Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: feira da maçã esmolfe

Tag Archives: feira da maçã esmolfe

XXIII Feira da Maçã Bravo de Esmolfe

A Câmara Municipal de Penalva do Castelo, a Junta de Freguesia de Esmolfe, com o apoio da FELBA – Promoção das Frutas e Legumes da Beira Alta promovem no dia 21 de outubro, a XXIII Feira da Maçã Bravo de Esmolfe, no Centro de Exposições de Produtos DOC (largo de santo Ildefonso).
O certame tem início pelas 9horas, com a celebração da missa campal, segue-se a abertura da feira, com a maçã a ser o centro das atenções.
A animação inicia às 10h30 com a atuação da Casa do Povo de Esmolfe e após o almoço, às 14h30 sobe ao palco o Rancho Folclórico de Penalva do Castelo. Por volta das 15h00, terá início a segunda edição do IV concurso “Delícia de Maçã Bravo de Esmolfe”, momento em que serão divulgados os premiados.
Para finalizar a festa a animação estará a cargo do grupo Artur & Márcia e seu trio.
Ao longo do dia, estão patentes diversas exposições, venda de produtos e artesanato local, em que a trilogia de excelência, Queijo Serra da Estrela, Vinho “Dão de Penalva do Castelo” e Maçã Bravo de Esmolfe se destaca.

XX Feira da Maçã bravo de Esmolfe foi em terras de Castendo

Decorreu, no passado dia 11 de outubro de 2015, no Centro de Exposições de Produtos DOC (Largo de Stº Ildefonso), na localidade de Esmolfe a XX Ffeira maça.1jpgEIRA DA MAÇÃ BRAVO DE ESMOLFE, uma iniciativa da Câmara Municipal de Penalva do Castelo e da Junta de Freguesia de Esmolfe, com a colaboração da FELBA (Promoção de Frutas e Legumes da Beira Alta).

A Maçã Bravo de Esmolfe é uma pequena maçã outonal de aroma intenso e polpa macia, autóctone da região de Esmolfe, Penalva do Castelo. É conhecida desde o século XVIII e a partir de setembro 2014, passou a ser considerada um produto de Denominação de Origem Protegida (DOP).

O dia iniciou com a Missa Campal, presididfeira maça.2a pelo Sr. Padre José António, seguida da Abertura da Feira.

Pelas 11.00h as Entidades Oficiais foram recebidas pela Banda Musical e Recreativa de Penalva do Castelo, seguiu-se uma visita aos produtores de Maçã Bravo de Esmolfe, à mostra de artesanato, aos produtores/engarrafadores de vinho de Penalva do Castelo, ao Fumeiro entre outros presentes no recinto.

Na breve cerimónia, usou da palavra, o Presidente da Junta de Freguesia de Esmolfe, Rogério Craveiro, o Vice-Presidente da FELBA, Sr. Rogério Martinho, Vice-Presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, Dr. Veiga Simão, a Diretora Regional da Agricultura, Engª. Adelina Martins, o Presidente Câmara Municipal de Penalva do Castelo, Francisco Carvalho.

A Diretora Regional da Agricultura, Engª. Adelina Martins, saudou os produtores de Maçã Bravo de Esmolfe pela produção de qualidade diferenciada. Referiu que “vimos já aqui algumas inovações, o concurso relacionado com a pastelaria, novidades em relação ao sumo entre outras potencialidades”. Destacou a importância do território “como um conjunto de oportunidades para viabilizar a vida das populações que cá vivem”. “… Sou fã desta Feira … e continuarei a cá vir, porque me sinto bem entre os produtores, entre a produção de qualidade, produção certificada…”. Finalizou, congratulando o “Presidente da Câmara Municipal, por verificar que de ano para ano esta evolução da Feira tem vindo a ser visível e tem sido concretizada de forma muito positiva…”.

O Presidente da Câmara Municipal de Penalva do Castelo, Francisco Carvalho, agradeceu às entidades oficiais, produtores e artesãos, salientou a aposta do Município na promoção dos Produtos de excelência, referindo que estes marcaram presença na Feira na Nacional da Agricultura em Santarém, e no Restaurante Zambeze em Lisboa. Lançou ainda um repto às Entidades presentes para que “ajudem a região de Viseu, ajudem o concelho de Penalva do Castelo.” Concluiu com uma palavra de incentivo aos produtores, “apelo que não desistam de produzir a maçfeira maçaã Bravo de Esmolfe, que é a rainha das maçãs”.

Para encerrar a manhã, o Grupo de Concertinas do Dão realizou uma arruada pelo recinto, subindo posteriormente a palco para animar os presentes.

Da parte da tarde, subiram ao palco a Escola de Música da Casa do Povo de Esmolfe, a Tuna Realense, o Rancho Folclórico de Penalva do Castelo e o artista “Ruizinho e o seu Super Trio”, que animaram os muitos presentes.

Neste certame realizou-se o I Concurso “Delicia de Maçã Bravo de Esmolfe” que teve como objetivo criar ou reinventar um doce ou bolo típico para o concelho.

O doce/bolo vencedor foi o “Folhado com creme de maçã bravo de Esmolfe” confecionado pela Irmandade da Santa Casa da Misericórdia de Penalva do Castelo. Foram ainda atribuídos um 2º e 3º lugares e duas menções honrosas.

O Agrupamento de Escolas de Penalva do Castelo aceitou o desafio do Município de criar uma mascote para a presente edição da Feira, a qual foi apelidada de “Bravíssima”. Este projeto foi orientado pelo Prof. Paulo Neves.

Ao longo do dia, estiveram patentes diversas exposições e realizou-se a venda de produtos e artesanato local, em que a trilogia de excelência, Queijo Serra da Estrela, Vinho “Dão Penalva do Castelo” e Maçã Bravo de Esmolfe se destacou.

Por:Mun.Penalva do Castelo

Feira da Maçã Bravo de Esmolfe Acolhe Projeto “Alunos Bravo”

A Câmara Municipal de Penalva do Castelo associou-se ao Agrupamento de Escolas do concelho, no dia 11 de outubro, na Feira da Maçã Bravo de Esmolfe, numa tentativa de valorização do património humaalunosno, através da implementação do projeto “Alunos Bravo”. Esta iniciativa procurou atuar em três eixos distintos: valorização e promoção dos produtos típicos da região; divulgação dos níveis de qualidade dos cursos profissionais, nomeadamente o de “Restauração – variante de cozinha/pastelaria” e integração inclusiva dos alunos com Necessidades Educativas Especiais.

Para a materialização deste projeto, a Câmara Municipal reservou um lugar no seu stand para que os alunos com Necessidades Educativas Especiais (NEE) tivessem a oportunidade de vender os próprios artigos de artesanato, bem como as doçarias confecionadas pelos alunos do curso profissional de “Restauração – variante de cozinha/pastelaria” e assim contactarem e atenderem o público, numa das possíveis saídas profissionais futuras.

Nesse sentido, o projeto assumiu como objetivos no domínio social e local: fomentar o convívio e integração inclusiva na comunidade e nas iniciativas locais dos alunos com NEE, desmitificar preconceitos e estereótipos sobre as competências e capacidades da população com deficiência e promover os produtos da região, constituintes da trilogia de excelência. No domínio educativo procurou promover a oferta educativa de qualidade do concelho, apoiar o empreendorismo dos estudantes do ensino profissional, desmitificar preconceitos em relação às fracas capacidades cognitivas dos alunos do ensino profissional. Por último, a nível individual e intrínseco das crianças com Necessidades Educativas Especiais pretendeu criar oportunidade de experimentação de atividades profissionais e de contacto ao público; promover a valorização intrapessoal e sentimentos de autoestima e autoconceito; desenvolver mecanismos de combate à passividade, incentivando uma postura ativa e empreendedora promovendo a integração inclusiva e o sentimento de pertença.

Esta foi uma iniciativa de sucesso com bastante adesão por parte da comunidade que teve a oportunidade de comprar e consumir o sumo natural da Maçã Bravo de Esmolfe, Doces de Massapão, Ovos-moles, Caladinhos, Cavacas e o Ninho de Maçã Bravo de Esmolfe, doçaria que inclusive se candidatou ao I concurso “Delicia de Maçã Bravo de Esmolfe”.

A comunidade aderiu à iniciativa consumindo os produtos expostos. Os ganhos financeiros do projeto vão contribuir para a melhoria da educação e dos recursos educativos das crianças matriculadas no sistema formal de ensino do Agrupamento de Escolas de Penalva do Castelo.

O sucesso do projeto não teria sido possível sem o empenho e envolvimento dos alunos, que estiveram à altura do público, quer no atendimento, quer na forma como souberam cativar os clientes, bem como a consciencialização e reconhecimento destes pelo seu esforço.
Por: Mun. Penalva do Castelo

I Concurso “Delícia de Maçã Bravo de Esmolfe”, em Penalva do Castelo

A Biblioteca Municipal informa que decorre, até 9 de outubro,
o período de inscrições para o I Concurso “Delícia de Maçã Bravo de
Esmolfe”.
Conhece a maçã Bravo de Esmolfe? Sabe cozinhar? É criativo?
 
No âmbito da XX Feira da Maçã Bravo de Esmolfe, a Câmara
Municipal promove este concurso, que tem como objetivos criar ou
reinventar, a partir deste excelente fruto, um doce ou bolo típico para o concelho, estimular a inovação e o empreendedorismo.

A participação é gratuita mas carece de inscrição prévia até ao dia 9
de outubro. Pode fazê-la dirigindo-se à Biblioteca ou à Câmara Municipal
ou preencher o formulário (em anexo) e enviar via CTT ou por e-mail
para o Município.
Este concurso é composto por algumas normas e
regras que devem ser seguidas e cumpridas para que a participação seja
considerada válida. Pode consultar as normas do concurso em cm-penalvadocastelo.pt/images/regulamento_final_2015.pdf
Seja original e participe wink emoticon
Morada: Câmara Municipal de Penalva do Castelo
Avenida Castendo nº1
3550-185 Penalva do Castelo
Mail: turismo@cm-penalvadocastelo.pt
Ficha de inscrição: cm-penalvadocastelo.pt/images/ficha_I_concurso_2015.pdf

Por:Biblioteca de Penalva do Castelo

Receção do Pessoal Docente e Não Docente do Agrupamento de Escolas de Penalva do Castelo

A Câmara Municipal de Penalva do Castelo proporcionou, no
passado dia 08 de setembro, no Anfiteatro da Biblioteca Municipal, a receção ao
pessoal docente e não docente dos diversos estabelecimentos escolares do
Agrupamento de Escolas de Penalva do Castelo.

A cerimónia contou com a presença do Presidente da Câmara
Municipal, Francisco Carvalho, da Vereadora da Educação, Lucília Santos, da
Presidente do Agrupamento de Escola de Penalva Castelo, Dr.ª Rosa Figueiredo e
do Presidente da Assembleia Municipal, Dr. Vítor Fernandes.

Durante a sua intervenção, a Dr.ª Rosa Figueiredo deu as boas
vindas a todos os presentes e agradeceu a amabilidade da Câmara Municipal.
Por sua vez, Francisco Carvalho, saudou todas as pessoas e lançou
ainda o convite, para estarem presentes no próximo dia 11 de outubro, na Feira
da Maçã Bravo de Esmolfe, certame realizado anualmente. Salientou que o
Município está a concluir a colocação de um novo piso no Pavilhão Municipal e
irá também executar obras de melhoramento na EBI, através de uma candidatura ao
programa 2020. Congratulou o Agrupamento pelo êxito alcançado no pretérito ano,
com um 2º lugar na final intermunicipal do
concurso de ideias de negócios “Escolas Empreendedoras”, que decorreu em Viseu e pela subida
para 129º no ranking das Escolas. Por fim, desejou o maior sucesso a nível
profissional a todos os presentes.
Seguiu-se um lanche convívio, onde todos tiveram a
oportunidade de apreciar algumas iguarias do concelho, tais como: Vinhos Dão,
Maçã Bravo de Esmolfe, Queijo Serra da Estrela entre outras.
Esta iniciativa teve como propósito acolher todo o pessoal
docente e não docente e dar as boas vindas a todos os que fazem parte da comunidade
educativa. 
Por: Mun.Penalva do Castelo