Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: falcão

Tag Archives: falcão

1ª Feira Medieval – A Cidade do Falcão coroada de êxito

A primeira Feira Medieval organizada
pelo Município de Pinhel foi um êxito e atraiu milhares de visitantes à Cidade
do Falcão.

  Durante três
dias, Pinhel recuou no tempo e foi palco dos mais diversos cenários medievais,
nesta que foi a primeira Feira Medieval organizada pela autarquia pinhelense,
em parceria com a ANDARTE e a Velha Lamparina.

  Partindo da
grande praça central da cidade, frente aos Paços do Concelho, e prosseguindo
pelas ruas do centro histórico, a Feira Medieval estendia-se até ao Castelo de
Pinhel, local de singular beleza e encanto, com as melhores vistas da urbe…

  A par de
“mercadores” vindos de vários pontos do país, de destacar a forte presença das
gentes do concelho, nomeadamente Freguesias, Associações, artesãos e
empresários locais.

  No que diz
respeito à animação, foi uma constante ao longo do fim de semana e incluiu
momentos muito participados pelo público, como por exemplo o Cortejo Medieval
que abriu o evento, o Voo do Falcão, o Julgamento dos Condenados, a Ameaça à
Cidade do Falcão e a Grande Batalha, entre muitos outros.
  A Ceia
Medieval organizada no âmbito da Feira Medieval também teve grande procura,
reunindo cerca de 200 comensais que, no final, manifestaram o seu agrado tanto
pelo repasto como pela animação que o acompanhou.
  No
encerramento deste fim de semana ao estilo medieval, o Presidente da Câmara Municipal
de Pinhel, Rui Ventura, mostrou-se muito satisfeito pelo modo como decorreu
esta primeira Feira Medieval, quer em termos de organização, quer em termos de
visitantes, motivo pelo qual será certamente um evento com continuidade na
Cidade do Falcão.
Por:
Mun.Pinhel

1ª Feira Medieval de Pinhel, A Cidade do Falcão – 8, 9 e 10 de maio

Feira Medieval – A
Cidade do Falcão
Nos dias 8, 9 e 10 de maio, Pinhel
vai recuar no tempo e viver três dias de grande animação ao estilo medieval…

 Partindo da grande praça
central da cidade, frente aos Paços do Concelho, e prosseguindo pelas ruas do
Centro Histórico, a Feira Medieval culminará junto ao Castelo de Pinhel, local
de singular beleza e encanto, com as melhores vistas da cidade…

Um povo, um rumo, uma
história… a nossa História!

Assim se anuncia esta 1ª Feira
Medieval de Pinhel – A Cidade do Falcão.

Manjares, Tabernas, Cortejos,
Torneios, Teatro, Música, Dança e animação de rua… onde não podemos deixar de
destacar uma forte componente cénica baseada na representação da Lenda
do Falcão
(lenda associada à história de Pinhel e que lhe dá o epíteto
de Cidade
Falcão
).
Assim fica o programa desta feira: 

8 de maio | sexta-feira
14.00h: Abertura do Mercado (em
frente à Câmara Municipal)
14.30h: Cortejo Medieval
(Centro Histórico) – participação da comunidade escolar
15.00h: Discurso de Abertura
(Castelo)
15.30h: Voo do Falcão (Praça
Sacadura Cabral) e Torneio de Tiro ao Arco (Castelo)
16.00h: “Os 2 Charlatões”
(praça alimentar)
16.30h: “O Pai da Noiva”
(entrada do Mercado)
17.00h: “A Latrina” (ambulante)
17.30h: Acrobacias e Malabares
(ambulante)
18.00h: Cânticos (Igreja de
Santa Maria)
18.30h: Torneio apeado
(Castelo)
19.00h: Voo do Falcão (Castelo)
19.30h: Degustação de iguarias
(Tabernas)
20.00h: Danças Medievais e
Músicos (Tabernas)
21.30h: Cânticos (entrada do Mercado)
22.00h: Julgamento dos
Condenados (peça no Mercado e cortejo para o Castelo)
22.30h: Músicos deambulando
(Centro Histórico)
23.00h: Espetáculo de Fogo
(entrada do Mercado)
00.00h: Encerramento

9 de maio | sábado
10.00h: Abertura do Mercado (em
frente à Câmara Municipal)
10.30h: “Os Leprosos”
(ambulante)
11.00h: Voo do Falcão (Praça
Sacadura Cabral) e Torneio de Tiro ao Arco (Castelo)
11.30h: Músicos deambulando e
demonstração de armas (Acampamento)
12.00h: “A Nau Catrineta”
(entrada do Mercado)
12.30h: Degustação de iguarias (Tabernas)
14.00h: Rixas na Taberna (praça
alimentar)
14.30h: Voo do Falcão (entrada
do Mercado)
15.00h: Cânticos (Igreja de
Santa Maria)
15.30h: Músicos deambulando
(Centro Histórico)
16.00h: Torneio apeado
(Castelo)
16.30h: Voo do Falcão (entrada
do Mercado)
17.00h: Cânticos (entrada do
Mercado)
17.30h: “Passeio dos Nobres”
(ambulante)
18.00h: Músicos e Malabares
(Centro Histórico)
18.30h: “A Latrina” (ambulante)
19.00h: Voo do Falcão (entrada
do Mercado)
19.30h: Ceia Medieval (c/
reserva prévia) (Jardim 5 de Outubro)
20.30h: Degustação de iguarias (Tabernas)
21.00h: Acrobacias e Malabares
(praça alimentar)
21.30h: Cânticos (entrada do
Mercado)
22.00h: “Chegada do Mensageiro”
(Mercado)
Músicos deambulando (Centro
Histórico)
22.45h: Ameaça à Cidade do
Falcão (Castelo)
23.30h: Espetáculo de Fogo
(Castelo)
00.00h: Encerramento

10 de maio | domingo
11.00h: Abertura do Mercado (em
frente à Câmara Municipal)
11.30h: Voo do Falcão (entrada
do Mercado)
“A vida faustosa de um
cavaleiro” (Castelo)
12.00h: “Os Leprosos”
(ambulante)
12.30h: Degustação de iguarias (Tabernas)
14.00h: “O Tesouro” (Praça
Sacadura Cabral)
Torneio de Tiro ao Arco
(Castelo)
14.30h: Voo do Falcão (Castelo)
15.00h: “A Latrina” (ambulante)
15.30h: Músicos deambulando
(Centro Histórico)
16.00h: A Grande Batalha
(Castelo)
16.45h: Danças Medievais
(entrada do Mercado)
17.00h: Cânticos (Igreja de
Santa Maria)
17.30h: Cortejo da animação (do
Mercado ao Castelo)
18.00h: Espetáculo de
Encerramento (Castelo)
19.00h: Encerramento do Mercado

Pinhel Cidade Falcão /JM Pneus em grande

PINHEL CIDADE FALCÃO / JM PNEUS VENCEDOR ABSOLUTO
  Pinhel Cidade Falcão / JM Pneus inscreveu o seu nome no topo de todas as tabelas: venceu todas as etapas, dominou a prova e ainda venceu o Troféu Explora com acentuada vantagem sobre o segundo classificado.

  Em conversa com vários participantes, membros da organização e imprensa
internacional, é notório o reconhecimento geral da superioridade da
equipa de Paulo Dias, Tiago Saraiva, António Mendonça e Sérgio Loureiro.

 É sempre uma grande satisfação
ver um equipa portuguesa ser reconhecida internacionalmente como uma das
melhores na sua modalidade.
  A equipa da Guarda travou um duelo
muito interessante com a equipa das Canárias, Toyota Lanzarote. Levou
sempre a melhor, é um facto, mas não quer isto dizer que foi favas
contadas. Em algumas jornadas foi por uma “unha negra” mas foi uma
vitória bem suada o que só valoriza a formação pinhelense e dignifica a
navegação nacional.
Fonte:Revista 4×4