Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: Penalva do Castelo

Tag Archives: Penalva do Castelo

Aguiar da Beira, Sátão, Penalva do Castelo, Mangualde e Nelas vão ter oficinas de cocriação

Vai ser promovido pela Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões e  Associação de Desenvolvimento do Dão (ADD), no âmbito do projeto CRAFT – Turismo Criativo Viseu Dão Lafões, entre os dias 08 e 15 de junho, vão promover oficinas de cocriação, dedicadas a participantes com competências criativas e de design.

Estes workshops, abertos ao público em geral, pretendem reinterpretar matérias primas tradicionais e desenvolver novas abordagens estéticas e modos de aplicação das mesmas. Aqui, os participantes, acompanhados por mestres artesãos locais, são desafiados a entrar em contacto e experimentar várias técnicas artesanais.

As oficinas de cocriação estão calendarizadas da seguinte forma: “Ferro e Vidro” | dia 08 | Antigo Balneário dos Ingleses, Canas de Senhorim | Nelas; “Cestaria” | dia 09 | Penalva do Castelo; “Têxtil” | dia 14 | Biblioteca Municipal | Aguiar da Beira; “Cerâmica” | dia 15 | Ateliê Sérgio Amaral | Mangualde.

De acordo com o Secretário Executivo da CIM Viseu Dão Lafões, Nuno Martinho, “A CIM está empenhada em promover o património associado às artes e ofícios tradicionais, enquanto fator de diferenciação e competitividade turística. Com o projeto CRAFT pretendemos estruturar, no nosso território, uma experiência turística de âmbito cultural ímpar, capaz de afirmar Viseu Dão Lafões enquanto destino de excelência”.

“Com esta iniciativa a CIM e os seus parceiros pretendem começar a envolver a comunidade local e abrir portas a outros interessados neste projeto, muito focado na capacitação dos agentes ligados ao artesanato”, concluiu o Secretário Executivo.  

Segundo o Coordenador da ADD, Emanuel Ribeiro, “Esperamos atrair novos públicos através da oferta estruturada de experiências criativas e inovadoras de turismo cultural”.

Recorde-se que o Craft Turismo Criativo, assume-se como um projeto de valorização, qualificação e promoção turística baseado nos recursos e ativos patrimoniais, culturais e imateriais associados ao artesanato, do saber-fazer à criatividade, que conta com a participação ativa das comunidades de Aguiar da Beira, Sátão, Penalva do Castelo, Mangualde e Nelas.

As Oficinas de Cocriação são gratuitas e decorrem entre as 15h00 e as 19h00, as inscrições podem ser efetuas em: https://tinyurl.com/9s7euyd

Penalva do Castelo-“Conversas + Iguais” debateram igualdade de género

No âmbito da construção participada do Diagnóstico do Plano Municipal para a Igualdade foram realizadas, no passado dia 20 de abril, duas sessões da iniciativa “Conversas + Iguais”, um espaço de debate sobre questões relacionadas com a igualdade de género nas áreas da educação e capacitação, do emprego e da política.

Através do conhecimento da realidade social local detido pelos participantes foram recolhidas perceções e práticas nestas áreas com o objetivo de complementar a análise dos indicadores quantitativos já recolhidos, enquanto valioso contributo para a construção do diagnóstico, bem como para o processo de intervenção social a realizar.

Esta fase integra-se num processo de construção do Plano Municipal para a Igualdade de Penalva do Castelo, onde se pretendem identificar e priorizar as necessidades do Município em matérias alinhadas com a Estratégia Nacional para a Igualdade e a Não Discriminação (2018-2030) e definir estratégias interventivas locais que concorram para o cumprimento dos objetivos da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável.

Gaspar e Maria regressam às escolas de Viseu Dão Lafões 

O Gaspar e Maria, mascotes do projeto Wanted | Escolas Empreendedoras da CIM Viseu Dão Lafões, estão de regresso às escolas da região.

Da agenda de visitas já arrancaram em Aguiar da Beira, constam, ainda, escolas dos municípios de Carregal do Sal (09 de março), Castro Daire (11 de março), Nelas (09 de março), Penalva do Castelo (10 de março), São Pedro do Sul (07 de março), Sátão (08 de março), Tondela (em data a definir) e Viseu (08 de março).

No âmbito desta iniciativa, os alunos serão presenteados com um “Kit” composto por diversos elementos lúdico-pedagógicos.

A “Aventura do Gaspar e da Maria” chegará a 426 alunos, oriundos de 27 turmas, de 18 escolas do 1º ciclo. Sendo que, o projeto Wanted – Escolas Empreendedoras envolve 180 professores, 240 turmas e mais de 3200 alunos, do pré-escolar ao ensino secundário/profissional, dos 14 municípios que constituem a CIM.

Na sua 10ª edição, o projeto Wanted – Escolas Empreendedoras mantém-se fiel ao seu objetivo de construir as escolas do futuro, potenciando o desenvolvimento competências pessoais e sociais inerentes a um perfil empreendedor, nos alunos de Viseu Dão Lafões.

De acordo com o Secretário Executivo, Nuno Martinho, “A visita do Gaspar e da Maria insere-se nas atividades planificadas para as turmas do 1º Ciclo do Ensino Básico que integram o projeto Wanted – Escolas Empreendedoras. Com esta iniciativa, que funciona em complemento a outras desenvolvidos pela CIM e em perfeita articulação com os agrupamentos de escola da região e com os centros de formação de professores, onde se destacam projetos como o do laboratório móvel das ciências, da literacia financeira ou ambiental, entre outros, que temos em curso nas nossas escolas, pretendemos, fundamentalmente, sensibilizar, formar e capacitar os nossos alunos para a temática da educação empreendedora, com uma tónica, também, na valorização dos nossos recursos territoriais e reforço do sentimento de pertença e de identidade”.

Foto:DR

AF Viseu- Moimenta do Dão- SC Penalva do Castelo- 2-1

Pontos preciosos para moimentenses

A chuva e o frio marcaram presença no Estádio Conde de Anadia, em Mangualde, onde grandes tardes de futebol ali foram vividas, assim o Moimenta do Dão a receber e vencer o Penalva do Castelo, na estreia de João Bento a liderar os moimentenses, com uma grande moldura humana afeta a ambas as equipas.

Foi uma primeira parte com ambas as equipas a ambientarem-se ao terreno de jogo que face à chuva estava mais rápido e ao esquema de cada uma das formações, foram existindo diversas situações de ataque mas os keepers iam resolvendo.

Golos animam os adeptos

A segunda parte, trouxe os golos e os penalvenses abriram o ativo por intermédio de Gustavo, aos 47´numa bela jogada, mas os moimentenses estavam empolgados e já na primeira metade o tinham demonstrado, conseguem chegar ao golo do empate após jogada de ataque, Rafael Barreiros numa infelicidade coloca a bola na baliza penalvense. O encontro ganhou mais intensidade e acabaram por os locais conseguir marcar agora por Veiga, aos 63´. As substituições eram a solução dos técnicos, onde João Bento e Simão procuraram que algo acontecesse,mas o resultado não mais se alterou e os moimentenses alcançaram 3 pontos importantes na luta pela manutenção.

Por sua vez , os penalvenses mantém a liderança deste grupo.

 

 

Município de Penalva do Castelo recebeu 15 compostores

A Associação de Municípios da Região do Planalto Beirão (AMRPB) está a reforçar a aposta no incentivo à compostagem doméstica com cerca de 400 baldes para a recolha de resíduos biodegradáveis, que estão a ser distribuídos em todos os municípios associados à iniciativa, no âmbito da campanha “Compostagem: Eu faço!” integrada no projeto “BioBairros — da Terra à Terra”.
Com a aprovação da candidatura do AMRPB ao Fundo Ambiental, o Município de Penalva do Castelo recebeu recentemente, 15 compostores (13 para utilizadores domésticos e 2 para utilizadores não domésticos/comunitários) que permite a gestão dos bio-resíduos produzidos ao nível das cozinhas, cantinas e refeitórios das habitações e instituições.
A execução deste projeto possibilita a diminuição dos resíduos urbanos biodegradáveis presentes nos resíduos indiferenciados com impacto direto nas quantidades depositadas em aterro sanitário.
Com a receção deste conjunto de equipamentos destinados à compostagem, o Município vai desenvolver um estudo, de modo a definir os moldes de funcionamento deste projeto piloto na gestão dos bio-resíduos domésticos.

Compostagem – O que é?
A compostagem é um processo natural de decomposição de matéria orgânica por ação de microrganismos na presença de oxigénio. Trata-se de uma técnica simples e eficaz de valorização de resíduos biodegradáveis (biorresíduos), cujo resultado é um material rico em nutrientes (composto) que pode ser utilizado como fertilizantes orgânico.

 

Queijaria de Germil premiada em Itália

O Queijo Serra da Estrela Dop continua  a ter sucesso um pouco por toda a Europa e assim a Queijaria de Germil, do concelho de Penalva do Castelo, participou no concurso internacional em Itália, “Prémio Roma Formaggi”.

Assim a Queijaria do Germil ficou pelo terceiro lugar numa das categorias deste Prémio de renome internacional. Por sua vez , a reação por parte dos responsáveis desta queijaria foi de grande alegria e orgulho:“Mais um reconhecimento Internacional para o nosso queijo!  E a conquista de trazermos um prémio para Portugal!Saber que o nosso queijo está entre os melhores queijos a nível internacional, dá-nos uma grande satisfação.Um prémio que é uma certificação para um consumidor cada vez mais atento e informado, que coloca a QUALIDADE no centro das suas escolhas.

Esta qualidade é o resultado do trabalho, esforço, dedicação, história e amor pela arte”.

 

 

AF Viseu- Penalva do Castelo -Carvalhais-2-0

Um encontro bastante aguardado no parque de Sant´Ana, uma vez que os penalvenses querem chegar aos lugares da frente, assim tiveram pela frente o Carvalhais e acabaram por vencer por duas bolas a zero.

Uma primeira parte muito equilibrada com ambas equipas a lutar de igual por igual, algumas oportunidades mas o nulo a persistir .

Para a segunda parte, assistiu a uma fase que aluta pela posse de bola era grande e valeu alguns cartões aos jogadores de ambas equipas, mas Simão e Fernando Pinto mexiam no xadrez e ansiavam chegar ao golo.

Os penalvenses conseguiram uma falta que valeu o segundo amarelo a B.Alves que veio a ser expulso e acabaram por abrir o ativo por intermédio de Papy através da transformação de uma grande penalidade, ao minuto 70.

O Carvalhais procurou reagir e tentar a igualdade , mas seriam os pupilos de Simão a conseguir marcar e cimentar a vitória por Rodrigo Machado, aos 87´.

Em suma, um triunfo positivo para os penalvenses que agora ficaram mais perto dos dois lugares cimeiros, o Carvalhais viu encurtada a distancia para o seu adversáriio.

 

Nova Plataforma online de promoção da maçã Bravo de Esmolfe

Este novo projeto de valorização e promoção da maçã Bravo de Esmolfe tem assinatura do CEIT – Centro Estratégico de Inovação Territorial.

No dia em que se assinalou o Dia Internacional da Maçã, o CEIT – Centro Estratégico de Inovação Territorial anuncia uma nova plataforma online de promoção da maçã Bravo de Esmolfe, produto único no mundo, originário da freguesia de Esmolfe em Penalva do Castelo.

Segundo Cristóvão Monteiro, presidente executivo do CEIT – Centro Estratégico de Inovação Territorial, este projeto nasce da necessidade de afirmar uma marca territorial
forte que permita relançar o produto, bem como os atores que gravitam ao seu redor.

Esta maçã é uma verdadeira “vitamina” e um fruto cada vez mais procurado, nomeadamente pelos segmentos de saúde e bem-estar. As suas propriedades benéficas
são únicas e estão demonstradas em estudos científicos de diferentes áreas da medicina, explica.

O objetivo passa por criar uma autêntica plataforma de cooperação que alavanque a economia local e regional através da promoção dos produtores, comerciantes e restantes
elementos da cadeia de valor da maçã Bravo de Esmolfe.

Este projeto pretende não só ajudar a promover o produto, mas também alavancar a atividade turística por via da valorização do território, da sua cultura e das suas gentes. A
nova marca e respetiva plataforma online já estão em desenvolvimento e devem ser apresentadas em 2022, depois de um processo de auscultação e envolvimento de todos
os stakeholders.

Para além do impacto que será gerado na economia, este projeto pretende ainda produzir conhecimento científico e fomentar a investigação sobre a origem e as características do produto.

Órgãos Autárquicos do Município de Penalva do Castelo

Os Órgãos Autárquicos do Município de Penalva do Castelo (Assembleia Municipal e Câmara Municipal – para o quadriénio 2021/2025) foram instalados,  numa cerimónia que aconteceu nas Instalações da loja de Cidadão.
Depois de uma terceira vitória consecutiva do Partido Socialista no concelho, Francisco Carvalho foi empossado como Presidente da Câmara Municipal de Penalva do Castelo, tendo ainda sido investidos os restantes Vereadores que compõem o executivo Municipal, Pedro  Monteiro (Vereador da coligação PPD-PSD.CDS-PP-Mudar Penalva), José Laires (Vereador do PS), Lucília  Santos (Vereadora do PS) e José  Fernandes (Vereador da coligação PPD-PSD.CDS-PP-Mudar Penalva).
Os membros que compõem a Assembleia Municipal são: Vítor Manuel Melo Fernandes (Partido Socialista) – Presidente da Assembleia Municipal, Luís Miguel Gouveia (Partido Socialista) – 1.º Secretário, Dália Maria Araújo Silva (Partido Socialista) – 2.ª Secretária, David Paulo Torres Macário (coligação PPD-PSD.CDS-PP-Mudar Penalva), José Luís Albuquerque Antunes (coligação PPD-PSD.CDS-PP-Mudar Penalva), Luís Filipe Cardoso Pinto (Partido Socialista), Patrícia Alexandra Teixeira de Albuquerque Costa (coligação PPD-PSD.CDS-PP-Mudar Penalva), Tânia Mariza Gomes dos Santos (Partido Socialista), António Manuel Lopes de Carvalho (coligação PPD-PSD.CDS-PP-Mudar Penalva), Maria Elizabeth Oliveira Cancelas (Partido Socialista), Alexandre Manuel de Jesus Monteiro (Partido Socialista), Carlos Alberto de Pina Rodrigues (coligação PPD-PSD.CDS-PP-Mudar Penalva), Sofia Cristina Andrade Freitas (Partido Socialista), Clara Margarida Melo (coligação PPD-PSD.CDS-PP-Mudar Penalva), António José Jesus Silva (Partido Socialista), Carlos Alberto Rodrigues Ferreira (coligação PPD-PSD.CDS-PP-Mudar Penalva) – Presidente da Junta de Freguesia de Castelo de Penalva, Nuno Paulo Ferreira Marques (Partido Socialista) – Presidente da Junta de Freguesia de Esmolfe, Lúcia Marlene Macário Lopes (Partido Socialista) – Presidente da Junta de Germil, José António Araújo Lopes (Partido Socialista) – Presidente da Junta de Freguesia de Ínsua, Marco Paulo Pais Correia (Partido Socialista) – Presidente da Junta de Freguesia de Lusinde, Sérgio Cabral Oliveira Macário (Partido Socialista) – Presidente da Junta de Freguesia de Pindo, Carlos Afonso Alves Matos (Partido Socialista) – Presidente da Junta de Freguesia de Real, Arcidres Rodrigues Loureiro (Partido Socialista) – Presidente da Junta de Freguesia de Sezures, Joaquim dos Santos Pereira (Partido Socialista) – Presidente da Junta de Freguesia de Trancozelos, Paulo Alexandre Almeida Fonseca (Partido Socialista) – Presidente da Junta de Freguesia da União das Freguesias de Antas e Matela, Celso Tavares Lopes (Partido Socialista) – Presidente da Junta de Freguesia da União das Freguesias de Vila Cova do Covelo e Mareco.

Penalva do Castelo homenageou Maçã Bravo de Esmolfe

Decorreu, recentemente no Centro de Exposições de Produtos DOC, na Freguesia de Esmolfe, a XXV Feira da Maçã Bravo de Esmolfe, resultante de uma iniciativa da Câmara Municipal de Penalva do Castelo e da Junta de Freguesia de Esmolfe, com o apoio da FELBA – Promoção das Frutas e Legumes da Beira Alta.
O evento contou com a presença da Secretária de Estado da Ação Social, Rita Cunha Mendes, do Diretor Regional da Agricultura, Fernando Martins, do Vice-Presidente da CCDRC, José Morgado, da Diretora da Cultura do Centro, Suzana Menezes e demais entidades.
O dia iniciou com uma missa campal, presidida pelo Sr. Padre José António, acompanhada musicalmente pelo grupo da paróquia local.
Pelas 10.30h as entidades oficiais foram recebidas pela Banda Musical e Recreativa de Penalva do Castelo, tendo-se seguido uma visita aos produtores de maçã Bravo de Esmolfe e restantes expositores (artesanato, produtores/engarrafadores de vinho de Penalva do Castelo, fumeiro e IPSS).
Na breve cerimónia, usou da palavra o Presidente da Junta de Freguesia de Esmolfe, Nuno Marques, que agradeceu a presença de todas as entidades presentes, produtores de maçã Bravo de Esmolfe, artesãos e os demais. Referiu as características da maçã Bravo de Esmolfe como únicas, apelidando-a como “rainha das maçãs portuguesas”, destacando as “suas excelentes qualidades degustativas, com um aroma intenso, agradável e único”.
De seguida o Vice- Presidente da FELBA, Rogério Martinho, defendeu que “tem de haver regularização entre o preço de produção e o preço do quilo da maçã pago aos produtores para que o esforço retorne para o agricultor e o motive”.
O Presidente da Câmara Municipal, Francisco Carvalho, afirmou que “a coesão territorial justifica que haja uma especial atenção para os territórios do interior, denominados de baixa densidade populacional, tornando-os mais coesos, promovendo a melhoria da qualidade de vida das suas populações, o aumento da competitividade económica e a preservação dos seus produtos e recursos naturais. Debatemo-nos com desigualdade de investimentos entre litoral e o interior.” Concluiu o seu discurso afirmando que “o Governo tem de criar mecanismos de incentivos fiscais que visem combater a interioridade”, tendo apelado à Secretária de Estado da Ação Social, Rita Cunha Mendes, para que em conjunto com o diretor Regional de Agricultura e Pescas do Centro, Fernando Martins, se preocuparem um pouco mais com os produtos endógenos, a maçã Bravo de Esmolfe, o queijo Serra da Estrela e o vinho Dão de Penalva do Castelo.
A Secretária de Estado da Ação Social, Rita Cunha Mendes, referiu que tem “acompanhado com muito cuidado e atenção todas as solicitações e que o Governo está atento e empenhado em requalificar, renovar e alargar a rede de apoio social”. Lembrou que o “Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) terá um pacote de financiamento destinado aos agricultores para promover a inovação e a agricultura sustentável para a tornar mais competitiva”. Concluiu, afirmando que “estas oportunidades devem ser aproveitadas para valorizar e potenciar os produtos endógenos”.
Durante a tarde subiu ao palco a Casa do Povo de Esmolfe, que animou as centenas de pessoas presentes no recinto.
Com esta iniciativa , realça-se a importância da produção de maçã Bravo de Esmolfe no tecido socioeconómico do concelho de Penalva do Castelo e divulgar o que de melhor se produz no território.