Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: GNR da Guarda

Tag Archives: GNR da Guarda

GNR Guarda-Celorico da Beira – Detido por cultivo de canábis

Celorico da Beira – Detido por cultivo de canábis

 

O Comando Territorial da Guarda, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da Guarda,  deteve um homem de 31 anos por cultivo de canábis, na localidade de Celorico da Beira.

No âmbito de uma investigação que decorria há cerca de um mês, os militares da Guarda detetaram, nas imediações da residência, um intenso odor a produto estupefaciente. No decorrer das diligências policiais foram detetadas duas plantas de canábis de grandes dimensões que foram apreendidas. No seguimento da ação, num terreno próximo, foram encontradas mais 65 plantas de canábis, tendo sido também apreendidas.

O detido foi constituído arguido, e os factos foram remetidos para o Tribunal Judicial de Celorico da Beira.

GNR Guarda- Trancoso – Detido por incêndio florestal/Detido por Violência doméstica

O Comando Territorial da Guarda, através do Posto Territorial de Trancoso, deteve um homem de 78 anos por incêndio florestal, no concelho de Trancoso.

Na sequência do alerta a dar conta de um incêndio rural, os militares da Guarda deslocaram-se de imediato para o local, onde constataram que o incêndio teve origem na realização de uma queima que se descontrolou, consumindo cerca de 5 000 m2 de vegetação.

O detido foi constituído arguido e os factos foram remetidos para o Tribunal Judicial de Trancoso.

A proteção de pessoas e bens, no âmbito dos incêndios rurais, continua a assumir-se como uma das prioridades da GNR, sustentada numa atuação preventiva, com o envolvimento de toda a população e demais entidades públicas e privadas, na salvaguarda da vida humana e na segurança do património de Portugal e dos portugueses.

A GNR relembra:

As queimas de sobrantes são uma das principais causas de incêndios em Portugal;
Em qualquer altura do ano é proibido queimar matos cortados e amontoados e qualquer tipo de sobrantes de exploração florestal ou agrícola sem pedir autorização ou fazer comunicação prévia;
Para evitar acidentes siga as regras de segurança, esteja sempre acompanhado e leve consigo o telemóvel.
Desde o início do ano de 2021, já foram detidas 46 pessoas no âmbito dos incêndios florestais.

O Comando Territorial da Guarda, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE), ontem, dia 29 de setembro, deteve um homem de 41 anos por violência doméstica, no concelho de Trancoso.

No âmbito de uma investigação por violência doméstica, os militares da Guarda apuraram que o suspeito exercia violência psicológica sobre a vítima, sua esposa de 41 anos. No decorrer das diligências policiais, foi dado cumprimento a um mandado de detenção.

O detido foi presente no mesmo dia ao Tribunal Judicial de Trancoso, ficando sujeito à medida de coação de proibição da aproximação e de contatos com a vítima por qualquer meio.

GNR- Loriga – Detido por tráfico de estupefacientes   

 

O Comando Territorial da Guarda, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Gouveia, no dia 24 de novembro, deteve um homem de 28 anos por tráfico de estupefacientes, na localidade de Loriga, no concelho de Seia.

No âmbito de uma fiscalização rodoviária, os militares da Guarda abordaram um condutor que, perante o seu comportamento nervoso, levantou suspeitas. Foi realizada uma busca ao veículo que culminou na apreensão de 160 doses de canábis.

O detido esteve presente ontem, dia 25 de novembro, no Tribunal Judicial de Seia, para primeiro interrogatório judicial.

GNR Guarda-Celorico da Beira – Detido por tráfico de estupefacientes

O Comando Territorial da Guarda, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da Guarda, no dia 30 de agosto, deteve um homem 23 de anos, por tráfico de estupefacientes, no concelho de Celorico da Beira.
No decorrer de uma ação de policiamento relacionada com tráfico de estupefacientes, os militares da Guarda abordaram o homem que adotou um comportamento nervoso quando se apercebeu da presença da GNR. No momento da fiscalização, os militares verificaram que o indivíduo tinha na sua posse produto estupefaciente, tendo sido apreendido o seguinte material:
• 1 040 doses de anfetaminas;
• 12 doses de cocaína;
• 750 euros em dinheiro;
• Uma balança de precisão;
• Um veículo;
• Um telemóvel.

GNR Guarda-Pulseira eletrónica por violência doméstica em Trancoso

O Comando Territorial da Guarda, através do Posto Territorial de Vila Franca das Naves, no dia 28 de agosto, deteve um homem de 48 anos, pela prática do crime de violência doméstica, no concelho de Trancoso.

Na sequência de uma denúncia de que estaria a ocorrer uma situação de desacatos entre um casal, os militares da Guarda deslocaram-se ao local onde verificaram que a vítima, uma mulher de 58 anos, tinha sido agredida com um sacho por parte do seu companheiro. Já no interior da habitação da vítima, o suspeito injuriou e ameaçou a mulher na presença dos militares, o que culminou na sua detenção.

O detido foi transportado para as instalações do Posto Territorial de Trancoso onde permaneceu até ser presente ao Tribunal Judicial de Vila Nova de Foz Côa no dia 29 de agosto. Foram-lhe aplicadas as medidas de coação de proibição de contactos com a vítima e de se aproximar da sua residência, controlado por pulseira eletrónica.

GNR Guarda-Entregues 2900 peças de vestuário e calçado a instituições de solidariedade social

O Comando Territorial da Guarda entregou durante os dias 7 e 8 de maio, nas suas instalações, 2 900 peças de vestuário e calçado, perdidos a favor do Estado, às lojas sociais ou gabinetes de ação social dos 14 municípios do distrito da Guarda.

No decorrer da atividade operacional desenvolvida pelos militares da Guarda, foi apreendido diverso material contrafeito que, por decisão judicial, foi declarado perdido a favor do Estado. Na sequência desta decisão, desenvolveu-se uma iniciativa solidária para distribuir o vestuário e o calçado por diversas instituições de solidariedade social, uma ação que assume especial relevância, uma vez que na área de responsabilidade do Comando Territorial da Guarda se verifica o aumento das dificuldades junto da população mais desfavorecida, provocadas pela situação de pandemia que se vive.

Por:GNR Guarda

GNR-Apoio na distribuição de tarefas e material escolar

O Comando Territorial da Guarda, através das Secções de Prevenção Criminal e Policiamento Comunitário (SPC), em colaboração com alguns agrupamentos de escolas e municípios, a partir do dia 24 de abril, distribui tarefas escolares aos alunos, no âmbito das restrições atuais que o país vive devido ao COVID-19.

Através desta iniciativa, e com o apoio dos militares das SPC, será possível levar aos alunos que vivem em situação de vulnerabilidade, sem recurso a meios informáticos, os conteúdos e atividades escolares solicitados pelos professores.

Nesse seguimento convidaram os órgãos de comunicação social a participarem numa dessas ações.

GNR Guarda- Detenção na Guarda

O Comando Territorial da Guarda, através do Posto Territorial da Guarda, no passado dia 18 de abril, deteve dois homens, de 35 e 45 anos, por furto de painéis de vedação, na localidade de Alvendre, na Guarda.

No decorrer de uma ação de policiamento, a patrulha detetou uma viatura de mercadorias estacionada no parque de estacionamento de uma unidade hoteleira, o que levantou suspeitas.

Efetuada uma busca à viatura constatou-se que a mesma não apresentava indícios de arrombamento ou furto, no entanto, no seu interior, estavam vários painéis de vedação que pertenciam à unidade hoteleira. Entretanto chegaram os dois suspeitos que acabaram por confirmar o furto dos painéis.

Os  suspeitos, sem antecedentes criminais conhecidos, foram constituídos arguidos e os factos remetidos ao Tribunal Judicial da Guarda.

GNR Guarda- Detido por posse de arma em Pinhel

O Comando Territorial da Guarda, através do Núcleo de Investigação Criminal de Pinhel (NIC), deteve um homem, de 56 anos, por posse de arma proibida, no concelho de Pinhel.

No âmbito de uma denúncia relacionada com a posse de uma arma proibida por parte de um homem, os militares moveram diligências no sentido de apurarem a veracidade da informação, que envolveram uma busca domiciliária, tendo sido apreendido:

·         Uma pistola alterada de calibre 6,35mm e respetivo carregador;

·         58 munições.

O  suspeito foi constituído arguido e os factos remetidos ao Tribunal Judicial de Trancoso.

GNR-Celorico da Beira e São Pedro do Sul – Três detidos por caça ilegal

O Comando Territorial da Guarda e de Viseu , através dos Núcleos de Proteção Ambiental da Guarda e de Viseu, nos dias 18 e 19 de janeiro, deteve três homens, com idades compreendidas entre os 26 e os 60 anos, por caça ilegal, no concelho de Celorico da Beira e São Pedro do Sul.

No decorrer de uma fiscalização ao exercício da caça em Celorico da Beira, no dia 19 de janeiro, os militares detetaram um homem a caçar, não cumprindo a proibição de exercer a atividade nas faixas de proteção dos aglomerados populacionais, bem como a faixa de proteção de campo de jogos, tendo sido detido de imediato.

No decorrer da fiscalização, foi ainda apreendido o seguinte material:

·         109 cartuchos carregados com chumbo;

·         36 cartuchos vazios;

·         Duas Caçadeiras;

·         Duas bolsas de transporte;

·         Um saco transporte cartuchos;

·         Um cadeado de gatilho.

Ainda na sequência de uma fiscalização do ato venatório em São Pedro do Sul, o Núcleo de Proteção Ambiental de Viseu deteve em flagrante delito dois homens a caçar fora da jornada, ou seja, durante o período noturno, e através de processos e meios proibidos, nomeadamente, fazendo uso de veículo e munições proibidas – zagalotes.

Na sequência da ação foram apreendidos seis cartuchos, uma caçadeira, uma lanterna tática e um veículo.

Os três detidos foram constituídos arguidos, e os factos remetidos ao Tribunais Judiciais de Celorico da Beira e de São Pedro do Sul.

Atividade operacional

O Comando Territorial da Guarda para além da sua atividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de operações, no distrito da Guarda, na semana de 13 a 19 de janeiro, que visaram a prevenção e o combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária, entre outras, registando-se os seguintes dados operacionais:

1.    Detenções: 14 detidos em flagrante delito, destacando-se:

·         Cinco por condução sob efeito do álcool;

·         Um por condução sem habilitação legal;

·         Um por  violência doméstica;

·         Um por tráfico de estupefacientes.

2.    Apreensões:

·         Duas armas de caça;

·         109 munições.

 

3.    Trânsito

Fiscalização: 309 infrações detetadas, destacando-se:

·         79 por excesso de velocidade;

·         34 relacionadas com anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização;

·         22 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei;

·         Dez por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças;

·         Oito por falta de inspeção periódica;

·         Seis por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório;

·         Cinco relacionadas com pneus.

Sinistralidade: 25 acidentes registados, resultando:

·        Um ferido grave;

·        Seis feridos leves.

 

4.    Fiscalização Geral: 30 autos de contraordenação:

·         25 no âmbito da legislação da proteção da natureza e do ambiente;

·         Cinco no âmbito da legislação policial.