Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: premio

Tag Archives: premio

Santar Vila Jardim recebe prémio europeu de relevância europeia a nível do Jardins European Garden Awards 2021

Por ocasião da Festa do Ramo da Vindima que a Banda de Santar este ano organizou e que levou o cortejo a casa de Santar, José Luís e Pedro Vasconcelos e Sousa fizeram uma apresentação da mais recente distinção do projeto Santar Vila Jardim com a atribuição que foi feita do “European Garden Awards 2021 “, na categoria de proteção e desenvolvimento de uma paisagem cultural (https://wp.eghn.org/en/santar-vila-jardim/ e https://wp.eghn.org/en/european-garden-award-2021/).

Estes co-promotores do projeto Santar Vila Jardim fizeram questão de compartilhar e repartir o mérito da distinção com o Presidente da Câmara José Borges da Silva e o Presidente da Junta de Freguesia Jorge Abreu, referindo que tal prémio se deve também ao envolvimento das instituições autárquicas e das comunidades neste grande projeto para Santar.

Deolinda Carvalho vence 2ª Edição do Concurso “Apoie a Economia Local – Compre no Comércio Tradicional de Mangualde”

Pode ser uma imagem de ‎ao ar livre e ‎texto que diz "‎APOIE A ECONOMIA LOCAL ن 2°EDIÇÃO COMPRE NO COMÉRCIO TRADICIONAL DE MANGUALDE‎"‎‎Realizou-se o quarto sorteio da 2ª Edição do Concurso “Apoie a Economia Local – Compre no Comércio Tradicional de Mangualde”: assim aqui ficam os premiados;
1º Prémio – Deolinda Lemos de Carvalho – Quintela de Azurara
 2º Prémio – Paulo Alexandre Almeida da Silva – Mangualde
 3º Prémio – Laurinda Amaral – Mangualde
 4º Prémio – Joaquim Amaral – Almeidinha
 5º Prémio – Gabriela Costa Sousa – Mangualde
 6º Prémio – Maria da Glória Correia Pires – Roriz
 7º Prémio – Alberto Ferreira – Abrunhosa-a-Velha
8º Prémio – Sérgio André Ferreira Rodrigues – Mangualde
 9º Prémio – Ana Rita Salgado de Matos – Mangualde
 10º Prémio – Carla Marisa G. da S. Costa Pereira – Mangualde
 11º Prémio – Catarina Nunes – Quintela de Azurara
 12º Prémio – Mafalda Sofia Peixoto Lopes – Vila Garcia
13º Prémio – Helena Patrícia Serra Messias – Lobelhe do Mato
Os vencedores já foram contactados e facultadas as indicações para se deslocarem à AEM a fim de receberem o seu prémio!
A listagem de estabelecimentos aderentes encontra-se disponível em www.aemangualde.com

Projeto sobre diagnóstico e prognóstico de cancro gástrico conquista Prémio para Jovens Investigadores

No âmbito do programa “Cultura, Ciência e Tecnologia na Imprensa”, promovido pela Associação Portuguesa de Imprensa. O investigador Henrique Duarte, do Instituto de Investigação e Inovação em Saúde da Universidade do Porto (i3S), foi o vencedor da terceira edição do Prémio Francisco Augusto da Fonseca Dias e Maria José Melenas da Fonseca Dias para Jovens Investigadores, no valor de 50 mil euros. O projeto distinguido tem como objetivo identificar novos marcadores moleculares de prognóstico em pacientes com cancro do estômago avançado e perceber se estes marcadores podem indicar como os doentes vão reagir a uma das principais terapias existentes.

O júri do Prémio, constituído por Manuel Sobrinho Simões, presidente do Ipatimup, Mário Dinis Ribeiro, professor catedrático convidado da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, e José de Almeida Vicente, investigador do Instituto de Plasmas e Fusão Nuclear do Instituto Superior Técnico, destacou a «qualidade do projeto» e o «potencial de aplicação em produtos ou processos destinados ao diagnóstico, prognóstico, tratamento ou prevenção de doenças cancerosas ou pré-cancerosas».

A equipa de investigação que Henrique Duarte integra descobriu recentemente um mecanismo molecular através do qual os glicanos (cadeias de açúcares presentes nas células) conferem resistência a um anticorpo terapêutico. A identificação deste mecanismo explica a resistência de alguns doentes com cancro gástrico a este agente, que representa uma das poucas terapias personalizadas aprovadas para o tratamento de pacientes com cancro gástrico de estádio IV (avançado e com metástases) positivo para o recetor oncogénico ErbB2 (cerca de 10-15% dos casos de cancro do estômago). A partir desta descoberta, o investigador pretende agora encontrar novos marcadores de prognóstico em pacientes com cancro do estômago e de previsão da sobrevida ou evolução clínica destes doentes.

Denominado LOGIC – “Glycoform-Specific Detection of ErbB2 in Gastric Cancer: Improving Patient Stratification and Redefining Eligibility for Anti-ErbB2 Targeted Therapy”, o projeto agora premiado apresenta também como objetivo «identificar se estes mesmos marcadores moleculares podem prever se doentes com cancro do estômago ErbB2-positivo vão beneficiar da terapia com este anticorpo». «Se soubermos isso, podemos estratificar melhor os pacientes e garantir uma otimização na alocação de recursos».

Para o investigador Henrique Duarte ter conquistado este prémio representa uma «honra e um orgulho». «Desde muito jovem que sonho poder vir a trabalhar na área da investigação em oncologia, mais especificamente no Ipatimup (agora integrado no i3S), reconhecido mundialmente». Além disso, acrescenta, «receber este prémio pouco tempo depois da conclusão do meu doutoramento é uma enorme fonte de reconhecimento, mas principalmente de motivação para que continuemos a trabalhar no sentido de melhorar a qualidade de vida de pacientes afetados por esta doença terrível».

O projeto, liderado por Henrique Duarte, será implementado no grupo «Glicobiologia no Cancro do Ipatimup/i3S, por uma equipa multidisciplinar, que inclui também os investigadores Celso Reis, líder do grupo, e Joana Gomes. O projeto conta ainda com a participação ativa do Centro Hospitalar Universitário São João, Centro Hospitalar Universitário do Porto e IPO-Porto.

O Prémio Francisco Augusto da Fonseca Dias e Maria José Melenas da Fonseca Dias para Jovens Investigadores, resulta do legado da D. Maria José Alves Melenas Dias ao Ipatimup, com o objetivo de apoiar a investigação científica em Cancro e Doenças Pré-Cancerosas. As atividades de investigação serão realizadas no i3S – Instituto de Investigação e Inovação em Saúde, de preferência em articulação com um ou vários hospitais centrais que com ele colaboram (Centro Hospitalar do Porto, Centro Hospitalar de São João e IPO-Porto).

Instituto de Investigação e Inovação em Saúde da Universidade do Porto

Turismo Centro de Portugal, vencedor do prémio no ART&TUR – Festival Internacional de Cinema de Turismo

O filme “Turismo Centro Portugal – Are You Ready?” (https://bit.ly/2WnVXmi), produzido pela Slideshow para o Turismo Centro de Portugal, foi o grande vencedor do prémio do público no ART&TUR – Festival Internacional de Cinema de Turismo. O festival vai ter lugar em Torres Vedras, de 22 a 25 de outubro.

Pela primeira vez na sua história, o Festival ART&TUR ofereceu este ano ao público a oportunidade de votar nos melhores filmes e documentários de turismo na competição, através dos People’s Choice Awards. A votação, dividida em três categorias, decorreu no website do Festival, entre 9 de setembro e 9 de outubro.

O filme “Are You Ready?” foi o grande vencedor da Competição Internacional, com um total de 1555 votos. É de realçar que outro filme representativo da região ganhou a Competição Nacional, com 1272 votos: trata-se de “A Vida ao Centro” (https://bit.ly/33gYyhM), produzido pela Câmara Municipal da Marinha Grande. O Centro de Portugal está assim duplamente de parabéns.

Na categoria documentários, o vencedor foi “O Mestre da Farinha”, produzido por Fartura – Comidas do Brasil.

Os vencedores serão galardoados com o prémio Escolha do Público / People’s Choice Award na Gala de Prémios do Festival ART&TUR, que terá lugar em Torres Vedras no dia 25 de outubro, pelas 17h30.

“É com grande satisfação que verificamos que o nosso filme promocional continua a somar conquistas em todos os festivais internacionais de filmes de turismo em que participa. Uma satisfação que desta vez é especial, uma vez que foi o público a eleger o filme da região como o melhor da competição, e que se alarga à conquista da categoria nacional para o filme das praias da Marinha Grande”, sublinha Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal.

“Este filme é um veículo promocional da região ímpar, que divulga o Centro de Portugal em todo o mundo. Agradeço reconhecidamente a todos os que nele votaram, até ao último momento, numa mobilização entusiasmante que atesta o poder agregador da marca Centro de Portugal e do Are You Ready. Este prémio, é, mais do que nunca, de todos os que votaram e é com eles que partilhamos esta distinção”, acrescenta.

                           Filme tem colecionado prémios internacionais
O filme “Turismo Centro de Portugal – Are You Ready?” tem conquistado prémios e distinções em festivais de filmes de turismo em todo o mundo. O mais recente foi em Cannes, mas já recebeu galardões nos Estados Unidos, em Espanha, na Sérvia, na Letónia e na Bulgária.

Produzido pela Slideshow para o TCP, e realizado por Pedro Vieira, “Turismo Centro de Portugal – Are You Ready?” é um filme promocional com um conceito inovador: o visitante transforma-se na personagem de um jogo passado no magnífico território do Centro de Portugal e tem como objetivo chegar à onda gigante da Nazaré, onde é esperado pelo surfista Garrett McNamara. A mensagem é a de que, alterando-se o personagem principal, poderemos sempre criar novos roteiros, novos percursos, e redescobrir, de acordo com motivações próprias, novos Centros de Portugal.

Turismo Centro de Portugal vence Prémio Turismo Centro de Portugal

ALL WINNERS GROUP_001

A campanha promocional “Turismo Centro Portugal – Visitar e Ficar é Ajudar”, do Turismo Centro de Portugal, foi uma das grandes vencedoras dos prestigiados Prémios Internacionais de Viagem e Turismo “International Travel & Tourism Awards”, atribuídos em Londres. A campanha recebeu o Gold Award, equivalente ao primeiro lugar, na categoria “Best National Tourism Board / Destination Marketing Organisation Campaign” (Melhor Campanha de Entidade Turística ou de Destino Nacional). A gala de atribuição de prémios decorreu na noite desta terça-feira.

“Ficamos extremamente orgulhosos por esta conquista inédita em Portugal. É um galardão muito importante. Estamos todos de parabéns, por um prémio que prestigia o nosso país, o setor do Turismo e a marca Centro de Portugal, que concorreu ao lado de candidatos tão fortes como os Estados Unidos”, sublinhou Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal, minutos depois de receber o prémio.

“Esta distinção mostra também que no meio da tragédia nasce a esperança. A esperança renovada num destino, na sua atratividade, bem espelhada nesta campanha. Deixo uma palavra especial para os nossos parceiros que se envolveram ativamente neste projeto, como a Agência Regional de Promoção Turística Centro de Portugal, a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, o Turismo de Portugal ou a Secretaria de Estado do Turismo, além das Câmaras Municipais e dos nossos empresários. São entidades e pessoas que nos quiseram ajudar, desde a primeira hora, e que hoje alcançaram um prémio tão prestigiante. A equipa do Turismo Centro de Portugal não poderia estar mais orgulhosa: é o prémio mais importante de sempre que recebemos”, acrescentou.

Os International Travel & Tourism Awards distinguem o trabalho de organismos de turismo em todo o mundo. Os vencedores foram escolhidos por um painel independente de jurados de todo o mundo, e representam o melhor que se faz internacionalmente nas viagens e do turismo.

A competição é organizada pelo World Travel Market (WTM London), com a colaboração da Organização Mundial de Turismo (UNWTO). O WTM London é um evento internacional que junta a indústria de viagens entre os dias 5 e 7 de novembro, em Londres, e que é o mais importante a nível mundial nesta área de negócios.

Este foi o primeiro ano de atribuição destes prémios. Os vencedores, nas 13 categorias a concurso, foram anunciados para uma audiência de mais de 500 líderes da indústria do turismo, incluindo governantes, durante a gala que decorreu no Tobacco Dock, em Londres.

A campanha do Turismo Centro de Portugal foi uma das oito finalistas na sua categoria, derrotando candidaturas dos Estados Unidos, do Japão, do Peru, do Egito, da Jordânia, da Estónia, da Finlândia e das Ilhas Faroé.

“Ficámos encantados com a resposta da indústria do turismo a estes prémios e verdadeiramente impressionados com a quantidade e qualidade dos concorrentes. Todos os finalistas representam a essência destes prémios: celebrar o sucesso das entidades de turismo nacionais, regionais e locais e reconhecer as extraordinárias empresas privadas do setor”, destacou Paul Nelson, co-fundador dos International Travel & Tourism Awards”.

Recorde-se que a campanha “Turismo Centro Portugal – Visitar e Ficar é Ajudar” foi criada na sequência dos incêndios que afetaram a região em 2017, e teve como objetivo principal reafirmar o Centro de Portugal como destino seguro e de confiança. Concretamente, incidiu na promoção das regiões mais afetadas, através de outdoors, reportagens na imprensa e spots de rádio, entre outras iniciativas. Os resultados foram extramente positivos, uma vez que esta região registou um crescimento recorde na procura no ano passado.

Promocional do Turismo Centro Portugal vence prémio na Sérvia

O mais recente filme promocional do Turismo Centro de Portugal, intitulado “Próxima Paragem / Next Stop”, venceu um prestigiado prémio no decorrer do Silafest – Festival Internacional de Filmes de Turismo e Ecologia, que decorreu na Sérvia.

O filme foi galardoado com o troféu “Danúbio Azul”, destinado ao concorrente com “Melhor Mensagem”, durante a gala de entrega de prémios do festival, na vila de Veliko Gradište.

“A distinção de ser o filme de turismo com melhor mensagem assenta como uma luva ao ‘Próxima Paragem’, pois esta é uma produção que mostra, de forma muito sensorial, as experiências diversificadas que se podem encontrar nesta região, mesmo para os visitantes que não são providos de todos os cinco sentidos”, sublinha Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal.

Este é já o terceiro troféu arrecadado pelo filme, depois de ter conquistado dois primeiros lugares, em categorias diferentes, na última edição do Art&Tur – 10.º Festival Internacional de Cinema de Turismo, em Portugal, e de ter vencido o Urso de Prata, referente ao segundo lugar, na categoria Região, no festival de cinema de turismo “The Golden City Gate”, em Berlim.

Recorde-se que o anterior filme promocional do Turismo Centro de Portugal, de nome “Turismo Centro de Portugal – Destino Preferido da ECTAA em 2017”, conquistou 12 prémios em 10 prestigiados festivais internacionais de cinema de turismo, tendo sido o terceiro filme com mais prémios entre os quase três mil que competiram a nível mundial, em 2017.

Agora, é a vez de o “Próxima Paragem” levar muito longe o nome da região Centro de Portugal! Em comum, os dois filmes têm a qualidade da matéria-prima – as imagens recolhidas em locais extraordinários do Centro de Portugal – e a empresa que os produziu para o Centro de Portugal: a Slideshow.

O galardão conquistado na Sérvia foi recebido, em nome do Turismo Centro de Portugal, por Alexander Kammel, diretor geral do CIFFT – Comité Internacional de Festivais de Filmes de Turismo.

Pode ver o filme promocional, com a duração de 6 minutos e 17 segundos, neste link: https://vimeo.com/220445458.

APSCDFA premiada no programa BPI Solidário 18

Decorreu em Lisboa, no Centro Cultural de Belém, a entrega dos prémios no âmbito do Programa BPI Solidário 2018, onde a Associação de Promoção Social Cultural e Desportiva de Fornos de Algodres foi presenteada com a quantia de 30 mil euros.

Com o projeto” Casas para jovens em risco”, que tem por objetivo: Assegurar habitação a jovens, antes institucionalizados, com vista à sua progressiva integração na sociedade;Residência acompanhada, inovadora na região, que inclui formação em competências pessoais e orientação sócio-profissional.

Assim representaram a entidade , José Fernando Tomáz, presidente  e Susana Carrola.

Por:AP

Mais desenvolvimento a edição papel de 30 de junho.

 

 

Maria Teresa Maia Gonzalez nomeada para o Prémio Ibero-americano de Literatura Infantil e Juvenil

Maria Teresa IMG_8579Maia Gonzalez , escritora com raízes em Fornos de Algodres e dá o seu nome à Biblioteca Municipal desta localidade serrana, foi nomeada para o Prémio Ibero-americano de Literatura Infantil e Juvenil.

Maria Teresa Maia Gonzalez nasceu em Coimbra. É licenciada em Línguas e Literaturas Modernas e autora de inúmeras obras, sobretudo juvenis, incluídas no PNL. É autora de “A Lua de Joana” um dos maiores sucessos editoriais da literatura juvenil em Portugal, publicado na Verbo. Entre outros reconhecimentos, foi candidata ao Astrid Lindgren Memorial Award 2016.

Referiu-nos a escritora, que se sente muito honrada e agradece a Deus e a todos os que se têm interessado pelo seu trabalho.

 Criado em 2005, este prémio literário, no valor de 28 mil euros,  pela Fundación SM (México) por ocasião do Ano Ibero-Americano da Leitura e visa promover o trabalho de escritores vivos com obra de reconhecida relevância literária dedicada a jovens e crianças, escrita em português e espanhol.

Seia FC visitou o Estádio da Luz

15780847_707865326046338_2863676380344960925_nUm dia especial para a juventude do Seia FC que nesta quinta -feira, rumaram a Lisboa, a fim de assistir ao vivo ao jogo referente à taça da Liga, entre Benfica e Paços de Ferreira.

Um prémio para estes jovens que assim aos poucos vão crescendo, e neste jogo tiveram oportunidade de ver os craques da Liga NOS ao vivo.

Independentemente do resultado final, os senenses no final da partida estavam rad15741026_707977352701802_6719095525305867899_niantes por terem um dia excelente.

Seia FC que cada dia que passa se vai afirmando no panorama do futebol regional.

Por:AP

Foto: Seia FC

Escola Básica e Secundária de Fornos de Algodres celebrou as Bodas de Prata

IMG_6481    25 anos de histórias para contar

Depois de ter início mais um ano letivo no Agrupamento de Escolas de Fornos de Algodres, na passada quinta -feira, dia 15 de setembro,  todos os alunos ficaram a conhecer os seus horários e diversos professores, para tal foram também convidados neste primeiro dia os Pais e encarregados de educação dos alunos que vão frequentar pela primeira vez a educação pré-escolar, o 1º ano do 1º CEB e o 5º ano de escolaridade, para estarem junto dos seus filhos nas atividadIMG_6485es de receção. 

  Como este ano de 2016, se vive num ambiente festivo, face à Escola completar 25 anos de existência, neste sábado, dia 17 , decorreu uma cerimónia oficial para assinalar essa data festiva.

  Depois da concentração de professores, auxiliares, alunos, uns mais antigos para matar saudades dos momentos vividos, e outros que atualmente a frequentam, a cerimória de abertura esteve a cargo do Diretor do Órgão de Gestão, Dr. Artur Oliveira e da Presidente do Conselho Geral , Dra Joaquina Domingues, em que descerraram uma placa alusiva a esta data, da celebração das Bodas de Prata desta Escola, com visita à exposição fotográfica de 25 anos de história.

  Seguiu-se no auditório da escola, o painel onde houve alguns discursos por parte do Diretor do Órgão de Gestão, Dr. Artur Oliveira e da Presidente do Conselho Geral , Dra Joaquina Domingues e da representante de ex alunos, Dra.Ana Clara Loureiro.

  A escola homenageou os melhores alunos, entregando diplomas e prémios de mérito, entregues pelo Diretor, Presidente do Conselho GIMG_6487eral e do Presidente da Assembleia Municipal do Município de Fornos de Algodres.

  As alunas presenteadas foram: 4ºano- Ângela Costa; 6ºano-Filipa Silva e Carolina SantoIMG_6531s; 9ºano-Alice Gomes; 12ªano-média do ensino secundário- Ana Andrade; 12ºano-ensino profissional- Ana Furtado.

  Seguiu-se a Eucaristia celebrada pelo antigo aluno, Padre Nuno Azevedo, agora Arcipreste da Beira Alta e pelo Padre Jorge Luís, Pároco desta Unidade Pastoral.

  A finalizar a parte matinal, teve lugar um almoço convívio.

  Durante a tarde, decorreu um período de animação cultural.

 

Por:Sofia Pacheco