Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: Município da Guarda

Tag Archives: Município da Guarda

Espaço Cooperativa Cowork em Videmonte(Guarda)

Teve lugar na  freguesia de Videmonte, a inauguração de um Espaço Cooperativa cowork, na presença da ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa.
Trata-se da primeira rede de coworks rurais do país, dentro do programa da ação da Rede de Aldeias de Montanha. Uma obra promovida pela ADIRAM – Associação de Desenvolvimento Integrado da Rede de Aldeias de Montanha, em parceria com a Junta de Freguesia de Videmonte e o Município da Guarda.
O Espaço cowork de Videmonte, situado no Largo da Igreja, pode ser utilizado a partir de 18 de outubro, por qualquer pessoa, sendo apenas necessária uma pré-reserva por email para: inovacao@aldeiasdemontanha.pt

António Borges vence Perícia da Guarda, Jorge Almeida campeão nacional

Espetáculo automóvel ao mais alto nível

No passado domingo, dia dezanove de setembro, realizou-se a 11ª Perícia da Guarda – Capital Europeia da Cultura, numa parceria entre o Guarda Unida Desportiva (GUD) e o Município da Guarda. Esta tratou-se, eventualmente, devido aos adiamentos,, da última prova do Campeonato de Portugal de Perícias e do III Troféu Raiano de Perícia/Slalom 2021 e foi realizada na área circundante ao Mercado Municipal.

Após o término das inscrições e de todas as verificações necessárias, estavam presentes 23 pilotos que, de acordo com as características dos seus veículos, se distribuíram pelas classes correspondentes. Todos os pilotos pontuaram para a sua classe e para a classificação geral, no final das cinco tentativas regulamentares.

Depois de realizadas as cinco tentativas, António Borges venceu a sua segunda prova do Campeonato de Portugal de Perícias, depois de vencer em Cerva, perante o muito público presente. António Borges foi vencedor, também, na sua classe (1B), aos comandos de um Caterham. Jorge Almeida (Volkswagen Polo – proto) ficou em segundo na geral, sendo seguido por António Alexandre (Mini).

Em relação à classificação final por classes, Jorge Almeida conquistou o lugar mais alto do pódio na Classe 1A, Jorge Sá venceu na Classe 2A, Dino Almeida na Classe 2B, Rui Loureiro venceu na Classe 3A e Luís Filipe Fortunato conquistou o primeiro lugar na Classe 3B. O melhor piloto do Concelho da Guarda foi Joaquim Morgado, o veterano piloto do Porto da Carne.

A prova da Guarda registou um assinalável êxito desportivo e de promoção do desporto automóvel, reunindo os melhores pilotos nacionais da modalidade e uma grande multidão de amantes das corridas automóveis.

Na cerimónia de entrega de troféus a organização agradeceu aos pilotos, ao imenso público que esteve presente e a todos os intervenientes que tornaram possível a realização da prova, nomeadamente, a Câmara Municipal da Guarda, os Bombeiros Voluntários da Guarda, a PSP, entre muitas colaborações que contribuíram para o sucesso de mais uma organização do GUD.

 

Guarda Racing Days gera 2 milhões de euros de retorno

A Cision analisou o impacto mediático e o retorno gerado pelo “Guarda Racing Days”, organizado pelo Clube Escape Livre em parceria com o Município da Guarda, concluindo que 12,4% da população portuguesa esteve exposta à mensagem e o valor financeiro superou os 2 milhões de euros.

O “Guarda Racing Days” foi um enorme sucesso desportivo e, confirma-se agora, também mediático. Analisados os dados pela Cision, organização de análise de audiência e avaliação de retorno mediático com enorme reputação, fica evidente o fantástico impacto deste evento desportivo que reúne quatro categorias de automóveis: Ralis; Todo-o-Terreno, Off Road e SSV.

Contas feitas, 12,4% da população portuguesa esteve exposta à mensagem com a imprensa portuguesa a publicar 170 notícias sobre o “Guarda Racing Days” e a televisão a emitir 158 notícias. Com cada cidadão português a ser impactado com a mensagem, em média, quatro vezes, o retorno total foi de 2.150.142 euros!

O “Guarda Racing Days” conseguiu a impressionante quota de cobertura de 52% na imprensa e 48% na televisão, com os principais canais nacionais a noticiarem o evento organizado pelo Clube Escape Livre em colaboração com o Município da Guarda.

Estes números aferidos pela Cision provam que o trabalho de promoção e divulgação feito pelo Clube Escape Livre é uma valia para a região e para os seus parceiros. São valores de cobertura mediática, impacto direto da mensagem nos portugueses e financeiros que deixam claro serem os eventos do clube da Guarda a melhor plataforma para a promoção da Beira Interior.

Luís Celínio, presidente do Clube Escape Livre refere: “receber estes números, divulgados pela Cision, é um orgulho e o sublinhar de um trabalho continuo de 35 anos, assinalados a 12 de setembro, com uma equipa pequena, mas empenhada de colaboradores que foram construindo a imagem forte e de prestígio que temos” e acrescenta: “nas provas inscritas na FPAK o objetivo é não só o êxito desportivo, sempre alcançado, como uma boa cobertura mediática e a contribuição para a economia local. E se o Guarda Racing Days apresenta estes magníficos resultados, também é verdade que o Slalom de Castelo Rodrigo e o Drift de Pinhel apresentam, também segundo a Cision, centenas de milhares de euros de retorno. Vamos, por isso, continuar a trabalhar com confiança redobrada aproveitando para agradecer a todos os parceiros e patrocinadores. Bem Hajam”

 

Análise Cision

Vice-Almirante Henrique Gouveia e Melo condecorado na visita ao Centro de Vacinação

O Centro de Vacinação da Guarda recebeu a visita do Vice-Almirante Henrique Gouveia e Melo, Coordenador da Task Force e a Secretária de Estado da Ação Social, Rita  Mendes  e assinaram livro de honra da ULSG. O município da Guarda associou-se também a esta iniciativa e condecorou com a Medalha de Excelência e Dedicação , “pelo serviço exemplar que tem prestado à nação” o Vice-Almirante Gouveia e Melo. O convite partiu do Conselho de Administração da ULS da Guarda.

Gouveia e Melo também realçou o papel “extraordinário” desempenhado pelo Ministério da Saúde e por “todos os portugueses que, de uma forma ordeira, se apresentaram ao processo de vacinação”.

“Nós já vacinámos mais de 80% da nossa população[72% dos quais já tem a vacinação completa], quando outros países mais ricos, com mais capacidades não o conseguiram fazer”, apontou o coordenador.

fonte:ULSG/Lusa/Fim

Guarda- Frei Pedro da Guarda homenageado dia 27 de julho

O Município da Guarda homenageia Frei Pedro da Guarda através de uma série de iniciativas (ver programa completo), entre elas a Cerimónia de Lançamento da Primeira Pedra das Obras de Requalificação do “Largo Frei Pedro da Guarda” e outra, com a colaboração da Diocese da Guarda, a Eucaristia de Ação de Graças pela Vida e Obra de Frei Pedro da Guarda, na Sé, onde será revalidado o pedido de canonização deste religioso nascido na Guarda no século XV.Frei , no próximo dia 27 de julho.

Do programa comemorativo que tem início às 18h00 com a missa, constam ainda a Deposição de coroa de flores junto à imagem do religioso no Largo de leva o seu nome, pelo presidente da câmara da Guarda e por um Praça graduado do Centro de Recrutamento do Exército (Guarda); a Leitura do “Auto de Notícia”; a Deposição do “Auto de Notícia”; e ainda a Bênção da Primeira Pedra, pelo bispo da Diocese da Guarda. Seguem-se as intervenções do professor e investigador da UCP, Vítor Gomes Teixeira e do presidente da Câmara, Carlos Chaves Monteiro.

Sobre Frei Pedro da Guarda: Nasceu em 1435 na cidade mais alta, filho de João Luís, tecelão, e de Ângela Gonçalves. Franciscano aos 25 anos, dedicou-se ao resgate de viajantes perdidos na neve das montanhas, fazendo-se para tal sempre acompanhar do seu cão Serra da Estrela, atribuindo-se-lhe o salvamento de centenas de vidas. Assistia também aos doentes, tendo fundado para o efeito o primeiro hospital da Guarda. A sua fama de santidade e notoriedade, em contraste com a sua profunda humildade, levaram-no com 50 anos, a acolher-se ao Convento de S. Bernardino, na ilha da Madeira, então quase despovoada, onde faleceu aos 70 anos, intitulado de Servo de Deus.

Recorde-se que a Câmara da Guarda foi responsável pelo último processo de canonização de Frei Pedro da Guarda, no século XIX, optou ainda pelo Dia de Frei Pedro da Guarda, 27 de julho, como Feriado Municipal, aquando da instituição dos Feriados Municipais em Outubro de 1910. Instâncias superiores terão preterido o Dia de Frei Pedro da Guarda, em favor do atual feriado. Em 2021, a autarquia guardense relança a Causa da Canonização de Frei Pedro da Guarda, passando a consagrar o dia 27 de Julho, como “Dia de Frei Pedro da Guarda.

PROGRAMA

18h00 – Catedral da Guarda
Missa Solene pelo bispo da Diocese da Guarda, Manuel da Rocha Felício

19h00 – Largo Frei Pedro da Guarda
Deposição de coroa de flores
Leitura do “Auto de Notícia”
Deposição do “Auto de Notícia”
Bênção da 1ª Pedra pelo Bispo da Diocese da Guarda

Intervenções: Professor Universitário Vítor Gomes Teixeira e Presidente da Câmara da Guarda, Carlos Chaves Monteiro

20h00 – Pátio do Museu da Guarda
“Porto Seco” de Honra

Guarda Racing Days com adrenalina e muito sucesso

 Miguel Correia e ARC Sport brilharam na Guarda

Foi um fim de semana com grande adrenalina na cidade mais alta , com os pilotos a circular a todo o gás nestes dois dias de corridas com vários tipos de carros de competição a evoluir no traçado misto de 1,5 km.

Foi permitida a presença de um milhar de espectadores na orla do muito interessante e competitivo traçado de terra e asfalto, as mangas finais foram verdadeiramente competitivas. Fernando Teotónio ganhou nos Ralis, António Matias foi o melhor nos “Off Road”, Manuel Correia superou-se entre os Todo Terreno e Miguel Correia entre os SSV. Miguel Correia que ao volante do Can-Am Maverick X3 seria mesmo o vencedor absoluto desta competição organizada pela Câmara Municipal da Guarda e Clube Escape Livre.

Temperaturas elevadas marcaram o Guarda Racing Days, formatado pela pandemia de Covid-19 num horário compacto, com o dia de sábado a receber as sessões de treinos livres e o domingo a acolher o “warm up”, duas mangas de competição, mais as finais e a Super Final. Esta encontraria o vencedor absoluto, o mais rápido após três voltas ao traçado de 1,5 km. Quatro categorias estiveram em competição: Ralis, Off Road, Todo Terreno e SSV.

Nos Ralis, apesar do esforço de Gil Antunes ao volante do muito interessante Dacia Sandero R4, o poderoso Mitsubishi Lancer Evolution X de Fernando Teotónio acabou por vencer a categoria com um tempo total de 4m24,411s.

O terceiro lugar ficou na posse de Paulo Domingos (Mitsubishi Lancer Evo), seguido de Eduardo Santos (Peugeot 208 R2) e Diogo Mil Homens (Fiat Uno), Flávio Alves (VW Bora) e Fernando Pereira (Citroen DS3), fechando a classificação o Toyota Starlet de Fernando Morgado.

 

A categoria Off Road foi ganha por um filho da Guarda, António Matias, no seu Mitsubishi Lancer Evo perante os muitos aplausos dos seus conterrâneos. Matias registou um tempo final de 4m48,072s.

 

Com carros de potência e características bem diferentes, a categoria de Todo Terreno contou com a ISUZU D Max do antigo campeão de Todo Terreno, Rui Sousa, e do Mitsubishi de Manuel Correia que, sem surpresa, foi sempre não só o mais rápido, mas também o mais espetacular.

 

A categoria SSV é uma das que maior e mais rápido desenvolvimento tem experimentado e no Guarda Racing Days os pequenos modelos todo-o-terreno deram espetáculo. O Guarda Racing Days foi o palco para a estreia, em competição, de Miguel Correia ao volante de um SSV. E se o pai deu espetáculo no Todo Terreno, o filho não ficou atrás e com o prémio final da vitória na categoria, ao rubricar o tempo de 4m23,317s. Seguiram-se Luca Tavares (Can-Am) e Filipe Campos (Rage), outro ex-campeão nacional de TT a render-se à prova do Clube Escape Livre, com Bruno Martins a ficar com o derradeiro lugar.

 

Encontrados os vencedores das diversas categorias, as semifinais e a final encarregaram-se de fazer brotar o vencedor da edição 2021 do Guarda Racing Days.

 

A primeira semifinal, foi discutida entre Fernando Teotónio e o piloto da Guarda António Matias. Com um tempo de 4m27,506s, Teotónio superiorizou-se ao piloto egitaniense o que lhe deu o passaporte para a final.

 

A luta entre pai e filho na segunda semifinal foi um dos momentos altos destes Guarda Racing Days. Vencedores das categorias Todo-o-Terreno e SSV, Manuel e Miguel Correia lançaram-se para a meia-final com desejo de alcançar o troféu. O filho Miguel não deu hipóteses ao pai Manuel, com os dois Correia a oferecerem um grande espetáculo ao público.

Ficava marcado o encontro para a Grande Final entre o poderoso Mitsubishi Lancer Evo X de Fernando Teotónio e o ágil e veloz Can-Am SSV de Miguel Correia.

Levou a melhor o jovem Miguel Correia, por uma margem inferior a cinco segundos, face a Fernando Teotónio, tornando-se no segundo vencedor do Guarda Racing Days, sucedendo a Alexandre Borges, o primeiro vencedor da competição ao volante de um “kartcross”.

 

Já Carlos Monteiro, presidente da Câmara da Guarda, que teve a oportunidade de estar no recinto e andar ao lado de pilotos com a craveira de Rui Sousa em ISUZU ou Manuel Correia em Mitsubishi, salientou: “o Guarda Racing Days é um projeto vencedor e a prova  é a qualidade dos pilotos e das suas máquinas que vêm até à cidade da Guarda competir numa pista única onde o público se sente verdadeiramente parte deste espetáculo.”

 

Já Luís Celínio, presidente do Clube Escape Livre afirmou: “Não posso deixar de respirar fundo e mostrar a minha felicidade no final desta edição 2021 do Guarda Racing Days. Tudo correu segundo o planeado e tivemos uma competição compacta, mas muito bem disputada. Foi magnífico voltar a ter público que, espalhado pelas encostas do recinto, assistiu em segurança às provas com o respeito das normas sanitárias. Parabéns ao Miguel Correia, fez uma prova espetacular e ganhou na sua estreia com o SSV, o que deixará o Guarda Racing Days gravado a letras de ouro no seu palmarés.”

No final, todos os pilotos receberam o troféu SPAL alusivo ao evento e uma lembrança da Câmara Municipal da Guarda.

Sala de Armas no Centro de Receção da Torre de Menagem inaugurada

A Sala de Armas, foi recentemente inaugurada no âmbito do SIAC, Simpósio de Arte Contemporânea que decorreu recentemente cidade mais alta, terá uma dupla valência: por um lado, a constituição de um pequeno núcleo museológico dedicado ao armamento com 20 peças da abrangente coleção de armas do Museu da cidade. Por outro lado, a reabertura do Centro de Receção da Torre de Menagem, permitindo aos visitantes o acesso à Torre de Menagem.

O Município da Guarda, através do Museu da cidade que tutela, tomou a iniciativa de reabrir um espaço para tornar novamente acessível ao grande público a «saudosa» coleção de armas de que o Museu da Guarda é detentor.

Desta forma será possível aos visitantes e turistas visitarem o interior da Torre de Menagem,

classificada como monumento nacional, e subir aos seus terraços, sendo o ponto mais alto da cidade. Recorde-se que o interior da Torre de Menagem, desde a reabertura dos espaços culturais em abril passado, já no processo de desconfinamento, tem vindo a acolher projetos expositivos de arte contemporânea.

A intervenção agora desenvolvida no Centro de Receção será, numa primeira fase, uma adaptação do espaço museológico com uma nova linguagem e uma nova mostra de objetos históricos. Outras intervenções estão programadas para, em breve, reforçar e dinamizar culturalmente a infraestrutura existente.

Pandémica, do Bairro da Luz vence Concurso Boneca de Cristal 2021

 

Após fecharem as votações do Concurso Boneca de Cristal 2021, quem arrecadou a maioria dos votos na Plataforma de Votação online, foi a  Pandémica, do Bairro da Luz.
Assim foi a grande vencedora desta edição com 979 votos e arrecadou o prémio pecuniário no valor de 1000 euros.
Deste modo, fica o agradecimento a todos os que participaram e se esforçaram por apresentar trabalhos e assim este ano o Bairro da Luz foi o vencedor.
Fotos:Mun.Guarda

Festivais de Cultura Popular regressam online, com algumas iniciativas presenciais

Espetáculos online, com algumas presenças

Neste ano, o Município da Guarda volta a apoiar a realização dos Festivais de Cultura Popular do concelho, através das juntas de freguesia e associações locais. No entanto, devido à situação pandémica que ainda vivemos, estas iniciativas não poderão realizar-se nos moldes dos anos anteriores. Assim, os programas dos Festivais deverão decorrer online com algumas iniciativas presenciais. Estão previstos documentários sobre edições anteriores mas também percursos na Natureza, e ateliês de Artes e Ofícios. O primeiro é já no dia 4 de junho com a Feira/Concurso do Jarmelo (que continua a 6 de junho) e seguem-se-lhe: a 12 de junho, as Jornadas da Lã – Festa da Natureza, em Corujeira e Trinta; a 11 de julho, o Festival de Cestaria de Gonçalo – Cultura e Arte; a 24 de julho, Festival Pão Nosso – Festa da Natureza, em Videmonte; a 29 de agosto, “Viagem às Raízes”, em Arrifana; e 6 e 7 de novembro, Festa da Castanha e da Jeropiga, em Famalicão da Serra.

De referir também que as obras realizadas no ano passado, no âmbito da iniciativa “Terra D´Artes”, onde foram convidados artistas nacionais para interpretarem os festivais de cultura popular, serão este ano entregues à organização de cada festival, e as peças serão expostas no seu “habitat natural”.

O objetivo deste ciclo de Festivais passa pela preservação dos valores e recursos culturais e naturais que diferenciam este território, potenciando um olhar atento pela região e homenageando um legado único de um valor inestimável. Da raça autóctone Jarmelista, no Jarmelo, passando pela lã da Corujeira e Trinta, pelo pão de Videmonte, pela cestaria de Gonçalo, a transumância em Fernão Joanes e a pela Castanha em Famalicão. O riquíssimo património cultural da região é uma vez mais o protagonista durante os próximos meses nas aldeias do concelho.

Carolina Beatriz Ângelo homenageada a nível mundial

Há 110 anos – neste mesmo dia 28 de maio de 1911 – a médica e ativista guardense Carolina Beatriz Ângelo tornou-se a primeira mulher a votar em Portugal. Foi, por isso, destaque na imprensa europeia.

E, também por isso, 110 anos depois, é hoje destaque do principal motor de busca mundial, o Google, que celebra esse ato notável de afirmação dos direitos das mulheres e da radical igualdade entre homens e mulheres!

Inserida num mundo estruturalmente machista, Carolina Beatriz Ângelo aproveitou um lapso legal da legislação eleitoral para, enquanto detentora de formação superior e viúva, ser considerada ‘chefe de família’. Foi o reconhecimento judicial dessa condição que lhe permitiu votar.

A esta sua vitória somaram-se muitas outras. Carolina Beatriz Ângelo fundou a Associação Portuguesa de Propaganda Feminista, uma força-chave na luta pelos direitos das mulheres e das crianças portuguesas. Foi uma das primeiras mulheres portuguesas a estudar no ensino superior, licenciou-se em medicina, foi a primeira mulher a realizar uma cirurgia em Portugal.

É com muito orgulho que o Município da Guarda testemunha hoje a homenagem mundial realizada pela Google a esta conterrânea que, pelos seus feitos, se tornou uma figura histórica e um símbolo mundial da afirmação dos direitos e das capacidades das mulheres!

Falar hoje de Carolina Beatriz Ângelo é, em primeiro lugar, falar do dever cívico de lutar pela igualdade de tratamento e de oportunidades entre homens e mulheres. São precisas mais mulheres na vida pública!São precisas mais mulheres na liderança!

É fundamental que mulheres tenham uma representação justa e proporcional nos mais altos cargos de responsabilidade económica, social, política, religiosa e cultural.

O caminho da paridade entre as mulheres e os homens é o legado de Carolina Beatriz Ângelo. É por esse legado que temos de lutar!

 Por:Carlos Alberto Chaves Monteiro, presidente da Câmara Municipal da Guarda