Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: pinhel

Tag Archives: pinhel

Pinhel- Provas Comentadas de Vinhos iniciam no Casa Altas (Souropires)

Vai ter lugar este domingo, 18 de julho, a primeira prova comentada dedicada aos vinhos Casa Altas (Souropires). As Provas Comentadas de Vinhos organizadas pelo Município de Pinhel com a colaboração dos produtores do concelho têm lugar nas vinhas ou adegas, estando o transporte a cargo do Município. As inscrições são limitadas e obrigatórias, podendo ser feitas no Posto de Turismo e também pelo telefone 961 296 796.

Pinhel vai receber a pré final do Concurso 7 Maravilhas

A cidade falcão foi a escolhida para a Pré final do Concurso 7 Maravilhas, mais um bom momento para esta localidade que tem a competir o Restaurante Entre Portas entre os finalistas, no próximo dia 18 de agosto.
Dos Petiscos e Doçaria à Carne, Peixe e Mariscos, dos Vegetarianos e Veganos à Cozinha Molecular, estão eleitos os candidatos que vão representar cada região em mais uma edição do concurso 7 Maravilhas, desta vez “com os olhos na cozinha portuguesa do futuro”.
De referir que a acompanhar as 140 propostas de Nova Gastronomia estão outros tantos vinhos que foram selecionados por especialistas reunidos em Pinhel, Cidade do Vinho 2020-2022, no passado dia 10 de junho.
No distrito da Guarda, onde encontramos a “Bochecha Confitada” do restaurante Entre Portas e também os Vinhos da Beira Interior, com destaque para os Vinhos de Pinhel. “Casas Altas Tinto Touriga Nacional 2017” é a sugestão na categoria Carne. Para a categoria Peixe e Marisco (Truta com Vinagrete | TrutalCôa) a escolha recai sobre o “Aforista Branco 2018” e, finalmente, a acompanhar a categoria Doçaria (Mil-Folhas | Colmeia), temos o “Aforista Colheita Tardia Branco 2017”.

140 Finalistas Regionais 7 Maravilhas da Nova Gastronomia”

A Organização das 7 Maravilhas de Portugal reforça junto dos portugueses a importância de se experimentar Portugal como o “Melhor País do Mundo para Comer”, quer pelos restaurantes, quer pelas cozinheiras e cozinheiros criativos, quer pela qualidade da nossa produção.

Depois da Organização das 7 Maravilhas de Portugal® ter recebido a sugestão de 1147 candidaturas dedicadas à Nova gastronomia, o Painel de Especialistas composto por 140 elementos de todos os 18 distritos e 2 regiões autónomas, teve a função de efetuar a primeira seleção dos estabelecimentos, reduzindo a lista para 7 restaurantes e chefes candidatos por distrito e regiões autónomas em cada uma das 7 categorias.

Os candidatos estão organizados a partir de 7 Categorias, que expressam as várias opções de iguarias da Nova Gastronomia, tendo em conta não só a tradição que temos em Portugal, mas colocando igualmente nos pratos da balança, novas opções gastronómicas, que traduzem as escolhas de segmentos da população cada vez mais alargados e onde se afirma uma preocupação cada vez mais notória com a saúde pública e com a sustentabilidade alimentar. Entendendo-se por iguarias a comida requintada e saborosa, por extensão, qualquer comida bem confecionada.

As categorias a concurso são: Petiscos, Vegetariana, Vegana, Peixe e Marisco, Carne, Cozinha Molecular e Doçaria.

“10 Anos depois da emblemática eleição das 7 Maravilhas da Gastronomia onde honrámos a tradição do nosso receituário, Portugal mudou, e fez evoluir a sua Gastronomia baseada na nossa tradição culinária e na riqueza e frescura dos produtos dos nossos territórios.” explicou Luis Segadães, presidente das 7 Maravilhas®. “Em 2021 vamos eleger uma gastronomia nova, inspirada na tradição, mas baseada nos produtos endógenos de cada região, onde observamos novos conceitos ao nível da apresentação, da utilização dos ingredientes mais saudáveis e promovendo maior sustentabilidade alimentar. Desde sempre que os Portugueses valorizaram o “estar à mesa”. Comer é um ato social único, uma alegria imensa, uma felicidade simples e fácil de obter que, mesmo nos tempos difíceis de hoje, não queremos abdicar. As nossas cozinheiras e cozinheiros de “mão cheia” alimentaram essa tradição de comer bem em casa, e fizeram-se depois, estrelas dos restaurantes únicos que encontramos por todos os cantos de Portugal, como em mais nenhum outro lugar do mundo.” acrescentou a organização.

Pinhel acolheu BTT- Troféu de Maratonas da Beira Interior

Pinhel acolheu o Troféu de Maratonas da Beira Interior, prova destinada a atletas filiados na Federação Portuguesa de Ciclismo.
Foi realizado nas diversas classes, com Rui Carvalho a vencer na fase Maratona, com 3h05m57 e Elite sub23, Pedro Larcão nos master 30 e Pedro Correia , no  master 35, Tiago Anselmo, no Master 40, Dário Pereira, no Master 45;
Depois na Meia Maratona saiu vencedor Rodrigo Prezado.
Quanto às classificações podem ser consultadas em http://ac-beirainterior.net/…/2021-07-11-TMBI%204-r1-.html

Município de Pinhel alerta para a falta de Médicos de Família no Centro de Saúde em ofício remetido à Ministra da Saúde

Em comunicado o Municipio de Pinhel informa que:Na sequência da publicação em Diário da República do “procedimento concursal conducente ao
recrutamento de pessoal médico para a categoria de assistente, da área de Medicina Geral e Familiar”
(Aviso n.o 12330-B/2021, de 1 de julho de 2021), o Município de Pinhel remeteu à Senhora Ministra
da Saúde, Prof. Doutora Marta Temido, uma comunicação onde expressa a sua preocupação
relativamente à questão da falta de médicos da área da Medicina Geral e Familiar no Centro de Saúde
de Pinhel.

No ofício, remetido nesta data, o Presidente da Câmara Municipal de Pinhel, Rui Ventura, questionou
a responsável pelo Ministério da Saúde relativamente aos pontos abaixo elencados:
 “Tendo Sua Excelência, a Senhora Ministra da Saúde, anunciado recentemente 459
vagas para “médicos de família”, pergunto porque é que não foi aberta nenhuma vaga para o Centro de Saúde de Pinhel, quando a informação de que dispomos éque a Unidade Local de Saúde da Guarda terá alertado para esta necessidade?
 Atentos ao conteúdo do Aviso n.o 12330-B/2021, de 1 de julho de 2021, verifica-se que para a Unidade Local de Saúde da Guarda foram abertas apenas 3 vagas, todas elas destinadas à Unidade de Saúde Familiar Ribeirinha, localizada na cidade da Guarda.

 O Centro de Saúde de Pinhel enfrenta há já algum tempo o problema da falta de médicos de Medicina Geral e Familiar, a quem é atribuído o importantíssimo papel de “médico de família”, situação que só tem sido minorada pelo facto de médicos em condições de se aposentarem, terem optado por adiar essa situação.
 Neste momento, o Centro de Saúde de Pinhel tem dois médicos em falta, o que corresponde a 2373 utentes sem médico de família.
 Em 2022 prevê-se que saiam mais três médicos tendo em conta que completam 70
anos de idade. Com esta situação, haverá mais 3252 utentes sem médico de
família (1387 em janeiro, 1309 em fevereiro e mais 556 em junho).
 Feitas as contas, 5625 utentes irão ficar sem médico de família em 2022, caso
nada seja feito até lá, ou seja, cerca de 60% da população.
 Acresce a tudo isto o facto de Pinhel ser um concelho com uma população bastante
envelhecida e a necessitar de cuidados médicos de proximidade.”
Face ao exposto, e retomando a primeira questão, o Presidente da Câmara Municipal de Pinhel
terminou a sua missiva perguntando “porque é que não foi aberta nenhuma vaga para o
Centro de Saúde de Pinhel que, se nada for feito a muito curto prazo, poderá ver-se a
braços com uma situação caótica de 5625 utentes sem médico de família?”
Nesta mesma data foi também remetida uma comunicação à Unidade Local de Saúde da Guarda,
pedindo “que diligencie e reitere junto da tutela, como é sua competência, as necessidades
das populações locais abrangidas por esta Unidade”.
“Porque a Medicina Geral e Familiar é essencial nos cuidados de proximidade e todos
sabemos que as dificuldades são ainda maiores nos concelhos do Interior onde além do
fator idade, também pesa a situação económica e social”, o Presidente da Câmara Municipal
de Pinhel manifesta o seu descontentamento e refere que não pode ficar calado e de braços cruzados
perante mais esta situação de injustiça, motivo pelo qual dirigiu hoje mesmo estas duas missivas.

Pinhel vai ter em julho “Noites Vivas”

As “Noites Vivas” são a novidade deste verão em que o Município de Pinhel aposta nas atividades de ar livre.
Tem como objetivo  levar os pinhelenses, e aqueles que  os visitam, a usufruir do espaço público e, em particular, dos espaços públicos que têm vindo a ser recuperados e valorizados.
Uma aposta para animar o Verão dos turistas e dos pinhelenses.
7 julho | 𝗧𝗲𝗮𝘁𝗿𝗼 𝗱𝗮𝘀 𝗕𝗲𝗶𝗿𝗮𝘀 – peça “𝗡𝗼𝘀𝗼𝗰ó𝗺𝗶𝗰𝗼”
Jardim 5 de Outubro
14 julho | 𝗔𝗹𝗳𝗿𝗲𝗱𝗼 𝗟𝗮𝗿𝗮𝗻𝗷𝗶𝗻𝗵𝗮 | música dos anos 60, 70 e 80
Praça Sacadura Cabral
21 julho | 𝗧𝗵𝗲 𝗨𝗻𝗱𝗲𝗿𝗰𝗼𝘃𝗲𝗿𝘀
Parque Urbano
28 julho | 𝗣𝗲𝗱𝗿𝗼𝘀𝘀𝗮𝘅 | clown e saxofone
Jardim 5 de Outubro
(𝘀𝗲𝗺𝗽𝗿𝗲 à𝘀 𝟮𝟭.𝟯𝟬𝗵)

Miguel Teixeira novo 2º Comandante Regional de Emergência e Proteção Civil do Centro

O bombeiro Pinhelense Miguel Teixeira foi nomeado 2º Comandante Regional de Emergência e Proteção Civil do Centro, recentemente.

O jovem bombeiro iniciou o seu percurso em 1992 no Bombeiros Pinhelenses, foi subindo e chegou a subchefe, na altura que passou a 2ºcomandante, mas eis que foi convidado para 2ºComandante Operacional Distrital da Guarda e agora vai exercer novas funções. Um homem sempre em ação e a subir gradualmente na carreira. Foi agora designado, João Rodrigues no cargo de segundo Comandante Operacional Distrital da Guarda, licenciado em Segurança Comunitária, é formador na Escola Nacional de Bombeiros e possui vasta experiência no exercício de funções de comando em corpo de bombeiros.

IPG realiza estudos para criar sistemas de recolha de biorresíduos nos municípios da Cova da Beira

O Instituto Politécnico da Guarda – IPG foi escolhido pela Associação de Municípios da Cova da Beira para realizar estudos municipais que irão permitir o desenvolvimento de sistemas de recolha seletiva de biorresíduos: sobras de refeições, cascas de frutas e legumes, folhas e ervas do jardim. As versões preliminares dos estudos encontram-se disponíveis para consulta pública e para submissão de contributos que visem a melhoria dos documentos até julho. A iniciativa é financiada pelo Fundo Ambiental.

“O projeto visa identificar estratégias e soluções eficazes para que cada município possa assegurar a separação e a reciclagem dos biorresíduos”, afirma Joaquim Brigas, presidente do IPG. “Estamos empenhados em desenvolver projetos de investigação ambiental em parceria com empresas e municípios. Iniciativas como esta permitem melhorar a educação ambiental, sensibilizar para a economia circular e pôr o nosso conhecimento ao serviço da comunidade”.

Os biorresíduos representam 37% dos resíduos urbanos produzidos em Portugal. A diretiva do Parlamento Europeu e do Conselho sobre os resíduos obriga os Estados Membros a fazerem a recolha seletiva de biorresíduos ou a sua separação e reciclagem na origem, a partir de 1 de janeiro de 2024.

“Escolhemos o Politécnico da Guarda para desenvolver este projeto pela reconhecida qualidade científica, pelo mais baixo custo e pela longa relação de confiança que existe entre as duas instituições”, afirma José Manuel Biscaia, secretário-geral da Associação de Municípios da Cova da Beira. “Os estudos elaborados pelo IPG irão trazer grandes vantagens para o planeamento intermunicipal, permitindo uma visão integrada sobre os biorresíduos, bem como a definição de estratégias de atuação – ao nível de equipamentos e transportes – que beneficiem a região”.

A presidência do IPG nomeou Pedro Rodrigues, docente responsável pelo Laboratório de Monitorização e Investigação Ambiental do IPG, para coordenar este projeto. Almeida, Belmonte, Celorico da Beira, Covilhã, Fornos de Algodres, Figueira de Castelo Rodrigo, Fundão, Guarda, Manteigas, Mêda, Penamacor, Pinhel, Sabugal e Trancoso foram os municípios analisados para a elaboração dos estudos que irão permitir implementar eficazes sistemas de recolha de resíduos orgânicos.

“Este projeto faz parte da estratégia europeia para diminuir a deposição de resíduos sólidos em aterros sanitários”, afirma Pedro Rodrigues, docente do IPG. “Em termos ambientais iremos dar um salto qualitativo muito importante: os biorresíduos separados do lixo indiferenciado serão transformados em energia e/ou em composto orgânico para os solos. Para além destas vantagens ambientais, a reciclagem dos resíduos orgânicos irá permitir maior longevidade dos aterros sanitários”.

Vinhos de Pinhel no concurso “7 Maravilhas da Nova Gastronomia”

Foi realizado recentemente, em Pinhel, o processo de seleção de Vinhos que vão acompanhar o concurso “7 Maravilhas da Nova Gastronomia”.
Por sua vez, Rui Ventura, o Presidente da Câmara Municipal, almoçou com os membros do júri vindos de todo o país para esta árdua tarefa de selecionar os 140 vinhos que vão harmonizar com as ementas a concurso.
No final, o autarca agradeceu a confiança do promotor do Concurso 7 Maravilhas, Luís Segadães, bem como o empenho da Associação de Municípios Portugueses do Vinho que em boa hora propôs a realização desta parceria.
O Presidente da Câmara Municipal de Pinhel agradeceu também aos membros do júri a sua participação na iniciativa e fez questão de presentear cada um com o Vinho comemorativo dos 250 anos da cidade e com uma Cavaca, doce tradicional de Pinhel.
Ficou ainda o agradecimento aos alunos da Escola Superior de Turismo e Hotelaria do Instituto Politécnico da Guarda que colaboraram na logística da seleção de vinhos.
Foto:Mun.Pinhel

Rota Turística Literária “Caminho de Salomão” apresentada em Lisboa

O Município de Pinhel foi um dos que participou  na apresentação da Rota Turística Literária “Caminho de Salomão”, projeto a cargo da Associação Territórios do Côa com o objetivo de atrair novos públicos e novos fluxos turísticos ao Interior.
A apresentação teve lugar em Lisboa, na Casa dos Bicos, onde está sedeada a Fundação Saramago, legado do Nobel da Literatura, autor do livro que está na génese da criação desta Rota Turística Literária.
Tendo início em Lisboa e terminando em Castelo Rodrigo, a Rota baseada no percurso inspirado no “Caminho de Salomão” passa pelos concelhos de Fundão, Belmonte, Guarda, Sabugal, Almeida e Pinhel, onde José Saramago esteve mais do que uma vez, tendo criado uma ligação especial à aldeia de Cidadelhe.
Nesta apresentação à Comunicação Social, a associação Territórios do Côa, promotora do projeto, esteve representada pelo seu Presidente, António Machado, Presidente da Câmara Municipal de Almeida, e também pela sua Coordenadora, Dulcineia Moura. Com eles, e em apoio ao desafio, esteve a Diretora Regional da Cultura do Centro, Suzana Menezes, e o Presidente do Clube Escape Livre, Luís Celínio, que deu a conhecer o novo passeio de todo o terreno turístico “Caminho de Salomão”.
Finalmente, os municípios parceiros também estiveram representados e o Presidente da Câmara Municipal de Pinhel, Rui Ventura, brindou os presentes com um “Pinhel de Honra” que deu a conhecer os Vinhos e as Cavacas de Pinhel, dois ex-libris que certamente irão fazer as delícias dos turistas que, daqui em diante, aceitarem o desafio de percorrer o “Caminho de Salomão” e conhecer os vários concelhos que o próprio Saramago percorreu, precisamente um ano antes da sua morte.
À margem da apresentação, o Presidente da Câmara Municipal de Pinhel teve ainda oportunidade de oferecer a Pilar del Rio, Presidente do Conselho de Administração da Fundação Saramago, uma garrafa de vinho comemorativo dos 250 anos da Cidade, convidando-a a voltar a Pinhel onde também já esteve na companhia do companheiro e Nobel da Literatura.
Foto: Mun.Pinhel

Pinhel inaugura Monumento em Homenagem aos Combatentes no Ultramar do Concelho

Aproveitando o feriado do 10 de junho, em Pinhel vai acontecer a inauguração do Monumento em Homenagem aos Combatentes no Ultramar do Concelho de Pinhel, cerimónia que será presidida pela Senhora Secretária de Estado de Recursos Humanos e Antigos Combatentes, Catarina Sarmento e Castro, tendo lugar no Largo da Fonte Nova,  às 10.00h.