Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: Politecnico Viseu

Tag Archives: Politecnico Viseu

Membros do Conselho Geral do Politécnico de Viseu tomaram posse

Teve lugar a cerimónia de tomada de posse  do Conselho Geral do Politécnico de Viseu, com António Correia de Campos a conferir a posse aos membros eleitos .

São dezasseis representantes dos professores e cinco representantes dos estudantes. Os representantes internos irão aprovar, em reunião própria, por maioria absoluta, a(s) proposta(s) de cooptação de nove personalidades externas de reconhecido mérito na qualidade de representantes da comunidade. Posteriormente, com a constituição do órgão totalmente definida, no total de 30 elementos, haverá lugar à eleição do/a futuro/a Presidente do Politécnico de Viseu.

IP Viseu- Conferência Comunicar política de A a Z … da esquerda para a direita

Vai ter lugar uma iniciativa através da plataforma ZOOM, no dia 25 de março, das 10h30 às 11h30, uma conferência organizada por estudantes do 3.º ano do curso de Comunicação Social do IP Viseu, com o apoio dos docentes Joana Martins e Miguel Midões, que tem como objetivos: Contribuir para a literacia política dos alunos de Comunicação Social/participantes da conferência; Colmatar a inexistência de matérias políticas no ensino superior português; Despertar o interesse e a participação dos jovens na vida política; Diferenciar o conceito de esquerda e de direita e entender as diferentes ideologias partidárias.

Os oradores convidados são :Ricardo Morais (docente da Universidade da Beira Interior), a jornalista Maria Pedroso (Antena 1) e Ana Gomes (ex-eurodeputada e candidata recente a Presidente da República).

Eleições no Politécnico de Viseu a 3 de março

Na primeira reunião do ano, realizada no dia 11 de janeiro, o Conselho Geral do Politécnico de Viseu, presidido por António Correia de Campos, deu posse a Álvaro Bonito, para o segundo mandato de Provedor do Estudante, aprovou o Plano de Atividades e Orçamento para 2021 e marcou a eleição do presidente do PV para o quadriénio 2021-2025. O Regulamento e a constituição da Comissão Eleitoral estão disponíveis no site da instituição.

Dia do Politécnico de Viseu celebrado com Música, Ciência, Homenagens e Conversa

No próximo dia 5 de novembro, quinta-feira, celebra-se mais um Dia do Politécnico de Viseu. Uma data especial, num ano memorável, em que a instituição comemora o seu 40.º aniversário. A Aula Magna recebe, a partir das 16h00, em estreia absoluta, um Concerto/Conferência com as Percussões da Orquestra Metropolitana de Lisboa.  O concerto, Poslúdio em Lá Menor, é uma criação de Miguel Sobral Curado e tem a direção musical de Marco Fernandes. A conferência, sob a temática “ALTERAÇÕES GLOBAIS, abrUPtas e disrUPtivas – novos andamentos”, é proferida por Pedro Baila Antunes. Pelas 17h30 haverá lugar a um tributo da instituição a personalidades que iniciaram e fizeram a história do PV.
Mais tarde, pelas 18h30, uma conversa sobre Conhecimento, Cultura e Cidadania com António Correia de Campos, Maria Emília Brederode Santos, José Pacheco Pereira e Patrícia Portela, com moderação de Sandra Rodrigues.
A inscrição nas iniciativas deverá ser feita antecipadamente através deste formulário.

Covid-19-Um ensino superior mais inclusivo e integrador

Teve lugar na Aula Magna do Politécnico de Viseu, uma iniciativa em que sete Politécnicos (Cávado e Vale do Ave, Leiria, Portalegre, Porto, Tomar, Viana do Castelo e Viseu) apresentaram os resultados de 20 Escolas de Verão numa sessão de balanço da iniciativa “Verão com Ciência” , que contou com a participação de Manuel Heitor e João Sobrinho Teixeira, Ministro e Secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

O universo temático das Escolas de Verão apresentadas abrangeu áreas como o abandono do ensino superior, a energia, a saúde, a economia do mar, as tecnologias da informação e comunicação, o turismo e a economia circular, até a processos de inovação pedagógica, como o da avaliação do impacto da pandemia no ensino a distância no ensino superior.

João Sobrinho Simões contextualizou a proposta das Escolas de Verão como resposta, em pleno COVID-19, a um afastamento dos estudantes das instituições de ensino superior e à inércia da retoma das atividades académicas, servindo como exemplo e estímulo para o regresso dos estudantes à atividade. Referiu ainda a necessidade de não bloquearmos com o medo de errar, para que seja possível tomar mais iniciativas como estas, arrojadas, realizadas em curto espaço de tempo, imperfeitas, mas que são a base para melhorar da próxima vez, não repetindo os erros, corrigindo os defeitos, melhorando os resultados.

O presidente do Politécnico de Viseu, João Monney Paiva, sublinhou a forma como os professores da instituição, em particular, se mobilizaram prontamente para colaborar numa iniciativa que, para lá do complemento financeiro ao rendimentos dos estudantes, aproximou diferentes áreas com várias propostas, multidisciplinares. Nesse sentido, também se contribuiu para a política de alargamento da base social de captação de estudantes, com atividades experimentais e aplicadas, sustentando novas situações de ensino-aprendizagem, baseadas na experiência e na prática, que mostraram que é sempre possível aprender mais, aprender ao longo da vida, aprender em permanência.

“Skills 4 pós-Covid – Competências para o futuro”

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior começou com esta sessão no Politécnico de Viseu a discussão pública da evolução do programa “Skills 4 pós-Covid – Competências para o futuro”. O primeiro relatório produzido pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) sobre a evolução do programa, designadamente os resultados relativos à iniciativa “Verão com Ciência”, e a participação de Portugal no estudo comparado “Labour Market Relevance and Outcomes – LMRO”, desenvolvido em conjunto pela OCDE e pela Direção-Geral da Educação, da Juventude, do Desporto e da Cultura da Comissão Europeia, foram descritos, tendo o Ministro Manuel Heitor informado que Portugal colaborará com um conjunto de equipas de outros três países europeus (Áustria, Eslovénia e Hungria).

As políticas de coesão territorial, democratização e internacionalização das instituições de ensino superior numa articulação entre Investigação, Inovação e Relacionamento com os Empregadores, foram os temas abordados.