Início » Tag Archives: Quintela de azurara

Tag Archives: Quintela de azurara

Noite de sucesso no Festival de Folclore em Quintela de Azurara

Decorreu no passado sábado, mais uma edição do Festival de Folclore em Quintela de Azurara, com a participação de grupos provenientes de vários pontos do país , como Ranchos de Castelo do Neiva, Canelas e Vinhó e claro o grupo da casa, o Rancho “Os Azuraras” que,  representam os costumes e tradições de cada região.

Desta forma, foi uma noite fresca, mas com casa cheia e quando assim é qualquer entidade que organize fica satisfeito.

Todos os grupos tentaram animar uma noite que apresar de fresca, a música foi animando a plateia, de realçar a presença do Presidente da Câmara de Mangualde, Marco Almeida, que saudou os grupos e deixou as boas – vindas a todos os presentes, assim como o Presidente da Freguesia, Rui Marques.

Fotos:RFAzuraras

Entrudo secular de Quintela de Azurara volta a concentrar tradições

Em Quintela de Azurara, Mangualde, o Entrudo arranca , este ano, em janeiro. Começa com casamentos, servem-se papas de milho, acende-se uma fogueira, joga-se à sacada, faz-se uma caminhada, um passeio em BTT e dança-se no baile de máscaras. Faz-se o espetáculo de fogo “Despertar da Serpente” e tudo termina, em fevereiro, no enterro. Aqui, o Carnaval dura mais do que três dias, de 31 de janeiro a 13 de fevereiro.

“Esta é a altura do ano que reúne o maior número de tradições na nossa freguesia ”, sublinha o presidente da junta de Quintela de Azurara, Rui Marques.

Os festejos carnavalescos, apoiados pelo município mangualdense, têm início na madrugada desta quarta-feira (31 de janeiro), altura em que os compadres anunciam os “casamentos”. Dois arautos (mensageiros oficiais), um em cada extremo da povoação, anunciam quem casa com quem, com toda a liberdade para abusarem da arte de maldizer. As respostas a estas uniões são dadas e afixadas por escrito, em locais públicos, pelas comadres, uma semana depois, na madrugada de 7 de fevereiro.

Pelo meio, a 4 de fevereiro, todos são convidados a jogar à “Panela de Barro” (15h00) e a dançar na “Roda de Entrudo”. (16h00).

No domingo, 11 de fevereiro, a partir das 14h00, há Feirinha do Entrudo, com artesanato e onde podem ser degustados produtos da região. A partir das 15h00, há caminhada pelos “Trilhos de Ludares”. O tradicional Baile de máscaras, animado com a Banda K7, está marcado para as 21h00.

Um dos pontos altos deste Carnaval acontece a 12 de fevereiro, a partir das 19h00, quando a população se junta à volta de uma grande fogueira, que irá durar até ao fim do Entrudo. Nessa mesma noite, às 20h30, há um Passeio Noturno de BTT.

Segue-se muita animação, a partir das 21h30, com o Grupo de Concertinas de Mangualde, Grupo de Concertinas do Dão, Escola de Música “A Pauta” de Vila Nova de Oliveirinha e os Gaiteiros D’Albergaria.

As papas de milho são servidas às 22h00. “Todos os cafés fazem e servem, gratuitamente, à mesma hora, papas de milho, doces e salgadas”, explica Rui Marques.

O “Cantar da madrugada”, às 5h00, vai ouvir-se pelas ruas da aldeia, onde também vai ser servido café, feito em panela de ferro.

No dia de Carnaval, 13 de fevereiro, há Feirinha do Entrudo e animação com os Zés Pereiras de São Martinho de Orgens, os CoimBrass Brand e o Grupo de Bombos Mangualdenses, antes da sacada, que acontece às 17h15.

“O jogo da sacada é uma iniciativa secular, que foi passando de geração em geração. Consta-se que é um ritual de emancipação dos rapazes solteiros, que se mascaram e, com sacas de serapilheira ou linho, desafiam os homens mais velhos a participar neste jogo”, refere o autarca.

O espetáculo de fogo “Despertar da Serpente” (21h30) com aristas circenses acontece antes do Enterro do Entrudo, marcado para a meia-noite.

 

Rancho Folclórico Os Azuraras de Quintela celebraram 42 anos

Foi neste domingo, que o Rancho Folclórico Os Azuraras de Quintela , no concelho de Mangualde, comemorou o seu 42° aniversário. Assim foram algumas dezenas de pessoas que estiveram presente no almoço comemorativo, que contou com a presença de Marco Almeida, Presidente do Município de Mangualde, Rui Marques, membro do Rancho e Presidente da Freguesia e os párocos da Freguesia, que todos felicitaram o trabalho feito pela direção da instituição e também todos os elementos que compõem este grupo de folclore.

Recorde-se que a 29 de setembro de 1981,  que os seus fundadores constituíram a  associação com o objetivo de promover e divulgar o folclore da região, apoiar e dinamizar ações culturais na freguesia e fora dela.
Enquanto Associação Cultural, pretendemos continuar a divulgar o nome da nossa terra, do nosso concelho e da nossa região. Neste dia, agradecemos a todos os dirigentes que por aqui passaram ao longo dos anos, a todos componentes, sócios e amigos por contribuírem para a nossa história“, refere a direção do Rancho.

Fotos:RFAZ

Carnaval secular volta a animar Quintela de Azurara

De 8 a 21 de fevereiro, a Fogueira, as Papas de Milho, a Sacada e o Enterro do Entrudo são os pontos altos dos Festejos de Carnaval.

A freguesia Quintela de Azurara, no Município de Mangualde, volta a fazer jus aos seus costumes de Carnaval com tradições ancestrais. A Fogueira, as Papas de Milho, a Sacada e o Enterro do Entrudo, serão os pontos altos das festividades que, ao longo de vários dias, prometem animar as ruas da localidade. Os “Casamentos” dos Compadres abrem os festejos, a 8 de fevereiro, mas, até 21 de fevereiro, são muitas as atividades.

Apesar do passar do tempo e das alterações inerentes à evolução da sociedade, perde-se na história o ano e a forma como Quintela de Azurara começou a viver a tradição do Carnaval. Uma iniciativa secular, que foi passando de geração em geração, com momentos únicos, como é o caso do jogo a Sacada, onde os rapazes solteiros se mascaram de “velhas” e, transportando sacas de serapilheira, desafiam os homens casados a participar no jogo. Dizem que poderá ser um ritual de emancipação dos rapazes mais novos. No dia de Carnaval, 21 de fevereiro, pelas 17h15, todos são convidados a assistir.

ENTRUDO É A ÉPOCA DO ANO QUE MANTÉM O MAIOR NÚMERO DE TRADIÇÕES NESTA FREGUESIA

Na quarta-feira antes do domingo magro, dia 8 de fevereiro, pela madrugada os compadres anunciam os casamentos de Carnaval. Dois arautos, um em cada extremo do povo têm “liberdade ilimitada” para ir casando os solteiros, abusando do maldizer. No domingo, 12 de fevereiro, todos são convidados para o jogo da “Panela de Barro”, pelas 15h00, e a dançar na “Roda de Entrudo”, pelas 16h00. Na semana seguinte, a 15 de fevereiro, durante a madrugada e como resposta, também as comadres afixam em local público a sua versão dos ditos casamentos.

No domingo de 19 de fevereiro, pelas 14h00, a comunidade pode visitar a Feirinha do Entrudo, que terá em destaque degustação dos produtos da região e onde também estará patente o artesanato. Pelas 14h30, os entusiastas da época festiva são desafiados a participar na Caminhada pelos “Trilhos de Ludares”. À noite, pelas 21h00, a Banda Soma & Segue vai animar o Baile de Máscaras.

Na segunda-feira, 20 de fevereiro, a partir das 19h00, acontece um dos pontos altos deste Carnaval: a população junta-se à volta de uma grande fogueira. Pelas 20h30 decorre o Passeio Noturno de BTT e, ao final da noite, pelas 21h30 a animação é protagonizada pelo Grupo de Concertinas de Mangualde, pela Escola de Música “A Pauta” de Vila Nova de Oliveirinha, pelo Grupo de Concertinas do Dão e pela Cabra Çega. A população, já satisfeita com as tradicionais Papas de Milho, que acontecem pelas 22h30, pelas 05h00, vai “Cantar a Madrugada” pelas ruas da aldeia, seguindo-se o café na panela de ferro.

No Dia de Carnaval, 21 de fevereiro, a folia continua. Durante a manhã descansam os que aguentaram a noite e à tarde a comunidade poderá visitar a Feirinha de Entrudo, e pelas 14h15, vários grupos musicais, como, os Zés Pereiras de São Martinho de Orgens, os Saltos nas Palhaçadas, os Moustache Brass Brand e os Bombos de Lavacolhos, irão animar Quintela de Azurara até ao momento da Sacada, que acontece pelas 17h15, seguida do Enterro do Entrudo, às 00h00, terminando assim as festas, entrando-se no período da Quaresma.

Sandro Baessa e Joana Silva são Campeões Nacionais de Cross ANDDI em Quintela

Tiveram lugar em Quintela de Azurara, os Campeonatos de Portugal de Cross Curto ANDDI , em conjunto com o 1ºcross Bruno Albuquerque (Faísca) e os Campeonatos distritais da AAViseu.

Assim participaram cerca de meia centena de atletas, no sentido de todos procurarem fazer o melhor possível, apesar do frio e da chuva. No final, Sandro Baessa (CF Ol.Douro), foi o vencedor destronando Cristiano Pereira(CP MAngualde) , anterior campeão, a turma de Ol.Douro também conquistou o triunfo por equipas,  , assim no setor feminino, o triunfo foi para Joana Silva (Gaia). Depois aconteceram também os prémios para os diversos escalões.

foto:Anddi Portugal

“Entre Luas” no Outubro Rosa em Quintela de Azurara

O “Entre Luas” no Outubro Rosa é um evento cultural que ocorrerá no Largo do Rolo, é organizado pela Junta de Freguesia de Quintela de Azurara e pelo Rancho Folclórico “Os Azuraras” de Quintela e conta com o apoio da Fundação INATEL e do Município de Mangualde.
Em 2022, esta iniciativa tem o objetivo de alertar para a problemática do Cancro da Mama e angariar fundos para a Liga Portuguesa Contra o Cancro.
Esta iniciativa surge de um desafio lançado a Quintela de Azurara pelo Núcleo de Mangualde da Liga Portuguesa Contra o Cancro, a entrada será gratuita e o apoio à Liga poderá ser feito através da aquisição de merchandising alusivo ao Outubro Rosa.

Adesão à Rede Aldeias de Portugal por Quintela de Azurara

Em Quintela de Azurara foi assinado, no passado fim de semana, a Carta de Adesão à Rede Aldeias de Portugal, numa cerimónia, que fez parte das celebrações festivas em honra da Nossa Senhora da Esperança, contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, Marco Almeida, do Presidente da Junta de Freguesia de Quintela de Azurara, Rui Marques, e ainda do Presidente da Associação de Desenvolvimento do Dão (ADD), Francisco Carvalho, e em representação das Aldeias de Portugal, Claúdia Miranda.

Para Marco Almeida, “a distinção de Quintela de Azurara como Aldeias de Portugal é, sem dúvida, um orgulho para todos, é uma mais-valia para o concelho. É um sinal inequívoco de que as freguesias estão cada vez mais fortes e vão de encontro ao que traçamos como um dos objetivos deste executivo: a valorização da cultura, património e das tradições”.

Para Rui Marques, “este é o resultado de um trabalho não só de Quintela de Azurara, mas também da equipa da ADD que elaborou a candidatura. É um enorme regozijo para a população.  Em termos turísticos é uma mais-valia para a freguesia e para o concelho de Mangualde. Estamos todos de parabéns.”

 

 

Quintela de Azurara passa a integrar a rede das Aldeias de Portugal

Teve lugar na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), a atribuição do certificado de “Aldeia de Portugal” a Quintela de Azurara, Mangualde.

Quintela de Azurara vê assim reconhecido, pela Associação de Turismo de Aldeia, o título de “Aldeia de Portugal”. Este é um projeto a longo prazo que envolverá o Município de Mangualde, a Associação de Desenvolvimento do Dão, a Junta de Freguesia, o Rancho Folclórico “Os Azuraras” de Quintela, a Paróquia e as pessoas da terra.

“As gentes da terra, as instituições locais, as associações e toda a rede de trabalho que possibilitou esta importante atribuição, estão de parabéns. É uma grande satisfação para Mangualde ver Quintela de Azurara ser reconhecida pelas suas tradições e pela sua história, enalteceu Marco Almeida, Presidente da Câmara Municipal de Mangualde.

Mais importante do que a classificação de Quintela de Azurara como “Aldeia de Portugal”, vimos reconhecida a nossa história, a dinâmica das nossas associações, dos nossos agentes económicos, a beleza dos nossos recursos naturais e do nosso património construído, mas sobretudo a participação das pessoas naquilo que são as dinâmicas habituais da nossa terra: na manutenção das tradições, na participação nos eventos culturais e desportivos e em tudo aquilo que é a nossa vida em comunidade, destacou Rui Marques, Presidente da Junta de Freguesia de Quintela de Azurara. Ler Mais »

Quintela de Azurara continua a viver a tradição do Carnaval

A freguesia Quintela de Azurara, em Mangualde, volta a fazer jus aos seus costumes de Carnaval com momentos que vão recordar tradições seculares. A Fogueira, as Papas de Milho, a Sacada e o Enterro do Entrudo, serão os pontos altos das festividades que, ao longo de vários dias, prometem animar as ruas daquela localidade.

Apesar da pandemia, do passar dos tempos e das alterações inerentes à evolução das sociedades, perde-se no tempo o ano e a forma como Quintela de Azurara começou a viver a tradição do Carnaval. Uma iniciativa secular, que foi passando de geração em geração, com momentos únicos, como é o caso do jogo a Sacada, onde os rapazes solteiros se mascaram de “velhas” e, transportando sacas de serapilheira, desafiam os homens casados a participar no jogo. Dizem os mais velhos que este será um ritual de purificação da alma e libertação dos maus pensamentos.

ENTRUDO É A ÉPOCA DO ANO QUE MANTÉM O MAIOR NÚMERO DE TRADIÇÕES NESTA FREGUESIA

No dia 27 de fevereiro, próximo domingo, pelas 14h00 tem lugar a “Feirinha de Entrudo” e pelas 15h00 a Caminhada pelos «Trilhos de Ludares». O Baile de Máscaras começa pelas 21h00 com a BANDA REPÚBLIKA.

No dia seguinte o “Lume na Fogueira” tem lugar pelas 19h00, pelas 20h30 decorre o Passeio Noturno de BTT e, ao final da noite, pelas 21h30 sobem ao palco “Os Fanfarrões dos Bombeiros”, nos Bombeiros Voluntários de Mangualde.  A animação de rua arranca pelas 22h00 com o Grupo de Concertinas de Mangualde, a Escola de Música «A Pauta» de Vila Nova de Oliveirinha e o Grupo de Concertinas do Dão. Às 22h30 haverá as tradicionais “Papas de Milho” e as “Danças de Roda e de Terreiro”.

No dia 1 de março, às 05h00 tem lugar o “Cantar a Madrugada” seguida do café na Panela de Ferro. Pelas 14h00 começa novamente a “Feirinha de Entrudo” e pelas 14h15 arranca a animação de rua com Zés Pereiras de São Martinho de Orgens, arte circense, Grupo de Cavaquinhos de Ferreirim e Funk You Brass Band. A “Sacada” tem lugar pelas e o espetáculo de Fogo pelas 21h30. Às 00h00 terá lugar o “Enterro do Entrudo”.

Coval (Quintela de Azurara) vai ser potenciado

Foram recentemente assinados dois atos , na Câmara Municipal, que potenciam o desenvolvimento da aldeia do Coval (Quintela de Azurara).
– Assinatura de contrato promessa de doação de uma casa rústica e grande laje envolvente destinada, após recuperação, à implantação de equipamentos de utilização coletiva, social, cultural e turística, e à instalação de infraestruturas que devam integrar o domínio público da freguesia na zona do Coval.
A Câmara Municipal e a Junta de Freguesia de Quintela de Azurara agradecem publicamente a Serafim Gomes e à sua Família este generoso ato.
– Assinatura de protocolo entre a Câmara e a Junta de Freguesia para extensão da rede elétrica até ao Coval de forma a potenciar o desenvolvimento da agricultura e do turismo.
Também ao nível da iniciativa privada se têm registado dinâmicas potenciadoras de desenvolvimento nesta localidade .