Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: feira medieval

Tag Archives: feira medieval

Feira Medieval em Pinhel promovida nas ruas de Salamanca

Na manhã deste sábado, foi feita uma promoção à  Feira Medieval A Cidade do Falcão “Guarda-Mor do Reino e Senhorios de Portugal”, pelas ruas de Salamanca, a fim de trazer mais visitantes a esta cidade Falcão.

De 31 de maio a 2 de junho, Pinhel recua no tempo..re(a)vive a sua história e as suas memórias vão encher de vida e cor o centro histórico da cidade com a 5ª edição da Feira Medieval A Cidade do Falcão “Guarda-Mor do Reino e Senhorios de Portugal”.Manjares, cortejos, torneios, teatros, música, dança e animação de rua levam a quem visita Pinhel numa verdadeira viagem no tempo…

Por:MP

Feira Medieval da Cidade Falcão de 31 a 2 de junho

Pelo quinto ano consecutivo, a cidade de Pinhel prepara-se para recuar no tempo e viver três dias de grande animação ao estilo medieval…
Vão ser assim os dias 31 de maio, 1 e 2 de junho, com mais uma edição da Feira Medieval da Cidade Falcão – Guarda-Mor do Reino e Senhorios de Portugal.
Em destaque nesta edição, a Muralha de Pinhel mandada reconstruir e ampliar por el Rei D. Dinis.
O centro histórico da cidade de Pinhel é o cenário ideal para um evento que pretende transportar os visitantes até à época medieval, época marcada por vivências rurais mas também por constantes disputas pela posse dos territórios, principalmente nesta zona de fronteira.
Para lá das muralhas, que por esses dias vão definir o espaço desta recriação, começam a surgir os mercadores (pois não há feira sem mercadores), mas também os taberneiros e os servidores de manjares.
Ruas coloridas, cortejos e torneios, música, dança, artes circenses, espetáculos de fogo, encenações e muita animação de rua completam este cenário que convida os visitantes a entrar na festa e aproveitar as múltiplas experiências que esta Feira Medieval pretende proporcionar.
Do vasto programa destes três dias, destaque ainda para a realização de uma Ceia Medieval que contará com cerca de 350 comensais (sábado, dia 1 de junho) e que, este ano, volta a ter lugar junto ao Castelo, ponto mais alto da Cidade, onde têm lugar algumas das principais encenações e representações baseadas em factos históricos.
Novidade vai ser a realização de uma Missa Campal, domingo, dia 2 de junho, às 12.00h, no Largo de Santa Maria.
Por último, importa lembrar que o Falcão é também presença obrigatória nesta Feira Medieval, não fosse este o testemunho mais representativo de Pinhel, Cidade Falcão – Guarda-Mor do Reino e Senhorios de Portugal.
Desta forma aqui fica o programa completo:
Sexta-feira, dia 31 de maio
14h00 – Abertura do Mercado
14h30 – Cortejo com toda a animação, entidades locais e comunidade escolar local
(início na sede do Agrupamento de Escolas)
15h00 – O Foral de D. Dinis – A Muralha de Pinhel – “A Ronda da Muralha”
Fala ao Povo o Exmo. Alcaide de Pinhel, D. Rui Ventura.
Continuação do Cortejo até à liça
15h30 – A entrega do Foral e a ordem de reconstrução da muralha – teatro interativo
(espetáculo educativo direcionado para a comunidade escolar)
Cortesias e abertura dos festejos na Cidade do Falcão por motivo da sua Feira
Espetáculo de Circo e Malabarismos (Liça, Castelo)
O Voo do Falcão (Liça, Castelo)
16h00 – A Arte da Cetraria (Praça do Município)
Demonstração de ofícios aos pequenos guerreiros das Terras do Falcão (Rua dos Ofícios)
16h30 – Música – Concerto com “Strella do Dia” (Auditório Exterior)
Teatro Itinerante “As Fadas” (início no Castelo até à Praça do Município)
17h00 – Teatro Itinerante “O Lavadeiro Real”
17h30 – Música e Danças Orientais (início na Praça do Município, atuação no Auditório Exterior)
18h00 – Exposição de Serpentes (Auditório Exterior)
18h30 – Torneio Apeado (Praça do Castelo)
19h00 – Os Guardiões do Falcão (deambulante)
19h30 – Músicos e Malabaristas (início na Praça de Município com passagem nas Tabernas)
20h00 – Gaitas e Gaiteiros (Tabernas e Praças de Alimentação)
21h30 – Música e Danças Orientais (Tabernas)
22h00 – A Lenda do Falcão (Praça do Castelo)
22h30 – Músicos, Líricos e Trovadores (Praças de Alimentação e Castelo)
23h00 – Espetáculo de Artes Circenses com Fogo (Auditório Exterior)
00h00 – Encerramento do Mercado (continuação de farra e folia nas tabernas)

Sábado, dia 1 de junho
11h00 – Abertura do Mercado com música ao vivo nas entradas e ruas da cidadela
11h30 – Os Duendes (deambulante)
Demonstração de Ofícios e Armas (acampamento)
12h00 – Música e Danças Orientais (início na entrada principal até ao acampamento)
12h30 – Petiscos e Gulodices nas Tabernas
O Larápio
13h00 – A Latrina (deambulante)
14h00 – Escaramuças nas Tabernas (Praças de Alimentação)
14h30 – As Freiras (deambulante)
15h00 – D. Dinis e seus filhos (Castelo)
Porque um Rei também é pai e como tem de ser, há que pôr ordem na família. Ora, D. Dinis tem de lidar com ciúmes, competências e desavenças, mas a astúcia da sua Rainha há de ajudá-lo nestes momentos mais periclitantes…
15h30 – Músicos, Líricos e Trovadores (da Praça do Município até ao Auditório Exterior)
16h00 – Música – Concerto com Moussiço X (Auditório Exterior)
16h30 – Os Faunos (deambulante)
O Voo do Falcão (Praça do Município)
17h00 – Músicas e Danças Medievais (Praça do Município)
17h30 – Um dia na Corte de D. Dinis (Castelo)
Entre muitos outros afazeres, D. Dinis tomou a decisão de reconstruir a muralha do Castelo de Pinhel e, ainda mais, a muralha deveria ser aumentada de forma a cercar e proteger todo o povoado.
18h00 – Música – Concerto com Malcolm Mc. Milan (Auditório Exterior)
18h30 – As Freiras (deambulante)
19h00 – Artes Circenses e Malabarismos em tons e sons medievais (Tabernas)
19h30 – Ceia Medieval (sujeita a inscrição prévia)
20h00 – Petiscos e Gulodices nas Tabernas com música e folia
21h00 – Danças Orientais (Praça das Tabernas)
22h00 – Música deambulante pelas ruas e recantos da cidadela
22h30 – Desfile de Cavaleiros e suas comitivas (da entrada até ao Castelo)
23h00 – Torneio a Cavalo (Liça, Castelo)
Competem as casas dos dois filhos de D. Dinis, em honra a seu pai.
23h30 – Espetáculo de Fogo (Liça ou Auditório Exterior)
00h00 – Encerramento do Mercado (continuação de farra e folia nas tabernas)

Domingo, 2 de junho
11h00 – Abertura do Mercado com cortejo oriental (entrada até Castelo)
11h30 – O Voo do Falcão (Praça do Município)
Malabarismos e Acrobacias com tons e sons medievais (deambulante)
Os Peregrinos
Um grupo de peregrinos, escoltado por cruzados, chega a Pinhel e é acolhido com comida, bebida e são-lhes prestados curativos, nas feridas e mazelas tidas na sua devoção. Depois de revigorados são abençoados com uma Missa, juntamente com o povo e demais habitantes da cidadela.
12h00 – Missa Campal – Celebração da Eucaristia Dominical (Largo da Igreja de Santa Maria)
12h10 – Diz que disse… (Tabernas)
12h30 – Petiscos e Gulodices nas Tabernas
13h30 – Música nas Tabernas
14h00 – Danças orientais (início nas Tabernas até ao Auditório Exterior)
14h30 – O Voo do Falcão (Praça do Município)
15h00 – Música na Praça do Município
15h30 – O Leproso (deambulante)
16h00 – Cortejo da comitiva até à Liça (entrada principal até ao Castelo)
O Voo do Falcão (Liça, Castelo)
17h00 – Torneio a Cavalo – A Desforra (Liça, Castelo)
Honras aos vencidos e Glória aos Vencedores pelo Alcaide de Pinhel.
18h00 – Espetáculo de encerramento (Liça, Castelo)
19h00 – Encerramento do Mercado

Pinhel acolhe Feira Medieval em junho

pinhelNo fim de semana de 2, 3 e 4 de junho, a cidade de Pinhel vai recuar no tempo e viver três dias de grande animação ao estilo medieval…

Depois do êxito conquistado na estreia (em 2015) e reafirmado na segunda edição (2016), Pinhel aguarda com grande expetativa a terceira edição da Feira Medieval da Cidade Falcão – Guarda-Mor do Reino e Senhorios de Portugal. Ler Mais »

2ª Feira Medieval decorre em Pinhel de 3 a 5 de junho

Ceia Medieval Vai realizar-se já neste  fim de semana de 3, 4 e 5 de junho, na cidade de Pinhel mais uma edição da Feira Medieval.

A Cidade Falcão vai recuar no tempo e viver três dias de grande animação ao estilo medieval…

Depois do êxito conquistado na estreia (em 2015), Pinhel aguarda com grande expetativa esta segunda edição da Feira Medieval que, tem como objetivo a recriação histórica da fundação e do quotidiano medieval da cidade apelidada de “Falcão, Guarda-Mor do Reino e Senhorios de Portugal”.

Partindo da grande praça central, frente aos Paços do Concelho, e prosseguindo pelas ruas do Centro Histórico, a Feira Medieval culminará junto ao Castelo de Pinhel, local de grande beleza e encanto, com as melhores vistas da cidade…Animação no Castelo

Um povo, um rumo, uma história… a nossa História!

Assim se anuncia esta Feira Medieval da Cidade Falcão, pautada por Manjares, Tabernas, Cortejos, Torneios, Teatro, Música, Dança, muita animação de rua e uma forte componente cénica baseada na representação da Lenda do Falcão (lenda associada à história de Pinhel e que lhe dá o epíteto de Cidade Falcão).

Do vasto programa destes três dias, realce ainda para a realização de uma Ceia Medieval que contará com cerca de 300 participantes (sábado, dia 4 de junho).

E para que não falte vida e cor a este evento, importa ainda dizer que o Município de Pinhel vai providenciar cerca de 2000 trajes da época para quem queira vestir-se a rigor e ao estilo medieval.

Feira Medieval da Cidade Falcão:

Mais que viajar no tempo, entre nesta aventura e faça parte da nossa História!

Deste modo deixamos aqui todas as atividades deste fim de semana:

Programa:Pinhel - Feira Medieval 2016

3 de junho | sexta-feira

14.00 – Abertura do Mercado

14.30 – Cortejo com toda a animação, entidades locais e artesãos

15.00 – Boas vindas (Castelo)

15.30 – Voo do Falcão (Castelo)

Torneio de Tiro ao Arco (Castelo)

16.00 – Os 2 Aldrabões (Tabernas)

16.30 – A Grávida (Entrada)

17.00 – Os Latrineiros (Ambulante)

17.30 – Artes Circenses (Ambulante)

18.00 – Cânticos (junto à Igreja de Sta. Maria)

18.30 – Torneio Apeado (Castelo)

19.00 – Voo do Falcão (Castelo)

19.30 – Petiscos (Tabernas)

20.00 – Danças Medievais e Músicos (Tabernas e Praças de Alimentação)

21.30 – Cânticos (Entrada do Mercado)

22.00 – Torneio a Cavalo (Cortejo do Mercado para o Castelo, liça)

22.30 – Músicos (Ambulante)

23.00 – Espetáculo de Fogo (Entrada)

00.00 – Encerramento do Mercado

– Farras e Folias nas Tabernas

 

4 de junho | sábado

10.00 – Abertura do Mercado

10.30 – Os Miseráveis (Ambulante)

11.00 – Voo do Falcão (Praça – Entrada)

Torneio de Tiro ao Arco (Castelo)

11.30 – Músicos Deambulando e Demonstração de Armas (Acampamento)

12.00 – A Nau Catrineta (Entrada)

12.30 – Petiscos (Tabernas)

14.00 – Escaramuças (Tabernas)

14.30 – Voo do Falcão (Entrada)

15.00 – Cânticos (junto à Igreja de Sta. Maria)

15.30 – Músicos Deambulando

16.00 – Torneio Apeado (Castelo)

16.30 – Voo do Falcão (Entrada)

17.00 – Cânticos (Praça – Entrada)

17.30 – Desfile da Nobreza (Ambulante)

18.00 – Músicos e Malabares (Ambulante)

18.30 – Os Latrineiros (Ambulante)

19.00 – Voo do Falcão (Praça – Entrada)

19.30 – Ceia Medieval (participação sujeita a inscrição prévia)

Cânticos na entrada da Ceia

20.00 – Petiscos (Tabernas)

21.00 – Artes Circenses (Tabernas)

21.30 – Música ao vivo (Praça – Entrada)

22.00 – Alerta a Pinhel (Mercado)

– Músicos Deambulando desde a Entrada até ao Castelo

22.45 – Assalto à Cidade do Falcão (Castelo)

23.30 – Espetáculo de Fogo (Castelo)

00.00 – Encerramento do Mercado

– Farras e Folias nas Tabernas

 

5 de junho | domingo

11.00 – Abertura do Mercado

11.30 – Voo do Falcão (Praça – Entrada)

– Vivências de um Cavaleiro (Castelo)

12.00 – Os Miseráveis (Ambulante)

12.30 – Petiscos (Tabernas)

14.00 – O Baú (Praça – Entrada)

Torneio de Tiro ao Arco (Castelo)

14.30 – Voo do Falcão (Castelo)

15.00 – Os Latrineiros (Ambulante)

15.30 – Músicos Deambulando

16.00 – A Reconquista (Castelo)

16.45 – Danças Medievais (Entrada)

17.00 – Cânticos (junto à Igreja de Sta. Maria)

17.30 – Cortejo (da Entrada até ao Castelo)

18.00 – Espetáculo de Encerramento (Castelo)

19.00 – Encerramento do Mercado

 

Por:Mun.Pinhel

 

 

 

Modatex produz trajes da Feira Medieval

00pinhel O Município de Pinhel e o MODATEX – Centro de Formação Profissional para a Indústria Têxtil, Vestuário, Confeção e Lanifícios (com uma extensão em Pinhel), celebraram na  manhã desta terça-feira, um protocolo de cooperação tendo em vista a produção e o fornecimento de 1276 trajes, resultantes de produtos formativos.

Os trajes produzidos destinam-se aos participantes da segunda edição da Feira Medieval, nomeadamente à comunidade escolar, aos expositores e a outras pessoas que queira0pinhem associar-se ao evento que decorre no próximo fim de semana, em Pinhel.

No momento da celebração desta nova parceria, quer o Presidente da Câmara Municipal de Pinhel, Rui Ventura, quer os representantes do Centro de Formação manifestaram publicamente a sua satisfação com a presença do Modatex em Pinhel, uma mais-valia para as pessoas, para as empresas, para a cidade e para o concelho.

Por:Mun.Pinhel

1ª Feira Medieval – A Cidade do Falcão coroada de êxito

A primeira Feira Medieval organizada
pelo Município de Pinhel foi um êxito e atraiu milhares de visitantes à Cidade
do Falcão.

  Durante três
dias, Pinhel recuou no tempo e foi palco dos mais diversos cenários medievais,
nesta que foi a primeira Feira Medieval organizada pela autarquia pinhelense,
em parceria com a ANDARTE e a Velha Lamparina.

  Partindo da
grande praça central da cidade, frente aos Paços do Concelho, e prosseguindo
pelas ruas do centro histórico, a Feira Medieval estendia-se até ao Castelo de
Pinhel, local de singular beleza e encanto, com as melhores vistas da urbe…

  A par de
“mercadores” vindos de vários pontos do país, de destacar a forte presença das
gentes do concelho, nomeadamente Freguesias, Associações, artesãos e
empresários locais.

  No que diz
respeito à animação, foi uma constante ao longo do fim de semana e incluiu
momentos muito participados pelo público, como por exemplo o Cortejo Medieval
que abriu o evento, o Voo do Falcão, o Julgamento dos Condenados, a Ameaça à
Cidade do Falcão e a Grande Batalha, entre muitos outros.
  A Ceia
Medieval organizada no âmbito da Feira Medieval também teve grande procura,
reunindo cerca de 200 comensais que, no final, manifestaram o seu agrado tanto
pelo repasto como pela animação que o acompanhou.
  No
encerramento deste fim de semana ao estilo medieval, o Presidente da Câmara Municipal
de Pinhel, Rui Ventura, mostrou-se muito satisfeito pelo modo como decorreu
esta primeira Feira Medieval, quer em termos de organização, quer em termos de
visitantes, motivo pelo qual será certamente um evento com continuidade na
Cidade do Falcão.
Por:
Mun.Pinhel

1ª Feira Medieval de Pinhel, A Cidade do Falcão – 8, 9 e 10 de maio

Feira Medieval – A
Cidade do Falcão
Nos dias 8, 9 e 10 de maio, Pinhel
vai recuar no tempo e viver três dias de grande animação ao estilo medieval…

 Partindo da grande praça
central da cidade, frente aos Paços do Concelho, e prosseguindo pelas ruas do
Centro Histórico, a Feira Medieval culminará junto ao Castelo de Pinhel, local
de singular beleza e encanto, com as melhores vistas da cidade…

Um povo, um rumo, uma
história… a nossa História!

Assim se anuncia esta 1ª Feira
Medieval de Pinhel – A Cidade do Falcão.

Manjares, Tabernas, Cortejos,
Torneios, Teatro, Música, Dança e animação de rua… onde não podemos deixar de
destacar uma forte componente cénica baseada na representação da Lenda
do Falcão
(lenda associada à história de Pinhel e que lhe dá o epíteto
de Cidade
Falcão
).
Assim fica o programa desta feira: 

8 de maio | sexta-feira
14.00h: Abertura do Mercado (em
frente à Câmara Municipal)
14.30h: Cortejo Medieval
(Centro Histórico) – participação da comunidade escolar
15.00h: Discurso de Abertura
(Castelo)
15.30h: Voo do Falcão (Praça
Sacadura Cabral) e Torneio de Tiro ao Arco (Castelo)
16.00h: “Os 2 Charlatões”
(praça alimentar)
16.30h: “O Pai da Noiva”
(entrada do Mercado)
17.00h: “A Latrina” (ambulante)
17.30h: Acrobacias e Malabares
(ambulante)
18.00h: Cânticos (Igreja de
Santa Maria)
18.30h: Torneio apeado
(Castelo)
19.00h: Voo do Falcão (Castelo)
19.30h: Degustação de iguarias
(Tabernas)
20.00h: Danças Medievais e
Músicos (Tabernas)
21.30h: Cânticos (entrada do Mercado)
22.00h: Julgamento dos
Condenados (peça no Mercado e cortejo para o Castelo)
22.30h: Músicos deambulando
(Centro Histórico)
23.00h: Espetáculo de Fogo
(entrada do Mercado)
00.00h: Encerramento

9 de maio | sábado
10.00h: Abertura do Mercado (em
frente à Câmara Municipal)
10.30h: “Os Leprosos”
(ambulante)
11.00h: Voo do Falcão (Praça
Sacadura Cabral) e Torneio de Tiro ao Arco (Castelo)
11.30h: Músicos deambulando e
demonstração de armas (Acampamento)
12.00h: “A Nau Catrineta”
(entrada do Mercado)
12.30h: Degustação de iguarias (Tabernas)
14.00h: Rixas na Taberna (praça
alimentar)
14.30h: Voo do Falcão (entrada
do Mercado)
15.00h: Cânticos (Igreja de
Santa Maria)
15.30h: Músicos deambulando
(Centro Histórico)
16.00h: Torneio apeado
(Castelo)
16.30h: Voo do Falcão (entrada
do Mercado)
17.00h: Cânticos (entrada do
Mercado)
17.30h: “Passeio dos Nobres”
(ambulante)
18.00h: Músicos e Malabares
(Centro Histórico)
18.30h: “A Latrina” (ambulante)
19.00h: Voo do Falcão (entrada
do Mercado)
19.30h: Ceia Medieval (c/
reserva prévia) (Jardim 5 de Outubro)
20.30h: Degustação de iguarias (Tabernas)
21.00h: Acrobacias e Malabares
(praça alimentar)
21.30h: Cânticos (entrada do
Mercado)
22.00h: “Chegada do Mensageiro”
(Mercado)
Músicos deambulando (Centro
Histórico)
22.45h: Ameaça à Cidade do
Falcão (Castelo)
23.30h: Espetáculo de Fogo
(Castelo)
00.00h: Encerramento

10 de maio | domingo
11.00h: Abertura do Mercado (em
frente à Câmara Municipal)
11.30h: Voo do Falcão (entrada
do Mercado)
“A vida faustosa de um
cavaleiro” (Castelo)
12.00h: “Os Leprosos”
(ambulante)
12.30h: Degustação de iguarias (Tabernas)
14.00h: “O Tesouro” (Praça
Sacadura Cabral)
Torneio de Tiro ao Arco
(Castelo)
14.30h: Voo do Falcão (Castelo)
15.00h: “A Latrina” (ambulante)
15.30h: Músicos deambulando
(Centro Histórico)
16.00h: A Grande Batalha
(Castelo)
16.45h: Danças Medievais
(entrada do Mercado)
17.00h: Cânticos (Igreja de
Santa Maria)
17.30h: Cortejo da animação (do
Mercado ao Castelo)
18.00h: Espetáculo de
Encerramento (Castelo)
19.00h: Encerramento do Mercado