Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: investimento (Pagina 2)

Tag Archives: investimento

Empresa Movecho investe em Nelas

A empresa de mobiliário Movecho está a realizar neste momento um novo investimento na área da produção, investigação e desenvolvimento, no montante de 7 M€.

A Câmara Municipal, através do seu Presidente Borges da Silva e da sua Vice-Presidente Sofia Relvas, acompanham de perto o projeto, tendo visitado a empresa nesta quinta-feira.

Para além do reforço da capacidade de produção com reflexo no volume de negócios e nas exportações, a empresa criará 40 novos postos de trabalho, ultrapassando a curto prazo a fasquia dos 200 trabalhadores.

Por:Mun.Nelas

Investimento de 8 milhões em Mangualde

De forma a resolver os problemas ambientais do concelho, o Presidente damang Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo, anunciou, o investimento de 8 milhões de euros que serão aplicados em Mangualde, nos próximos dois anos e meio, nos sistemas de tratamento de águas residuais, na melhoria no abastecimento de água, em vários pontos do concelho, e no tratamento de resíduos urbanos. Ler Mais »

Mangualde procura atrair novos investidores

  Câmara Municipal de MangualdeNos dias 24 e 25 de março, o município de Mangualde, através do CIDEM (Centro de Inovação e Dinamização Empresarial de Mangualde), vai estar na Feira de Empreendedorismo e Franchising de Lisboa para dar a conhecer aos potenciais investidores as mais-valias do concelho.

Trata-se de um ponto de encontro entre empresários, empreendedores e entidades de apoio ao empreendedorismo, sendo esperados cerca de 5.000 visitantes. Durante dois dias, a autarquia vai dar a conhecer os recursos naturais, a população, a escolaridade, o emprego, as atividades económicas e o património do concelho com o intuito de atrair investimento.

 CIDEM APOIA A CRIAÇÃO E A FORMAÇÃO DE VALOR

  Através de serviços de informação para a gestão, apoio a novos negócios, consultoria e formação, gestão de projetos e organização de eventos, o CIDEM tem como objetivo contribuir para o desenvolvimento de Mangualde, apoiar a atividade económica, promover iniciativas e negócios entre empresas, apoiar a inovação e a criação de valor com base em recursos endógenos e no valor acrescentado (valor total  51% valor mercado).

  Uma marca de referência na prestação de serviços a empresas e empreendedores, mobilizar energias entre agentes económicos, disponibilizar às empresas uma ferramenta informática de apoio à gestão e favorecer a atração e aplicação de investimentos produtivos.

 Neste espaço os empreendedores podem encontrar informação de negócios (recurso a uma rede de contactos e negócios através de plataforma dedicada (e-PIN) para troca de informações entre empresas com ligações comerciais ou com potenciais interesses comuns),  bolsa de ideias e projetos (constituição de uma bolsa de propostas de investimento com aplicabilidade e interesse para o território, disponível aos interessados em desenvolver ou partilhar projetos de investimento), acompanhamento de projetos (equipa multidisciplinar para elaboração, assessoria e monitorização de programa de incubação de projetos, nas áreas Jurídica, Gestão/Financiamento, Produto/Processo, Mercado/Marketing), soluções de financiamento (promoção do investimento produtivo através de instituições financiadoras parceiras, da gestão de Vales Incubação (acreditação IAPMEI) e investidores particulares interessados nos projetos), interface com o tecido empresarial (promoção de contactos entre a rede escolar local, o ensino superior, o mercado de trabalho e as empresas, partilha de informações de procura/oferta e identificação de perfis empreendedores), contactos institucionais (desenvolvimento de redes de contactos e de relações de cooperação com instituições públicas e privadas, no domínio dos licenciamentos, patentes, estudos e ensaios, tecnologias e processos) e ­ Comité Consultivo (existência de um Comité/Conselho Consultivo formado por empresários, gestores, professores e entidades para apoiar o CIDEM na definição das estratégias, plano de atividades e balanço final).

Por:Mun.Mangualde

 

Investimento no Município de Mangualde

0mangA Câmara Municipal de Mangualde lançou a concurso público, no final do ano passado e início de 2017, um conjunto de empreitadas, no âmbito do Plano Estratégico de Investimento Público, que visam a resolução de um conjunto de problemáticas existentes em várias freguesias do concelho. O investimento a decorrer atinge os 7 milhões de euros e inclui a requalificação do parque escolar (com um investimento de meio milhão de euros), a requalificação do Bairro do Modorno que se encontra em fase de implementação (com o investimento de 350 mil euros), a melhoria da rede viária, num conjunto de estradas municipais, infraestruturas de águas e saneamento básico bem como tratamento de águas residuais e conclusão da Zona Empresarial do Salgueiro.

 “MANGUALDE VAI ASSISTIR, NOS PRÓXIMOS TEMPOS, AO MAIOR INVESTIMENTO DE SEMPRE NO CONCELHO (…)

PREPARÁMOS UM PLANO DE INVESTIMENTO PÚBLICO SUSTENTADO, SEM PRECEDENTES NA HISTÓRIA DO MUNICÍPIO” – JOÃO AZEVEDO

Para o presidente da Câmara, João Azevedo, “Mangualde vai assistir, nos próximos tempos, ao maior investimento de sempre no concelho. Não são promessas. São factos concretos! Temos várias empreitadas em fase de contratação pública e outras já contratualizadas que poderão começar nos próximos dias”. O autarca afirma “acabámos de arrumar a casa em 2016 e preparámos um plano de investimento público sustentado, sem precedentes na história do município. Com capitais próprios e com fundos comunitários vamos sustentadamente investir no concelho e nas pessoas, tentando recuperar o tempo perdido”. “A autarquia, e os seus serviços, têm sido inexcedíveis na preparação deste plano de investimentos, que já leva mais de dois anos de trabalho de gabinete, e que agora está a passar para a execução, deixando-me extremamente orgulhoso e satisfeito. Lidero uma equipa, uma autarquia com excelentes profissionais”, salienta.

 O autarca acrescenta ainda que o investimento público não fica por aqui. A regeneração urbana, o tratamento de águas residuais, a educação, a rede viária e as Zonas Empresariais continuarão a ser uma preocupação e uma prioridade. Não conseguimos chegar a todos os problemas ao mesmo tempo, mas a seu tempo vamos ter que os resolver. Temos vários projetos técnicos de execução na sua reta final e estamos a preparar candidaturas a fundos comunitários que vão ser apresentados este mês e que representarão mais investimento na linha do plano de desenvolvimento estratégico do município.”

 Várias freguesias do concelho serão alvo de investimentos e intervenções, fundamentalmente na rede viária e infraestruturas, como água e saneamento. O investimento será já uma realidade durante o ano de 2017.

Por:Mun.Mangualde

 

 

Orçamento para 2017 ronda os 22 milhões de euros em Mangualde

0cmm Investimento em Mangualde em 2017

Foi nesta segunda -feira(31 de outubro) apreciado em reunião de câmara o Orçamento e Plano Plurianual de Investimentos para 2017. O orçamento de 21.770.640,00€ representa um aumento que ronda os 3,5 milhões de euros em relação ao orçamento de 2016 e que se reflete fundamentalmente na despesa com investimento. Para o presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo «2017 será o ano do salto qualitativo e de excelência, com o maior investimento público de sempre no concelho. Este é um orçamento rigoroso, ambicioso e virado para o investimento, só possível porque a autarquia preparou-se nos últimos anos para que isso acontecesse».

 «(…) ISSO SÓ FOI POSSÍVEL PORQUE NOS ÚLTIMOS ANOS CONSEGUIMOS DEVOLVER À AUTARQUIA UMA SITUAÇÃO DE EQUILÍBRIO E SUSTENTABILIDADE FINANCEIRA»

João Azevedo afirma ainda que «o aumento de quase 4 milhões de euros em investimento para 2017 sustenta-se na sua maioria em obras financiadas pelos fundos comunitários, outras linhas financiadoras e recursos próprios da autarquia». A autarquia «preparou-se para o investimento e isso só foi possível porque nos últimos anos conseguimos devolver à autarquia uma situação de equilíbrio e sustentabilidade financeira. Estamos preparados para o maior investimento público de sempre no concelho em regeneração urbana, em infraestruturas e acessibilidades e noutras áreas fundamentais para melhorar a qualidade de vida dos mangualdenses», sublinhou o Presidente da Câmara Municipal de Mangualde.

A proposta de orçamento foi apreciada pela Câmara Municipal e será agora submetida à Assembleia Municipal para Aprovação.

Por:Mun.Mangualde

Investidores vitivinícolas visitaram Nelas

nelas 1Na Câmara Municipal de Nelas foram recebidos,  no passado sábado, dia 24  no Salão Nobre dos Paços do Concelho uma comitiva com cerca de 25 pessoas formada por representantes de importadores no âmbito da Lusovini WineTour, clientes, parceiros comerciais e jornalistas, nomeadamente, do jornal “Público” e da revista “Evasões”.

José Borges da Silva demonstrou o seu agrado em receber este grupo e enalteceu todo o trabalho desenvolvido por esta empresa multinacional na promoção e ativação da marca do Vinho do Dão um pouco por todo o mundo, designadamente Canadá, Estados Unidos da América, Brasil, Angola, Moçambique e no mercado asiático, China e Taiwan. Destacou, a posição estratégica que Nelas ocupa na Região Demarcada do Dão e a tradição vinhateira presente no Concelho, patente na qualidade inigualável dos vinhos aqui produzidos que todos os anos se reúnem na Feira do Vinho do Dão, o maior evento dedicado a este produto que conta já com 25 edições de sucesso.

A recepção prosseguiu com o visionamento de um breve filme do Musical deste ano “As Músicas que os Vinhos Dão- Grande Gala dos 25 anos” com encenação de António Leal e participação da Associação Cultural ContraCanto, sediada na Lapa do Lobo- Nelas, seguida da entrega autografada do livro comemorativo dos 25 anos da Feira do Vinho do Dão “O Tempo Certo do Vinho”.

Seguiu-se um almoço convívio no restaurante “Os Antónios” e uma visita à Queijaria “Quinta da Lagoa”, em Vale de Madeiros, onde os participantes tiveram a oportunidade de acompanhar as etapas na produção de um dos produtos gastronómicos mais característicos do nosso Concelho _ o Queijo Serra da Estrela.

Por:Mun.Nelas

Câmara Municipal de Pinhel disponibiliza 150 mil euros para projeto a apresentar no âmbito do Orçamento Participativo para 2017

pinhel111 O Executivo da Câmara Municipal de Pinhel reuniu  na Escola-Sede do Agrupamento de Escolas de Pinhel, dando continuidade à iniciativa de descentralização das suas reuniões quinzenais.

A escolha do Agrupamento de Escolas para a realização desta sessão de trabalho teve a ver com a apresentação do projeto-piloto que visa a implementação, pelo Município de Pinhel, do Orçamento Participativo, ou seja, a abertura do Município à Comunidade com vista à construção de futuros orçamentos municipais.

Para já, ou seja, para o Orçamento de 2017, o Município de Pinhel aproveitou a realização desta reunião para convidar a Comunidade Escolar a apresentar um Projeto numa (ou mais) das seguintes áreas – Educação, Juventude, Ação Social, Desporto e Cultura.

Conforme teve oportunidade de explicar o Presidente da Câmara, Rui Ventura, pretende-se que o projeto que venha a ser apresentado tenha como principal pressuposto a abertura da Comunidade Escolar à Comunidade em geral.

Da parte do Diretor do Agrupamento de Escolas, José Vaz, a resposta foi pronta e positiva. Como spinhel111aempre, o Agrupamento procurará estar à altura das expetativas e do desafio lançado pela autarquia pinhelense.

De referir que a proposta de projeto deverá ser apresentada pelo Agrupamento de Escolas de Pinhel até dia 19 de outubro, de modo a ser incluída no Orçamento para 2017, tendo à partida uma dotação garantida de 150 mil euros.

Por:Mun.Pinhel

Novo ano letivo com algumas novidades, em Gouveia

   Investir na educação

14311227_1073913106032766_7849211705246258764_o  O Município de Gouveia assinalou nesta quinta-feira, dia 15 de Setembro, o arranque do ano letivo com a entrega dos manuais escolares aos alunos do 1º ciclo do ensino básico e a entrega formal por parte da HIDROMONDEGO de duas viaturas de transportes coletivos vocacionados para o transporte escolar.

A autarquia de Gouveia reforçou o investimento na educação através da atribuição gratuita dos manuais escolares a todos os alunos que frequentam o 1º Ciclo do Ensino Básico nas escolas do concelho. Esta iniciativa visa promover uma completa equidade e gratuitidade na frequência do 1ºciclo do ensino básico. Com a implementação desta medida a autarquia atribui todos os manuais escolares aos 370 alunos que, durante o ano letivo 2016/2017, vão frequentar o primeiro ciclo do ensino básico.

   Também através do Acordo Quadro com a Hidromondego, a autarquia de Gouveia promove 14361321_1073912979366112_6399285877439734766_oo investimento na educação com a aquisição de dois veículos vocacionados para o transporte escolar. A 15 de Setembro, a Hidromondego entrega formalmente uma viatura de nove lugares, prevendo-se que o Minibus seja entregue ao Município de Gouveia durante o mês de outubro. Este é um investimento de 140 mil euros realizado diretamente pela HIDROMONDEGO no âmgouv1bito do acordo quadro de compensações pelo cancelamento da construção da barragem de Girabolhos.

O investimento do Município de Gouveia no ano escolar 2016/2017 evidencia ainda a manutenção de um conjunto alargado de medidas, como os transportes escolares gratuitos para todos os níveis de ensino, as medidas de ação social escolar, o programa de atividades de enriquecimento curricular e o programa Gouveia Educa que, na totalidade, representam um investimento superior 650 mil euros.

 

Por:Mun.Gouveia

MEO investe cerca de 700 mil euros em Mangualde

image003A MEO – Serviços de Comunicações e Multimédia, SA vai investir cerca de 700 mil euros na instalação de fibra ótica no concelho de Mangualde. A instalação, que começa nos próximos dias, abrange também a Zona Industrial, sendo que cerca de 51% da população será abrangida por este investimento.

A MEO vai assim proceder à substituição da rede de comunicações eletrónicas no concelho de Mangualde, alterando a rede de cobre por uma rede de fibra ótica, nos seguintes locais: Mangualde, Mangualde-Gare, Canedo do Chão, Canedo do Mato, Santo André, Passos, Oliveira, Darei, Roda, São Cosmado, Ançada, Santo Amaro de Azurara, Zona Industrial, Almeidinha, Gândara, Cubos e Mesquitela.

Trata-se de um investimento que trará um acréscimo na qualidade de vida dos mangualdenses, através da redução de custos para as famílias e para as empresas com a melhoria no serviço de televisão, internet e telefone.

Por:Mun.Mangualde

 

PEDU assinado em Mangualde

5,8 Milhões de euros para Mangualde

0pedu O Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo, esteve hoje (31 de maio) na cerimónia de assinatura dos contratos que regem os Planos Estratégicos de Desenvolvimento Urbano (PEDU). A formalização realizou-se em Santa Maria da Feira e teve como protagonistas a Autoridade de Gestão do POR Centro e os municípios da região. O PEDU de Mangualde representa um investimento de 5,8 milhões de euros durante o atual quadro comunitário e prevê ações/intervenções nas áreas da mobilidade, investimento social e regeneração urbana. A cerimónia foi presidida pelo Ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, contando também com a presença do Ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes.

Para o edil mangualdense, “este é o culminar de um trabalho de planeamento estratégico, bem como de negociações com as entidades que gerem os fundos comunitários, para que Mangualde possa ter um plano de ação para a regeneração urbana neste Quadro Comunitário”. Afirmando que “os 5,8 milhões de euros de investimento neste quadro comunitário para regeneração urbana é o maior investimento público 0pedu1de sempre e só é possível porque colocámos Mangualde na 1ª divisão de cidades da zona centro que puderam candidatar-se aos PEDU, com todos os benefícios e vantagens que os investimentos trarão, e assim melhorar a qualidade de vida dos mangualdenses.” Para o autarca, “estamos a trabalhar intensamente na elaboração dos projetos do plano de ação para que assim que abram os avisos do Centro2020 possamos candidatar investimento”. Acrescentando, “esperamos ter execução já em 2016 de alguns desses investimentos”.

Finalizando, João Azevedo afirma que “queremos com o investimento público alavancar o investimento privado. Temos sido muito solicitados por investidores que procuram informação para requalificarem um conjunto de edificado muito importante dentro da área de regeneração urbana da cidade, pelo que espero que os mesmos possam fazer as suas candidaturas o mais depressa possível.”

Por:Mun:Mangualde