Início » Tag Archives: quadros

Tag Archives: quadros

Conversa com Dulce Brandão, pintora fornense

15036531_1199888843428032_42539044855346576_nFomos conversar com uma pintora fornense Dulce Brandão, que muito cedo ganhou o gosto pela pintura e vai fazendo algumas obras, ao longo da sua vida.

Como surgiu o gosto pela pintura?

O gosto pela pintura já nasceu comigo como um dom, porque não tive formação para tal, apenas visualizo e transmito para o papel ou tela.

 Há quanto tempo já vai praticando esta arte?

Desde a idade escolar tinha educação visual e fui ganhando o gosto ao longo dos anos.

 Que tipo de quadros gosta mais de pintar?

Gosto de pintar sem pincéis, pinto com os dedos, o meu forte são paisagens que transmitam às pessoas luz, paz e serenidade.

Pinto um pouco de tudo, retratos de pessoas e figuras celestiais, não gosto do abstrato.

 Qual o ambiente favorito para poder pintar?

Gosto de pintar num ambiente calmo e com música de preferência durante a n14264883_1111389428944641_8265451910616877605_noite.

 Tem feito algumas exposições das suas obras?

Já fiz uma exposição na Biblioteca Municipal de Fornos de Algodres e vou tentar também noutras localidades.

 Qual o quadro que está a elaborar neste momento?

Neste momento estou a pintar um pôr-do-sol.

Por:António Pacheco

Apresentação do livro “14 obras de Misericórdia na Biblioteca Municipal

Teve lugar na IMG_0465Biblioteca Municipal de Fornos de Algodres, na noite desta quinta- feira, 7 de julho, a apresentação do livro “14 obras de Misericórdia, nas Misericórdias da Diocese de Viseu.

Imagem (90)Iniciou a apresentação o Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Fornos de Algodres, Luis Miguel Ginja, que deu as boas vindas aos presentes e referiu que o livro e os 14 quadros foram apresentados à Diocese em Mangualde, numa cerimónia com a presença do Bispo D.Ilidio, ficando a promessa de chegar a todas as localidades onde existe Misericórdia na Diocese, salientou ainda que a receita da venda do livro reverte para as obras de recuperação dos altares da Igreja Paroquial desta localidade, agradeceu ao Padre Jorge Luis a forma como redigiu o texto para este livro.

Seguiu-se o Presidente do Município de Fornos de Algodres, Dr.Manuel Fonseca, que referiu que é importante a ligação institucional entre o Município e a Igreja e os órgãos que dela fazem parte como é o caso da Santa Casa da Misericórdia, assim como o lançamento deste livro é uma forma de incentivar a população a colaborar nas obras de recuperação dos altares da Igreja Paroquial, salientIMG_0096ou que o Município está a colaborar mediante as suas possibilidades, elogiou ainda a forma como o Padre Jorge preparou a parte relativa a Fornos neste livro.

Ao Pároco e Capelão da Santa Casa da Misericórdia Jorge Luis estava reservado, a explicação deste livro, assim referiu  que  é um livro, onde surgem todas as 14 Misericórdias da Diocese de Viseu, através dum texto onde foi explicado um pouco da história de cada uma , e da forma como cada uma trabalha as obras de Misericórdia.

Salientou que “Cristo desafiou os cristãos em relação às obras de Misericórdia, onde ele de certa forma durante a sua vida terrena, as viveu quer a nível corporal e espiritual. O efeito das obras de Misericórdia na vida dos cristãos chama-se felicidade.

Para complementar mIMG_0475ais este livro, as 14 obras de pintura que cada uma das Misericórdias apresentou, dão mais brilho a esta edição. Recorde-se que neste local está patente a exposição dos respetivos quadros alusivosIMG_0471 ás 14 obras de Misericórdia, que depois de Mangualde, Santar e Fornos de Algodres, agora seguem para Penalva do Castelo.

Por:António Pacheco