Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: foral

Tag Archives: foral

Elevador Panorâmico da Torre dos Ferreiros vai ser inaugurado nos 821 anos da Guarda

A  Guarda celebra os 821 anos de atribuição do Foral pelo rei D. Sancho I à cidade mais alta, no próximo dia 27 de novembro de 2020.

Para celebrar a data, e face à situação pandémica que se vive, o Município da Guarda vai transmitir via facebook as principais iniciativas do Dia de Aniversário: o hastear da Bandeira, a Sessão Solene Comemorativa com a participação de Elisa Ferreira, comissária europeia da Coesão e Reformas, e onde serão homenageadas, com a atribuição da Medalha de Mérito, as IPSS do concelho da Guarda. Também online vai estar a transmissão da inauguração do Elevador Panorâmico e obras de requalificação da Torre dos Ferreiros e ainda a ligação da Iluminação de Natal, já ao final da tarde.

As comemorações têm início com a cerimónia do Hastear da Bandeira às 10h30, na Praça do Município. Segue-se, às 10hh45, a Sessão Solene Comemorativa do 821º Aniversário da Atribuição do Foral à Cidade da Guarda que contará com as intervenções da presidente da Assembleia Municipal, Cidália Valbom; da comissária europeia da Coesão e Reformas, Elisa Ferreira e do presidente da Câmara Municipal da Guarda, Carlos Chaves Monteiro. Na sessão serão ainda homenageadas todas as IPSS do concelho da Guarda com a atribuição da Medalha de Mérito ao Presidente da Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade Social, em representação de todas as instituições.

Às 12h00 são inauguradas as obras de requalificação da Torre dos Ferreiros que incluem um elevador panorâmico com miradouro sobre a cidade. Uma obra que está enquadrada no Pacto de Desenvolvimento e Coesão Territorial, um projeto cofinanciado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, no âmbito do Plano Operacional do Centro 2020.

As comemorações prosseguem durante a tarde em duas freguesias do concelho. Primeiro, às 15h00, em Vila Fernando onde será feita a bênção às obras de ampliação do Cemitério da localidade e às 16h00 em Videmonte, onde será inaugurado o Equipamento Público de Apoio ao Museu desta aldeia de montanha.

De regresso à mais alta, às 17h30, o presidente da Câmara da Guarda procederá à ligação da Iluminação de Natal 2020 na Praça Luís de Camões, bem no coração da Guarda.

O dia de aniversário termina, como já vem sendo hábito, com um concerto comemorativo no Teatro Municipal da Guarda, antecipado, dadas as contingências do Estado de Emergência, para as 18h00. Cuca Roseta é a artista convidada neste concerto de aniversário. A fadista irá apresentar o seu mais recente trabalho: Amália. Uma homenagem da fadista à maior voz e diva do Fado, Amália Rodrigues.

No programa comemorativo deste aniversário consta ainda no dia 25 de novembro, às 10h30, a realização do 2º Webinar Conversas na Rede: “Empreendedorismo – Oportunidades e Desafios para Territórios de Baixa Densidade” e, no dia 28 de novembro, a Apresentação do livro “O Bisavô” de Maria João Lopo de Carvalho, pelas 16h00, na Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço.

PROGRAMA COMEMORAÇÕES DO 821º ANIVERSÁRIO DA GUARDA

25 Novembro
10h30| Webinar Conversas na Rede:  “Empreendedorismo – Oportunidades e Desafios para Territórios de Baixa Densidade”

27 Novembro
10h30| Praça do Município
Hastear da Bandeira

10H45| Online no Facebook do Município
Sessão Solene on-line Comemorativa do 821º Aniversário da Atribuição do Foral à Cidade da Guarda

Homenagem a todas as IPSS do concelho da Guarda com a atribuição da Medalha de Mérito ao Presidente da Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade Social, em representação de todas as instituições.

Com intervenções:
Presidente da Assembleia Municipal, Cidália Valbom
Comissária Europeia da Coesão e Reformas, Elisa Ferreira
Presidente da Câmara Municipal da Guarda, Carlos Chaves Monteiro

12h00| Torre dos Ferreiros
Inauguração do Elevador Panorâmico e Requalificação da Torre dos Ferreiros 

15h00|Vila Fernando
Bênção das obras de ampliação do Cemitério de Vila Fernando

16h00| Videmonte
Inauguração do Equipamento Publico de Apoio ao Museu de Videmonte

17H30| Praça Luis de Camões
Ligação da iluminação de Natal

18H00 | Grande Auditório do TMG
“Amália” por Cuca Roseta         

28 Novembro
16H00| Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço
Apresentação do livro “O Bisavô” de Maria João Lopo de Carvalho

Ação de Reflorestação – Dia Mundial da Árvore em Fornos de Algodres

IMG_7497-1030x687O Município de Fornos de Algodres em parceria com a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Fornos de Algodres, Cooperativa de Agricultores Foral, Junta de Freguesia de Maceira e União de Freguesias de Sobral Pichorro e Fuinhas, promoveu nos dias 26 de março e 2 de abril, ações de reflorestação nas supracitadas freguesias.

Estas ações de sensibilização, realizadas no âmbito das comemorações do Dia Mundial da Árvore, foram concretizadas em algumas das freguesias mais afetadas pelo grande incêndio que decorreu no nosso concelho no último Verão.

Por:Mun.FA

Ação de arborização na zona das Piscinas Municipais de Fornos de Algodres

IMG_0066-1500x430O Grupo de Escuteiros de Fornos de Algodres, a Cooperativa Foral e os Bombeiros Voluntários de Fornos de Algodres, ainda no âmbito do Dia Mundial da Árvore, realizaram na manhã desta Sexta -feira Santa uma ação de arborização na zona envolvente das Piscinas Municipais.

Pretende-se com estas iniciativas sensibilizar os jovens e a comunidade para a importância da floresta e do ambiente.

Conforme é facilmente visíveIMG_0045-1500x430l pelas imagens esta foi de facto uma manhã divertida, diferente e didática para todos os participantes.

Por:Mun.FA

 

Dia da árvore assinalado em Fornos de Algodres

Um árvore , um amigo

O Município de Fornos de Algodres, em parceria com a Cooperativa FORAL, a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Fornos de Algodres, a Junta de Freguesia de Figueiró da Granja, e a empresa Horto do Campavoreso Grande realizou nesta segunda -feira, dia 20 de Março, uma ação de arborização na zona envolvente do Santuário de Nossa Senhora dos Milagres em Muxagata, como forma de assinalar o Dia Mundial da Árvore.

O objetivo de todos os parceiros envolvidos nesta ação é sensibilizar a população para a importância da preservação das árvores, quer ao nível do equilíbrio ambiental e ecológico, como da própria qualidade de vida dos cidadãos.

Origem do Dia

A celebração do Dia Mundial da Árvore ou da Floresta começou a 10 de abril de 1872, no estado norte-americano do Nebraska (EUA). O seu mentor foi o jornalista e político Julius Sterling Morton, que incentivou a plantação ordenada de árvores no Nebraska, promovendo o “Arbor Day”.

Em Portugal, a 1.ª Festa da Árvore comemorou-se a 9 de março de 1913 e o 1.º Dia Mundial da Floresta a 21 de março de 1972.

Por:Mun.Fornos de Algodres

 

Foral Cooperativa, de Fornos de Algodres presente no Mercado de Natal dos Restauradores

A capital de Portugal, mais 1foral0concretamente , a Cidade de Lisboa, nesta fase do ano veste-se com ambiente de festa e com grandes festividades.

Vai daí, a Praça dos Restauradores vai engalanar-se com o Mercado de Natal que vai decorrer, de 17 a 20 de dezembro, num ambiente de muita cor e claro sempre milhares de visitantes passam por este lugar.

Assim sendo a  Foral Cooperativa, Cooperativa de Fornos de Algodres, vai lá estar presente, com os produtos endógenos desta região das beiras, ou seja, o concelho de Fornos de Algodres vai estar representado.

Vai ser de certo, uma boa forma de os beirões residentes pela capital possam nesta fase , visitar o stand e também adquirir os produtos desta região das beiras.

Por:António Pacheco

foto: Foral Cooperativa

Um vasto leque de serviços agora na Foral de Fornos de Algodres

1foralUma parceria entre a Foral-Fornos de Algodres Cooperativa Universal CRL, com a Confederação dos Agricultores de Portugal (C.A.P.),tornou possível uma credenciação para dar seguimento aos seguintes serviços que enumeramos abaixo, que podem ser tratados desta forma na loja do agricultor da Foral- Fornos de Algodres que cita na Estrada Nacional, 16.
-Declaração de existências de suínos,
-Movimentação de Suínos,
-Registo de Atividade Apícola,
-Identificações Eletrónicas,
-Nascimento de Bovinos,
-Quedas de brincos de Bovinos,
-Declaração de existências Ovinos/Caprinos,
-Guias de circulação,
-Correção atributos animais,
-Movimentação externa-Exportação,
-ID Provisórias/Reidentificações,
-Recenseamento Inicial,
-Mortes e Desaparecimentos

Desta maneira os agricultores e restante população dispõem agora mais perto de si , um vasto leque de serviços úteis.

Por:António Pacheco

Nova loja do Agricultor (Foral Cooperativa) abriu portas em Fornos de Algodres

A meio da tarde deste sábado, em Fornos de Algodres, abriu ao público a nova loja do agricultor, numa iniciativa da Foral Cooperativa, situada num local estratégico, pois no eixo comercial desta vila fornense, mais concretamente na Estrada NacioSAM_7107nal, 16.

SS

por:SS

 

Este é um estabelecimento que tem como objetivo, ficar mais em contato com os agricultores, poder satisfazer com celeridade os clientes que efetuam diversas compras,

Nesta loja os clientes podem  encontrar todo tipo de sementes, rações e uma vasta gama de acessórios e ferramentas para o amanho das terras e uma grande diversidade de líquidos também.

Esta foi uma tarde de muita festa, pois  houve imensa gente neste dia, com o intuito de ver , verificar e ser porta-voz dos agricultores.

Por:António Pacheco

Arquivo Municipal abriu portas à população mangualdense

Autarquia
mangualdense assinalou Dia Internacional dos Arquivos

Na passada terça-feira, 9 de junho, a Câmara Municipal
de Mangualde abriu as portas do Arquivo Municipal de Mangualde à população. A
iniciativa assinalou o Dia Internacional dos Arquivos e tinha como objetivo
sensibilizar o público, sobretudo o mais jovem, para a importância da
conservação e preservação da memória coletiva local. A iniciativa contou ainda
com a presença do Vereador da Cultura da Câmara Municipal de Mangualde, João
Lopes, que salientou a importância da ‘afirmação do direito de todos ao
reconhecimento e à cultura, que torna os arquivos potenciais polos de
dinamização cultural’.

 Durante a visita, o arquivista Nuno Ribeiro procurou
mostrar aos participantes que o Arquivo Municipal, após as necessárias atitudes
de conservação, preservação, inventariação e estudo dos documentos,
disponibiliza um espólio arquivístico informatizado e digitalizado, com o
intuito de permitir um rápido e eficaz acesso à informação. Atualmente, o
Arquivo Municipal está em condições de disponibilizar para consulta o espólio
histórico que suporta a identidade do Concelho, sendo este pendor cultural e
informativo uma das suas mais-valias para salvaguardar uma memória coletiva que
é de todos e para usufruto de todos.

 APRESENTADOS FORAIS OUTORGADOS POR DOM MANUEL AO
CONCELHO DE AZURARA E AO CONCELHO DE TAVARES

Ainda no âmbito desta comemoração, realizou-se a
apresentação dos Forais outorgados por Dom Manuel ao concelho de Azurara e ao
concelho de Tavares, orientada pelo António Tavares do Gabinete de Gestão e
Programação do Património e Cultura da autarquia mangualdense. 25 Crianças, do
1º ciclo da Escola Gomes Eanes de Azurara, tiveram oportunidade de contemplar
tão importantes documentos concedidos pelo rei e saber mais acerca do que é uma
carta de foral, de como os copistas recorriam a abreviaturas para poderem
facilitar o seu trabalho, bem como as técnicas utilizadas na elaboração e mais
recentemente no restauro destes. 
Por Mun.Mangualde

Foral – Cooperativa Agrícola em Fornos de Algodres

Foral Cooperativa  AgricolaA Foral – Fornos de Algodres Cooperativa Universal, foi fundada no
dia 18 de novembro de 2014 e possui cerca de meia centena de associados,
segundo a fonte.
O presidente da direção da cooperativa, Manuel
Fonseca, que também é o presidente da câmara local, disse hoje à agência
Lusa que a instituição surgiu com o objetivo de apoiar os agricultores
do concelho de Fornos de Algodres, em diversas vertentes.

   Dos
vários projetos planeados destaca a criação de câmaras frigoríficas
“como ponto de apoio aos produtos que se vão produzindo” e um gabinete
de apoio para prestar apoio técnico aos agricultores na elaboração de
candidaturas a apoios comunitários.
  A Foral também tenciona criar a
marca Fornos de Algodres, edificar um armazém para recolha e colocação
dos produtos dos associados, instalar equipamento de lavagem, calibre e
embalamento de frutos e construir um lagar de azeite.
  Apoiar a
investigação, o comércio e a distribuição, e a importação e exportação
de produtos agrícolas, são outros dos propósitos da instituição, que
visa incentivar o setor primário e agroalimentar na área do município de
Fornos de Algodres.
Segundo Manuel Fonseca, a cooperativa também
pretende dar especial realce ao queijo Serra da Estrela, valorizando o
produto e aumentando o rendimento dos produtores locais.
   A direção
tenciona “arranjar mecanismos de comercialização do produto de maneira a
que o produtor tenha um retorno diferente do que tem até agora”, disse à
agência Lusa.
“É uma forma também de aumentar o rendimento
disponível dos produtores de queijo para que eles possam dizer que vale a
pena continuar a produzir queijo” Serra da Estrela, observou.
Manuel
Fonseca referiu que na situação atual os intermediários “vão comprar o
queijo aos produtores, às vezes por dez ou onze euros, e depois é
vendido por 18 ou 19 euros”.
“Há aqui uma margem [de lucro] que
não pode ir para o grossista, tem que ir para quem produz o queijo e não
para os revendedores”, considera o responsável.
  O dirigente da
cooperativa Foral acredita que o projeto, que está na fase de arranque,
“terá toda a vantagem” para os agricultores daquele concelho que está
integrado na área demarcada de produção do queijo Serra da Estrela.
  A
Câmara Municipal de Fornos de Algodres é parceira no projeto, porque na
fase inicial “foi importante” o seu apoio, referiu o autarca e
presidente da direção da novel cooperativa.
Fonte:Lusa/Beira.pt