Início » Tag Archives: FITUR

Tag Archives: FITUR

Centro de Portugal levou a Madrid o melhor da gastronomia e do turismo da região

O Centro de Portugal surpreendeu os visitantes da FITUR – Feira Internacional de Turismo de Madrid, que aconteceu de 24 a 28 de janeiro, com uma experiência de sabores que revelou a riqueza e a diversidade da sua gastronomia e das ofertas turísticas do território.

O evento contou com a representação institucional da Turismo do Centro, por parte de Jorge Sampaio e Elsa Marçal, membros da Comissão Executiva, além da participação de diversas Comunidades Intermunicipais (CIM), municípios, empresas e associações.

Uma experiência de sabores

O ponto alto da participação aconteceu no sábado, dia 27, a partir das 16h30, com a realização da experiência gastronómica “Uma Viagem pela Gastronomia do Centro de Portugal”, que mostrou a riqueza e a diversidade dos produtos, pratos e vinhos da região, bem como os seus principais atrativos turísticos. A iniciativa foi conduzida por João Quaresma, da Turismo Centro de Portugal, em colaboração com as oito CIMs da região, as suas cinco Comissões Vitivinícolas e a InovCluster – Associação do Cluster Agro-Industrial do Centro.

A jornada culinária deu a provar alguns dos melhores produtos das 8 CIMS, numa degustação harmonizada com os vinhos das cinco regiões demarcadas do território: Dão, Bairrada, Região de Lisboa, Tejo e Beira Interior. Ler Mais »

Beiras e Serra da Estrela na FITUR

Abriu assim a FITUR em Madrid, onde as Beiras e Serra da Estrela estão representadas numa das maiores feiras do sector.
O arranque ficou marcado pelos produtos endógenos do Município de Figueira de Castelo Rodrigo.
Assim quem visitar Madrid por estes dias, não se esqueça de conhecer o stand da CIM Beiras e Serra da Estrela.

Em suma, um certame importante para a promoção dos produtos endógenos e produtos turisticos das localidades.

Centro de Portugal leva os melhores sabores da região à FITUR 2024

O Centro de Portugal vai surpreender os visitantes da FITUR – Feira Internacional de Turismo de Madrid, que acontece de 24 a 28 de janeiro, com uma experiência imersiva de sabores que revela a riqueza e a diversidade da sua gastronomia. O evento contará com a representação institucional da região, além da participação de diversas empresas, associações e municípios do território.

O ponto alto da participação acontecerá no sábado, dia 27, a partir das 16h30, com a realização da experiência “Uma Viagem pela Gastronomia do Centro de Portugal”. Conduzida por João Quaresma, da Turismo Centro de Portugal, em colaboração com as oito Comunidades Intermunicipais (CIM) da região, as suas cinco Comissões Vitivinícolas e a InovCluster – Associação do Cluster Agro-Industrial do Centro, a iniciativa irá oferecer aos participantes uma degustação de produtos regionais e vinhos premiados, que refletem a identidade e a tradição do Centro de Portugal.

“A gastronomia é um dos elementos mais distintivos e atrativos do Centro de Portugal, que se orgulha de ser um território com uma enorme variedade de produtos de qualidade, desde o marisco e o peixe da costa atlântica até aos queijos e enchidos das zonas de interior. Queremos mostrar aos visitantes da FITUR que o Centro de Portugal é um destino gastronómico de excelência, que combina o sabor, a inovação e a sustentabilidade”, explica João Quaresma.

A jornada gastronómica convidará os visitantes a saborear produtos como os Queijos DOP Centro de Portugal, pela InovCluster; o Bolo Podre e os Pastéis de Vouzela (CIM Viseu Dão Lafões); o Pão de Ló do Painho e os Pastéis de Feijão de Torres Vedras (CIM Oeste); o Presunto e a Marmelada (CIM Médio Tejo); as Brisas do Lis, os Pasteis de Mós e os Arqueiros Abafado da Batalha (CIM Região de Leiria); o Maranho e as Pantufas de Vila Velha de Ródão (CIM Beira Baixa); o Queijo da Serra da Estrela DOP (CIM Beiras e Serra da Estrela); o Bolo de Ançã, o Mel e o Licor Beirão (CIM Região de Coimbra); e os Ovos Moles de Aveiro (Região de Aveiro). Toda a viagem será harmonizada com vinhos e espumantes do Dão, da Bairrada, da Região de Lisboa, do Tejo e da Beira Interior.

Ao longo da “Viagem pela Gastronomia”, Raul Almeida, presidente da Turismo Centro de Portugal, e representantes das CIM apresentarão o destino Centro de Portugal de forma descontraída, promovendo a interação com o público. O evento também contará com a exibição do filme documental “Uma Viagem-Romance pela Gastronomia e Vinhos do Centro de Portugal, by Diogo Rocha”, bem como vídeos promocionais das CIM e parceiros.

Raul Almeida, presidente da Turismo Centro de Portugal, destaca a importância estratégica da participação do Centro de Portugal na FITUR. “A FITUR é uma oportunidade única para o Centro de Portugal se afirmar como um destino turístico de referência, não só para o mercado espanhol, que é o nosso principal emissor de turistas, mas também para o mercado ibero-americano, que apresenta um grande potencial de crescimento”, sublinha.

“A nossa presença na feira, que é cada vez uma referência nesta área, visa reforçar a notoriedade e a competitividade da região, que tem registado um aumento significativo de visitantes nos últimos anos. A oferta diversificada e de qualidade do Centro de Portugal, que abrange desde o património histórico e cultural até a natureza e o bem-estar, é um argumento poderoso, que procuramos potenciar com a participação em eventos estratégicos, como este”, acrescenta Raul Almeida.

A presença institucional da região na FITUR será assegurada pela Agência Regional de Promoção Turística Centro de Portugal, representada no stand do Turismo de Portugal. A Turismo do Centro de Portugal aproveitará o evento para realizar reuniões estratégicas com parceiros internacionais.

Além da participação da Turismo Centro de Portugal, vão estar presentes na FITUR Comunidades Intermunicipais e municípios da região em stand próprio.

O Pavilhão 4 – Stand 4C02 será o ponto de encontro dos visitantes que desejam conhecer a oferta do Centro de Portugal. Com mais de 9.000 empresas e entidades participantes, de 152 países e regiões, a FITUR 2024 promete ser um evento inesquecível. São esperados 150.000 visitantes profissionais durante a semana e 100.000 visitantes do público em geral no fim de semana. De 24 a 26 de janeiro, a feira é exclusiva a profissionais e convidados, entre as 10h00 e as 19h00. O público em geral pode visitar a feira no dia 27, até às 20h00, e no dia 28, até às 18h00.

Figueira de Castelo Rodrigo na FITUR em Madrid

O Município de Figueira de Castelo Rodrigo irá participar na 44ª edição da Feria Internacional de Turismo (FITUR), em Madrid. A FITUR, que este ano decorre entre 24 e 28 de janeiro, constitui-se como um evento de incontornável relevância no plano ibérico e internacional, reunindo uma ampla variedade de espaços e propostas de âmbito turístico.
O momento dedicado ao Município de Figueira de Castelo Rodrigo acontecerá entre as 11:00h e as 13:00h do dia 24, no espaço CIMBSE, pavilhão número 4, local onde terá lugar uma mostra e degustação de produtos locais, bem como uma breve apresentação alusiva aos principais eventos, história e património do concelho.
A presença do Município de Figueira de Castelo Rodrigo realiza-se no contexto da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIMBSE), da qual é membro, numa participação que pretende demonstrar e promover o vasto potencial da região nas suas mais diversas vertentes. Para além dos habituais visitantes, é também esperada a presença de milhares de empresas e operadores turísticos provenientes de vários países mundiais, cenário que justifica plenamente a aposta no certame.
Para Carlos Condesso, presidente da Câmara Municipal de Figueira de Castelo Rodrigo, “eventos deste teor contribuem, de forma direta, para uma maior exposição mediática dos territórios da CIMBSE, acabando, inevitavelmente, por trazer benefícios para toda a região.”
Neste seguimento, o autarca acrescenta ainda que “o Município de Figueira de Castelo Rodrigo tem vindo a desenvolver esforços no sentido de potenciar a imagem do concelho junto dos vários públicos, particularmente em Espanha, país que representa uma parte significativa do turismo do concelho.”

Beiras e Serra da Estrela promovem turismo do interior na FITUR, uma das maiores do setor

A Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIM BSE) marca presença na FITUR’24 – Feira Internacional de Turismo de Madrid, com o objetivo de promover a região como destino turístico de excelência e o turismo do interior como um importante motor das economias locais.

“Acreditamos que «o todo é maior do que a soma das suas partes». Privilegiamos a promoção e preservação do património único de cada um dos municípios como forma de potenciar o todo. Faça sol ou caia neve, dois supostos opostos, há uma experiência para cada um de nós. Um convite à descoberta deste destino em estado puro, 365 dias por ano, que promove e potencia o património natural e cultural de cada um dos 15 municípios que o constituem”, pode ler-se no cartão de boas-vindas que acompanha a presença da CIM BSE na FITUR’24. Ler Mais »

Guarda vai estar na FITUR

A Guarda vai marcar presença no maior certame de Turismo da Península Ibérica: a FITUR em Madrid (Espanha). O Certame Internacional decorrerá na capital espanhola entre 24 e 28 de janeiro. Os Passadiços do Mondego e ainda os eventos GuardaFolia e Guarda WineFest vão ser os destaques desta participação guardense. Com stand próprio, a Guarda vai ainda promover-se enquanto Destino Gastronómico, levando consigo queijo, azeite, chouriça, compotas, vinho e os doces Bola Parda e D. Sancho.

Centro de Portugal na FITUR – Feira Internacional de Turismo de Madrid

A FITUR decorre de 18 a 22 de janeiro, no recinto da Feira de Madrid. Os visitantes podem encontrar a representação do Centro de Portugal no Pavilhão 4 – Stand 4C02. Um total de 8.500 participantes, de 131 países, estão presentes na feira, que dispõe de 755 expositores principais e 66.900 m2 de espaço expositivo.

A marca Centro de Portugal está a participar de forma estratégica na FITUR – Feira Internacional de Turismo de Madrid, que decorre esta semana na capital espanhola. A presença da região acontece através da ARPTC – Agência Regional de Promoção Turística Centro de Portugal, que está presente no stand do Turismo de Portugal, e de vários outros expositores que representam empresas, associações e municípios do território.

A Entidade Regional de Turismo do Centro de Portugal está a aproveitar a presença para realizar apresentações e para participar em reuniões de trabalho com parceiros internacionais, relacionadas com projetos comuns em curso ou previstos para o futuro.

Nos primeiros dias de certame, a Turismo Centro de Portugal (TCP) participou em duas importantes reuniões. A primeira juntou o Centro de Portugal com as regiões de turismo de Castela e Leão e Porto e Norte de Portugal, tendo como tema principal o Projeto Europeu POCTEP 2022-2027. Este projeto pretende desenvolver o grande potencial do espaço geográfico Duero-Douro, tanto em termos turísticos como socioeconómicos.

O segundo momento colaborativo aconteceu no âmbito do Encontro “Biosphere Destination Community”, que junta os destinos da rede internacional Biosphere – aqueles que apostam decisivamente em cumprir os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas e o Acordo de Paris sobre as Alterações Climáticas. O Centro de Portugal, recorde-se, aspira a ser a primeira região turística com o selo Biosphere. O encontro de hoje serviu para apresentar o plano de trabalho anual da rede, partilhar experiências e debater os novos desafios que podem contribuir para ampliar a sustentabilidade do Turismo no cenário internacional.

Também hoje, teve lugar uma sessão para a apresentação da Estratégia Conjunta para a Sustentabilidade do Turismo Transfronteiriço entre Portugal e Espanha 2022-2023. A sessão contou com a participação da Ministra da Indústria, Comércio e Turismo espanhola, Reyes Maroto Illera, e do Ministro da Economia e do Mar português, António Costa e Silva. Antes, no espaço da ARPTC, Pedro Machado, presidente da TCP e da ARPTC, recebeu a visita do Ministro António Costa e Silva e do Secretário de Estado do Turismo, Nuno Fazenda.

Para Pedro Machado, “a marca Centro de Portugal encara a participação na FITUR com redobrada responsabilidade, que se deve à importância estratégica do turismo oriundo de Espanha. O mercado espanhol é o nosso mercado estrangeiro mais significativo, representando mais de um milhão de dormidas no Centro de Portugal. E os primeiros dias de Feira já nos fizeram sentir, de forma clara, que 2023 vai ser um ano de crescimento muito positivo a este nível, em linha com a recuperação que já se fez sentir em 2022”.

Por outro lado, assinala Pedro Machado, “as reuniões bilaterais e multilaterais que realizamos com parceiros permitem aprofundar as relações e criar oportunidades para as empresas do setor. Por tudo isto, esta é uma Feira absolutamente estratégica para o Centro de Portugal”.

 

Foto:TCP

Município de Gouveia vai estar na FITUR com “Terras da Transumância”

O Município de Gouveia vai marcar presença na Feira Internacional de Turismo (FITUR), que se realiza de 18 a 22 de janeiro, em Madrid, juntamente com os Municípios que compõem a rede cultural “Terras da Transumância”, Castro Daire, Gouveia, Seia e Fundão (através da associação Gardunha 21).
A FITUR – Feira Internacional de Turismo é um dos maiores certames internacionais de promoção turística e a feira líder do segmento para os mercados Ibero – Americanos. É um fórum de encontro dos profissionais do setor, que marca o calendário de apresentação de novas marcas, produtos e tendências. E uma oportunidade para estabelecer contactos, parcerias e procurar oportunidades.
No âmbito deste certame, o Município de Gouveia irá dar a conhecer ao público o calendário anual de atividades que, no âmbito da rede cultural Terras da Transumância, irão decorrer em Gouveia no ano 2023. Nomeadamente, o “Mercado do Queijo”, que este ano se realiza a 7 e 8 de abril, desencontrado dos restantes certamos do género e num período de forte afluência turística à Serra da Estrela – o fim-de-semana da Páscoa. Por sua vez, a “Romaria das Ovelhas de Arcozelo da Serra” acontece a 11 de junho e a Bênção dos Rebanhos de Vila Franca da Serra a 9 de julho. A Transumância dos Rebanhos de Vila Nova de Tazem, um dos momentos altos do calendário de atividades da rede cultural Terras da Transumância, ocorrerá no mês agosto de 2023, em data ainda a definir e a Romaria da Nossa Senhora de Assedace encerrará a agenda com chave de ouro, cumprindo-se a 8 de setembro.
Como é sabido, a rede cultural “Terras da Transumância” consiste numa parceria firmada entre estes quatro municípios com o objetivo valorizar, preservar, estruturar, promover e aumentar a visitação de um conjunto de atividades tradicionais e identitárias, que integram uma narrativa em torno do ciclo do queijo e são parte do património cultural e imaterial destes territórios.
Venha visitar o stand do projeto Terras da Transumância, na FITUR 2023, a decorrer entre os dias 18 e 22 de janeiro.

Pinhel participa na FITUR 22 em Madrid

A cidade de Madrid vai acolher de 19 a 23 de janeiro, a FITUR- Feira Internacional de Turismo , onde o Municipio de Pinhel vai marcar presença.
Apesar de ser um certame dedicado aos profissionais de turismo a nível global, esta é uma excelente oportunidade para promover marcas, apresentar novos produtos, conhecer as últimas tendências do turismo, bem como promover contactos e dar a conhecer novas ideias.Como habitualmente, nos três primeiros dias da Fitur (19, 20 e 21 de Janeiro) apenas poderão entrar profissionais do sector e os dois dias do fim de semana (22 e 23) são reservados para o público em geral.

Segundo o catálogo de expositores, Portugal vai ter cerca de 80 entidades a mostrar a sua oferta turística, entre um total de 600 “expositores titulares”.

É também com estes objetivos que o Município de Pinhel participa uma vez mais nesta que é uma das maiores feiras de turismo a nível mundial, promovendo o concelho e as suas potencialidades, tanto a nível de património edificado e natural como no que diz respeito à oferta de serviços e experiências na área do turismo.
E porque a FITUR também é aberta ao público em geral, espera-se que esta presença de Pinhel contribua igualmente para promover a cidade e o concelho junto do mercado espanhol, sem dúvida um público-alvo muito importante para os territórios de fronteira, não esquecendo que Madrid fica a apenas três horas de Pinhel.
foto:arquivo

Aldeias Históricas de Portugal promovem destino turístico sustentável na FITUR

De 22 a 26 de janeiro, a Rede das Aldeias Históricas de Portugal marca presença na Feira Internacional de Turismo (FITUR), em Madrid. O objetivo é apresentar a mercados, profissionais e público geral “um destino que são 12”, com certificado BIOSPHERE DESTINATION, que se destaca pela comunhão com a natureza e contacto com a cultura e costumes locais.
Entre castelos e lendas, sabores e tradições únicas, natureza em estado puro e paisagens a perder de vista, as Aldeias Históricas de Portugal são “um destino que são 12” sem igual em todo o mundo. Um território ímpar, que promove experiências únicas e adequadas a famílias ou aventureiros, amantes de História, gastronomia e enoturismo, ou viajantes em busca de tranquilidade, que a Rede vai promover à 40.ª edição da Feira Internacional de Turismo (FITUR), que decorre de 22 a 26 de janeiro em Madrid.

A cerca de 100 km de Salamanca, 200 km de Cáceres e 300 km de Madrid, as Aldeias Históricas de Portugal são um destino muito apelativo para o mercado espanhol – um dos motivos para a presença da Rede na FITUR. Mas tratando-se de uma das maiores feiras internacionais de turismo, espera-se a participação de mais de 10 mil empresas de 165 países e regiões, 150 mil profissionais e 110 mil visitantes de público geral. Deste modo, a aposta na FITUR, onde a Rede das Aldeias Históricas de Portugal estará presente com stand próprio com cerca de 30m2, no Pavilhão 4, está em linha com a estratégia de internacionalização do destino.

Apresentar um destino turístico sustentável é um dos objetivos. Distinguido com o certificado BIOSPHERE DESTINATION – o primeiro destino em rede, no mundo, e o primeiro a nível nacional a receber esta distinção –, a sustentabilidade, a preservação da natureza e dos costumes das comunidades locais são prioridades da Rede das Aldeias Históricas de Portugal.

Devido a esse compromisso, descobrir as Aldeias Históricas de Portugal a pé ou de bicicleta, numa lógica de locomoção suave, e em plena comunhão com a natureza, é um dos principais atrativos deste destino. E é muito fácil fazê-lo, graças à Grande Rota das Aldeias Históricas de Portugal (GR22), que liga as 12 Aldeias Históricas de Portugal num percurso circular de cerca de 600 km, com sinalética interpretativa, informativa e de orientação recentemente renovada.

De facto, a GR22 tornou-se recentemente a maior rota europeia com selo Leading Quality Trails, atribuído pela European Ramblers Association (Associação Europeia de Caminhada).

A GR22 é também um convite irresistível para os aventureiros em duas rodas: homologada e classificada como Grande Travessia a nível nacional, a GR22 dispõe ao longo da sua extensão de uma rede de Centros BTT e Bikotels que garantem serviços de apoio exigidos pelos amantes de bicicletas.

O imenso território das Aldeias Históricas de Portugal envolve, ainda, 15 percursos de pequena rota (PRs), homologados e associados às 12 aldeias.

A Rede das Aldeias Históricas de Portugal vai também apresentar, na FITUR, eventos como o “Ciclo 12 em Rede – Aldeias em Festa 2020”, que todos os anos leva animação e cultura às 12 Aldeias Históricas de Portugal, assim como a nova edição “The Castles Quest”, um desafio em duas rodas que leva os amantes de “bikepacking” à conquista das Aldeias Históricas de Portugal, que este ano acontece de 23 de setembro a 3 de outubro, com início na Aldeia Histórica de Castelo Novo.