Início » Tag Archives: programa C-Academy

Tag Archives: programa C-Academy

Formação de quadros da Administração Pública em cibersegurança arranca no IPG

 O Instituto Politécnico da Guarda – IPG, no âmbito da parceria com o Centro Nacional de Cibersegurança, começou esta segunda-feira a lecionar um dos primeiros cursos da C-Academy. Além de formar especialistas em Fundamentos de Redes de Computadores, o IPG pretende desenhar um novo curso na área de redes e cibersegurança.

O Instituto Politécnico da Guarda – IPG arrancou esta segunda-feira, dia 3 de abril, com a formação de quadros da Administração Pública e do setor privado em Fundamentos de Redes de Computadores, no âmbito do programa C-Academy do Centro Nacional de Cibersegurança (CNCS). O acordo entre as duas instituições prevê a colaboração do IPG na capacitação de cerca de 10 mil quadros da Administração Pública e do setor privado – operadores de serviços essenciais e de infraestruturas críticas e prestadores de serviços digitais – na área da cibersegurança nos próximos três anos.

“Esta iniciativa vem reforçar o compromisso do Politécnico da Guarda em melhorar a literacia digital da população, tendo em conta os desafios futuros das organizações”, afirma Joaquim Brigas, presidente do IPG. “Temos estado na vanguarda no que diz respeito à cibersegurança – com a criação de oferta formativa e de cooperações com empresas nacionais e internacionais – e agora estamos também na linha da frente no arranque das formações da C-Academy”.

O programa C-Academy é financiado pelo Plano de Recuperação e Resiliência e tem como objetivo qualificar quadros da Administração Pública e do setor privado em cibersegurança. Além de lecionar as aulas, o IPG pretende contribuir para a produção dos conteúdos programáticos dos cursos, nomeadamente com um novo curso na área de redes e cibersegurança.

“O desafio de formar 10 mil especialistas até 2026 nesta área é ambicioso, mas é fundamental para que Portugal evolua e crie uma cultura mais forte de cibersegurança”, afirma Pedro Pinto, docente, investigador e responsável pela cibersegurança do Politécnico da Guarda. “O leque de formações é vasto, de diferentes níveis, permitindo aos formandos um completo percurso nesta área”.

Segundo André Silva, gestor de projeto da C-Academy, é com enorme satisfação que o CNCS verifica o início das formações da C-Academy no Politécnico da Guarda. “Esta iniciativa de âmbito nacional é muito importante para a capacitação e atualização na área da cibersegurança e por isto acreditamos que esta formação é a primeira de muitas que contribuirão para fortalecer a resiliência das organizações na região da Guarda”, afirmou.

Com 44 cursos distribuídos por seis níveis, a C-Academy oferece cursos intensivos de 35 ou 70 horas em modelo presencial, à distância e misto. A formação em Fundamentos de Redes de Computadores, que está a ser lecionada no IPG, teve as 30 vagas esgotadas.