Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: foz coa

Tag Archives: foz coa

AF Guarda- Foz Côa-AD Fornos de Algodres-2-1

O Municipal de Foz Côa acolheu mais uma ronda do distrital maior do futebol da Guarda, com duas velhas equipas conhecidas com grande historial entre si.

Nesta partida a sorte foi dos donos da casa que abriram o ativo muito cedo com Diogo Domingues a finalizar de forma certeira. Os visitantes tentaram a sua sorte e reagiram , mas a turma da casa estava determinada a vencer e vai daí novo golo surge aos 15´, com Telmo a conseguir emendar de forma certeira.

Os pupilos de Hugo Pereira pressionaram no sentido de reduzir e aos ´41´, eis que M.Baldé consegue finalizar antes do intervalo.

Para a segunda parte, muitas alterações de ambos os lados, alguns lances de perigo iminente mas o triunfo era dos homens do Côa, que tiveram pela primeira vez no banco o novo técnico, José Pedro.

Caravana Literária- Festa da Literatura e do Pensamento começou na Guarda

Decorreu na Guarda, a Primeira Caravana Literária- Festa da Literatura e do Pensamento, uma homenagem a Eduardo Lourenço.

A Caravana Literária – Festa da Literatura e do Pensamento é uma iniciativa internacional que surgiu no âmbito da candidatura da Guarda a Capital Europeia da Cultura em 2027. É um projeto multidisciplinar e itinerante dedicado anualmente a autores consagrados no mundo da cultura e das artes, neste caso a Eduardo Lourenço, filósofo e ensaísta.

O dia iniciou com a cerimónia oficial de abertura pelos Presidentes: Carlos Chaves Monteiro, Presidente da Câmara Municipal da Guarda, António J. Machado, Câmara Municipal de Almeida e João Paulo Sousa, Vice-Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Foz Côa.

Carlos Chaves Monteiro por sua vez referiu:” A Caravana Literária é uma festa literária e do pensamento, é uma iniciativa internacional também integrada neste grande projeto que é a nossa candidatura a capital europeia da cultura que envolve 2027, envolve 17 municípios, uma visão de território que nós temos para alicerçar muito do desenvolvimento não só com base na cultura mas também nesta conjugação de esforços dos diferentes municípios que compõem este espaço geográfico e a partir deles não só trazer mais quantidade, é fundamentalmente também qualidade.

Esta é mais uma parceria virtuosa que o Município da Guarda mas também o envolvimento de Almeida e Foz Côa têm estado numa relação muito estreita naquilo que são estas dinâmicas e portanto acreditamos mesmo que este é o caminho para nós trazermos essa qualidade, essa diversificação de pensamento, essa visão crítica a partir da cultura , a cultura  também aqui  como elemento não só propulsor do desenvolvimento mas também tem características muito especificas, dinâmicas muito próprias  do ponto de vista económico e que hoje há que tirar partido delas e portanto a economia é também aqui um elemento essencial e a cultura serve aqui também como um fator locomotiva para o desenvolvimento do turismo, o desenvolvimento dos povos e dos territórios  e é esta visão multidisciplinar que também é pretendido atingir com esta Caravana Literária.”

Seguiu-se António Machado (Câmara Municipal de Almeida) salientou “A Guarda Capital Europeia da Cultura é um projeto integrador, é um projeto que conseguiu mudar em muito também na Comunidade Intermunicipal a maneira de pensar e a maneira de fazer. Sinto que o nosso plano que está proposto já é um plano feito com vários pensamentos, mas pensamentos passar da unidade passar a um conjunto e é esse projeto que eu olho para ele com uma potencialidade enorme.

O Professor ensaísta Eduardo Lourenço de S. Pedro de Rio Seco é sem dúvida, uma personagem que merece toda a nossa admiração, o nosso respeito por todo o trabalho que desenvolveu.”

Para finalizar, João Paulo Sousa- Vice-Presidente da Câmara Municipal de Foz Côa realçou: “Falar sobre o legado de Eduardo Lourenço que deixou à região, ao território do Distrito da Guarda e ao país é falar sobre uma vasta obra contempla uma variedade de temas, literatura portuguesa, arte s, pensamento e lugares de Portugal na história.

Este projeto apresenta corpo, este projeto tem corpo, quando me foi apresentado tem corpo, tem uma força de 30 escritores, 6 concertos, 3 conferências, 50 músicos, autores , 6 comunicações, 5 países envolvidos mas também me parece que o fundamental é que tem alma, tem alma sobre os destinos e sobre as viagens que fazemos e é aqui que me parece que vamos truncar de facto o concelho de Foz Côa, com o concelho da Guarda e o concelho de Almeida.”

Foi apresentada a exposição “Labirinto de um Heterodoxo” por Rui Jacinto membro da Comissão Executiva do CEI. Aconteceu o descerrar da placa na entrada da Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço, que perpetua esta iniciativa e seguiu-se a  visita ao Espaço de Memorial de Eduardo Lourenço no Centro de Estudos Ibéricos.

No Jardim José de Lemos realizou-se a mesa-redonda:” “Mitos da Europa e Poéticas da Modernidade” com os oradores: Nuno Júdice, António Carlos Cortez, Rosa Oliveira e como moderador João Rasteiro.

De tarde teve lugar no TMG, a Conferência “Pensamento e Poéticas do Ensaio” com Testemunhos de Jorge Augusto Maximino, Guilherme d’Oliveira Martins, António José Dias de Almeida, Fernando Paulouro, Rui Jacinto, Roberto Vecchi e Marco Lucchesi.

João Almino apresentou “A paisagem equatoriana na poesia de João Cabral de Melo Neto”,  depois houve uma Leitura-Homenagem pelos poetas: Maria Teresa Horta, António Carlos Cortez, Nuno Júdice e Manuel Alegre com a apresentação de Victor Afonso.

Durante a tarde ainda decorreram mais algumas atividades.

A Caravana Literária continua amanhã em Almeida e no domingo em Vila Nova de Foz Côa com diversas atividades.

 

AF Guarda-Foz Côa reforça-se para a nova temporada 2021/22

Apesar de não ser conhecido o novo figurino para a nova temporada de 2021/22, o GD Foz Côa começa a preparar-se para competir para os lugares cimeiros, assim renovou com David Faustino, Rafael e Bruno Guedes, Ramon, João Rafael  e já anunciou novos reforços: Valter Luís, um guarda-redes que é reconhecido como um dos melhores do distrito, depois o experiente João Pimenta que dispensa apresentações, pela sua qualidade técnica.

Ainda Daniel Domingues , um jovem promissor com grande qualidade, um homem da casa, recorde-se que o treinador Carlitos renovou com o clube.

 

AF Guarda- Série A- Foz Côa- GD Trancoso-0-1

Uma tarde soalheira, na vila do território do Côa, com o líder Trancoso a arrecadar os três pontos, frente ao Foz Côa, pela margem mínima.

Uma partida bastante animada com duas equipas à procura do triunfo, mas eis que os homens de Bandarra chegam ao golo por intermédio de Dany, aos 15´.

O Foz Côa reagiu de pronto mas ambos os setores defensivos estavam bem atentos e até ao intervalo, manteve-se a vantagem dos visitantes.

Após o reatamento, pouca alterações aconteceram , dado que,  as equipas bem procuraram situações de ataque ,mas o resultado se manteve até ao fim com os pupilos de Zé Carvalho a ficarem mais líderes na série A do distrital de seniores.

 

AF Guarda- Foz Côa- AD Fornos de Algodres -2-1

Uma tarde cinzenta com a  chuva a mostrar-se, o Foz Côa recebeu e venceu o Fornos de Algodres por duas bolas a uma a contar para a 7ª ronda do distrital de seniores da AF Guarda.

Uma primeira parte mais equilibrada com ambas equipas a procurar dar o seu melhor e a tentarem o golo, mas o nulo chegaria ao intervalo.

A segunda parte chega com um golo madrugador da equipa da casa, com Diego Oliveira a emendar certeiro, segue-se uma reação visitante e Daniel Veronez acumula amarelos e recebe ordem de expulsão e a sua equipa passa a jogar com 10.

Mas o Foz Côa tentou o ataque e vai dai consegue fazer o segundo por intermédio de Daniel Ramos aos 63´.

A tarefa dos visitantes era mais complicada , dado que os locais defendiam agora mais, e só aos 80´surge o golo dos visitantes por intermédio de Richard.

O jogo relançou mas o triunfo já não fugiu aos locais que somaram 3 pontos , por sua vez , o Fornos de Algodres atrasou-se na luta pela  frente da tabela, ficando agora três equipas com 9 pontos na segunda posição.

Vai ser uma reta final extremamente interessante, uma vez que na próxima ronda o Fornos de Algodres recebe o líder Trancoso.

GNR Guarda em atividade

Foz Côa – Detido em flagrante por furto

O Comando Territorial da Guarda, através do Posto Territorial de Vila Nova de Foz Côa, deteve em flagrante um homem de 45 anos por furto, em Vila Nova de Foz Côa.

Na sequência de uma ação de patrulhamento, os militares da Guarda detetaram movimentos suspeitos no interior do estaleiro de uma obra, surpreendendo o suspeito quando este se preparava para se introduzir no interior do espaço através da vedação. Após diligências policiais, apurou-se que o indivíduo trabalhava para a empresa responsável pela obra e que este já tinha acedido anteriormente ao local, onde tinha subtraído diverso material, o qual era depositado pelo suspeito a cerca de 100 metros do local do furto e próximo da sua residência. Mantendo a intenção de voltar à obra, o homem deixou propositadamente as grades de acesso posicionadas de forma a facilitar novas incursões.

O detido foi constituído arguido, e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Vila Nova de Foz Côa

Seia – Recuperação de material furtado

O  Comando Territorial da Guarda, através do Posto Territorial de Gouveia,  recuperou material furtado e identificou dois homens de 30 e 38 anos por furto qualificado, na localidade de Seia.

No âmbito de uma investigação que decorria há seis meses, os militares da Guarda deram cumprimento a dois mandados de busca domiciliária, tendo apurado que os suspeitos detinham na sua posse duas mesas de som que haviam sido furtadas de um estabelecimento de restauração e bebidas. O material foi apreendido e será entregue ao legítimo proprietário.

Os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Seia.

Esta ação contou com o reforço do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Gouveia e do Posto Territorial de Paranhos da Beira.

GNR- Foz Côa – Prisão preventiva por violência doméstica

O Comando Territorial da Guarda, através do Posto Territorial de Vila Nova de Foz Côa, deteve em flagrante delito um homem de 71 anos por violência doméstica, em Vila Nova de Foz Côa.
Na sequência de uma denúncia, os militares da Guarda deslocaram-se ao local onde verificaram que a vítima, a ex-mulher de 62 anos, tinha sido injuriada e ameaçada de morte, enquanto o agressor forçava a entrada na sua habitação, com recurso a um paralelo da calçada e uma barra de ferro, tendo destruído parcialmente a porta de entrada.
O suspeito foi presente hoje, dia 20 de novembro, ao Tribunal Judicial de Foz Côa, ficando sujeito à medida de coação de prisão preventiva, para cumprimento no Estabelecimento Prisional da Guarda.

Pinhel pela sétima vez consecutiva designada Autarquia Familiarmente Responsável

Gouveia, Seia, Nelas e Foz côa também receberam o galardão

Anualmente, o Observatório de Autarquias Familiarmente Responsáveis atribui o galardão aos Municípios e  Pinhel vai no sétimo ano consecutivo , a ser designado, fruto do trabalho desenvolvido em prol das famílias.

Num ano particularmente difícil como está a ser este de 2020, o Município de Pinhel está atento às necessidades que possam vir a surgir no seio das famílias, consequência da pandemia e dos muitos problemas de cariz socioeconómico inerentes a esta situação.

Por sua vez, Rui Ventura, Presidente da Câmara Municipal de Pinhel, congratula-se com esta distinção, confirmando que “é intenção da autarquia continuar a trabalhar no sentido de ser merecedora do título de Autarquia + Familiarmente Responsável”.

O Município da Cidade Falcão tem sido exemplo de boas práticas consolidadas ao longo dos últimos anos, são os apoios na área da Educação, entre os quais a gratuitidade dos transportes escolares para todos os alunos do concelho, apenas a título de exemplo.

Mas os apoios não se limitam à Educação, abrangendo áreas como a Cultura e o Desporto e também o alívio da carga fiscal, traduzido, por exemplo, na opção pela aplicação das taxas mínimas de IMI – Imposto Municipal sobre Imóveis e também pela adoção do desconto familiar permitido neste imposto.
De realçar que , Gouveia, Seia, Nelas e Foz côa também voltaram a receber o galardão.
Consulte a lista completa em http://www.observatorioafr.org/autarquias.asp

Marco Sobral novo Presidente do Núcleo de Árbitros de Foz Côa

Teve lugar o ato eleitoral para o Núcleo de Árbitros de Foz Côa com Marco Sobral a ser o eleito novo presidente, mas agora agora o presidente da assembleia Geral do Núcleo, deu posse aos novos membros dos Corpos Sociais para o triénio 2020/2023.
Assembleia Geral
Presidente: Victor Manuel Pereira Guindeira
1º Secretário: José António Monteiro Moutinho
2º Secretário: Carlos Duarte Almeida Pedro
Direção
Presidente: Marco Daniel Costa Sobral
Vice-Presidente: Tiago Neto Cadete
Secretário: Valter Daniel Gabriel Pino
Tesoureiro: Joni Moutinho Esteves
Vogal: José Augusto Fonseca
Conselho Fiscal
Presidente: João dos Santos Ferreira
Vice-Presidente: Manuel Faustino
Secretário: Pedro Miguel Soeiro Lourenço

GNR- Detenção por violência doméstica em Vila Nova de Foz Côa

O Comando Territorial da Guarda, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE),  deteve um homem de 45 anos, por violência doméstica, no concelho de Vila Nova de Foz Côa.

No âmbito de uma investigação relacionada com o crime de violência doméstica, que decorria à algum tempo, foi possível apurar que o suspeito exercia violência física e psicológica sobre as vítimas, a companheira de 34 anos, dois filhos menores, com idades entre os 7 e os 15 anos e a mãe da companheira. Assim, foi dado cumprimento a um mandado de busca domiciliária, que resultou na detenção do agressor e na apreensão de duas caçadeiras calibre 12, três armas de ar comprimido e uma arma de caça calibre 9.

O detido foi presente ao Tribunal Judicial de Vila Nova de Foz Côa, tendo ficado sujeito às seguintes medidas de coação de proibição de contacto com as vitimas por qualquer meio, proibição de aproximação a menos de 10 km das vítimas controlado através de dispositivo eletrónico, obrigatoriedade de frequentar programa de recuperação de dependência de álcool e obrigatoriedade de frequentar um programa para agressores no âmbito da violência doméstica.

Esta ação contou com o reforço do Posto Territorial de Vila Nova de Foz Côa.