Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: PSA

Tag Archives: PSA

Groupe PSA entregou material escolar aos filhos dos seus colaboradores

Uma iniciativa de louvar por parte do Centro de Mangualde do Groupe PSA ao entregar material escolar aos filhos dos seus colaboradores.
No âmbito da sua política de responsabilidade social, o Centro de Mangualde do Groupe PSA apoia o regresso à escola, entregando  quase 600 kits com material escolar, a filhos dos colaboradores com idades entre os 6 e os 18 anos.
Os kits são constituídos por cadernos, canetas, lápis, dossiers, réguas, compassos e borrachas. Para além deste material escolar, está também incluído no kit uma bolsa de cintura, que, face à situação de pandemia, foi pensada para que as crianças possam transportar para a escola a máscara e o álcool-gel, estando assim mais protegidas e em segurança.
Esta iniciativa decorre desde 2015, onde já foram entregues mais de 3.500 kits aos filhos dos colaboradores. Para muitos deles, este é o sexto ano consecutivo que o seu regresso às aulas é marcado por esta oferta de material escolar.
A PSA Mangualde vem assim desejar a todos os que agora iniciam a sua jornada educativa, um ano letivo pleno de sucessos, e que, no contexto instável que se vive.

PSA-Centro de Produção de Mangualde retoma atividades a 6 de maio

Em comunicado o Centro de Produção de Mangualde informou que vai retomar atividades comerciais, no dia 6 de maio,de forma gradual e segura mediante algumas situações:

  • Medidas sanitárias reforçadas, partilhadas com os parceiros sociais antes da retoma da atividade.
  • Um conjunto de auditorias destinado a garantir a sua perfeita implementação em 100% das instalações industriais, comerciais, de serviços e de investigação e desenvolvimento (R&D) do Grupo.
  • Uma retoma gradual e segura da atividade industrial, impulsionada pela atividade comercial.

Yann Vincent, diretor industrial do Groupe PSA: “Proteger os nossos colaboradores e as nossas atividades económicas continuam a ser os dois princípios intocáveis das nossas operações. O nosso protocolo de medidas reforçadas confere um elevado nível de proteção aos nossos colaboradores e é o primeiro critério para a retoma de atividade nas nossas fábricas. Com a atividade industrial a ser impulsionada pela atividade comercial, que é o nosso segundo critério, vamos relançar, de forma gradual e segura, o nosso aparelho industrial para produzirmos os veículos que são necessários aos nossos clientes. Estes dois critérios irão guiar as nossas decisões durante as próximas semanas e meses.

José Luis Alonso Mosquera, diretor do Centro de Produção de Mangualde: “Desde a paragem da nossa fábrica, implementámos um protocolo de medidas sanitárias reforçadas nas nossas instalações, que foi elaborado com o apoio dos serviços médicos do Groupe PSA, e enriquecido com a contribuição dos representantes dos Trabalhadores. Graças a este esforço coletivo, validado pela auditoria realizada no dia 6 de abril, podemos retomar a produção no Centro de Mangualde, de forma gradual e segura. No dia 6 de maio terão início os trabalhos de preparação nas unidades de ferragem e pintura, e, a partir de 7 de maio, estarão em laboração todas as áreas de produção.”

 Desde o início da crise sanitária originada pela COVID-19, a prioridade do Groupe PSA tem sido proteger a saúde dos seus colaboradores e preservar a sustentabilidade da empresa. Durante o período de interrupção das suas atividades industriais, o Groupe PSA implementou um protocolo de medidas sanitárias reforçadas (1), adaptadas ao contexto de cada instalação industrial, comercial, de serviços e de Investigação & Desenvolvimento (R&D). Construído com o apoio dos serviços médicos, este protocolo foi enriquecido com a contribuição dos representantes dos Trabalhadores e foi sistematicamente auditado. Além disso, “Responsáveis pela implementação do protocolo” terão a missão diária de verificar in loco a aplicação das medidas e ações de proteção, bem como a de colocar em prática as ações corretivas, se necessário.

O reinício gradual e seguro da produção nas fábricas do Grupo ocorrerá nas próximas semanas, com uma primeira fase de reaberturas parciais da atividade industrial, entre 4 e 11 de maio (a partir de 11 de maio em França), tendo em conta o contexto comercial (desconfinamento, reabertura dos concessionários e situação comercial de cada modelo) e a normalização progressiva dos fluxos de fornecimento de componentes.

Com este arranque progressivo e responsável, o Grupo não compromete a proteção dos seus trabalhadores e dos clientes, assegurando a sustentabilidade da empresa.

(1) Medidas implementadas

  • Uso, sempre que possível, de transporte individual. Em caso de partilha, fornecimento de máscaras e regra de lotação pré-definida (colocação escalonada na parte de trás do veículo).
  • Medição de temperatura à entrada da fábrica, além da automonitorização de sintomas
  • Fornecimento individual de máscaras e gel alcoólico
  • Uso de óculos e máscaras na fábrica
  • Respeito pela distância entre as pessoas em todos os espaços, incluindo áreas de descanso, áreas para fumadores com marcas no chão
  • Manter as portas abertas (exceto portas corta-fogo) para evitar o contacto com os puxadores ou alavancas
  • Limpeza frequente de ferramentas e superfícies de trabalho
  • Tempo de espera durante qualquer troca de peças não preparadas no ambiente PSA
  • Ajuste da rotação nas trocas de equipas para evitar cruzamento dos trabalhadores

 

Covid- Centro de triagem e análise no Centro Hospitalar Tondela-Viseu com contributo Centro Produção de Mangualde da PSA

PUREVERteck

O Centro de Produção de Mangualde do Groupe PSA deu um novo contributo no combate para a irradicação da Covid-19, ao ajudar à operacionalização de uma unidade modular exterior do Centro Hospitalar Tondela-Viseu, destinada à triagem e avaliação de pessoas com suspeita de estarem infetadas com o novo coronavírus.

Esta unidade entrará em funcionamento ao serviço dos utentes da região nos próximos dias, seguindo as preconizações do Hospital, e vai garantir condições substancialmente melhoradas face à anterior estrutura de tendas do exército. Permite a necessária separação entre os utentes potencialmente infetados com este vírus e os restantes utilizadores daquele espaço de saúde, ao mesmo tempo que otimiza as condições de segurança para o trabalho desenvolvido pelos profissionais de saúde.

Construída pela Purever Industries, esta nova estrutura externa ao Hospital ocupa uma área de 140 m2 e é composta por uma área de receção e triagem, gabinetes de consulta e de tratamentos, uma sala de RX, zonas comuns e outras de apoio administrativo, espaços de apoio e sanitários, entre outros. A sua construção é estanque, sendo mesmo possível, caso necessário, a criação de salas de pressão negativa.

Além do seu patrocínio a este Centro de Triagem e de Análise, a Fábrica de Mangualde do Groupe PSA conseguiu congregar, neste esforço de combate à atual situação de pandemia, a generosa contribuição de algumas das empresas suas fornecedoras. Destaca-se a CSMTEC (Eletricidade, Eletrónica e Automação) e a RedSteel (Metalomecânica), que se mobilizaram em torno deste projeto e cujo patrocínio favoreceu uma mais célere operacionalização desta unidade.

Este contributo para a população servida pelo Centro Hospitalar Tondela-Viseu é mais um passo na estratégia de responsabilidade social do Centro de Produção de Mangualde do Groupe PSA, na mesma linha de ação de outras que a precederam, como a cooperação com o CEiiA e o Instituto Politécnico de Viseu no desenvolvimento de ventiladores, a doação de máscaras de proteção a entidades estatais e a associação ao projeto solidário de construção de viseiras por um empresário de Seia, que as distribuiu gratuitamente por várias instituições sociais e de saúde.

Groupe PSA de Mangualde retoma atividade brevemente

O Centro de Produção de Mangualde do Groupe PSA está pronto para retomar a
atividade, graças à implementação de medidas sanitárias reforçadas, partilhadas
com a Comissão de Trabalhadores.
O protocolo de medidas sanitárias reforçadas do Groupe PSA está totalmente
implementado no Centro de Produção de Mangualde e a sua implementação foi
auditada.
Este dispositivo, elaborado com o apoio dos Serviços Médicos, coloca a unidade de
Mangualde num nível muito elevado de proteção dos colaboradores no seu local de
trabalho, em conformidade com as normas estabelecidas.
Administração e Comissão de Trabalhadores validaram que todas as medidas
sanitárias internas previstas no protocolo estão já aplicadas.
A implementação do protocolo reforçado de medidas sanitárias permitirá a retoma da
atividade e contribui para assegurar a continuidade do Centro de Produção.
O relançamento da atividade será definido no contexto de diálogo social com a
representação dos trabalhadores, tendo em conta a evolução da situação comercial.

Desde o início da crise sanitária originada pelo Covid-19, a prioridade do Groupe PSA tem sido
proteger os seus colaboradores e preservar a sustentabilidade da empresa. Para proteger a
saúde dos seus colaboradores, o Groupe PSA e os seus serviços médicos centrais definiram
um protocolo de medidas sanitárias reforçadas. Durante o período em que suspendeu a
atividade, o Centro de Produção de Mangualde colocou em prática este protocolo, que foi
previamente partilhado com as autoridades regionais de Saúde e a Inspeção do Trabalho e
enriquecido com a contribuição dos elementos da Comissão de Trabalhadores, e submetido a
uma auditoria para avaliar a sua perfeita implementação.
Este protocolo engloba mais de 100 medidas que abrangem todas as atividades do Grupo, a
nível industrial, administrativo e de Investigação e Desenvolvimento. A título de exemplo, o
protocolo desenvolvido para as instalações industriais prevê o controlo de temperatura em
complemento da automonitorização de sintomas, aprovisionamento de equipamentos de
proteção individual (EPI) e Kits de proteção e higiene sanitária para colaboradores, motoristas
e visitantes essenciais, elaboração de plano de contingência partilhado com os representantes
dos trabalhadores, redefinição de fluxos internos, marcações no solo para manutenção de
distâncias de segurança, reforço dos perímetros de higiene, formação e conselhos essenciais
de higiene e saúde, constituição de sala de isolamento, formação de pilotos para
acompanhamento do protocolo de segurança e de saúde em cada área de produção e gestão
da fábrica, etc.
Após visitas de avaliação e verificação no terreno, foi validado e confirmado conjuntamente
entre a Direção, o Serviço de Prevenção e a Comissão de Trabalhadores que todas as
medidas definidas no protocolo estão já implementadas.

 

Pilotos da Citroën Racing visitam o Centro de Mangualde do Groupe PSA

Antes do início da edição 2018 do Rali de Portugal – a 6ª jornada do Campeonato do Mundo de Ralis – que se realiza de 17 a 20 de maio a norte do país, os pilotos da Citroën Racing, Kris Meeke e Craig Breen, visitaram ontem a PSA Mangualde.
Kris Meeke, vencedor da edição 2016 do Rali de Portugal, e Craig Breen, que participa pela 5ª vez neste rali mítico do circuito do WRC, começaram por realizar uma sessão de autógrafos para os colaboradores do Centro de Produção de Mangualde. Entre fotografias, cumprimentos, autógrafos e dedicatórias, não faltaram as palavras de incentivo dos colaboradores mais entusiastas, para o campeonato que se aproxima.
Os pilotos da Citroën Racing realizaram também uma visita aos setores de Ferragem e Montagem e tiveram a oportunidade de conduzir um Citroën Berlingo da nova geração de veículos comercias ligeiros. Kris Meeke e Craig Breen mostraram-se bastante empolgados com o novo modelo, que está neste momento em fase de lançamento nesta unidade de produção.

Por:PSA

Projeto de inovação INDTECH 4.0 assinado na PSA Mangualde

O Centro de Mangualde do Groupe PSA dá mais um passo na transformação industrial e digital da fábrica, com a assinatura do projeto de inovação INDTECH 4.0, um dos pilares do plano Mangualde 2020.
Após dois anos de preparação e negociação com a AICEP, o contrato de investimento foi finalmente assinado por todos os parceiros, que oficializaram o lançamento da execução do INDTECH 4.0.
Este projeto envolve um investimento que ronda os 10 milhões de euros e junta o Centro de Mangualde do Groupe PSA, cinco parceiros tecnológicos (ActiveSpace, Critical Manufacturing, Motofil, NEADVANCE e RARI) e três universidades (FEUP, UBI e UTAD), assente nos seguintes eixos: sistemas robóticos inteligentes (robôs colaborativos), sistemas avançados de inspeção e rastreabilidade (visão artificial), sistemas autónomos de movimentação, fábrica digital e fábrica do futuro.
Os conceitos e tecnologias da Indústria 4.0 já estão presentes no processo produtivo desde 2015, contudo, a concretização deste projeto vai permitir aumentar a flexibilidade e a competitividade da fábrica, colocando-a em condições de ainda mais alta performance industrial.

Por:PSA Mangualde

Família PSA plantou mais de uma centena de árvores

Vamos plantar uma árvore? Foi o desafio colocado à família PSA, concretizado no dia 28 de abril com mais de uma centena de árvores plantadas, na freguesia de Quintela de Azurara, no concelho de Mangualde.
Este projeto piloto de reflorestação desenvolvido em parceria com a Cooperativa Agro-Silvícola Refloresta, juntou os colaboradores PSA e os seus filhos. Cada participante identificou a árvore plantada com o seu nome, sabendo assim qual a árvore que irá acompanhar e cuidar nos próximos anos.
A PSA juntou-se a esta iniciativa com o objetivo de contribuir ativamente para a (re)arborização da floresta, após o flagelo dos incêndios que assolaram o concelho de Mangualde e grande parte do país. “Associámo-nos a esta ação porque, como empresa socialmente e ambientalmente responsável, queremos colaborar com a comunidade envolvente no restabelecimento da floresta, criando uma consciencialização ambiental, principalmente nas gerações mais novas, “refere o diretor da PSA Mangualde, José Maria Castro.

Por:PSA

O Centro de Mangualde do Grupo PSA reafirma o seu compromisso com a igualdade de oportunidades

Como membro integrante do Fórum Português de Empresas para a Igualdade de Género (IGEN) e alinhada com a política de responsabilidade social do Groupe PSA, o Centro de Mangualde reafirma o seu compromisso permanente em desenvolver políticas a favor da igualdade de oportunidades, como refere o comunicado.

 O Dia Internacional da Mulher comemora-se na empresa há já vários anos. Este ano, as atividades desenvolvidas foram baseadas no slogan “Sim à diferença, não à desigualdade”, lembrando que, o reconhecimento dos talentos deve ser feito pela competência dos colaboradores e não pela diferença de género.

A nível institucional, foi realizado um encontro de alguns elementos da direção do Groupe PSA com as managers de Mangualde, que tiveram a oportunidade de partilhar a sua trajetória profissional, assim como os desafios que enfrentam nas suas distintas atividades.

Liliana Ribeiro, é responsável de um dos setores da empresa e achou a iniciativa muito interessante: “Este encontro permitiu-me partilhar com a direção do Groupe PSA que os dois momentos mais importantes da minha carreira profissional foram exatamente na fase de maternidade: fui nomeada responsável quando estava grávida e passei a efetiva quando estava em licença de maternidade.”

Neste dia de reflexão, a par desta iniciativa, foram promovidas outras ações no centro de Mangualde que não deixam esquecer o propósito da comemoração desta data: um encontro do Diretor com algumas colaboradoras de vários setores; uma lembrança a todas as mulheres PSA; um SMS com uma frase alusiva ao tema e um vídeo institucional, que pode ser visto através da ligação: https://youtu.be/GAzX8wpk8q0

Durante o ano, a PSA Mangualde irá assinalar outros dias comemorativos, com base na política de responsabilidade social da empresa, e em virtude dos seus compromissos públicos de respeito dos direitos humanos, diversidade e igualdade de oportunidades, assim como assinante do Pacto Mundial das Nações Unidas, pioneiro no setor automóvel.

Por:Grupo PSA

PSA Mangualde volta a apoiar projetos sociais da região

A Fundação do Groupe PSA premeia a Associação de Apoio Social e Desenvolvimento de Galisteu e Vide-Entre-Vinhas (concelho de Celorico da Beira – Guarda), apadrinhado pelo colaborador da PSA Mangualde, Hélder Martins.
Após ter sido um dos 15 finalistas dos Prémios da Fundação PSA 2017, com o projeto “Tele-Assistência Plus”, a associação recebeu ontem do diretor da PSA Mangualde, José Maria Castro Covelo, o prémio de 5000€ da Fundação.
A associação premiada desenvolve atividades de apoio social a pessoas idosas e isoladas numa região marcada pela elevada taxa de envelhecimento. O projeto consiste em apoiar estas pessoas através da prestação de um serviço de tele-assistência, ligado 24h por dia. Desta forma, permite que os mesmos se sintam acompanhados o que torna possível o retardamento da sua institucionalização.
Os Prémios da Fundação PSA, organizados de Setembro a Dezembro, recompensam projetos de mecenato apadrinhados por colaboradores do Grupo. Visando favorecer a mobilidade dos beneficiários, estes projetos pertencem aos três domínios de intervenção da Fundação: inserção, educação/cultura e necessidades especiais. Todos os colaboradores PSA que são padrinhos dos projetos estão diretamente implicados no meio associativo.
Em 2017, os prémios foram atribuídos a 15 associações finalistas em vários países: Portugal, França, Espanha, Brasil e Argentina. Desde 2012, a Fundação PSA já apoiou 8 associações em Portugal, das quais 5 apadrinhadas por colaboradores da PSA Mangualde.

Por:PSA

Eurico Brilhante Dias visitou em Mangualde a PSA ,LEAR e MAVIVA

  O Centro de Produção da PSA, LEAR e MAVIVA foram alguns dos espaços visitados, por Eurico Brilhante Dias, Secretário de Estado da Internacionalização, acompanhado sempre pelo Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo, nesta quinta-feira, 25 de janeiro, na visita ao concelho de Mangualde.
  Em abril, o Centro de Produção da PSA de Mangualde terá um novo turno, o que permitirá contratar cerca de 225 novos trabalhadores. O Secretário de Estado congratulou-se com as “boas notícias”, garantindo que o Governo vai “continuar a apoiar não só a PSA, mas o conjunto de empresas que fornece a PSA, muitas delas pequenas e médias empresas do distrito de Viseu e em particular do concelho de Mangualde, porque são elas também importantes na produtividade e no sucesso da PSA-Mangualde”. “Esta fábrica tem futuro”, acrescentou.
Recorde-se que a fábrica de Mangualde da PSA – grupo das marcas Citroen, Peugeot e Opel – produziu mais de 53 mil veículos em 2017, o que corresponde a um crescimento de 7,8% em relação a 2016.
Brilhante Dias, também visitou o Grupo Norte-Americano LEAR (componentes automóveis) e a empresa Espanhola MAVIVA (logística), que se estão a instalar em Mangualde, na sequência do novo modelo que irá ser produzido na PSA Mangualde, “K9”.

Por:MM