Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: meda

Tag Archives: meda

AF Guarda- 2ªDivisão- SC Mêda-S.Romão-1-1 (jornada 1)

Esta quarta-feira , teve lugar a partida da ronda inaugural do distrital da 2ªdivisão da AF Guarda, com o SC Mêda e receber o S.Romão, onde a igualdade a uma bola foi o resultado final, co golos de Bruno Morgado para os medenses e Kiko para os visitantes.

Assim, o S.Romão passa a liderar a prova com 16 pts, seguido dos Vilanovenses com 15 pts (-2 jg), o SC Meda está agora no 3ºlugar com 13 pts.

 

AF Guarda- Resultados-Taça de Honra-1/8 final

Aproveitando o feriado, alguns clubes aproveitaram para jogar já os oitavos de final da prova rainha da AF Guarda, pena que a instituição que organiza esta prova nem sequer faça menção à prova no seu site , mas isso já não é novidade,  assim aqui ficam os resultados:
SC Mêda- Paços da Serra-5-2
AD S. Romão- E.Almeida-2-1
GD Trancoso-V.Cortez- 1-1- GP-5-4
SC Vilar Formoso-Guarda Fc-0-3
CF Os Vilanovenses-Acd Soito-29 dez (21h00)
Sc Celoricense-Vencedor do Guarda Desportiva Fc Vs Acdr Freixo Numão 2 jan 15:00
AD Fornos Algodres-ACD Vila Franca Naves-2 jan
 Nespereira-Ud Os Pinhelenses-1 mar
Em atraso da Pré-eliminatória
SC Celoricense- Aguiar da Beira-2-1

Serra da Estrela Recupera Tradições para um Natal tão Natural Quanto Possível

Na Serra da Estrela, as festividades alusivas a esta época não esquecem as tradições e a identidade dos 15 territórios que compõem a Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIM-BSE). Não obstante a atual situação pandémica, existe um esforço de levar luz, animação e conforto emocional às populações locais e a aos turistas que se desloquem à Serra nesta altura do ano.

 

Acima de tudo, pretende-se que o Natal na Serra da Estrela seja vivido com intensidade, segurança e magia e que seja tão natural quanto possível. Não irá faltar a neve, o conforto da lareira, os produtos tradicionais, as tradições seculares, a identidade de cada território, os produtos únicos que não podem deixar de marcar presença numa casa portuguesa, como o Queijo Serra da Estrela DOP, os azeites de montanha, o burel, a doçaria tradicional, o mel, os frutos secos, o pão, os melhores vinhos do território. Neste outono/inverno, a Serra recebe os primeiros nevões e ‘veste-se’ de branco com todo o seu esplendor e gáudio de todos aqueles que querem viver o Natal intensamente. O mote é este: aproveitar esta quadra natalícia para regressar e conhecer as gentes genuínas, a sua cultura, os seus spas, os hotéis e os espaços de turismo rural e ecológico. Saboreie o melhor da gastronomia e as histórias que passam de geração em geração. Passeie pela natureza, respire o ar fresco da serra e sinta as fragâncias da vegetação natural e os aromas que escapam de cada casa, de cada aldeia, de cada forno comunitário.

TRADIÇÕES NATALÍCIAS

Cada tradição tem uma história por trás. E na Serra da Estrela, não vai querer perder uma vírgula de nenhuma delas. Comece por Seia e encontre uma Aldeia de Cabeça cheia de brilho e cor. Nesta altura, as casas pitorescas de xisto vestem-se a rigor para o Natal e para receber todos os curiosos. Sempre ao som das músicas tradicionais desta quadra. Parta à descoberta da Aldeia Viçosa e saboreie uma tradição que remonta ao século XVII: o Magusto da Velha. Os vinhos e as castanhas são reis e rainhas nesta quadra e coroam o paladar de quem os visita. Continue a sua viagem, agora pela Guarda. Aqui, durante esta altura, nasce uma cidade Natal iluminada com várias atividades para pequenos e graúdos. Por fim, não termine a sua visita sem conhecer o maior presépio natural do país. Descubra-o no Sabugal. Inúmeras figuras e cenários pensados ao pormenor, exposições, iluminações e decorações naturais. Tudo isto e muito mais está à sua espera.

MUSEUS E PONTOS DE INTERESSE

São muitos os espaços que no passado acolheram a história e a cultura. As aldeias dos municípios do Fundão e da Covilhã ostentam o xisto nas paredes até aos dias de hoje. Celorico da Beira, Seia e Trancoso receberam o Solar do Queijo da Serra da Estrela, o Museu do Pão e o Museu do Azeite, respetivamente. E agora, estão prontos para o receber. Percorra vários traços que se interlaçam na cultura beirã através do Museu dos Lanifícios, do Burel Factory e Ecolã de Manteigas e do Circuito de Arte Urbana do Fundão. Viaje pela história das Beiras e Serra da Estrela. Embarque no Museu Militar de Almeida. Continue a jornada pelo Museu dos Descobrimentos de Belmonte e pelo Museu da Guarda. Descubra a Arte Sacra de Fornos de Algodres, as Muralhas de Pinhel e uma coleção de automóveis em miniatura estacionada no Museu de Gouveia. Explore os Castelos e as casas brasonadas de Mêda e Figueira de Castelo Rodrigo. Aqui a história é contada e a cultura é exibida no estado mais puro. Venha conhecê-las.

PROGRAMAÇÃO DE NATAL DOS 15 MUNICÍPIOS DAS BEIRAS E SERRA DA ESTRELA

 

ALMEIDA

O município de Almeida considera a época natalícia uma altura propícia para a animação, mas também para a dinamização dos negócios locais. Desta feita foram criadas atividades com impacto na economia local, tais como o Mercadinho de Natal, a Exposição de presépios de rua no centro histórico, a Exposição de presépios nos espaços do Turismo Municipal de Almeida e Vilar Formoso e as atividades: “Dinamizar para Aproximar” com sorteio de Vouchers: “Compre no comércio tradicional”; “Valorize a gastronomia local – Rota do Bacalhau” e “Natal no alojamento local”. Consulte toda a informação aqui.

 

BELMONTE

No âmbito da época festiva, o município de Belmonte organiza a já emblemática Festa das Luzes, ou Hanukkah em hebraico, que acontece até 6 de dezembro. Nesta festa marcada “pelo clima familiar e pela alegria, um candelabro de nove braços é usado, com o acender de uma vela por dia, recordando os oito dias em que a chama ardeu milagrosamente.” Acontecem ainda oficinas de materiais reciclados, estátuas de luz e vão ser apresentados um livro e um vinho kosher no Museu Judaico. Além dos tradicionais Mercadinhos de Natal, concertos e animação de rua, o Natal em Belmonte culmina com a realização de vários concursos como o das Montras de Natal, Árvores de Natal, de Madeiros e de Presépios das Escolas. Para saber mais consulte o site oficial do município aqui.

CELORICO DA BEIRA

O município assinala a época festiva com um sorteio de Natal como forma de ajudar e revitalizar o pequeno comércio local e, até 23 de dezembro, os mais pequenos podem entrar na casa do Pai Natal e divertir-se com a oferta existente.

COVILHÃ

No município da Covilhã, o Natal será passado com arte, até ao dia 9 de janeiro. Inclui um vasto programa de atividades e eventos nesta cidade que é atualmente Cidade Criativa da UNESCO, na área do Design. Concertos, oficinas de Natal, animação de rua, teatros, exposições, espetáculos de marionetas e circo, desfiles, recitais, concertos com histórias para as famílias, bailado clássico e muito mais. Consulte aqui a agenda completa.

FIGUEIRA DE CASTELO RODRIGO

De 8 a 25 de dezembro, Figueira de Castelo Rodrigo promete ser a “Terra Natal”, acolhendo no coração da vila diversas atividades e iniciativas natalícias. O programa é pensado para as famílias, em especial para as crianças, havendo música, cinema, teatro e uma diversidade de animações de rua. Não vão faltar a Casa do Pai Natal, o Presépio, a Casa dos Ateliers de Natal, o Baloiço, o Comboio e o Mercadinho. Sem esquecer as iniciativas em prol dos mais desfavorecidos. O culminar destas atividades terá lugar no dia 24 de dezembro, dia em que será acesa a fogueira de Natal. Mais informações aqui.

FORNOS DE ALGODRES

Fornos de Algodres celebra o Natal sob o lema “Fornos de Algodres Natal, Um presépio Natural”, contando com um programa oficial composto por espetáculos de vídeo mapping, espetáculos para os mais novos com entrega de presentes e ainda far-se-á um “Sorteio de Natal”, para promoção e divulgação do comércio local. Não vão faltar em cada casa, as tradições natalícias do concelho como as filhoses, as fritas (fatias douradas), o bacalhau e o polvo cozidos na véspera de Natal, o cabrito no forno no almoço de Natal. Em algumas aldeias ainda resiste o Cepo de Natal ou a tradicional Missa do Galo. Consulte mais informações sobre o Natal neste município aqui.

FUNDÃO

O município do Fundão vive o Natal com uma série de eventos alusivos à época, entre os quais o Concurso de Presépios que, uma vez mais, mantém viva uma tradição cultural secular e dinamiza a construção de presépios no concelho. Nesta época do ano conta ainda com um Eco Mercado de Natal, concertos, espetáculos, saraus, concursos e muito mais. A Gastronomia tradicional não fica esquecida e até 19 de dezembro decorre o Festival da Tibórnia e, até 17 deste mês, acontece o Concurso do Melhor Bolo-Rei do Fundão.  Mais informações aqui.

GOUVEIA

Além da tradicional animação de Natal, o município de Gouveia, em parceria com a Agência para o Desenvolvimento dos Negócios de Gouveia (ADN Gouveia) criou uma campanha de Natal para promover as compras no comércio local e reforçar o apoio aos seus comerciantes. Mais informações aqui.

GUARDA

Até 25 de dezembro, Guarda será “Onde o Natal brilha mais alto” na Praça Luís de Camões, bem no coração da cidade mais alta, até porque estão agendadas atividades diversas para animar os dias e as noites mais frias com uma parada de Natal, carrosséis, photopoints para mais tarde recordar, concertos, o tradicional madeiro, árvores de vitrais, pinheiros de Natal, artesanato, concurso de montras e o, já habitual, mercadinho de Natal. Está tudo aqui basta aceder a este link.

MANTEIGAS

No município de Manteigas, as tradições, eventos e produtos natalícios não vão faltar com as Arruadas de Boas Festas, a Missa do Galo e a realização do Madeireiro nas quatro freguesias do concelho (Sameiro, Santa Maria, São Pedro, Vale de Amoreira). A “Natureza do Natal” em Manteigas completa-se com a Aldeia do Pai Natal, a realização do Mercadinho de Natal (17, 18, 19, 23, 24, 25, 31 de dezembro e 1 de janeiro) e, no dia 13 de dezembro ao final da tarde, a não perder o evento do acender das luzes de Natal com concerto de Natal. Mais informações aqui.

MÊDA

Mêda recebe o Natal com a animação habitual no Parque Municipal até 26 de dezembro onde não vão faltar o mercadinho, ateliers temáticos, a casa e o comboio do Pai Natal. O Concurso ‘Montras de Natal’ decorrerá de 7 de dezembro a 6 de janeiro, no âmbito da iniciativa ‘Natal Real é no Comércio Tradicional”, com o objetivo de dinamizar o comércio local, destacando a criatividade dos comerciantes subordinada à temática dos elementos naturais, alusivo à quadra natalícia.

Mais informação sobre o Natal em Mêda aqui.

PINHEL

De 15 de dezembro a 6 de janeiro, a magia do Natal vai animar a cidade de Pinhel, com atividades pensadas para todas as idades e, sobretudo, para as famílias.

À semelhança de anos anteriores, o “Pinhel de Natal” terá luz, através das iluminações natalícias que irão acender-se no dia 1 de dezembro, mas também o tradicional “Carrossel Parisiense”, Pista de Gelo, Zona Gaming, Ateliers de Natal, Globo de Neve Gigante e muita animação… isto tudo no Parque Municipal da Trincheira transformado num Bosque Encantado com um circo de Natal dos Duendes. Mais informações aqui.

SABUGAL

O Centro Histórico do Sabugal volta a ser berço do ‘Sabugal Presépio – O Maior Presépio Natural’, que inaugura a 7 de dezembro. Com uma ocupação de cerca de 1.100 metros quadrados e construído com recurso a materiais recolhidos na natureza, tais como troncos de castanheiros, heras e musgos, esta recriação contempla diversas cenas bíblicas relacionadas com a Natividade. O Natal neste município vai surpreender os sentidos. Entre bolas e estrelas, as luzes natalícias vão iluminar o Sabugal. Previstos concertos, exposições, o mercadinho de Natal, concurso de montras de Natal. Os mais pequeninos podem contar com oficinas de origami, pinturas faciais, cinema de sombras e muitas outras surpresas. Para dar as boas-vindas a 2022, as cinco vilas medievais – Alfaiates, Sabugal, Sortelha, Vila do Touro e Vilar Maior – vão iluminar-se com espetáculos pirotécnicos. Mais informações aqui.

SEIA

O programa de Natal em Seia decorre até 6 de janeiro com o centro da cidade animado pela iluminação pelas principais artérias. O município pretende criar maior atratividade e dinamismo nas zonas comerciais, um incentivo para visitar e comprar no concelho. A pista de gelo já está montada e, na envolvente do Mercado Municipal, o Carrossel Parisiense vai ser uma das grandes surpresas para os mais pequenos. No Mercado de Natal terá diversas atividades agendadas e oficinas para todos participarem. O desfile do Pai Natal não ficou esquecido e vai chegar às aldeias e ao centro da cidade. Após uma paragem forçada, os habitantes de Cabeça voltam a enfeitar a sua aldeia naquele que é o mais ecológico e tradicional Natal do país. Consulte o programa oficial aqui.

TRANCOSO

Além do Concurso de montras alusivas ao Natal, o município de Trancoso vive a Magia de Natal, entre 10 de dezembro a 01 de janeiro, na Praça D. Dinis. Consulte aqui.

 

Esta ação enquadra-se no Projeto Produtos Turísticos Integrados de Base Intermunicipal, desenvolvido pela Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela, em parceria com o Turismo Centro de Portugal, cofinanciado pelo Portugal 2020, Centro 2020 e União Europeia através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

Estas atividades acontecem no âmbito do estreito cumprimento pelas normas definidas pelas autoridades de saúde para a prevenção e mitigação do risco de contágio pela COVID-19, podendo alguns eventos estarem sujeitos a lotação máxima e/ou cancelamento de alguma iniciativa, tendo em conta a evolução da Pandemia.

Torneio Scandibérico Sub-18 Femininas apresentado em Figueira C.Rodrigo

O Salão Nobre dos Paços do Concelho de Figueira de Castelo Rodrigo,acolheu a conferência de imprensa de apresentação do Torneio Scandibérico, torneio internacional de andebol feminino na categoria de sub-18, a decorrer entre os dias 26 e 28 do presente mês. Nesta apresentação oficial, para além de representantes dos Executivos dos vários Municípios envolvidos, Figueira de Castelo Rodrigo, Almeida, Pinhel e Mêda; estiveram ainda presentes, Joaquim Escada, da Federação de Andebol de Portugal, Vera Lopes, Diretora Técnica Nacional de Andebol Feminino, e Luís Santos, Selecionador Nacional de Andebol Feminino Sub-18, que apresentou as convocadas para o torneio.

A presente edição do Scandibérico contará com a participação de Portugal, Espanha, Noruega e Suécia; sendo os respetivos jogos divididos pelos Municípios envolvidos. Em Figueira de Castelo Rodrigo ficará alojada a comitiva da Suécia e terão lugar duas partidas, ambas no dia 28 de novembro, disputando-se o Suécia/Noruega pelas 15:00h e o Portugal/Espanha pelas 17:00h, no Pavilhão dos Desportos. Para além da componente desportiva, este tipo de iniciativas reveste-se de grande importância para toda esta região, considerando a promoção e divulgação do território que proporciona, assim como, o fomento de uma maior proximidade entre as várias entidades envolvidas.

António Alexandre vence na Mêda

Campeonato de Portugal de Perícias relançado

Após um ano de paragem o Guarda Unida Desportiva (GUD) voltou a organizar a Perícia Cidade da Mêda, onde o calor esteve presente.

Esta prova, a contar para o Campeonato de Portugal de Perícias (CPP) e para o III Troféu Raiano de Perícia/Slalom 2021, foi realizada junto ao complexo de escolas daquela cidade.

Após as verificações administrativas e técnicas foram admitidos à partida 21 pilotos que, de acordo com as características dos seus veículos, se inseriram nos respetivos grupos e classes, conforme estabelecido nos regulamentos do CPP: protótipos, transformados e originais. No final das cinco tentativas regulamentares, somente um piloto não pontuou para a sua classe e para a classificação geral por avaria mecânica.

Com o decorrer da competição os pilotos foram melhorando os seus tempos e a quinta e última passagem foi de emoção total com António Borges e obter o melhor tempo, novamente superado por António Alexandre e Jorge Almeida, mas insuficiente para este conseguir recuperar o primeiro lugar final.

 

Com uma diferença para o segundo classificado de 44 milésimos de segundo, António Marques Alexandre sagrou-se vencedor na classificação geral e também na sua classe (1A), aos comandos de um Mini. Jorge Almeida (Volkswagen Polo – proto) ficou em segundo na geral, sendo seguido por António Borges (Caterham), a 328 milésimas de segundo.

Em relação à classificação final por classes, António Borges conquistou o lugar mais alto do pódio na Classe 1B, Jorge Sá venceu na Classe 2A, Dino Almeida na Classe 2B, Dário Oliveira na Classe 2C e Luís Filipe Fortunato

conquistou o primeiro lugar na Classe 3B. O melhor piloto do Concelho de Mêda foi Rui Loureiro, alcançando, também, o primeiro lugar na Classe 3A.

No final, a organização agradeceu aos pilotos por terem competido e pelo espetáculo proporcionado ao público presente e a todos os intervenientes que tornaram possível a realização da prova, nomeadamente, a autarquia local, os Bombeiros Voluntários da Mêda, a GNR e vários colaboradores.

Mêda acolhe prova do Campeonato de Portugal de Perícias

 

Depois da realização da Perícia de Vilar Formoso o Guarda Unida Desportiva (GUD) prossegue o Campeonato e o Troféu Raiano, no dia 21 de agosto, com a Perícia Cidade da Mêda.

Apesar de ainda vivermos tempos de pandemia a competição vai, aos poucos, regressando à normalidade, como sucede com o Campeonato de Portugal de Perícias que, entre realizações, cancelamentos e adiamentos, vai já para quarta prova. Nas três primeiras Jorge Almeida, atual campeão nacional, impôs-se à concorrência, embora
com forte luta de António Alexandre.

O GUD é um dos grandes responsáveis pela concretização do campeonato organizando, entre outras, as perícias de Almeida/Vilar Formoso, dia 8 de agosto, em Vilar Formoso, a Perícia da Mêda, dia 21 de agosto, a Perícia de Cabeceiras de Basto, dia 11 de setembro, a Perícia de Cerva-Ribeira de Pena, dia 12 de setembro, e a Perícia da
Guarda, dia 19 de setembro.

A corrida da Mêda tem o Visa FPAK VISA FPAK No 1058/CPP/2021 e faz parte, igualmente, do III Troféu Raiano de Perícias.

A prova vai decorrer a partir das 14 horas do dia 21 de agosto, sábado, junto ao complexo de escolas daquela cidade, realizando-se as verificações técnicas e documentais durante a manhã do mesmo dia, e é uma parceria entre a autarquia local e o clube, sob a supervisão da FPAK.

Regulamento

Regulamento Pericia Meda_2021 FPAK Aprovado

 

Mêda-Caminhada“Dou Mais Tempo à Vida- Juntos Venceremos o Cancro”

A cidade de Mêda vai acolher a iniciativa solidária “Dou Mais Tempo à Vida- Juntos Venceremos o Cancro” (DMTV) , já no próximo dia 25 de julho (domingo). A iniciativa visa a promoção de estilos de vida saudáveis, sobretudo da prática de exercício físico.

 A ação solidária “Dou Mais Tempo à Vida- Juntos Venceremos o Cancro” (DMTV), promovida pelo Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC.NRC), está a decorrer em toda a Região Centro do país, até setembro, e vem substituir as habituais caminhadas solidárias na comunidade, pela prática de exercício físico de forma individual ou em pequenos grupos.

A atividade visa a promoção de estilos de vida saudáveis, sobretudo da prática de exercício físico. Nesse sentido, pode ser realizada em horário e percursos livres, de forma individual ou em pequenos grupos.

As inscrições, com o valor de 5 euros, poderão ser feitas junto dos Voluntários Comunitários de Mêda. O valor angariado no âmbito desta iniciativa irá reverter a favor da LPCC.NRC, para o apoio ao doente oncológico e sua família.

Os participantes podem produzir e partilhar pequenos vídeos ou fotografias, exibindo a t-shirt “Dou Mais Tempo à Vida” e a atividade física realizada.  Os registos deverão ser enviados para o email voluntariado.nrc@ligacontracancro.pt, para posterior partilha online.

O projeto visa, ainda, a promoção da educação para a saúde, assim como a divulgação das iniciativas e dos serviços da LPCC de apoio ao doente oncológico e à família.

A participação nesta iniciativa implica o cumprimento de todas as orientações das Autoridades de Saúde, nomeadamente as relativas à desinfeção das mãos, utilização de máscara e de distanciamento físico

 

Autárquicas 21-PSD e CDS-PP formalizam coligação “Juntos pela Mêda”

As estruturas concelhias do PSD Mêda e do CDS-PP Mêda formalizaram no dia de hoje um acordo de coligação para as próximas Eleições Autárquicas, juntando-se assim no apoio à candidatura de João Mourato à presidência da Câmara Municipal de Mêda.
Face à importância das próximas Eleições Autárquicas na decisão do futuro do nosso Concelho, os dois Partidos pretendem apresentar um projeto congregador e dinamizador para o nosso Concelho.
Sentimos o dever de apresentar uma solução conjunta forte, que seja uma verdadeira alternativa aos anos de (des)governação socialista em que o Concelho sucumbiu.
Acreditamos que esta coligação é muito mais do que uma aliança entre dois partidos. É acima de tudo, uma união de pessoas e de ideias. Com esta dedicação e união de esforços em torno deste projeto, ambicionamos trazer uma visão estratégica e uma nova dinâmica ao Concelho. Uma dinâmica que faça da Mêda um concelho referência a
nível regional e nacional como todos os Medenses desejam.
Esta será acima de tudo uma coligação de Medenses e que pretende contar com todos! Juntos vamos apresentar um novo rumo, com mais ambição para desenvolver o nosso Concelho.

IPG realiza estudos para criar sistemas de recolha de biorresíduos nos municípios da Cova da Beira

O Instituto Politécnico da Guarda – IPG foi escolhido pela Associação de Municípios da Cova da Beira para realizar estudos municipais que irão permitir o desenvolvimento de sistemas de recolha seletiva de biorresíduos: sobras de refeições, cascas de frutas e legumes, folhas e ervas do jardim. As versões preliminares dos estudos encontram-se disponíveis para consulta pública e para submissão de contributos que visem a melhoria dos documentos até julho. A iniciativa é financiada pelo Fundo Ambiental.

“O projeto visa identificar estratégias e soluções eficazes para que cada município possa assegurar a separação e a reciclagem dos biorresíduos”, afirma Joaquim Brigas, presidente do IPG. “Estamos empenhados em desenvolver projetos de investigação ambiental em parceria com empresas e municípios. Iniciativas como esta permitem melhorar a educação ambiental, sensibilizar para a economia circular e pôr o nosso conhecimento ao serviço da comunidade”.

Os biorresíduos representam 37% dos resíduos urbanos produzidos em Portugal. A diretiva do Parlamento Europeu e do Conselho sobre os resíduos obriga os Estados Membros a fazerem a recolha seletiva de biorresíduos ou a sua separação e reciclagem na origem, a partir de 1 de janeiro de 2024.

“Escolhemos o Politécnico da Guarda para desenvolver este projeto pela reconhecida qualidade científica, pelo mais baixo custo e pela longa relação de confiança que existe entre as duas instituições”, afirma José Manuel Biscaia, secretário-geral da Associação de Municípios da Cova da Beira. “Os estudos elaborados pelo IPG irão trazer grandes vantagens para o planeamento intermunicipal, permitindo uma visão integrada sobre os biorresíduos, bem como a definição de estratégias de atuação – ao nível de equipamentos e transportes – que beneficiem a região”.

A presidência do IPG nomeou Pedro Rodrigues, docente responsável pelo Laboratório de Monitorização e Investigação Ambiental do IPG, para coordenar este projeto. Almeida, Belmonte, Celorico da Beira, Covilhã, Fornos de Algodres, Figueira de Castelo Rodrigo, Fundão, Guarda, Manteigas, Mêda, Penamacor, Pinhel, Sabugal e Trancoso foram os municípios analisados para a elaboração dos estudos que irão permitir implementar eficazes sistemas de recolha de resíduos orgânicos.

“Este projeto faz parte da estratégia europeia para diminuir a deposição de resíduos sólidos em aterros sanitários”, afirma Pedro Rodrigues, docente do IPG. “Em termos ambientais iremos dar um salto qualitativo muito importante: os biorresíduos separados do lixo indiferenciado serão transformados em energia e/ou em composto orgânico para os solos. Para além destas vantagens ambientais, a reciclagem dos resíduos orgânicos irá permitir maior longevidade dos aterros sanitários”.

Projeto Atua teve sucesso

O ATUA! Projeto de Empreendedorismo nas Escolas da Região,  promovido no âmbito do Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar (PIICIE), foi concebido com o objetivo de “inspirar comunidades educativas para a ação enquanto agentes de mudança do seu território, incentivando o  desenvolvimento das competências empreendedoras, fomentando a criação de uma geração de problema solvers”. Para atingir este objetivo foram desenvolvidos dois programas pedagógicos, “A Aventura da Estrela e do Mondego” e “Cria o Teu Futuro”, que viram nas últimas semanas a realização dos eventos finais!

Estes eventos foram momentos de grande entusiasmo e emoção para os quais, alunos e professores trabalharam cerca de 4 meses, encarando todos os desafios como oportunidades para empreender e surpreender. Todos os projetos e ideias desenvolvidas transmitiram os principais valores do Projeto, atingindo com sucesso os objetivos propostos, desde a ligação com o território, a criação de parcerias locais, o desenvolvimento de conceitos e projetos inovadores com preocupações locais e atuais. Foi de facto possível ver florescer competências empreendedoras contribuindo assim, para o crescimento da cultura empreendedora da Região!

O programa “Cria o teu futuro”, destinado ao Ensino Secundário (Regular/Profissional) culminou com o Concurso Supramunicipal de Ideias de Negócio “The Future Is You”, no passado dia 28 de maio. A grande Final Supramunicipal contou com o envolvimento de 48 alunos, orientados por 15 professores, que com igual determinação e afinco representaram os seus Municípios (Covilhã, Fundão, Gouveia, Guarda, Manteigas, Mêda, Sabugal, Seia e Trancoso), apresentando 20 incríveis ideias de negócio em formato vídeo-pitch. Estes vídeo-pitch foram avaliados por um Júri composto por Maria José Aguilar Madeira, (UBI-Universidade da Beira Interior), João Marques Gonçalves (Maken Project), e Sandra Maria Alvim (IAPMEI – Agência para a Competitividade e Inovação, I.P.).

O evento ficou marcado pelo reconhecimento da CIMBSE, das Direções de Escolas e respetivos 9 Municípios ali presentes, de todo o trabalho desenvolvido por alunos e professores, trabalhos que mostraram ser uma grande mais-valia para o futuro da Região! Foi também o momento da revelação dos vencedores do Concurso “The Future Is You”,  a ideia de negócio Liojic, promovido pelas alunas Margarida Carvalho, Mariana Justino e Beatriz Isidro do Agrupamento de Escolas do Fundão, orientadas pela Professora Maria João Baptista, atingiu o 1º lugar do pódio, seguindo-se “BikeParkEstrela”, ideia de negócio dos alunos Guilherme Marques, António Marques e André Almeida, orientada pela professora Ana Cristina Martins, da Instituto de Gouveia-Escola Profissional. Em 3º lugar ficou a ideia de negócio CFMR Moving Theatre, promovido pelas alunas Francisca Rodrigues, Marta Pereira e Rita Custóias, do Agrupamento de Escolas da Mêda, tendo sido orientadas pela professora Rosário Duarte. Também a todas as outras ideias, ficou também um claro reconhecimento de excelência pela qualidade e empenho demonstrado nas suas apresentações!

Segundo a professora Delfina Leal, do Sabugal “O envolvimento no Projeto ATUA!  criou novas perspetivas, novas aprendizagens e abriu novos horizontes numa área que não é muito abordada a nível curricular pelo que não poderia estar mais satisfeita com a participação dos alunos, pelo seu entusiasmo, motivação e vontade de fazer acontecer”.

O programa destinado ao 1º Ciclo “A Aventura da Estrela e do Mondego” também viu entre o dia 8 e o dia 14 de junho os eventos finais municipais. Estes também foram eventos online, transmitidos em direto na página do Projeto e partilhados por todos os Municípios, permitindo assim que a comunidade escolar e a comunidade local tivesse acesso às magnificas apresentações das 15 turmas envolvidas, as quais representam 291 alunos e 32 professores. Os alunos de Almeida, Covilhã, Fundão, Mêda e Seia mostram com grande entusiamos os vídeos que produziram para partilhar os seus projetos, peças de teatro ou jogos empreendedores que espelharam a sua descoberta pela Região e o verdadeiro espírito empreendedor desenvolvido.  

Ao longo de 5 dias de eventos, a Estrela e o Mondego, também marcaram presença e ficaram extremamente surpreendidos pela qualidade de todos os projetos apresentados! Todas as turmas agarram o desafio com tanta dedicação que foi possível envolver toda a comunidade educativa, desde os Professores titulares, professores das AEC’s, professores de apoio, pessoal não docente, pais e encarregados de educação, direções das escolas, o próprio Município e mais uns quantos parceiros que tornaram possível a concretização de projetos que foram muito mais além dos objetivos estabelecidos. Em todos os eventos, foi possível também contar com a presença de vários elementos das comunidades educativas, bem como, elementos dos Municípios, os quais partilharam palavras de grande apresso e reconhecimento pelo Projeto e pelo trabalho desenvolvido pelas escolas!