Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: Município de Celorico da Beira

Tag Archives: Município de Celorico da Beira

Celorico da Beira- Investimento de 35mil euros/ano para uma nova EIP

A Câmara Municipal de Celorico da Beira vai investir cerca de 35 mil euros anuais para garantir a constituição de uma nova Equipa de Intervenção Permanente (EIP) para a corporação de Bombeiros Voluntários, passando assim a ter 2 EIP.
Foi assinado pela Câmara Municipal um protocolo com a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) e a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários para a constituição de 1 nova Equipa de Intervenção Permanente. A comparticipação das equipas fica, em partes iguais, a cargo da Câmara Municipal e da ANEPC. Este apoio vem juntar-se a um conjunto de incentivos dados pela autarquia aos Bombeiros.
O Presidente da Câmara Municipal de Celorico da Beira, Carlos Ascensão, sublinha que a Câmara Municipal encetou esforços para suprir essa necessidade e reforçar o socorro prestado à população. Esforço esse que garante ter sido recompensado, já que em pouco tempo foi possível avançar com o protocolo e garantir que Celorico da Beira terá mais uma EIP em funcionamento, assegurando ainda que “a Câmara Municipal continuará a ser um parceiro presente em todos os momentos”.
Constituídas por cinco bombeiros em regime de permanência, as EIP visam assegurar o socorro às populações, nomeadamente em casos de incêndio, acidentes ou catástrofes. São formadas por bombeiros profissionais e caracterizam-se pela sua elevada especialização, com conhecimentos em valências diferenciadas para atuarem em diferentes cenários.
O investimento do município permite assim a criação de mais 5 postos de trabalho fixos.

Férias Desportivas 2021 em Celorico da Beira

As Férias Desportivas 2021, vão acontecer em Celorico da Beira, são dirigidas aos jovens dos 8 aos 16 anos, com o intuito de lhes proporcionar momentos de lazer, socialização e desporto, tão essenciais para a saúde física e mental, em especial nos tempos conturbados que ainda estamos a atravessar por força da crise sanitária.

Uma iniciativa do Município de Celorico da Beira em parceria com o Projeto CLDS 4G – Celorico Solidário, acontecem de 12 a 23 de julho.

Durante a semana selecionada e cumprindo escrupulosamente as regras impostas pela DGS, os jovens vão ocupar os tempos livres de forma saudável, divertida mas, também pedagógica, desfrutando dos prazeres do sol, da água, do ar livre, da beleza das paisagens da Serra da Estrela, do cinema e dos desportos mais radicais como o surf e a canoagem.

Participar nas Férias Desportivas é gozar as férias com alegria, descontração, camaradagem, é partir à descoberta de outras paragens, protagonizar momentos únicos de ação e aventura, enfim, é uma oportunidade para se libertar do pesadelo da pandemia e dos seus constrangimentos e conquistar a almejada normalidade.

 

Celorico da Beira-Apresentação da Unidade de Investigação TORRE

A apresentação da Unidade de Investigação TORRE e a inauguração da exposição “How much does a bullet cost? It takes 250,000 bullets to kill an insurgent”, do escultor João Castro Silva, promovidas pela Associação Luzlinar em parceria com o município de Celorico da Beira, no âmbito do projeto Pontes, vai ter lugar no próximo dia 22 de maio, pelas 17H00, na torre do castelo de Celorico da Beira.

A iniciativa está ancorada num vasto projeto de território, de longo prazo e de escala internacional, promovido pela Associação Luzlinar em parceria com os municípios do Fundão, Belmonte, Guarda, Trancoso e Celorico da Beira. O Projeto Pontes, cofinanciado pelo Ministério da Cultura/Direção Geral das Artes, está organizado em cinco Unidades de Investigação cujas temáticas estão ligadas às realidades locais onde se inserem, a saber: ESCOLA (Guarda); MAPAS (Belmonte); COMUNA (Fundão); TORRE (Celorico) e CAMPUS (Trancoso). Estas Unidades de Investigação acolhem 14 laboratórios de pesquisa artística, que estabelecem ligações criativas e efetivas entre a arte, a educação, a ciência e a cultura, em articulação com as comunidades dos territórios das Beiras e Serra da Estrela.

A Unidade de Investigação TORRE, implementada em Celorico da Beira, tem o propósito de promover a pesquisa artística e científica através do cruzamento de diferentes áreas do conhecimento sob o lema: Unir-Criar-Guardar. O projeto TORRE vai centrar-se na História e património arquitetónico militar e albergar os laboratórios Mons Herminus Itinera (transdisciplinar e transversal a todos os projetos) e o Khrónos, onde a História será o objeto da investigação (matéria prima) e as ferramentas, o tempo e o espaço.

A torre simboliza a multiculturalidade, o centro de confluência de desigualdades e diversidades. Nesta ótica, a torre representa um espaço estratégico de convergência, potenciador da mudança e transformação do território através da arte, da ciência e da cultura

Celorico da Beira-4º Passeio Interpretativo “aBEIRAr”

Inscrições abertas até 26 de maio

Celorico da Beira vai acolher no âmbito do Projeto aBEIRAr  –  “15 CONCELHOS, 1 MESMO TERRITÓRIO”-   no próximo dia 29 de maio, entre as 09H00 e as 12H30,  o quarto passeio interpretativo dedicado ao tema “Água”,  inspirado pela literatura dos autores Celoricenses, do Fundo Local da Biblioteca Municipal, António Carlos Ferreira, Eusébio dos Santos Almeida e José Albano Ferreira . A iniciativa conta com a presença dos convidados, José Conde e António Rodrigues, do Centro Interpretativo da Serra da Estrela (CISE); Paulo Carvalho, da Universidade da Beira Interior e Cecília Lisboa, Mestre em Gestão do Património Cultural.

 O Projeto aBEIRAr nasceu do cruzamento de objetivos entre a Rede Intermunicipal de Bibliotecas das Beiras e Serra da Estrela (RIBBSE), da CIMBSE, a Plataforma de Ciência Aberta de Figueira de Castelo Rodrigo, o Estrela GEOPARK e a Universidade da Beira Interior, com a missão de potenciar o envolvimento e a participação cívica com a ciência, promover o diálogo entre cientista e cidadãos e despertar o interesse da comunidade na construção de conhecimento e valorização do território.

O ciclo de evento ABEIRAR irá percorrer os 15 concelhos CIMBSE, numa sequência de 3 temporadas, cada uma dedicada a um tema central para o território – água, céu e rocha. As atividades são inspiradas a partir de um livro e nas estórias da terra, mas também nas estórias da ciência, que transformarão cada um de nós em cidadãos/ãs cientistas, embaixadores do território para a monitorização da qualidade e características da água, do céu e da rocha, promovendo o conhecimento e o envolvimento dos cidadãos por um bem comum, por um mesmo território.

 Para participar neste passeio interpretativo efetue a sua inscrição até dia 26 de Maio. biblioteca@cm-celoricodabeira.pt | 271712270

Cerca de 7500 lâmpadas LED na rede de iluminação pública do concelho de Celorico da Beira

A rede de iluminação pública do concelho de Celorico da Beira está a ser dotada de  cerca de 7500 lâmpadas LED , numa ação do Município de Celorico da Beira ,num processo já  iniciado em várias freguesias ,que se irá desenrolar ao longo das próximas semanas, em todas as localidades do Concelho.
O Município de Celorico da Beira adjudicou ao consórcio HEN um contrato de gestão de eficiência energética. Este contrato garante uma poupança de 75% na fatura de energia com iluminação pública.
Com um prazo de duração de projeto de 13 anos, o investimento associado a este projeto (3.270.010 €) é garantido pela Empresa Serviços Energéticos, sendo ao longo deste tempo remunerada do investimento com parte da poupança real obtida.
O objetivo deste contrato de performance energética (ESCO) é aumentar a eficiência energética de equipamentos de iluminação pública, e consequentemente reduzir a fatura energética municipal, agora e no futuro, tornando as contas do município mais sustentáveis e aumentando a qualidade do serviço prestado à população.
Esta iniciativa demonstra sensibilidade ambiental e económica nas escolhas do Executivo.
Atualmente o gasto Municipal em Iluminação pública é de 440.000 € por ano. Com a vigência deste contrato a poupança efetiva garantida para o município é de 49.500 € por ano na vigência do contrato (13 anos) e de 330.000 € por ano após o fim do contrato.
Em termos ambientais, a opção por este projeto leva à redução significativa de emissões de CO2 e dos consumos de energia que irá ter impacto nas metas comprometidas para a Agenda 2030.
Fotos: MCB

Lançamento da 1ªpedra para construção do Centro Intermunicipal de Recolha de Animais Errantes Celorico/Gouveia

O lançamento da 1ª pedra para a obra de construção do Centro Intermunicipal de Recolha de Animais Errantes, uma cooperação entre o Município de Celorico da Beira e o Município de Gouveia, teve lugar nesta quarta-feira.
Uma cerimónia que contou com a presença dos presidentes da Câmara Municipal de Celorico da Beira e de Gouveia, Carlos Ascensão e Luís Tadeu respetivamente, acompanhados por vários elementos do executivo municipal dos dois municípios, o gabinete veterinário municipal, o Comandante do Posto Territorial da GNR de Celorico da Beira, Márcio Come, a Diretora de Serviços de Alimentação e Veterinária da Região Centro (DGAV), Rosa Rodrigues entre outros.
O Centro de Recolha Oficial e Parque de Bem-estar Animal São Francisco de Assis, como vai ser assim denominado, está a ser construído num espaço desativado de uma antiga estação de tratamento de águas residuais de Celorico da Beira, tem cerca de 2.000 metros quadrados de área de construção e uma capacidade de acolhimento para 100 cães, contempla uma receção, uma sala de esterilização com recobro, consultório, um anfiteatro para ações de sensibilização ao visitante, arrumos e instalações sanitárias de apoio, 25 boxes de canil e gatil, uma boxe para animais de outras espécies, um expaço exterior de convívio, uma sala administrativa e instalação sanitária, uma sala de tosquia e banho exterior.
Vai ser um investimento de cerca de 200 mil euros na criação deste Centro Intermunicipal de Recolha de Animais Errantes que será comum aos dois concelhos e que vai permitir colmatar a problemática dos animais abandonados, vadios e errantes dos concelhos, acolhendo cães e gatos, sejam entregues por particulares ou recolhidos na via pública, por representarem perigo para as populações, serem objetos de maus tratos ou até serem passíveis de contraírem doenças, entre outras causas. Este equipamento tem a previsão de estar concluído num espaço de 8 meses.
fotos:MCB

Alteração e ampliação do parque industrial vai acontecer em Celorico da Beira

Foi uma batalha intensa do Município de Celorico da Beira  para criar as condições favoráveis à captação de Investimento no Concelho, dinamização das Atividades Económicas e do Empreendedorismo, que permitam a criação de postos de trabalho tão essenciais à fixação e qualidade de vidas das famílias.
Deste modo, a candidatura de 1 milhão euros agora aprovada pela CCDRC responde à necessidade urgente de eliminar as condicionantes que se levantam à instalação de Empresas no Parque Industrial A25, dado que é conhecida a irregularidade do solo, obstáculos que exigem grande movimentação de terra, ações de terraplanagem e melhoria das condições morfológicas da área industrial.
Esta foi uma iniciativa do Executivo com forte determinação no sentido de, atingir o objetivo de trazer investimento para o território e constitui um avanço muito importante para o estabelecimento de Empresas no Parque A25.
O projeto apresentado pelo Município de Celorico da Beira visa a requalificação e expansão do Parque Industrial de Celorico da Beira, junto ao nó da A25 com a N16, com uma área de 551265 m2, disponibilizando 4 novos lotes e o prolongamento da rede viária a Sudeste, bem como, o aumento das áreas verdes e do número de estacionamentos de ligeiros e pesados.
Desta forma, o Município de Celorico da Beira pretende cumprir os seguintes objetivos :
– Promoção da Qualificação Territorial e dos Recurso Humanos,
– Captação de Investimento, Fixação de Empresas, Criação Postos Trabalho,
– Dinamização das Atividades Económicas e do Empreendedorismo,
– Eliminação dos Atuais Estrangulamentos à Instalação de Empresas,
– Adequação dos Lotes às Necessidades dos Empresários.
Esta operação contribuirá ainda para os indicadores de resultado e realização do POR Centro, nos valores apresentados nesta candidatura.
A candidatura foi submetida no âmbito do Aviso de Concurso nº Centro-53-20206-08 – Concurso para Apresentação de Candidaturas de Operações de Acolhimento Empresarial – Apoio à Localização de Empresas, nos termos do previsto no n.º 6 do artigo 16.º do Regulamento Geral dos Fundos Europeus Estruturais e de Investimento (FEEI), aprovado pelo Decreto-Lei n.º 159ƒ2014, de 27 de outubro, bem como do artigo 9.º do RECI – Regulamento Específico do Domínio da Competitividade e Internacionalização.
No seguimento da notificação de admissibilidade da candidatura, e após análise técnica, a CCDRC verificou que o projeto apresentado cumpre as condições de elegibilidade necessárias para efeitos de seleção e consequente cofinanciamento.
Deste modo, para o  Município esta aprovação foi é motivo de grande  satisfação, da candidatura, a título definitivo sujeita a audiência prévia dos interessados, nos seguintes termos:
Será um Investimento Total: 1 009 954,14 € e uma Comparticipação FEDER de 85%.

Dia Mundial do Cancro assinalado em Celorico da Beira

O Município de Celorico da Beira associou-se à Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC), na divulgação do Dia Mundial do Cancro, uma iniciativa da União Internacional de Controlo do Cancro, que se assinalou nesta quinta-feira , onde o objetivo foi consciencializar para uma cidadania ativa na luta contra o cancro.
Neste ano de 2021, a LPCC desafia-nos a participar na iniciativa 21 dias para a mudança, ação que através da educação para a saúde, visa promover a mudança de comportamento.

Juntas de Freguesia recebem apoio do Município Celoricense

Em comunicado, o Gabinete de Apoio à Presidência do Município de Celorico da Beira, informa que as assinaturas protocolares têm decorrido no Gabinete do Presidente da Câmara Municipal e a cada Junta de Freguesia é atribuído um apoio específico que varia em função das características próprias da população e da dimensão das 16 freguesias.

Este apoio financeiro é um compromisso com todos os celoricenses, representa um investimento anual de 80 mil euros. O processo ainda decorre tendo em conta que algumas freguesias ainda não se prontificaram para estabelecer o acordo.

Para o Presidente da Câmara Municipal de Celorico da Beira, Carlos Ascensão, “esta é a forma equitativa de apoiar as Juntas de Freguesia, e consequentemente as populações, através da atribuição de uma verba anual, que dá a cada junta de freguesia uma verba calculada em função da sua dimensão e necessidades especificas.

O apoio financeiro não podia ser igual para todas, explica o autarca, pois na realidade as freguesias têm características geográficas diferentes, população e necessidades de limpeza e conservação de área urbana e rural muito diferentes.

O Município executa uma medida inovadora, sem precedentes e muito útil para as freguesias, que no exercício das suas competências próprias em matéria de ordenamento urbano, rural e de manutenção de equipamentos do espaço público, têm agora um apoio financeiro importante para fazer face às despesas e melhorar o serviço que prestam às populações.

Foto: Mun.CB

Alunos do 1ºciclo recebem cadernos de atividades pelo Município de Celorico

O Município de Celorico da Beira , liderado por Carlos Ascensão, vai investir cerca de 5800€ para ajudar as 154 crianças que frequentam o 1.º ciclo com a oferta dos cadernos de atividades.

Este apoio concretiza-se em forma de vouchers a utilizar nas livrarias/papelarias do concelho (aderentes), que devem ser levantados pelos encarregados de educação a partir do dia 21 de agosto no edifício da Câmara Municipal de Celorico da Beira (dias úteis, das 09h às 17h).Através de uma iniciativa valeducar.

Assim uma boa forma de apoiar a educação no concelho celoricense.