Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: produtos endógenos

Tag Archives: produtos endógenos

VIII edição do Certame Gastronómico do Míscaro em Aguiar da Beira

O Município de Aguiar da Beira vai realizar a VIII edição do Certame Gastronómico do Míscaro nos próximos dias 27 e 28 de novembro, no Pavilhão Gimnodesportivo de Aguiar da Beira.
Este evento pretende divulgar o potencial micológico e gastronómico do concelho, através da dinamização de um espaço gastronómico para degustação das diferentes iguarias confecionadas com cogumelos silvestres e produtos da época, através da participação de restaurantes aderentes do concelho, promoção e venda de produtos sazonais de qualidade e artesanato no mercadinho agrícola, no qual irão participar produtores do concelho representados pelas freguesias, Instituições de Solidariedade Social e artesãos, estando aberta a participação a produtores e artesãos de outros concelhos, privilegiando no entanto os produtos endógenos tais como os cogumelos, maçãs, queijos, ovos, castanhas, nozes, azeite, mel, compotas, licores e muito mais.
Nestes dois dias, o pavilhão gimnodesportivo vai ser palco de múltiplas atividades e muita animação.

Loja de venda on-line “Sabor a Pinhel” foi apresentada na Cidade Falcão

Inserido no programa da Feira do Livro da cidade de Pinhel, foi apresentada na noite desta quinta-feira , a nova loja de venda on-line “Sabor a Pinhel”, pelo Presidente Rui Ventura e o Técnico Daniel da ADSI- (Agência para o Desenvolvimento da Sociedade de Informação e do Conhecimento ) que é Parceira do Município de Pinhel no desenvolvimento deste projeto.

Assim, todos agora podem adquirir a qualquer hora os produtos endógenos do concelho de Pinhel e pode saboreá-los onde se encontrar, em Portugal ou no Estrangeiro.

Ao todo, cerca de 40 referências entre brancos, tintos e espumantes.
Além dos Vinhos, o Azeite e o Mel produzidos em Pinhel também fazem parte do leque de produtos disponíveis, assim como as Cavacas e outros produtos locais como sejam doces, compotas, chutneys, sal aromatizado e até óleos essenciais (produtos biológicos produzidos no concelho).
A completar a oferta, artigos de merchandising para uma lembrança alusiva a Pinhel (pins, canecas ou t-shirts, por exemplo) e, finalmente, os produtos de autor (artesanato e outros).

Compre os produtos aqui: https://www.saborapinhel.pt/

Por sua vez , Rui Ventura , Presidente do Município de Pinhel referiu: “Nós estamos cá para ver a apresentação do site, mas queria começar em primeiro lugar por agradecer aos Produtores de Pinhel, a todos eles que estão presentes já hoje na nossa loja de recursos endógenos, mas também àqueles que eventualmente não estão, mas vão passar a estar seguramente. Aliás ainda hoje tive conhecimento de mais um produtor que quer estar na loja e também, irá estar, já está aliás neste site.
Dizer-vos que, o que vamos apresentar aqui hoje é a sequência daquilo que foi o projeto iniciado em 2015.
  Em 2015 , nós colocámos naquilo que é o piso superior do nosso Posto de Turismo, uma loja de recursos endógenos , eu não me canso de dizer o porquê , como sabem, os Pinhelenses sabem , os meus pais foram comerciantes , e portanto tinham uma loja na Rua da República e eu de muito jovem ia pra tomar conta da loja e acontecia que muitas vezes as pessoas vinham à cidade de Pinhel e não tinham onde comprar o vinho de Pinhel e porquê, porque era um sábado e estava fechado ,e portanto havia essa dificuldade , a Adega Cooperativa estava fechada e fomos cimentando a ideia quando vim para a Câmara Municipal e quando tomei a Presidência achei que era o momento porque nós tínhamos imensa qualidade, tínhamos produtos de qualidade e era preciso dar a conhecer esses produtos, ou seja quem viesse à nossa terra ter a possibilidade de poder levar produtos endógenos de Pinhel.
  Foi por isso que colocámos a loja, agora volvidos seis anos estamos aqui para apresentar um projeto muito mais ambicioso que é a nossa loja no fundo on-line, ou seja em qualquer ponto do Mundo as pessoas podem fazer a compra dos produtos de Pinhel e eles são enviados, há uma particularidade muito importante a Câmara Municipal de Pinhel não tem nenhuma percentagem , é importante isto dizer-se , porque não tem nenhuma percentagem de lucro com os produtos, o que nós fazemos é a comercialização do produto, eu diria mesmo não temos prejuízo porque estamos a ajudar os produtores obviamente mas temos alguns custos que tem a ver com nós vendemos o produto ao valor que vende o produtor.
 Portanto nós assim o fazemos é a faturação, tem de ser feita através da Câmara Municipal e também agora fizemos um investimento que achámos que era importante quando lançámos este site que está , que já está desde as 21h30 on-line , já podem consultar e que como dizia o investimento tem a ver com as caixas próprias , ou seja, nós quando vamos enviar, é um pensamento de dar a conhecer sempre Pinhel de todas as formas , as caixas vão ser caixas próprias , naturalmente para embalar e chegar bem acondicionado a casa das pessoas o produto, mas depois tem uma particularidade que é a imagem de Pinhel, vocês depois vão ver, já estão aqui.
  São estas caixas que vão estar personalizadas e vão sair, no fundo as caixas vão andar pelos Correios, pelas transportadoras, por parceiros que nós temos e que de alguma forma quem vê a caixa vai sempre ler Pinhel e vai despertar curiosidade.
 Eu termino porque não vou alongar muito mais, sei que temos mais de 40 referências de vinho, estão todos os produtores, acho que os Pinhelenses conhecem obviamente os seus produtos, se não conhecem, aqueles que não conhecem vão ter oportunidade de espreitar no site e depois naturalmente ir à nossa loja.
  Eu só queria terminar porque estamos aqui para o site nós temos horários a cumprir, regras a cumprir agora agradecer, porque às vezes andamos à procura muito longe mas temos os melhores perto e os melhores, quero agradecer ao Eng. Gomes que está aqui presente que é o Presidente da ADSI com quem tivemos esta parceria , uma parceria muito importante e como dizia muitas vezes nós andamos à procura de outros bem lá
longe e cá perto temos os melhores . Sr. Engenheiro muito obrigado por esta parceria.
  O Daniel vai fazer a apresentação do site, é um técnico da ADSI, vai fazer a apresentação do site, espero que gostem, espero que o divulguem que nós Pinhelenses também temos essa obrigação que é divulgar aquilo que é nosso que é importante, porque se cada um o fizer , eu sempre acreditei que o passa palavra é muito mais importante que o resto , obviamente que o passe a palavra mas depois quem tem de vir a Pinhel tem de sentir que Pinhel tem qualidade para receber também as pessoas e tem qualidade nos seus produtos por isso desfrutem desta apresentação , divulguem-na e seguramente que quem provar os vinhos de Pinhel ou outro produto de Pinhel bem lá longe vai sentir muito bem aquilo que é o trabalhar a terra do nosso concelho”.

Foi feita a apresentação do site. www.saborapinhel.pt, por Daniel Gomes, da ADSI que destacou: “antes de iniciar a apresentação propriamente dita eu queria deixar só aqui duas notas , agradecer ao Município de Pinhel a oportunidade que deu à ADSI de ser parceira em mais um projeto e a segunda nota será para os Técnicos do Município de Pinhel .

  Foi um projeto que foi desenvolvido, o site em si foi desenvolvido pela ADSI mas o trabalho de fundo foi tão importante como o desenvolvimento do próprio site, quer o levantamento de imagens, levantamento de texto, o contacto com os produtores foi feito pelos Técnicos do Município de Pinhel e por isso acho que é importante referir isso.
  Vou iniciar pela escolha do design e o porquê deste design, houve aqui alguns fatores que tivemos em conta, quisemos que o design fosse essencialmente gráfico, que tivesse imagens apelativas, que chamassem a atenção do utilizador e que simultaneamente remetesse para os produtos de mais qualidade do concelho de Pinhel.
  Quisemos também que o design fosse muito simples, muito funcional, muito lógico e que simultaneamente tomasse a identidade gráfica das outras plataformas gráficas do Município de Pinhel.
 Vou fazer o Resumo da homepage que acaba por ser a porta de entrada na loja on-line e depois vou só referir a navegação no site de uma forma muito objetiva.
 Como eu referi à pouco as primeiras imagens na minha perspetiva acho que é muito importante serem imagens de qualidade para captar logo a atenção do utilizador, num segundo nível os Destaques dos Produtos, é importante referir que neste nível os destaques são aleatórios”.

Em suma,  a grande procura pelos produtos endógenos e tradicionais tem vindo a aumentar e que nem sempre é fácil os produtores locais darem resposta a pedidos de encomendas feitos a partir de outros pontos do país, o Município de Pinhel entendeu por bem avançar com a criação da loja on line “Sabor a Pinhel” (www.saborapinhel.pt).

Feira do Queijo Serra da Estrela em Fornos de Algodres online

Em tempo de pandemia, as tradicionais Feiras do Queijo foram canceladas, agora sabemos que o Queijo Serra da Estrela é um ex-libris nesta região e muito procurado nesta época do ano face a isso, surgiu a ideia de as transformar em plataformas digitais.

Desta forma, a Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela decidiu organizar uma série de Feiras Digitais do Queijo Serra da Estrela.

Fornos de Algodres ao criar a plataforma obomsabordaserra.pt já conseguiu ter sucesso, no ano 2020, uma vez que já não teve evento físico e segundo apurámos, foi com sucesso, o escoamento do Queijo Serra da Estrela e demais produtos endógenos.

Desta forma, Fornos de Algodres não quis ficar de fora desta iniciativa e organizou, também, a sua própria Feira Digital do Queijo Serra da Estrela, que decorre durante o próximo mês de março. Durante o período da feira, o famoso Queijo Serra da Estrela estará em destaque, assim como alguns outros produtos endógenos, que são comercializados habitualmente neste tipo de eventos físicos.

Com esta Feira Digital, o objetivo passa por reforçar o trabalho que a plataforma obomsabordaserra.pt tem vindo a fazer na promoção dos produtos endógenos locais, como forma de ajudar os produtores escoar a produção, em fase de pandemia.

Assim graças ao esforço conjunto do Município de Fornos de Algodres, foi possível integrar na plataforma em 2020, os pequenos produtores de Queijo Serra da Estrela.

Deste modo, todo o produto foi escoado, contribuindo para a manutenção de empregos e crescimento da região.

Para visitar a Feira do Queijo Serra da Estrela de Fornos de Algodres, basta entrar em www.obomsabordaserra.pt, para encomendar o melhor Queijo Serra da Estrela DOP e receba-o, comodamente em sua casa.

“A Serra à sua Porta” com Sabores da Serra da Estrela

A Serra chega à porta dos portugueses com produtos locais das Beiras e Serra da Estrela

BASTA UM CLIQUE E TEM A “SERRA À SUA PORTA”

Se não pode visitar a Serra, é a Serra que vem até si. Pela primeira vez, há um único sítio onde pode encontrar, sem sair de casa, os sabores únicos da Serra da Estrela. Dos queijos Serra da Estrela, azeites de montanha, vinhos, fumeiro e enchidos até ao mel, compotas e doces, na “Serra à sua Porta”, iniciativa da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIM-BSE), encontra as várias plataformas de venda online do território onde, de forma rápida e eficaz, pode encomendar e receber os produtos que tanto gosta. Este é só o primeiro passo. Em articulação com os municípios, a Comunidade Intermunicipal está a trabalhar para que cada vez mais produtores possam vender os seus produtos online.

Está tudo disponível no site oficial Visite Serra da Estrela com o intuito primordial de facilitar o processo de consulta e compra online de produtos típicos e endógenos dos 15 Municípios que compõem a CIM-BSE, mas também contribuir para ajudar os produtores locais que, à mercê da atual crise pandémica e confinamento, precisam de ser apoiados.

Sabores únicos da Serra da Estrela

Basta um clique e a Serra bate-lhe à porta. Com esta campanha “A Serra à sua Porta” vai estar mais próxima dos produtores e das suas necessidades e assim facilitar o contacto direto, ainda que confinado, com os sabores e os saberes do território. Para além de ter a oportunidade de escolher um leque vasto de sabores identitários e exclusivos, esta é também a forma de apoiar os produtores, de apoiar aquilo que é verdadeiramente nosso e local.

A iniciativa “A Serra à sua Porta” tem para já associadas as plataformas de venda online de produtos locais dos municípios de Fornos de Algodres, Manteigas e Sabugal. O objetivo será ramificar aos restantes concelhos do território por forma a criar uma vasta rede de comércio online de produtos locais e identitários que possa suprir as necessidades das economias locais em alturas particularmente desafiantes.

Com “A Serra à sua Porta” pode continuar a viajar. Porque também viajamos quando saboreamos e adquirimos produtos identitários de toda uma Região, onde a Cultura, o Património, a História e Herança Gastronómicas jamais ficarão esquecidas. Na “A Serra à sua Porta” encontra todos os recursos e links diretos para aceder e comprar online, em qualquer dispositivo móvel e na segurança da sua casa, os produtos da nossa Serra.

A iniciativa não fica por aqui, a “A Serra à sua Porta” chega também às redes sociais. Nas páginas do facebook e instagram serão dadas a conhecer os melhores sabores da Serra da Estrela.

Visitas guiadas pelo concelho promovidas pelo Município de Fornos de Algodres

Neste ano, o Município de Fornos de Algodres em parceria com a Fundação INATEL, no âmbito do Programa 55+tem promovido um vasto  programa de visitas guiadas pelo concelho de Fornos de Algodres.

As visitas guiadas são organizadas por um Técnico do Município ao Museu “Centro de Interpretação Histórica e Arqueológica de Fornos de Algodres” e uma visita à Rota dos Solares.

Nestas visitas guiadas ao concelho já participaram 316 turistas das regiões do Porto, Lisboa, Leiria, Braga, Viana do Castelo, entre outras localidades.

No que diz respeito, ao Sorteio promovido na Feira Ibérica de Turismo, o Município de Fornos de Algodres organizou um fim de semana de sonho aos seus vencedores, tiveram oportunidade de conhecer o CIHAFA, o Pelourinho, Igreja e Miradouro de Algodres, a Anta de Cortiçô, a capela do Santo Cristo em Sobral Pichorro e a Fraga da Pena.

São estas visitas guiadas que vêm promover e divulgar o concelho para turistas e visitantes que vêm conhecer o que de bom Fornos de Algodres tem.

 

Plataforma digital ”O Bom Sabor da Serra” é um sucesso a nível nacional

Teve lugar na tarde desta sexta-feira, a Apresentação da Plataforma digital ”O Bom Sabor da Serra” no Salão Nobre dos Paços do Concelho de Fornos de Algodres, projeto apoiado pelo Fundo Ambiental em 90%. Esta plataforma foi criada pela Câmara de Fornos de Algodres.

Nesta cerimónia estiveram presentes, José Gomes Mendes, Secretário de Estado Adjunto e da Mobilidade, Manuel Fonseca, Presidente do Município, Alexandre Lote, Vice-Presidente, Bruno Costa, Vereador, Santinho Pacheco, Deputado e os Produtores.

Esta foi uma sessão importante para Fornos de Algodres e para o Mundo, isto porque, aqui no Interior do País, nasceu esta plataforma de produtos endógenos deste concelho que aos poucos e poucos vai-se afirmando no panorama comercial, isto porque, através deste instrumento, os produtores que aceitaram colocar aqui os seus produtos, ganharam uma nova dinâmica.

Os produtos são agora muito mais conhecidos, os produtores têm agora uma forma de escoamento e que iniciou o processo devagar mas pela estatística, já obtiveram compras de quase todo o País e num futuro próximo, as comunidades portuguesas no Mundo vão apostar nesta forma de poder consumir estes produtos. Através desta Plataforma, o turismo nesta região pode aumentar , uma vez que o consumidor vai aproveitar para também conhecer as origens do produto sob a forma de vir a conhecer esta região.

Assim sendo, para o Secretário de Estado, José Gomes Mendes, este é um programa de sucesso, sendo um instrumento de valorização dos produtos do Interior.

Vê esta Plataforma como uma rampa de lançamento para uma maior comercialização dos produtos endógenos.

Manuel Fonseca, Presidente do Município de Fornos de Algodres, enalteceu o trabalho efetuado pelos produtores e de todas as pessoas que continuam a apostar neste concelho para viver. Mostrou-se muito orgulhoso por esta Plataforma estar a ter sucesso, dado que o queijo e todos os outros produtos representados dão uma relevância ao concelho.

Por sua vez , Bruno Costa, Vereador do Município, apresentou a plataforma em dados estatísticos até agora, enaltecendo a valorização dos produtos endógenos.

Feira/Festa do Queijo de Fornos de Algodres de 16 a 18 de março

Como anualmente acontece, Fornos de Algodres recebe milhares de visitantes na Feira/Festa do Queijo, onde os  pastores e as queijeiras são homenageadas, este ano acontece de 16 a 18 de março.

Encerra o período de certames dedicados ao Queijo da Serra, que inicia em Penalva do Castelo e Celorico da Beira nos dias 3 e 4 de fevereiro.

São diversos dias de festa, com o mercado municipal a ganhar um grande colorido, onde para além do queijo que é o rei do certame, outro produtos endógenos surgem em destaque neste fim de semana.

Vão estar representados imensos expositores, desde artesãos, associações, empresas, instituições, escolas, imensa oferta para um vasto leque de visitantes que é oriundo das diversas regiões de Portugal, emigrantes que vêm rever as tradições e alguns turistas de Espanha, que cada vez mais passam a fronteira, no sentido de degustar a excelente gastronomia desta região.

Face aos fortes incêndios e à seca, pode nesta altura ser a melhor fase este ano do Queijo da Serra, dado que todas estas contrariedades, a produção atrasou um pouco.

Ainda vai haver como habitualmente muita animação musical durante o certame.

Centenas de pessoas estiveram na abertura da Beira Interior Vinhos & Sabores

IMG_7333 Pinhel capital do vinho este fim de semana

Ao final da tarde desta sexta-feira a segunda edição da Beira Interior Vinhos & Sabores de Pinhel, abriu as portas a todos quantos queiram visitar, durante este fim de semana.

De salientar já centenas de pessoas que estiveram presentes na abertura deste certame, onde pode encontrar e saborear os melhores vinhos da Beira Interior, assim como poder degustar muitos dos produtos endógenos desta região das beiras.IMG_7316

Este certame decorre até domingo, no Pavilhão Multiusos da Cidade Falcão, numa parceria do Município de Pinhel com a Comissão Vitivinícola Regional da Beira Interior.

Durante este cIMG_7301ertame vão ter lugar Degustações, Provas de vinhos, Workshops, Mostra Gastronómica Regional, Seminário, Show Cookings e muita Animação Musical.

Neste dia de abertura, o Presidente do Município, Dr. Rui Ventura, deu as boas vindas a todos e salientou a Beira Interior tem imenso potencial a todos os níveis, existem bons produtos, agora é preciso trabalhar todos juntos para que a marca Beira Interior possa ser divulgada noutras partes do País e Além Fronteiras.IMG_7432

Aliás desafiou os produtores a agarrar essa oportunidade, com a parceria do Município, esta é uma feira de toda a Beira Interior.

Seguiu-se João Carvalho, Comissão Vitivinícola R. da Beira Interior, salientou que estão presentes 23 de 50 produtores da Beira Interior, este certame é importante, reforçou que era importante levar estes produtores para as feiras nacionais e internacionais.

Alertou ainda os produtores a certificar os vinhos, dado que apenas existem 15%IMG_7462 certificados, num universo de 40 milhões de litros produzidos na Beira Interior.

De salientar, a presença de autarcas e deputados espanhóis neste certame, com o intuito de comercializar estes produtos no País vizinho.

Assim nesta Feira todos podem encontrar além dos vinhos de diversas partes da Beira Interior, os mais diversificados produtos endógenos desta região.

Por:António Pacheco

 

 

II Encontro Nacional de Produtos Tradicionais certificados em Tibaldinho

0tb1 Realizou-se nesta  sexta feira, o II Encontro Nacional de Produtos Tradicionais certificados em Tibaldinho.

A Adere-Minho  aceitou o desafio do Município de Mangualde, para realizar este II ENCONTRO NACIONAL DE PRODUTOS TRADICIONAIS CERTIFICADOS em Tibaldinho – Alcafache no Município de Mangualde, contou com o Presidente do Município de Mangualde João Azevedo que referiu,  este encontro só fazia sentido se realizar em Tibaldinho, pois foi aqui que nasceu o maior património cultural que precisa ser preservado, promovido e valorizado, que é o Bordado de Tibaldinho que só persistiu no tempo graças à dedicação incondicional das suas artesãs.

Num dia muito produtivo,  com as intervenções valiosas do CEARTE (Luís Rocha e Fernando Gaspar), que fizeram um balanço da certificação d0tibos produtos artesanais não alimentares, e da importância da obtenção da carta de artesão e de UPA.

O produto mais próximo da certificação é o Tapete de Arraiolos de Portugal, que foi devidamente explicado pela Técnica da qualidade da Adere-Minho – Diana Barbosa.

O Vereador do Município de Gondomar – Carlos Brás, falou da Filigrana de Gondomar, da sua importância para economia local e nacional, e por isso é importante certificar para valorizar o produto, e acabar com as “Filigranas falsas”. Foi também apresentado o Caderno de Especificações do Bordado de Tibaldinho (Fernanda Pereira de Mangualde).

A parte da tarde foi dedicada aos produtos alimentares certificados, em que se percebeu como elaborar um Caderno de Especificações (Graça Ramos da Portugal à mão), e a associação FELBA (entidade promotora) explicou como se trata da certificação da Maçã de Esmolfe e da0tib1 Maçã da Beira Alta. Da parte da Estrelacoop trouxeram uma apresentação clara sobre a certificação do Queijo da Serra da Estrela, é importante procurar queijo com selo da certificação.

Deste encontro sai ainda uma nota importante por parte do IPAC:

A certificação de produtos artesanais e tradicionais reforça a identidade nacional, honrando a cultura e o legado do passado, mas compatibilizando-o com os desafios atuais e a necessidade contínua de melhorar e inovar. Só desta forma seremos capazes de manter uma dinâmica de procura que respeite o passado mas seja capaz de satisfazer as necessidades e expectativas do presente, preparando assim um futuro com sustentabilidade.

A certificação destes produtos, quando realizada por uma entidade independente de quem os produz, dá as necessárias garantias de imparcialidade e isenção aos consumidores e regulamentadores, proporcionando ainda (consoante os casos) a possibilidade de registo legal de marca própria e distintiva, impedindo desta forma a concorrência (ilícita) de quem não tem o necessário histórico, tradição ou aptidões para produzir com a qualidade desejada os produtos certificados.

A certificação é também uma atividade indispensável quando é necessário separar o trigo do joio, ou seja, defender e assegurar a qualidade e consistência do produto, de modo a que o seu bom nome e reputação sejam protegidos, enaltecidos e reconhecidos de forma sistemática e imediata pelos consumidores. A ausência de uma certificação competente proporciona um ambiente em que a competição se faz apenas pelo preço, e não respeitando um nível de qualidade mínimo, o que inevitavelmente produzirá uma perca contínua de qualidade e o consequente desinteresse dos consumidores por um produto de qualidade incerta, decrescente e variável.

Finalizou este encontro o Sr. Vereador de Mangualde Dr. João Lopes, que agradeceu o facto de Adere-Minho ter aceite realizar um encontro desta importância e dimensão numa Freguesia com tanto histórico cultural na área do artesanato.

Por:Adere-Minho

Festas do Senhor do Calvário iniciam -se nesta quinta-feira

cartaz_srcalvario2016_2D.A.M.A., António Zambujo, Mickael Carreira, uma noite de fogo-de-artifício, um espetáculo de vídeo mapping com fogo-de-artifício, a produção musical “Canções da nossa vida” e o Festival Internacional de Folclore de Gouveia são os principais momentos das Festas do Senhor do Calvário de 2016.

O programa das festas inicia-se já esta quinta-feira,  11  e termina a 15 de agosto, ficando este ano com mais um dia em relação ao passado.

A edição de 2016 das Festas do Senhor do Calvário apresenta, também, algumas alterações à configuração habitual do evento. A área da restauração ficará localizada na praça do tribunal, a Feira de Artesanato e Atividades Económicas ocupará a Rua Fernão Mendes, a Festa do Livro, o espaço Miniatura Automóvel e a 8ª Mostra Associativa do Concelho de Gouveia ficarão no recinto do Jardim Lopes da Costa. A Exposição Automóvel ficará localizada na Rua da Cerca e a Rua General Humberto Delgado estará destinada à ocupação por feirantes. Por fim, a área da Praceta José Almeida Mota será ocupada com uma área de divertimentos e a Avenida 25 de Abril, frente aos Paços do Concelho, com o palco principal.

O programa das Festas do Senhor do Calvário 2016 prevê, ainda, a organização de duas atividades em parceria. No sábado, 13 de agosto, pelas 16h00, realiza-se a Color Run, organizada em parceria com a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Gouveia e, no domingo, 14 de agosto, pelas 16h00, realiza-se o Gouveia Freestyle, uma prova de perícia motorizada que decorrerá na Avenida General Humberto Delgado, em parceria com a Junta de Freguesia de Cativelos. Destacam-se ainda no programa do evento as tradicionais atividades religiosas com ênfase na procissão de domingo, às 18h00.

As Festas do Senhor do Calvário são o maior momento de partilha comunitária do concelho de Gouveia constituindo uma das principais atividades de verão promovidas pelo Município de Gouveia com o objetivo de assinalar toda a envolvente cultural e social do concelho.

Por:Mun.Gouveia