição “Moringues, Moringos ou Moringas”até ao dia 25 de julho.
Trata-se de um conjunto de peças que integram a coleção particular de César Tomé, que tem as suas raízes paternas bem vincadas na aldeia de Santo António de Azêvo, onde passou parte da juventude e de onde nunca se apartou.
Oriundas de diferentes territórios da lusofonia, mas também de outros lugares, as peças selecionadas  têm o intuito de mostrar as “viagens de um objeto utilitário através do tempo e do espaço lusófonos”.

Celorico da Beira-Apresentação da Unidade de Investigação TORRE

A apresentação da Unidade de Investigação TORRE e a inauguração da exposição “How much does a bullet cost? It takes 250,000 bullets to kill an insurgent”, do escultor João Castro Silva, promovidas pela Associação Luzlinar em parceria com o município de Celorico da Beira, no âmbito do projeto Pontes, vai ter lugar no próximo dia 22 de maio, pelas 17H00, na torre do castelo de Celorico da Beira.

A iniciativa está ancorada num vasto projeto de território, de longo prazo e de escala internacional, promovido pela Associação Luzlinar em parceria com os municípios do Fundão, Belmonte, Guarda, Trancoso e Celorico da Beira. O Projeto Pontes, cofinanciado pelo Ministério da Cultura/Direção Geral das Artes, está organizado em cinco Unidades de Investigação cujas temáticas estão ligadas às realidades locais onde se inserem, a saber: ESCOLA (Guarda); MAPAS (Belmonte); COMUNA (Fundão); TORRE (Celorico) e CAMPUS (Trancoso). Estas Unidades de Investigação acolhem 14 laboratórios de pesquisa artística, que estabelecem ligações criativas e efetivas entre a arte, a educação, a ciência e a cultura, em articulação com as comunidades dos territórios das Beiras e Serra da Estrela.

A Unidade de Investigação TORRE, implementada em Celorico da Beira, tem o propósito de promover a pesquisa artística e científica através do cruzamento de diferentes áreas do conhecimento sob o lema: Unir-Criar-Guardar. O projeto TORRE vai centrar-se na História e património arquitetónico militar e albergar os laboratórios Mons Herminus Itinera (transdisciplinar e transversal a todos os projetos) e o Khrónos, onde a História será o objeto da investigação (matéria prima) e as ferramentas, o tempo e o espaço.

A torre simboliza a multiculturalidade, o centro de confluência de desigualdades e diversidades. Nesta ótica, a torre representa um espaço estratégico de convergência, potenciador da mudança e transformação do território através da arte, da ciência e da cultura

Fotógrafo com raízes fornenses destaca-se em Vouzela

Carlos Mendes é um fotografo que outrora viveu em Fornos de Algodres, onde fez o seu percurso secundário, viveu no Bairro das Capelas com os seus pais e os seus avós são de Cortiçô. Hoje trabalha como engenheiro em Nelas e gosta de fotografia e destacou-se com uma exposição que está patente num restaurante em Vouzela, com o tema desta exposição” Viver Vouzela”. São um bom leque de fotos que mostram a beleza vouzelense.

foto:NV

Biblioteca Municipal Vergílio Ferreira promove exposição “Da Minha Janela”

EXPOSIÇÃO “Da Minha Janela” de 19 de agosto a 19 de setembro

Vai estar patente a partir da próxima quarta-feira, 19 de agosto,  a exposição das 51 fotografias participantes no concurso online “Da minha janela”, disponível até ao dia 19 de setembro, na Biblioteca Municipal Vergílio Ferreira.

Pode ser visitada de segunda a sexta-feira das 9h30 às12h30 e das 14h00 às 18h00; Sábado das 9h30 às 13h00.

»Exposição« Automóvel e Maquinaria Agrícola decorre em Trancoso

Decorre em Trancoso, a»Exposição«Automóvel e Maquinaria Agrícola neste fim de semana, e no próximo de 14 a16 de agosto, esta exposição todos podem ver as novidades do parque automóvel nacional e maquinaria do setor agrícola. A par deste evento o mercado semanal também vai decorrer nestes dois fins de semana, com o objetivo de promover a economia local, uma vez que os visitantes vêm à cidade de bandarra, saborear as sardinhas doces, o bom queijo e enchido e visualizar a beleza paisagística da cidade com grande história.

Exposição “30 anos da Produção do 2CV em Mangualde”

Mangualde vai acolher  de 27 de julho a 7 de agosto, na Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, a exposição “30 anos da Produção do 2CV em Mangualde”. Esta mostra enquadra-se na comemoração dos 30 anos sobre a produção do último 2CV a nível mundial, nas instalações da Citroën Lusitana, em Mangualde. A entrada é livre.

A inauguração decorrerá no dia 27 de julho, a partir das 18 horas, com sessão inicial no Salão Nobre da Câmara Municipal e posterior visita à Exposição na Biblioteca Municipal. A Biblioteca estará ainda especialmente aberta no dia 1 de agosto, sábado, das 10h às 13h e das 14h às 18h para visitas à Exposição.

Nesta exposição estarão painéis a contar a história da fabricação do 2CV em Mangualde, assim como miniaturas a demonstrar a evolução dos modelos produzidos, terminando na réplica em miniatura da cena do último dia. Estarão também presentes peças, posters e documentos memoráveis do 2CV. 

Os promotores da exposição são a Câmara Municipal de Mangualde, a Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves e o Clube 2CV Mangualde.

Exposição do Dia Mundial do Ambiente na Biblioteca Municipal Maria Teresa Maia Gonzalez

Está patente na Biblioteca Municipal Maria Teresa Maia Gonzalez, até dia 13 de julho, uma Exposição do Dia Mundial do Ambiente . Esta foi uma tarefa que o CLDS 4G  Servir Fornos de Algodres e o Município com colaboração do Agrupamento de Escolas de Fornos de Algodres, desafiaram os alunos, com o tema principal seja “Um pássaro na floresta!” .
Agora vote nos 3 melhores desenhos de cada ciclo,  onde estão expostos os desenhos e histórias dos alunos dos Jardins de Infância, 1º ciclo e 2º ciclo do concelho de Fornos de Algodres.
Haverá prémios para todos os participantes e prémios surpresa para os 3 melhores de cada ciclo de ensino.

“Celorico da Beira, da minha janela” Exposição Virtual – Feriado Municipal

Nesta altura vivemos momentos difíceis, pois obriga a que se alterem os hábitos diários, logo passa-se grande parte do tempo em casa, logo em Celorico da Beira o Feriado Municipal, a 23 de maio se aproxima e o Município decidiu fazer um desafio à população que vai estar em casa.

Logo trata-se de uma exposição em formato virtual, de desenhos / pinturas subordinados ao tema “Celorico da Beira, da minha janela”.

A exposição estará incluída no programa das celebrações do Feriado Municipal, do dia 23 de maio 2020.

A inauguração on-line será no dia 23 de maio de 2020

Haverá um prémio de participação que será entregue em altura que seja oportuna.

Normas de participação:

* A participação está aberta a toda a comunidade do concelho, sem limite de idade.
* Os desenhos poderão ser elaborados em formato digital ou em suporte de papel.
* Os desenhos em formato de papel deverão ser fotografados ou digitalizados (com o telemóvel ou máquina fotográfica) e enviados por e-mail – 23maio@cm-celoricodabeira.pt, assim como os de formato digital. (com o cuidado de cada imagem não ultrapassar o tamanho de 10 Mb).
* Com indicação de: Nome do autor / idade / freguesia

A exposição será inaugurada dia 23 de maio, e estará patente virtualmente na página de Facebook do Centro Cultural e no site da Câmara Municipal.

Logo que seja exequível todos os desenhos serão expostos fisicamente no Centro Cultural. Os desenhos/pinturas terão de ser submetidos até ao dia 17 de maio de 2020.