Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: santa casa misericordia

Tag Archives: santa casa misericordia

Misericórdia de Mangualde recebe apoio do Município

Desta forma, foi deliberado um apoio pelo Executivo Municipal, ao qual resultou nos Paços do Concelho, da assinatura do protocolo , pelo Presidente do Município, Elisio Oliveira e do Provedor da Santa Casa da Misericórdia, José Tomás, que atribui um patrocínio financeiro de cerca de 150.000€ para a obra em curso de reabilitação e ampliação do Lar Morgado do Cruzeiro.
Esta intervenção irá dotar o território com uma nova e moderna estrutura residencial para pessoas idosas.
Com uma área habitável de 1500m2, distribuída por 23 quartos, irá ter capacidade para acolher 50 utentes.
O custo estimado desta obra é de cerca de 1,6 milhões de Euros e prevê-se que esteja concluída no final do presente Ano.

Santa Casa da Misericórdia de Santar vai ser apoiada pelo Município de Nelas

A Câmara de Nelas mantém apoio de 125 mil € à construção do Lar de Idosos da Santa Casa da Misericórdia de Santar e faz depender o apoio de mais 125 mil € à celebração de protocolo com a Segurança Social, que permita o acesso ao lar, como nas outras IPSS’S, a pessoas de modesta condição económica e social ou baixos recursos, ou na ausência de protocolo, que pelo menos 25% dos lugares do lar sejam destinados a estas pessoas

Foi  aprovado, no dia 27 de maio, em reunião de Câmara uma proposta efectuada pelo Presidente da Câmara Municipal, que abaixo se transcreve integralmente, no sentido de se manter o apoio já pago em 31 de agosto de 2017 de 125.000€ à Santa Casa da Misericórdia de Santar, para melhoria das suas instalações de Centro de Dia e construção de um Lar de Idosos ou ERPI (Estrutura Residencial Para Idosos), e cumprindo a deliberação de Câmara tomada em março de 2017, no sentido de tal apoio poder ser alargado até 250.000€, fazer depender o pagamento de mais 125.000€ ao acesso ao Lar a pessoas de modesta condição económica e social ou baixos recursos, como acontecerá, caso venha a ser celebrado com a Segurança Social, protocolo de funcionamento como sucede com outras IPSS’s do Concelho de Nelas o que não aconteceu até ao momento, ou, que seja garantido que pelo menos 25% dos lugares do referido Lar estejam acessíveis a pessoas que normalmente podem aceder às IPSS’s, tendo sido esse, considerou a maioria da Câmara, a letra e o espírito, do protocolo celebrado em 2017 com a Misericórdia de Santar.

Comitiva fornense por terras francesas de Stº. Consorce

foto:LMG

  Recentemente, uma comitiva fornense a convite do Município de Stº. Consorce (França), deslocou-se a esta localidade francesa, no âmbito do intercâmbio destas duas autarquias.
  Da comitiva fornense, faziam parte, o Presidente do Município fornense, Dr.Manuel da Fonseca,
Luis Miguel Ginja, provedor da Santa Casa da Misericórdia de Fornos de Algodres e Porfírio Paraíso(Presidente da Casa do Benfica fornense), onde se juntou o fornense Carlos Oliveira, a residir naquela zona, assim como outros fornenses que ali residem, uma forma de estreitar laços e dar mais amplitude a esta geminação.
Por:António Pacheco

500 anos da Santa Casa da Misericórdia de Pinhel

   No intuito de promover o
estudo, o conhecimento e a divulgação do património religioso, histórico e
cultural de Pinhel, assim como assinalar os 500 anos da Santa Casa da
Misericórdia de Pinhel, realiza-se a 10 e11 de julho um colóquio dedicado à
história e à obra desta instituição secular.
Sendo a Santa Casa da
Misericórdia de Pinhel uma das instituições mais antigas em atividade contínua
por terras de Pinhel, merece que conheçamos o seu Património e as suas Obras,
mas também o nosso respeito e a nossa gratidão.

Organização:
·        
Centro
Social e Cultural da Paróquia de Pinhel
·        
Município
de Pinhel
·        
Santa
Casa da Misericórdia de Pinhel
Programa:
SEXTA-FEIRA, 10 DE JULHO
09.00h: Abertura
do Secretariado
09.30h: Sessão de
Abertura
·        
Sr. Rui Ventura, Presidente da Câmara
Municipal de Pinhel
·        
Sr. Luís Poço, Provedor da Santa Casa
da Misericórdia de Pinhel
·        
Prof. José Vaz, Diretor do Agrupamento
de Escolas de Pinhel
·        
D. Manuel Felício, Bispo da Diocese da
Guarda


Moderador
– Dr. Manuel Neves
10.00h: “Deus
Misericordioso”
·        
D. Manuel Felício, Bispo da Diocese da Guarda
10.30h: “A
fundação das Misericórdias e o seu papel assistencial, social e religioso”
·        
Prof.ª Doutora Maria Teresa Desterro, IPT/CIEBA – Faculdade de Belas Artes /
ARTIS-IHA – Faculdade de Letras, Universidade de Lisboa
11.00h: Debate
11.15h: Pausa
Moderador
– Pe. Jorge Castela
11.30h: “As Obras
de Misericórdia em António Vieira”
·        
Pe. Doutor José Júlio Pinheiro, CLEPUL – Faculdade de Letras da Universidade
de Lisboa, Universidade Católica Portuguesa, ISP da Guarda
12.00h: “Atualidade
das Obras de Misericórdia”
·        
Cónego Doutor
Manuel A. Pereira de Matos, Vigário Geral
da Diocese da Guarda
12.30h: Debate
12.45h: Almoço livre


Moderador:
Mestre Manuel Perestrelo
15.00h: “O
Retábulo da Igreja da Misericórdia de Pinhel”
·        
Dr. José Manuel da Silva, Conservador Restaurador
15.30h: “Estudo
de conservação da Igreja da Misericórdia de Pinhel”
·        
Mestre Ana Bidarra e Mestre Pedro
Antunes, Cinábrio
16.00h: Debate
16.15h: Pausa
Moderadora:
Dra. Maria Lucília Coelho
16.30h: “A imagem
de Santo António de Pinhel, escultura de Manuel Pereira?”
·        
Pe. Doutor António-José de Almeida,
OP, Academia Portuguesa da História,
Instituto de São Tomás de Aquino
17.00h: “O último
Marechal do Reino e Alcaide-Mor de Pinhel, D. Fernando Coutinho, sepultado na Igreja
da Misericórdia de Pinhel”
·        
Prof. Doutor Fernando Larcher, IPT, CHAM – FCSH Universidades Nova e dos
Açores
17.30h: Debate
17.45h: Pausa
18.30h:
Inauguração da Exposição de Pintura “Catedrais de Misericórdia”
, de Isabel de Sousa Pinto (Galeria
de Arte AADE, Pinhel)
21.30h: Louvor
poético e musical a Deus e a Nossa Senhora da Misericórdia
(Igreja da Misericórdia de
Pinhel)


SÁBADO, 11 DE JULHO
Moderadora:
Prof.ª Doutora Maria Madalena Larcher
09.30h: “A Casa
da Misericórdia de Pinhel no contexto da produção arquitetónica das
Misericórdias portuguesas”
·        
Prof.ª Doutora
Joana Balsa de Pinho, CLEPUL, Faculdade
de Letras da Universidade de Lisboa
10.00h: “Construção
e evolução da Igreja da Misericórdia de Pinhel: um estudo arqueológico
preliminar”
·        
Dr. Gonçalo Cruz, Sociedade Martins Sarmento, Guimarães
10.30h: “Classificação,
salvaguarda e fruição da Igreja da Misericórdia de Pinhel”
·        
Mestre Isabel Policarpo, Direção Regional da Cultura do Centro,
Coimbra
11.00h: Debate
11.15h: Pausa
Moderador: Dr. Laurindo
Monteiro
11.30h: “O retábulo
da Capela de S. Lázaro da Igreja da Misericórdia de Pinhel, uma obra tributável
a João de Ruão”
·        
Prof.ª Doutora Maria Teresa Desterro, IPT/CIEBA – Faculdade de Belas Artes /
ARTIS-IHA – Faculdade de Letras, Universidade de Lisboa
12.00h: “A
escultura de S. João de Deus no Museu Municipal de Pinhel: análise
historiográfica e artística”
·        
Prof. Doutor Augusto Moutinho Borges, CLEPUL, Academia Portuguesa da História
12.30h: Debate
12.45h: Almoço livre
Moderadora:
Dra. Susana Martins
15.00h: “Quatro
beirões historiadores das Misericórdias”
·        
Sr. Jesué Pinharanda Gomes, Academia Portuguesa da História
15.30h: “A Santa
Casa da Misericórdia de Alverca da Beira hoje”
·        
Sr. Joaquim Ramalho, Vice-Provedor da Santa Casa da Misericórdia
de Alverca da Beira
16.00h: Debate
16.15h: Pausa
Moderador:
Dr. Manuel Neves
16.30h: “Breve
visão histórica da Misericórdia de Pinhel na 1ª metade do séc. XX”
·        
Mestre Abel Virgílio
17.00h: “A Santa
Casa da Misericórdia de Pinhel hoje”
·        
Sr. Luís Poço, Provedor da Santa Casa
da Misericórdia de Pinhel
17.30h: Debate

17.45h: Pausa
18.30h:
Inauguração de Mostra Documental e Bibliográfica respeitante à Santa Casa da
Misericórdia de Pinhel

(Sede da Santa Casa da Misericórdia de Pinhel)
DOMINGO, 12 DE JULHO
12.00h: Missa
festiva na Igreja de Santo António de Pinhel
,
presidida pelo
pároco Pe. Jorge Manuel Pinheiro Castela

Por:Mun.Pinhel

Um dia feliz para os utentes da Misericórdia de Mangualde

SALTOS E PALHAÇADAS ANIMAM UTENTES DA MISERICÓRDIA DE MANGUALDE
“Felizes os misericordiosos porque encontrarão misericórdia.” Foi neste
espírito missionário que o grupo de animação de Mourilhe, “Saltos e
Palhaçadas”, esteve ontem, dia 30 de junho, nos lares da Misericórdia de
Mangualde. Com muitas histórias, música, dança e alegria, os irmãos
João Tomás e António Mário Tomás animaram idosos e crianças da
Misericórdia.

  Antes da caracterização, os dois elementos do grupo “Saltos e
Palhaçadas” cumprimentaram com carinho e de forma particular todos os
utentes, que já se encontravam no salão para assistir à animação. De
seguida, as calças jeans e t-shirt do João Tomás deram lugar às roupas e
acessórios, que o transformaram num “Pirata das Caraíbas” …! A alma
do palhaço ganhou vida…!
   Depois e durante cerca de uma hora,
decorreu a animação, com uma belíssima encenação teatral baseada numa
história de piratas, que culminou num brilhante momento musical com o
saxofone do António Mário Tomás, acompanhado pela guitarra e voz do João
Tomás.
Por:SCMM

Utentes da Misericórdia de Mangualde foram a Fátima

Inicio de semana diferente

   Nesta segunda- feira, a Santa Casa da Misericórdia de Mangualde promoveu um dia diferente para os seus utentes, com uma viagem ao Santuário de Nossa Senhora de Fátima.
Com a
saída de Mangualde, ainda durante o amanhecer, este passeio organizado
pela Santa Casa da Misericórdia de Mangualde
permitiu aos seus utentes a
visita aos belos espaços do Santuário, entre os quais se destacam a
Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, a Capelinha das
Aparições e a Basílica da Santíssima
trindade. De referir que durante esta visita houve também espaço para
que os utentes pudessem assistir a uma Celebração Eucarística, na Igreja
da Santíssima Trindade.
    No final da Celebração Eucarística, os utentes que o desejaram compraram algumas recordações e cumpriram as
suas promessas, realizando-se de seguida o almoço convívio entre utentes, Funcionárias e Voluntárias que acompanharam o passeio.
    Após o almoço, o destino foi a Nazaré, onde os utentes aproveitaram para
sentir o prazer da areia nos pés descalços e tocar na espuma fresca das
ondas da praia.
       No regresso, após este dia de usufruto e passeio, a
satisfação era um sentimento partilhado por todos os participantes,
motivado pela experiência proporcionada nesta viagem a Fátima e à
Nazaré, exemplarmente organizada pela Santa Casa da Misericórdia de
Mangualde.

Por: SCMM

II Caminhada Solidária em Mangualde

  A Misericórdia de Mangualde levou a efeito ontem, dia 13 de Junho, a II
Caminhada Solidária, uma iniciativa que teve como propósito angariar
fundos para a Instituição e que contou com a participação de cerca de
meia centena de pessoas.
Designada por “Rota das Minas de Urânio da
Cunha Baixa”, a caminhada teve início às 9h30, junto às Instalações da
Misericórdia de Mangualde e terminou às 12h00, na Quinta dos Carvalhais –
SOGRAPE, em Espinho.


  Num percurso de
grande beleza natural, dominado por pinhais, vinhas e granito, entre as
aldeias de Mesquitela, Mourilhe e Cunha Baixa, caminhámos quase sem dar
conta, durante mais de duas horas, para percorrer os cerca de 11Km que
separavam a partida da chegada.
   Na passagem pela área das Minas de
Urânio da Cunha Baixa, o presidente da Associação dos Trabalhadores das
Minas de Urânio (ATMU), António Minhoto, fez uma pequena descrição do
que foi a importância desta exploração mineira para as famílias e para o
desenvolvimento local, focando também os efeitos maléficos que a
radioactividade teve e continua a ter em todos os trabalhadores destas
Minas.
   Na chegada à Quinta dos Carvalhais, esperava-nos o Dr. Jaime
Pinto, responsável pela adega SOGRAPE, que depois de nos presentear com
excelentes vinhos para o almoço, conduziu-nos numa visita guiada a
todos os recantos da Adega, explicando todos os pormenores da fabricação
do vinho.
Para além dos aspetos solidários e desportivos desta
atividade, destaca-se também o excelente ambiente de amizade, alegria,
boa disposição e camaradagem que reinou nesta caminhada.

Por: Misericórdia de Mangualde

III Jornadas da Misericórdia foram em Penalva do Castelo

JORNADAS DA MISERICÓRDIA SOBRE A FAMÍLIA COMO CAPITAL SOCIAL
   A
Misericórdia de Mangualde, em parceria com a Misericórdia de Penalva do
Castelo e a Misericórdia de Santar realizaram, em Penalva do Castelo, as III Jornadas da Misericórdia, dedicadas ao
tema “A família como capital social”.

  No decorrer desta iniciativa
foram debatidas as questões da família no século XXI, a sua
vulnerabilidade, a conciliação com o trabalho, a importância do suporte
familiar, entre outras problemáticas.
Marcaram presença nas Jornadas, entre outros, o responsável pela ação
social da UMP, Carlos Andrade, o Diretor do Instituto de Ação Social de
Viseu, Telmo Antunes, o Bispo de Viseu D. Ilidio Leandro e o Presidente
da Câmara Municipal de Penalva do Castelo Francisco Carvalho.
No Jantar conferência estiveram também presentes a atriz Rita Ribeiro e o treinador de futebol Ricardo Chéu.
No final das Jornadas a parceria foi fortalecida com a presença da
Misericórdia de Viseu, que a partir de agora passará também a ser
parceria na organização das próximas Jornadas, para as quais a
Misericórdia de Mangualde já se disponibilizou para ser a anfitriã.
Por: SCMM

Um dia diferente dos Idosos da Misericórdia de Mangualde

UTENTES DA MISERICÓRDIA DE MANGUALDE VISITAM PADARIA/PASTELARIA E PARTICIPAM NA CONFECÇÃO DO PÃO.
  De acordo com a agenda de animação cultural, recreativa e de ocupação
dos tempos livres da Santa Casa da Misericórdia de Mangualde, a manhã do
dia de hoje foi marcada pela visita a uma padaria/pastelaria do nosso
Concelho.

  Durante esta visita, 26 Utentes dos Lares assistiram e
participaram nas múltiplas tarefas que estão associadas à confecção do
pão e outros doces de pastelaria.
   O
primeiro passo foi fazer a massa do pão, que hoje é confeccionada nas
máquinas e não é preciso amassar manualmente, os idosos assistiram
atenciosamente, e iam fazendo comparações com antigamente. Depois desta
amassada, foi a repousar durante dez minutos, e só ao fim deste tempo é
que os idosos confeccionaram o pão. Um a um, na sua vez recebeu um
bocado de massa e confeccionou o seu próprio pão com chouriço. Dez
minutos depois de ir ao forno tivemos um resultado muito positivo e
delicioso.
   Os idosos ficaram muito satisfeitos com esta experiência
e gratos pelo carinho e atenção que receberam por parte de todos os
funcionários da Pastelaria.
Foi uma manhã divertida, que para alguns foi cheia de experiências novas e para outros trouxe boas recordações…!

Irmandade da SC Misericordia de Fornos de Algodres celebrou 349ºaniversário

  O dia foi de festa, mas logo bem cedo tiveram início as cerimónias do Jubileu desta Irmandade da Misericórdia de Fornos de Algodres, que neste dia celebrou 349 anos de existência, onde a adesão foi grande, para a cerimónia que consiste nas confissões, seguidas da Eucaristia que foi celebrada pelos Párocos Nuno Almeida, José Bento e com o apoio do Padre João que veio dar uma ajuda.

Como é hábito, também decorre uma procissão no adro da  Misericórdia.
Após a cerimónia, seguiu-se o almoço convívio aberto a todos os irmãos e irmãs, onde foram comemorados os 349 anos desta instituição, onde o Provedor Luis Ginja estava satisfeito, com a adesão dos Irmãos nestas cerimónias e enalteceu a presença de alguns irmãos com grau de antiguidade que foram convidados a partir o bolo.
 Um dia diferente nesta instituição, que vai ter já no próximo domingo, as cerimónias da Procissão do Senhor dos Passos, e na Sexta Feira Santa ,o enterro do senhor, procissões essas acompanhadas pela Batuta D´Alegria desta localidade fornense.

 Reportagem de António Pacheco