Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: ipg

Tag Archives: ipg

Novos executivos para o Porto Seco da Guarda serão formados no IP Guarda

O Instituto Politécnico da Guarda – IPG lançou uma pós-graduação em Logística, desenhada em parceria com a Associação dos Transitários de Portugal – APAT e com empresas especializadas em logística. O curso de especialização avançada irá preparar quadros de empresas em gestão, transporte e distribuição, para que possam responder eficazmente aos desafios que surjam na região.

Esta formação será a primeira iniciativa do protocolo assinado entre as duas instituições nesta terça-feira, 4 de maio, na conferência “Portos secos & terminais rodo ferroviários”. Ana Abrunhosa, ministra da Coesão Territorial, Rita da Cunha Mendes, secretária de Estado da Ação Social, Jorge Delgado, secretário de Estado das Infraestruturas, e Carlos Chaves Monteiro, presidente da Câmara da Guarda, marcaram presença.

“Decidimos ser proativos quanto à nossa oferta formativa quando ficou claro que a instalação de um Porto Seco na Guarda-Gare irá finalmente avançar: este é um projeto que será fundamental para aumentar a competitividade das empresas da região”, afirma Joaquim Brigas, presidente do IPG. “Procurámos empresas com larga experiência em planeamento e armazenamento de mercadorias, transporte e distribuição, para desenharmos uma formação adaptada às necessidades da indústria e que responda aos serviços diferenciados que uma infraestrutura logística como um Porto Seco irá exigir”.

Na lista de parceiros desta pós-graduação incluem-se a Olano, a Coficab, a Fly MP, a Transportes Bernardo Marques, a Casa da Prisca, a Sodecia, a Dura, a José Limão e a ACI. Em conjunto com o IPG, estas empresas vão formar quadros que possam responder eficazmente a desafios em áreas como produção, inventários, gestão de frotas ou transportes. A formação será lecionada entre o IPG e as instalações das empresas parceiras e irá contar com workshops e seminários.

O IPG viu ainda recentemente aprovado um Curso Técnico Superior Profissional – CTeSP também em Logística, para capacitar profissionais nesta área, que terá início no próximo ano letivo 2021/2022.

Para além das formações em logística, o Politécnico da Guarda irá ainda acrescentar à sua oferta formativa a abertura de 6 novos CTeSP: Gestão de Informação Geoespacial e Análise de dados, na Escola Superior de Tecnologia e Gestão; e Educação de Adultos, Multimédia e Artes Performativas, Relações Públicas para o Turismo e Guias de Natureza, na Escola Superior de Educação, Comunicação e Desporto.

“O IPG continua a apostar numa forte inovação educativa e a adaptar-se às necessidades do mercado”, afirma o presidente do IPG. “Estamos particularmente atentos aos desafios que o território enfrenta e iremos responder com formações que qualifiquem e requalifiquem quadros com competências para tornar as empresas mais competitivas”.

Estudantes do IPG debatem problemas sociais para desconstruir estereótipos

O Gabinete de Apoio Psicológico (GAP) do Instituto Politécnico da Guarda, organiza para todos os seus estudantes um encontro online para discutirem questões psicossociais – pandemia, transsexualidade, consumo de substâncias psico-activas/jogo, racismo, entre outras. O objetivo desta iniciativa, coordenada pela psicóloga Odília Cavaco, é desenvolver laços e afinidades entre os estudantes e, ao mesmo tempo, desconstruir estereótipos.

No GAP, para além da consulta de Psicologia, é procurado ter outras iniciativas de carácter mais grupal mas que vão igualmente no sentido de promover o bem-estar e a saúde dos estudantes”, afirma Odília Cavaco, docente no IPG e responsável pelo GAP. “Decidimos lançar agora estes ‘Encontros Online’ que desejamos sejam conversas nas quais os estudantes podem, com a orientação de um perito, discutir temas atuais e (alguns) polémicos com o objetivo de desconstruir falsas ideias e estimular o espírito crítico, num ambiente descontraído e de abertura ao desenvolvimento pessoal.” Realça a docente.

Na primeira sessão, que irá acontecer segunda-feira, dia 19 de abril, irão ser debatidas as experiências dos estudantes durante a pandemia: quais as maiores dificuldades que têm enfrentado; o modo como têm lidado com essas dificuldades; e quais as descobertas e aprendizagens feitas durante os confinamentos.

Segundo a psicóloga, esta iniciativa pretende também unir os estudantes deslocados e combater o isolamento social provocado pela pandemia da Covid-19. “Queremos contribuir para o desenvolvimento do sentido de pertença à academia e à maior inclusão dos estudantes oriundos de outros países, desde os PALOP aos Programas Erasmus. O convite é, portanto, para todos os estudantes das quatro Escolas do IPG. Um convite à partilha em torno de temas variados que vão da alimentação e do estudo, aos consumos, ao racismo ou à transsexualidade.”

Odília Cavaco explica ainda que “se houver boa adesão, lançaremos outros temas proximamente. Serão sempre temas atuais que precisam ser discutidos e desconstruídos para que tenhamos cada vez melhores profissionais, melhores cidadãos e uma sociedade mais justa e feliz!”.

As sessões irão decorrer online, via zoom, em horário pós-laboral (18h30). A inscrição é gratuita, mas obrigatória em: https://forms.gle/e5SXU3CQdnCLHSg49
Os estudantes participantes terão direito a um certificado de presença/participação.

Próximas sessões:

• 26 abril – Transsexualidade

• 3 maio – Estudo

• 17 maio – Consumos

• 31 maio – Alimentação

• 14 junho – Racismo

 

IPG realiza Webinar sobre a prevenção nos sistemas de água

No âmbito das celebrações do Dia Mundial da Água, a 22 de março, o Instituto Politécnico da Guarda (IPG) irá realizar um webinar sobre a prevenção, o controlo e a legislação da bactéria legionella nos sistemas de água. A conferência online irá decorrer às 16 horas e terá como oradora Cristina Pizarra, a responsável técnica do Laboratório de Microbiologia da Unidade de Água e Solo do Departamento de Saúde Ambiental do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, no Porto.

“A pandemia da Covid-19 provocou o encerramento de milhares de estabelecimentos que prestavam diariamente serviços ao público. O efeito da água parada nas suas canalizações, piscinas ou sistemas de refrigeração requer particular atenção à bactéria Legionella, nomeadamente no que concerne à necessidade de delinear planos de prevenção”, afirma Carla Castro, responsável pelo webinar e docente do IPG. “A Leogionella tem causado alguns surtos em Portugal e, por isso, a sua presença nos sistemas de água é um assunto que deve ser debatido em prol da saúde pública. Precisamente por essa razão é que convidámos a especialista Cristina Pizarra, do Instituto Ricardo Jorge, para explicar os avanços já realizados no controlo de qualidade dos sistemas de água e realizar uma abordagem às mais recentes atualizações na legislação”.

O Dia Mundial da Água foi instituído pela Organização das Nações Unidas, em 1993, como forma de reflexão e discussão sobre a importância da água, mas também como alerta e sensibilização para alguns dos problemas relacionados com a sua utilização.

O webinar irá decorrer no âmbito das unidades curriculares de Análises Hidrológicas e Bromatológicas e de Físico Química dos Alimentos – lecionadas por Carla Castro na Escola Superior de Saúde e na Escola Superior de Turismo e Hotelaria do IPG, respetivamente. Os interessados podem assistir à conferência online, na segunda-feira às 16h, via plataforma Zoom, através do link: http://shorturl.at/hqHZ0

Politécnico da Guarda vai formar quadros para o enoturismo na Beira Interior

Em parceria com a Comissão Vitivinícola Regional da Beira Interior, a especialização de quadros terá início em junho. Contará com especialistas como o enólogo Anselmo Mendes, o professor de viticultura e empresário João Paulo Gouveia e o jornalista e crítico Fernando Melo entre outros. A conferência de imprensa de apresentação da nova pós-graduação terá lugar na Comissão Vitivinícola da Beira Interior, na Guarda.

A falta de mão de obra qualificada no turismo do vinho vai levar o Instituto Politécnico da Guarda – IPG, em parceria com a Comissão Vitivinícola Regional da Beira Interior – CVRBI, a lançar uma pós-graduação em Enoturismo. O novo curso de especialização avançada, que começa em junho, será apresentado na próxima quinta-feira, dia 18 de março, às 15h30, em conferência de imprensa no Solar do Vinho da Beira Interior.
“A pós-graduação foi desenhada em conjunto com a Comissão Vitivinícola para aumentar a qualidade do enoturismo na região da Beira Interior. É uma parceria estratégica com uma entidade que conhece bem as necessidades da região”, afirma Joaquim Brigas, presidente do IPG. “O Politécnico da Guarda está totalmente empenhado na capacitação de recursos humanos da região para dar resposta às necessidades das empresas, públicas e privadas, contribuindo assim para aumentar a sua competitividade no mercado. Isto é válido para o setor turístico, como é o caso, mas também para os setores automóvel, da saúde ou de outras tecnologias industriais”.
A formação terá a duração de oito meses, será feita nas instalações do IPG e da CVRBI e irá preparar profissionais em matérias de gestão e de marketing aplicados ao enoturismo e ao património gastronómico. As aulas serão lecionadas pelos professores do IPG em conjunto com os profissionais altamente qualificados da indústria do vinho, como o enólogo Anselmo Mendes, o empresário e professor de viticultura João Paulo Gouveia, ou o jornalista e crítico de vinhos, Fernando Melo, o Prof Bianchi de Aguiar entre outros.

“A Comissão Vitivinícola Regional da Beira Interior quer aproveitar as potencialidades da região– como as aldeias históricas, os geoparques, os produtos endógenos ou as serras, as adegas, o vinho – para desenvolver uma rota de vinhos na Beira Interior”, afirma Rodolfo Queirós, presidente da CVRBI. “Um dos entraves que temos encontrado para desenvolver este projeto foi, precisamente, a escassez de recursos humanos qualificados na
área do enoturismo, que tem um enorme potencial de crescimento na nossa região.
Queremos formar quadros com visão alargada no Enoturismo e empreendedores que possuam a cultura do vinho”.

Pedro Lopes tomou posse liderança da Associação Académica da Guarda

Teve lugar recentemente a tomada de posse dos novos órgãos sociais da Associação Académica da Guarda, assim Pedro Lopes é o Presidente da Direção, Rui Badana, Presidente do Conselho fiscal, João Nunes, Presidente da Assembleia Geral.

Marcou presença nesta cerimónia restrita, o Presidente do Município da Guarda, Carlos Chaves Monteiro.

IP Guarda realiza I Jornadas sobre Envelhecimento Ativo

As I Jornadas sobre Envelhecimento Ativo, organizadas pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) vão decorrer, nos próximos dias 27 e 28 de junho, na cidade da Guarda.

Estas jornadas visam criar um espaço de partilha de conhecimento, de natureza multidisciplinar nas áreas da estimulação física e cognitiva, bem como nas temáticas relacionadas com a tecnologia e participação social.

De acordo com a organização” o perfil de excelência dos preletores irá gerar um forte interesse e mobilizar diversos intervenientes nesta área”.

Os interessados podem obter mais informação (e fazer a sua inscrição gratuita mas obrigatória) em www.ipg.pt

IPG contratualiza com imobiliárias alojamento para estudantes

O Instituto Politécnico da Guarda (IPG) está a implementar um processo de contratualização com algumas imobiliárias no sentido de ser garantida e ampliada a oferta de alojamento para estudantes deste estabelecimento de ensino superior.

Para o Presidente do Instituto Politécnico, Joaquim Brigas, “nunca são demais os esforços feitos para dar resposta às necessidades que se colocam aos estudantes que escolhem o IPG”. Daí que, como referiu, “se trabalhe com múltiplas opções, sempre a pensar em alojamento adequado, funcional e de qualidade, com valores compatíveis”.

O alojamento inclui várias tipologias de apartamentos que permitirão a disponibilidade de mais de uma centena de lugares.

Esta disponibilização de novos alojamentos ocorrerá a partir do próximo mês de Setembro, como adiantou o Presidente do IPG.

JSD Distrital da Guarda ao lado dos estudantes do IPG!

ÙR

Em comunicado a JSD Guarda referiu :no passado dia 30 de Janeiro, a JSD Distrital da Guarda, em parceria com o Núcleo de Estudantes Social Democratas do Instituto Politécnico da Guarda, organizou um Jantar-Debate, subordinado ao tema “Os Novos Desafios do IPG”, que contou com a presença do Presidente da Associação Académica da Guarda, João Nunes, tendo sido abordadas diversas matérias transversais à instituição, como as condições sociais e económicas dos estudantes, o número de vagas e a taxa de ocupação das mesmas, a oferta formativa e a mobilidade dentro da cidade.

O IPG já foi considerado um dos melhores politécnicos do país, mas foi nesta instituição do interior onde se observaram as maiores perdas de candidatos a nível nacional, cerca de menos 21,5% face aos colocados no ano letivo de 2017/2018.

Porém, e contrastando com este facto, tem aumentado ao longo dos anos o número de alunos internacionais, aliás atualmente 15% dos inscritos são de Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa.

No entanto, muitos dos alunos desta instituição, e de um modo particular os estudantes oriundos dos PALOP, deparam-se com grandes dificuldades socioeconómicas na cidade da Guarda, nomeadamente ao nível da falta de habitação condigna e da carência de alimentos.

Enchemos constantemente o peito de ar para dizer às pessoas, e em especial aos jovens para virem estudar para o interior, mas depois não temos sequer as condições mínimas para os receber. O Instituto Politécnico da Guarda não pode nem deve ser a única instituição a responder a estas dificuldades.

“Comunicar a Saúde Mental em debate no IPG

“Comunicar a Saúde Mental – decompondo preconceitos, estereótipos e segregações” é o tema do congresso que vai decorrer na Guarda, no próximo dia 15 de Janeiro, numa iniciativa do curso de Comunicação, Protocolo e Organização de Eventos da Escola Superior de Educação, Comunicação e Desporto (ESECD) do Instituto Politécnico da Guarda (IPG).

Este congresso terá lugar no Pequeno Auditório do Teatro Municipal da Guarda a partir das 9h30, com a sessão de abertura, a que se seguirá uma comunicação de Isabel Portugal (docente da ESECD/IPG), sendo moderadora Fátima Bento (docente da ESECD/IPG).

O programa integrará uma mesa redonda (pelas 11 horas) sobre “O Papel Parental e o (des)envolvimento da Saúde Mental nos Jovens”, moderada por Handerson Engrácio, com intervenções de Fátima Feliciano (psicóloga clínica), José Garrido (diretor do Serviço de Pedopsiquiatria /Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra).

No período da tarde, a partir das 14 horas, falar-se-á de “Stress e Depressão: que abordagens clínicas” numa mesa-redonda em que vão intervir Odília Cavaco (docente da ESS/IPG), João Leitão (docente da ESS/IPG), Pedro Renca (Enfermeiro /CHUC), Patrícia Pestana (psicóloga clínica), Tiago Ventura (médico) e Ana Filipa Teixeira (médica). Este painel será moderado por António Pissarra (docente da ESECD/IPG).

As inscrições para este congresso devem ser feitas em https://goo.gl/forms/aoHSlM0ZpkVRo74N2

IP Guarda e Municipio de Fornos assinaram protocolo de colaboração

Melhoria da qualidade da água no concelho fornense

Foi assinado nesta quarta-feira, na cidade da Guarda, um protocolo de colaboração entre o Instituto Politécnico da Guarda e a Câmara Municipal de Fornos de Algodres , onde estiveram presentes , o Vice-Presidente do IPG, Gonçalo Poeta Fernandes, o Prof. Pedro Rodrigues, responsável pelo laboratório de água do IPG, o Vereador do Município de Fornos de Algodres com responsabilidades na área do Ambiente, Bruno Costa, e o Presidente da Câmara Municipal de Fornos de Algodres,  Manuel  Fonseca , tendo em vista a elaboração de um Plano Estratégico de Monitorização da Qualidade da Água dos Fontanários Públicos de Fornos de Algodres.
Esse plano, e de acordo com o texto do documento rubricado nos Serviços Centrais do IPG, passa, nomeadamente, pelo levantamento das características de todos os fontanários públicos do concelho de Fornos de Algodres; monitorização da qualidade das águas em parceria com o LABMIA do Politécnico da Guarda e sensibilização da população para a importância da qualidade da água dos fontanários públicos no consumo do dia-a-dia, salvaguarda da saúde pública e uso eficiente deste recurso natural.

O protocolo que está em vigor desde hoje até dezembro de 2021.

Salienta-se que, este protocolo de cooperação é extensível a todas as pessoas do Concelho de Fornos de Algodres, que tenham furos, poços ou outro tipo de captações de água.

Foto:IPG