Início » Tag Archives: Filarmónica de Santa Comba Dão

Tag Archives: Filarmónica de Santa Comba Dão

Espetáculo de boas-vindas a 2023 em Mangualde

A Igreja do Complexo Paroquial de Mangualde, no passado dia 7 de janeiro, acolheu o concerto de Ano Novo, com cerca de 200 pessoas que assistiram ao momento musical que celebrou a entrada no novo ano.protagonizado pela Orquestra POEMa e pelo Coro Magnus D´Om da Filarmónica de Santa Comba Dão.

O momento musical contou com a solista Jacinta Albergaria, mezzo-soprano, e com a participação da Orquestra Poeminha – Cordas. A Direção de Orquestra esteve a cargo dos Maestros Tiago Correia, da Orquestra POEMa e Luís Rendas, do Coro Magnus D’om.

O evento foi organizado numa parceria entre a Câmara Municipal de Mangualde, a Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, o Conservatório de Viseu, o Agrupamento de Escolas de Mangualde e a Paróquia de Mangualde.

ORQUESTRA POEMA

A Orquestra POEMa (Projeto Orquestra Estúdio de Mangualde) é uma iniciativa da Câmara Municipal de Mangualde em parceria com o Conservatório Regional de Música de Viseu – Dr. José de Azeredo Perdigão e o Agrupamento de Escolas de Mangualde.

Nasceu em 2013 e tem como intervenientes elementos das bandas filarmónicas do concelho de Mangualde, alunos e ex-alunos do Conservatório Regional de Viseu e músicos provenientes de concelhos limítrofes. Dirigida pelo Maestro Tiago Correia desde a sua estreia, integra músicos com idades compreendidas entre os 14 e os 35 anos de idade.

CORO MAGNUS D´OM DA FILARMÓNICA DE SANTA COMBA DÃO

A Filarmónica de Santa Comba Dão, que comemorou 200 anos de existência em 2020, lançou o seu Coro em 2011, então sob a direção da professora Ana Paula Quinteiro Lopes. Desde outubro de 2013, o coro é dirigido pelo maestro Luís Rendas Pereira.

Contando com um vasto repertório que abrange desde a música erudita à tradicional, este grupo coral com cerca de 40 elementos já teve a oportunidade de se apresentar juntamente com a Orquestra Filarmonia das Beiras, o Coro CMAD, a Banda Filarmónica Tondelense, a Tuna Académica da Universidade de Coimbra e, naturalmente, a Banda Filarmónica de Santa Comba Dão, instituição à qual pertence.

Em novembro de 2016, para comemorar o seu 5.º aniversário, apresentou-se pela primeira vez com o seu novo nome “Coro Magnus D´Om”, fazendo jus à área geográfica coberta pelos seus coralistas, oriundos não só de Santa Comba Dão, como também de Carregal do Sal, Tondela, Tábua, Nelas, Penacova e Viseu.