Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: Seia

Tag Archives: Seia

GNR Guarda-Seia – Detido por violência doméstica 

O Comando Territorial da Guarda, através do Posto Territorial de Seia, deteve um homem de 76 anos por violência doméstica, no concelho de Seia.

No âmbito de uma investigação de violência doméstica, os militares da Guarda apuraram que o suspeito exercia violência física e psicológica contra a vítima, sua esposa de 72 anos. Perante a possibilidade de agravamento dos episódios de violência, foi dado cumprimento a um mandado de detenção.

O detido foi presente ao Tribunal Judicial da Seia, tendo ficado sujeito às medidas de coação de proibição de contatos com a vítima por qualquer meio, afastamento da residência e obrigatoriedade de tratamento à dependência do álcool.

Resultados da ronda 12 do distrital Sub-19 da AF Guarda

Teve lugar mais uma ronda do distrital de Sub-19 da AF Guarda

Núcleo Desp. Social -Vilar Formoso-0 – 1
Aguiar Beira Gin.Figueirense-3 – 3
Guarda DFC – S.Romão-2 – 4
GD Trancoso- Guarda Unida – 1 de março

acerto de calendário

Aguiar da Beira- Guarda DFC-0-9

lideram NDS e V.Formoso com 22 pts seguidos do S.Romão com 21 pts

Candidatos do Bloco de Esquerda visitaram Hospital Nossa Senhora da Assunção em Seia

Os candidatos do Bloco de Esquerda às Legislativas ao círculo eleitoral da Guarda, Pedro Cardoso, o cabeça de lista do BE fez-se acompanhar pela Eurodeputada, Marisa Matias, para visitar o Hospital Nossa Senhora da Assunção, em Seia, onde foram recebidos pelo Conselho de Administração da ULS da Guarda, presidido por João Baganha.
Durante a reunião, a administração da ULS da Guarda deu a conhecer os projetos em curso e os investimentos da instituição, aos candidatos do BE.

Legislativas 22- Marisa Matias (Bloco de Esquerda) vem ao Distrito da Guarda

Ainda em pré- campanha, nesta quarta-feira, dia 12 de Janeiro, quarta-feira, Marisa Matias do Bloco de Esquerda visita o distrito da Guarda com o seguinte programa:
 
9h30 – Ação de contacto com a população na feira de Seia
 
11h30 – Visita ao hospital Nossa Senhora da Assunção – Seia
 
16h – Visita à Associação Sócio-terapêutica de Almeida  

Serra da Estrela Recupera Tradições para um Natal tão Natural Quanto Possível

Na Serra da Estrela, as festividades alusivas a esta época não esquecem as tradições e a identidade dos 15 territórios que compõem a Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIM-BSE). Não obstante a atual situação pandémica, existe um esforço de levar luz, animação e conforto emocional às populações locais e a aos turistas que se desloquem à Serra nesta altura do ano.

 

Acima de tudo, pretende-se que o Natal na Serra da Estrela seja vivido com intensidade, segurança e magia e que seja tão natural quanto possível. Não irá faltar a neve, o conforto da lareira, os produtos tradicionais, as tradições seculares, a identidade de cada território, os produtos únicos que não podem deixar de marcar presença numa casa portuguesa, como o Queijo Serra da Estrela DOP, os azeites de montanha, o burel, a doçaria tradicional, o mel, os frutos secos, o pão, os melhores vinhos do território. Neste outono/inverno, a Serra recebe os primeiros nevões e ‘veste-se’ de branco com todo o seu esplendor e gáudio de todos aqueles que querem viver o Natal intensamente. O mote é este: aproveitar esta quadra natalícia para regressar e conhecer as gentes genuínas, a sua cultura, os seus spas, os hotéis e os espaços de turismo rural e ecológico. Saboreie o melhor da gastronomia e as histórias que passam de geração em geração. Passeie pela natureza, respire o ar fresco da serra e sinta as fragâncias da vegetação natural e os aromas que escapam de cada casa, de cada aldeia, de cada forno comunitário.

TRADIÇÕES NATALÍCIAS

Cada tradição tem uma história por trás. E na Serra da Estrela, não vai querer perder uma vírgula de nenhuma delas. Comece por Seia e encontre uma Aldeia de Cabeça cheia de brilho e cor. Nesta altura, as casas pitorescas de xisto vestem-se a rigor para o Natal e para receber todos os curiosos. Sempre ao som das músicas tradicionais desta quadra. Parta à descoberta da Aldeia Viçosa e saboreie uma tradição que remonta ao século XVII: o Magusto da Velha. Os vinhos e as castanhas são reis e rainhas nesta quadra e coroam o paladar de quem os visita. Continue a sua viagem, agora pela Guarda. Aqui, durante esta altura, nasce uma cidade Natal iluminada com várias atividades para pequenos e graúdos. Por fim, não termine a sua visita sem conhecer o maior presépio natural do país. Descubra-o no Sabugal. Inúmeras figuras e cenários pensados ao pormenor, exposições, iluminações e decorações naturais. Tudo isto e muito mais está à sua espera.

MUSEUS E PONTOS DE INTERESSE

São muitos os espaços que no passado acolheram a história e a cultura. As aldeias dos municípios do Fundão e da Covilhã ostentam o xisto nas paredes até aos dias de hoje. Celorico da Beira, Seia e Trancoso receberam o Solar do Queijo da Serra da Estrela, o Museu do Pão e o Museu do Azeite, respetivamente. E agora, estão prontos para o receber. Percorra vários traços que se interlaçam na cultura beirã através do Museu dos Lanifícios, do Burel Factory e Ecolã de Manteigas e do Circuito de Arte Urbana do Fundão. Viaje pela história das Beiras e Serra da Estrela. Embarque no Museu Militar de Almeida. Continue a jornada pelo Museu dos Descobrimentos de Belmonte e pelo Museu da Guarda. Descubra a Arte Sacra de Fornos de Algodres, as Muralhas de Pinhel e uma coleção de automóveis em miniatura estacionada no Museu de Gouveia. Explore os Castelos e as casas brasonadas de Mêda e Figueira de Castelo Rodrigo. Aqui a história é contada e a cultura é exibida no estado mais puro. Venha conhecê-las.

PROGRAMAÇÃO DE NATAL DOS 15 MUNICÍPIOS DAS BEIRAS E SERRA DA ESTRELA

 

ALMEIDA

O município de Almeida considera a época natalícia uma altura propícia para a animação, mas também para a dinamização dos negócios locais. Desta feita foram criadas atividades com impacto na economia local, tais como o Mercadinho de Natal, a Exposição de presépios de rua no centro histórico, a Exposição de presépios nos espaços do Turismo Municipal de Almeida e Vilar Formoso e as atividades: “Dinamizar para Aproximar” com sorteio de Vouchers: “Compre no comércio tradicional”; “Valorize a gastronomia local – Rota do Bacalhau” e “Natal no alojamento local”. Consulte toda a informação aqui.

 

BELMONTE

No âmbito da época festiva, o município de Belmonte organiza a já emblemática Festa das Luzes, ou Hanukkah em hebraico, que acontece até 6 de dezembro. Nesta festa marcada “pelo clima familiar e pela alegria, um candelabro de nove braços é usado, com o acender de uma vela por dia, recordando os oito dias em que a chama ardeu milagrosamente.” Acontecem ainda oficinas de materiais reciclados, estátuas de luz e vão ser apresentados um livro e um vinho kosher no Museu Judaico. Além dos tradicionais Mercadinhos de Natal, concertos e animação de rua, o Natal em Belmonte culmina com a realização de vários concursos como o das Montras de Natal, Árvores de Natal, de Madeiros e de Presépios das Escolas. Para saber mais consulte o site oficial do município aqui.

CELORICO DA BEIRA

O município assinala a época festiva com um sorteio de Natal como forma de ajudar e revitalizar o pequeno comércio local e, até 23 de dezembro, os mais pequenos podem entrar na casa do Pai Natal e divertir-se com a oferta existente.

COVILHÃ

No município da Covilhã, o Natal será passado com arte, até ao dia 9 de janeiro. Inclui um vasto programa de atividades e eventos nesta cidade que é atualmente Cidade Criativa da UNESCO, na área do Design. Concertos, oficinas de Natal, animação de rua, teatros, exposições, espetáculos de marionetas e circo, desfiles, recitais, concertos com histórias para as famílias, bailado clássico e muito mais. Consulte aqui a agenda completa.

FIGUEIRA DE CASTELO RODRIGO

De 8 a 25 de dezembro, Figueira de Castelo Rodrigo promete ser a “Terra Natal”, acolhendo no coração da vila diversas atividades e iniciativas natalícias. O programa é pensado para as famílias, em especial para as crianças, havendo música, cinema, teatro e uma diversidade de animações de rua. Não vão faltar a Casa do Pai Natal, o Presépio, a Casa dos Ateliers de Natal, o Baloiço, o Comboio e o Mercadinho. Sem esquecer as iniciativas em prol dos mais desfavorecidos. O culminar destas atividades terá lugar no dia 24 de dezembro, dia em que será acesa a fogueira de Natal. Mais informações aqui.

FORNOS DE ALGODRES

Fornos de Algodres celebra o Natal sob o lema “Fornos de Algodres Natal, Um presépio Natural”, contando com um programa oficial composto por espetáculos de vídeo mapping, espetáculos para os mais novos com entrega de presentes e ainda far-se-á um “Sorteio de Natal”, para promoção e divulgação do comércio local. Não vão faltar em cada casa, as tradições natalícias do concelho como as filhoses, as fritas (fatias douradas), o bacalhau e o polvo cozidos na véspera de Natal, o cabrito no forno no almoço de Natal. Em algumas aldeias ainda resiste o Cepo de Natal ou a tradicional Missa do Galo. Consulte mais informações sobre o Natal neste município aqui.

FUNDÃO

O município do Fundão vive o Natal com uma série de eventos alusivos à época, entre os quais o Concurso de Presépios que, uma vez mais, mantém viva uma tradição cultural secular e dinamiza a construção de presépios no concelho. Nesta época do ano conta ainda com um Eco Mercado de Natal, concertos, espetáculos, saraus, concursos e muito mais. A Gastronomia tradicional não fica esquecida e até 19 de dezembro decorre o Festival da Tibórnia e, até 17 deste mês, acontece o Concurso do Melhor Bolo-Rei do Fundão.  Mais informações aqui.

GOUVEIA

Além da tradicional animação de Natal, o município de Gouveia, em parceria com a Agência para o Desenvolvimento dos Negócios de Gouveia (ADN Gouveia) criou uma campanha de Natal para promover as compras no comércio local e reforçar o apoio aos seus comerciantes. Mais informações aqui.

GUARDA

Até 25 de dezembro, Guarda será “Onde o Natal brilha mais alto” na Praça Luís de Camões, bem no coração da cidade mais alta, até porque estão agendadas atividades diversas para animar os dias e as noites mais frias com uma parada de Natal, carrosséis, photopoints para mais tarde recordar, concertos, o tradicional madeiro, árvores de vitrais, pinheiros de Natal, artesanato, concurso de montras e o, já habitual, mercadinho de Natal. Está tudo aqui basta aceder a este link.

MANTEIGAS

No município de Manteigas, as tradições, eventos e produtos natalícios não vão faltar com as Arruadas de Boas Festas, a Missa do Galo e a realização do Madeireiro nas quatro freguesias do concelho (Sameiro, Santa Maria, São Pedro, Vale de Amoreira). A “Natureza do Natal” em Manteigas completa-se com a Aldeia do Pai Natal, a realização do Mercadinho de Natal (17, 18, 19, 23, 24, 25, 31 de dezembro e 1 de janeiro) e, no dia 13 de dezembro ao final da tarde, a não perder o evento do acender das luzes de Natal com concerto de Natal. Mais informações aqui.

MÊDA

Mêda recebe o Natal com a animação habitual no Parque Municipal até 26 de dezembro onde não vão faltar o mercadinho, ateliers temáticos, a casa e o comboio do Pai Natal. O Concurso ‘Montras de Natal’ decorrerá de 7 de dezembro a 6 de janeiro, no âmbito da iniciativa ‘Natal Real é no Comércio Tradicional”, com o objetivo de dinamizar o comércio local, destacando a criatividade dos comerciantes subordinada à temática dos elementos naturais, alusivo à quadra natalícia.

Mais informação sobre o Natal em Mêda aqui.

PINHEL

De 15 de dezembro a 6 de janeiro, a magia do Natal vai animar a cidade de Pinhel, com atividades pensadas para todas as idades e, sobretudo, para as famílias.

À semelhança de anos anteriores, o “Pinhel de Natal” terá luz, através das iluminações natalícias que irão acender-se no dia 1 de dezembro, mas também o tradicional “Carrossel Parisiense”, Pista de Gelo, Zona Gaming, Ateliers de Natal, Globo de Neve Gigante e muita animação… isto tudo no Parque Municipal da Trincheira transformado num Bosque Encantado com um circo de Natal dos Duendes. Mais informações aqui.

SABUGAL

O Centro Histórico do Sabugal volta a ser berço do ‘Sabugal Presépio – O Maior Presépio Natural’, que inaugura a 7 de dezembro. Com uma ocupação de cerca de 1.100 metros quadrados e construído com recurso a materiais recolhidos na natureza, tais como troncos de castanheiros, heras e musgos, esta recriação contempla diversas cenas bíblicas relacionadas com a Natividade. O Natal neste município vai surpreender os sentidos. Entre bolas e estrelas, as luzes natalícias vão iluminar o Sabugal. Previstos concertos, exposições, o mercadinho de Natal, concurso de montras de Natal. Os mais pequeninos podem contar com oficinas de origami, pinturas faciais, cinema de sombras e muitas outras surpresas. Para dar as boas-vindas a 2022, as cinco vilas medievais – Alfaiates, Sabugal, Sortelha, Vila do Touro e Vilar Maior – vão iluminar-se com espetáculos pirotécnicos. Mais informações aqui.

SEIA

O programa de Natal em Seia decorre até 6 de janeiro com o centro da cidade animado pela iluminação pelas principais artérias. O município pretende criar maior atratividade e dinamismo nas zonas comerciais, um incentivo para visitar e comprar no concelho. A pista de gelo já está montada e, na envolvente do Mercado Municipal, o Carrossel Parisiense vai ser uma das grandes surpresas para os mais pequenos. No Mercado de Natal terá diversas atividades agendadas e oficinas para todos participarem. O desfile do Pai Natal não ficou esquecido e vai chegar às aldeias e ao centro da cidade. Após uma paragem forçada, os habitantes de Cabeça voltam a enfeitar a sua aldeia naquele que é o mais ecológico e tradicional Natal do país. Consulte o programa oficial aqui.

TRANCOSO

Além do Concurso de montras alusivas ao Natal, o município de Trancoso vive a Magia de Natal, entre 10 de dezembro a 01 de janeiro, na Praça D. Dinis. Consulte aqui.

 

Esta ação enquadra-se no Projeto Produtos Turísticos Integrados de Base Intermunicipal, desenvolvido pela Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela, em parceria com o Turismo Centro de Portugal, cofinanciado pelo Portugal 2020, Centro 2020 e União Europeia através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

Estas atividades acontecem no âmbito do estreito cumprimento pelas normas definidas pelas autoridades de saúde para a prevenção e mitigação do risco de contágio pela COVID-19, podendo alguns eventos estarem sujeitos a lotação máxima e/ou cancelamento de alguma iniciativa, tendo em conta a evolução da Pandemia.

Prémio Manuel António da Mota-Centro Paroquial de Seia recebeu Menção Honrosa

 APAC Portugal vencedor na edição 2021

Realizou-se no Centro de Congressos da Alfândega do Porto, a cerimónia da entrega dos Prémios Manuel António da Mota, que contou com a presença do Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, Prof. Dr. Manuel Sobrinho Simões, Médico, Professor e Investigador e Presidente do Conselho de Administração da Fundação Manuel António da Mota, Maria Manuela Mota. O Prémio Manuel António da Mota, no valor de €50.000, foi entregue à APAC Portugal – Associação de Proteção e Apoio ao Condenado,

A par da APAC Portugal – Associação de Proteção e Apoio ao Condenado, vencedora do Prémio, foram ainda distinguidas nove instituições nacionais, cabendo o 2º e 3º lugares, respetivamente, à Associação Portuguesa de Surf For Good e AGA – Associação Geoparque de Arouca, e as restantes sete menções honrosas à Associação Bagos D’Ouro, Associação Portuguesa Contra a Leucemia, Conselho Português para os Refugiados, Centro Paroquial de Seia, Cruz Vermelha Portuguesa – Delegação de Tavira, O Fio de Ariana – Educação e Terapia, C.R.L. e Ponto de Apoio à Vida.

Foto:MT

She’s Mercedes Off Road Experience aconteceu na Serra da Estrela

O quinto aniversário do She’s Mercedes Off Road Experience celebrou-se na Serra da Estrela, com um grupo de mais de 75 aventureiras Mercedes-Benz e, pela primeira vez, durante um fim de semana completo.

O H2Otel Congress & SPA, bem no coração da Serra da Estrela, em Unhais da Serra, aguardava a chegada da maior comitiva de sempre de mais uma aventura no feminino da Mercedes-Benz. À chegada, um cocktail de boas-vindas aguardava as participantes, mote mais do que suficiente para entrar no espírito do que viria a ser um fim de semana de aventura, degustação e celebração.

As boas-vindas oficiais aconteceram durante o jantar, onde Cátia Magalhães, responsável do projeto She’s Mercedes em Portugal, partilhou com todas um pequeno filme que conta a história da viagem realizada pelo primeiro automóvel Mercedes-Benz em 1888 – ao volante Bertha Benz, esposa do criador da marca germânica, Carl Benz, cujo exemplo de coragem e espírito de aventura serviram de inspiração a todas as presentes.

O segundo de três dias memoráveis She’s Mercedes amanheceu com um sol radiante e sem uma única nuvem no horizonte. Prenúncio de um dia onde as cores do outono brilharam mais fortes e as paisagens da serra da Estrela confirmaram um dia de passeio magnífico, perfeito para pôr à prova a perícia das condutoras e a tecnologia 4MATIC dos Mercedes-Benz pelos trilhos fora de estrada que se avizinhavam.

A comitiva arrancou serra acima até às Penhas da Saúde para uma visita ao Centro de Limpeza de Neve da serra da Estrela. As gigantes e imponentes máquinas esperavam as participantes para uma experiência única. Logo depois, visita à deslumbrante queda de água do Poço do Inferno, mesmo antes de atravessar Manteigas e subir novamente até ao Mondeguinho, a nascente do maior rio português, o Mondego. Poucos quilómetros mais adiante, Seia e o destino final da manhã: o Museu do Pão.

Após um almoço típico, seguiu-se a visita ao Museu e as indispensáveis compras na “Mercearia” do Museu. Pão, pois claro! Mas muito, muito mais de um leque de produtos típicos da região, tão saborosos.

A parte da tarde reservava os primeiros grandes desafios fora de estrada, como as descidas de corta-fogos de cortar a respiração, mesmo antes de chegar a Vide. Daí até Unhais da Serra era um saltinho, e as aventureiras Mercedes-Benz chegaram bem a tempo de poder relaxar deste primeiro dia de fora de estrada e aproveitar os luxos das piscinas e do circuito Aqualudic do H2Otel Congress & SPA.

Antes do jantar, mais um momento no feminino com uma She’s Mercedes Talk, desta vez com Anna Massiello e Yasmin Medeiros, fundadoras da R-Coat, uma comunidade de moda que reduz o desperdício, aproveitando chapéus de chuva estragados, e dando-lhes uma segunda vida como peças de roupa.

Seguiu-se um jantar acompanhado de música ao vivo e muitas surpresas. Jorge Aguiar, Diretor de Marketing e Comunicação e Holger Marquardt, CEO da Mercedes-Benz em Portugal, que acompanharam de perto todo o fim de semana, aproveitaram a ocasião para celebrar com todas as presentes o 5º Aniversário She’s Mercedes, com direito a um bolo muito especial para todas. Animação não faltou noite dentro, aproveitando a música e a boa disposição das participantes.

A manhã de domingo ficou reservada para o típico pequeno-almoço em roupão do H2Otel Congress & SPA e mais uma visita às sua maravilhas aquáticas. Depois, novamente a bordo dos Mercedes-Benz 4MATIC, nova subida à serra com passagem pelo Covão da Ametade e visita à fábrica da Ecolã, em Manteigas, para conhecer melhor o Burel, e a forma como a lã 100% de ovelha é trabalhada e dá origem a produtos incríveis e sustentáveis.

Depois, novo corta-fogo desta vez a terminar numa pequena travessia de água para pôr novamente à prova máquinas e condutoras. O almoço de encerramento foi já em Belmonte, na magnífica Quinta da Bica, onde a comitiva feminina Mercedes-Benz foi recebida com um Welcome Drink, cortesia da OPO Spritz, o primeiro wine spritz feito com vinho português. Depois, um almoço tradicionalmente serrano para deixar saudades de um fim de semana memorável.

A 5ª edição do She’s Mercedes Off Road Experience foi sem dúvida um evento memorável e o culminar de partilhas, inspiração, liderança e iniciativas no feminino que aproximam a marca Mercedes-Benz às participantes.” – reforçou Cátia Magalhães no final do evento.

Para Luís Celínio, Presidente do Escape Livre “o She’s Mercedes é a prova de que a combinação de grandes máquinas com grandes aventureiras é sinónimo de dias únicos de convívio e aventura fora de estrada”.

Em 2022, o She’s Mercedes estará de regresso com mais desafios, aventura e inspiração, para levar mulheres destemidas e inspiradoras a ultrapassar limites e abrir novos caminhos.

António Carrinho (Mealhada)venceu 5º Torneio Social Escola Ténis de Seia

Disputou-se o 5º Torneio Social Escola Ténis de Seia, com boa adesão por parte dos tenistas, uma prova pontuável para o ranking do Circuito Ergovisão (prémios Ergovisão).

A final disputada por António Carrinho(Mealhada) e Hélio Cardoso de Seia foi interessante com o jogador da bairrada a vencer por 2-0. No Torneio de Consolação do mesmo evento, venceu o José Figueiredo (Seia) ao bater Telmo Bravo (Guarda) por 2-0.

Douce France conquista Grande Prémio na 27ª Edição do CineEco

O Festival Internacional de Cinema Ambiental da Serra da Estrela acaba de anunciar os vencedores da 27ª edição, num ano em que a produção europeia e nacional provou a sua grande vitalidade na abordagem diversa e crítica sobre as temáticas ambientais. O CineEco em Seia fechou as portas ao grande ecrã este sábado, mas parte em itinerância pelo país já nos próximos meses por associações, teatros, universidades e auditórios. A próxima edição do Festival em Seia tem já data marcada e irá realizar-se entre 8 e 15 de outubro

© Elzévir Films – De Deux Choses Lune, “Douce France

Douce France” arrecadou o “Grande Prémio Ambiente – Câmara Municipal de Seia”. A obra de Geoffrey Couanon retrata a aventura ecológica e social de um grupo de jovens estudantes sobre o polémico projeto de construção de um complexo comercial – EuropaCity – na sua terra-natal. Um filme-documentário revelador, que nos leva a refletir sobre os nossos próprios modelos de consumo, a produção agrícola e as escolhas que tomamos, ou não, na nossa comunidade.

O “Prémio Antropologia Ambiental – Zurich Seguros” coube a “Arica”, de Lars Edman, William Johansson Kalén, um documentário sobre o chamado colonialismo tóxico e que dá a conhecer um inédito julgamento transnacional para apurar a responsabilidade de uma empresa de minério sueca, que chegou a exportar milhares de toneladas de lixo tóxico para a cidade chilena, Arica.

Menção Honrosa Longa-Metragem Internacional foi conquistada por Svetlana Rodina, com “Ostrov – Lost Island”.

Na Competição Internacional de Curtas-Metragens, a viagem de um grupo de crianças de colónias extraplanetárias rumo a uma Terra inabitável, “Flight to Earth” de Ignacio Rodó, conseguiu o “Prémio Curta-Metragem Internacional – Turistrela”. Já o “Prémio Educação Ambiental – Associação Mares Navegados” coube ao filme de animação “#fishingtheplastic”, da autoria de Marina Lobo realizadora do igualmente premiado, “Aquametragem” que integrou a competição da 25ª edição do CineEco . Nesta Competição específica, o júri do CineEco 2021 atribuiu 3 Menções Honrosas, a saber: “Migrants” de Hugo Caby, Antoine Dupriez, Aubin Kubiak, Lucas Lermytte, Zoé Devise; “Acorns” de Bradley Furnish e “Centrifugadora” de Ignacio Rodó.

Na Competição de Séries e Reportagens Televisivas, o “Prémio Televisão” rumou para o documentário francês, “Vert de Rage, du charbon dans les poumons (Green Warriors: Coal in the Lugs)” de Martin Boudot que, juntamente com um grupo de cientistas, cidadãos e jornalistas, seguiu na busca pelas provas de contaminação do ar. A Menção Honrosa nesta categoria foi atribuída a “O lado negro do azeite” de Sandra Cóias e Pedro Rego; “Des legumes dans la ville” de Aurelien Francisco Barros e “Migradores de Longa Distância – Entre o Tejo e o Ártico” de Pedro Miguel Ferreira e Joaquim Pedro Ferreira.

Na Competição de filmes e documentários em Língua Portuguesa, o “Prémio Camacho Costa – Lipor” na categoria Longa-Metragem ficou com Márcia Paraíso e Francisco Colombo para o documentário “Sobre Sonhos e liberdade”, filme que aborda o contexto da abolição da escravatura no Brasil, um dos momentos cruciais da história deste país. O “Prémio Curta-Metragem em Língua Portuguesa” foi conquistado por Bruno Lourenço com “Oso”, relato sobre o possível regresso do urso-pardo ao norte de Portugal e os obstáculos criados pelo Homem e pela vontade do urso. As Menções Honrosas ficaram para “A nossa terra, o nosso altar” de André Guiomar e “A Mala” de Diogo Pereira e Angelizabel Freitas, respetivamente nas categorias de Longas-Metragens e Curtas-Metragens.

O jovem senense, Gabriel Ambrósio, conquistou o “Prémio Panorama Regional – Casa da Passarella” com a curta-metragem “Um Quadro de História” sobre a vida das abelhas e do processo de criação de mel. O “Prémio Valor da Água – Águas do Vale do Tejo” seguiu para “Living Water” de Pavel Borecký, um filme que aborda uma bomba-relógio ambiental e a história de luta entre beduínos, engenheiros e agricultores pelo “ouro azul” num dos países mais pobres em termos de recursos de água, a Jordânia.

Júri da Juventude, composto por um painel de 6 jovens, atribuiu os seguintes galardões em todas as competições: Prémio Juventude Longa-Metragem para “Ophir” de Alexandre Berman e Olivier Pollet; Menções Honrosas foram para “Douce France” de Geoffrey Couanon; “Arica” de Lars Edman e William Johansson Kalén. Prémio Juventude Curta-Metragem atribuído a “Flight To Earth” de Ignacio Rodó com as Menções Honrosas para “Acorns” de Bradley Furnish; Prémio Juventude Séries e Reportagens Televisivas para “O lado negro do azeite” de  Sandra Cóias e Pedro Rego com a Menção Honrosa a seguir para “Plástico, o novo continente (episódio 1)” de Catarina Canelas; o Prémio Juventude Longa-Metragem em Língua Portuguesa para “A nossa terra, o nosso altar” de André Guiomar e Prémio para Curtas-Metragens “Para cá do Marão”, José Mazeda, com as Menções Honrosas  para Curtas-Metragens em Língua Portuguesa atribuídas a “O que não se vê” de Paulo Abreu e “Alma” de Mónica Santos; para o Prémio Juventude Panorama Regional, o júri da juventude escolheu premiar “Um Quadro de História” de Gabriel Ambrósio. Nesta categoria, a Menção Honrosa coube a “O Meu Vento é o Norte” de Mariana Silveira.

Portugal, França e Espanha foram os países com maior representação cinematográfica na Competição Oficial da 27ª edição do CineEco que decorreu na Casa Municipal da Cultura de Seia, entre 9 e 16 de outubro. Este ano, o mais antigo festival de cinema ambiental do mundo recebeu 93 filmes de mais de 20 países, uma edição marcada pelo regresso do público às salas de cinema, com todas as sessões praticamente esgotadas ainda que tivessem sido salvaguardadas todas as regras de segurança e higiene recomendadas pela Direção-Geral de Saúde.

«A partir de Seia, cidade pequena do interior de Portugal, continuamos a construir um Festival para todos e a apostar cada vez mais na produção nacional, sem nunca esquecer o que de melhor se faz em todo mundo. O CineEco voltou a trazer à luz do dia algumas das mais prementes temáticas relacionadas com o Ambiente e já é o centro de discussão das problemáticas que assolam as comunidades e que se relacionam com as alterações climáticas; o lixo tóxico, a poluição atmosférica, a falta de água, entre outros temas. Uma palavra para os jovens que regressaram em força e voltaram a marcar a diferença, quer na apresentação de trabalhos em competição, que na forte afluência ao auditório e cineteatro para participarem nas Ecotalks e restantes atividades paralelas», concretiza a Direção do Festival.

PALMARÉS 27ª EDIÇÃO CINEECO

>> COMPETIÇÃO INTERNACIONAL DE LONGAS-METRAGENS

>> GRANDE PRÉMIO AMBIENTE _ Câmara Municipal de Seia

DOUCE FRANCE, Geoffrey Couanon, França, 2020, Documentário (96’)

>> PRÉMIO ANTROPOLOGIA AMBIENTAL _ Zurich Seguros

ARICA, Lars Edman e William Johansson Kalén, Suécia, Chile, Noruega, Bélgica e UK,

2020, Documentário (95’)

>> MENÇÃO HONROSA LONGA-METRAGEM INTERNACIONAL

OSTROV – LOST ISLAND, SVETLANA RODINA, Suíça, 2021, Documentário (93’)

 

>> COMPETIÇÃO INTERNACIONAL DE CURTAS-METRAGENS

>> PRÉMIO CURTA-METRAGEM INTERNACIONAL _ Turistrela

FLIGHT TO EARTH, Ignacio Rodó, Espanha, 2021, Animação (6’)

>> PRÉMIO EDUCAÇÃO AMBIENTAL _ Associação Mares Navegados

#FISHINGTHEPLASTIC, Marina Lobo, Portugal, 2020, Animação (4’)

>> MENÇÃO HONROSA CURTA-METRAGEM INTERNACIONAL

MIGRANTS, Hugo Caby, Antoine Dupriez, Aubin Kubiak, Lucas Lermytte e Zoé Devise,

França, 2020, Animação (8′)

ACORNS, Bradley Furnish, Bradley Furnish, EUA, 2020, Animação (16’)

CENTRIFUGADORA, Ignacio Rodó, Espanha, 2020, Ficção (2’)

 

>> COMPETIÇÃO DE SÉRIES E REPORTAGENS TELEVISIVAS

 

>> PRÉMIO TELEVISÃO

VERT DE RAGE, DU CHARBON DANS LES POUMONS (GREEN WARRIORS: COAL IN

THE LUGS), Martin Boudot, França, 2021, Documentário (49’)

>> MENÇÃO HONROSA TELEVISÃO

O LADO NEGRO DO AZEITE, Sandra Cóias e Pedro Rego, Portugal, 2021,

Documentário (31’)

DES LEGUMES DANS LA VILLE, Aurelien Francisco Barros, França, 2020,

Documentário TV (53’)

MIGRADORES DE LONGA DISTÂNCIA – ENTRE O TEJO E O ÁRTICO, Pedro Miguel

Ferreira e Joaquim Pedro Ferreira, Portugal, 2020, Documentário (52’)

 

 

 

>> COMPETIÇÃO EM LÍNGUA PORTUGUESA

 

>> PRÉMIO CAMACHO COSTA | LONGA-METRAGEM EM LÍNGUA PORTUGUESA _ Lipor

SOBRE SONHOS E LIBERDADE, Márcia Paraíso e Francisco Colombo, Brasil, 2020,

Documentário (70’)

>> MENÇÃO HONROSA LONGA-METRAGEM EM LÍNGUA PORTUGUESA

A NOSSA TERRA, O NOSSO ALTAR, André Guiomar, Portugal, 2020,

Documentário (78’)

>> PRÉMIO CURTA-METRAGEM EM LÍNGUA PORTUGUESA

OSO, Bruno Lourenço, Portugal, 2021, Ficção (29’)

>> MENÇÃO HONROSA CURTA-METRAGEM EM LÍNGUA PORTUGUESA

A MALA, Diogo Pereira e Angelizabel Freitas, Portugal, 2021, Ficção (5’)

>> PRÉMIO PANORAMA REGIONAL _ Casa da Passarella

UM QUADRO DE HISTÓRIA, Gabriel Ambrósio, Seia, Portugal, 2021,

Documentário (16’25’’)

>> PRÉMIO VALOR DA ÁGUA _ Águas do Vale do Tejo

LIVING WATER, Pavel Borecký, Suíça, República Checa e Jordânia, 2020,

Documentário (77’)

 

>> JÚRI DA JUVENTUDE

 

>> PRÉMIO JUVENTUDE LONGA-METRAGEM INTERNACIONAL

OPHIR, Alexandre Berman e Olivier Pollet, França e UK, 2020, Documentário (97’)’

>> MENÇÃO HONROSAS JUVENTUDE LONGA-METRAGEM INTERNACIONAL

DOUCE FRANCE, Geoffrey Couanon, França, 2020, Documentário (96’)

ARICA, Lars Edman e William Johansson Kalén, Suécia, Chile, Noruega, Bélgica e UK,

2020, Documentário (95’)

>> PRÉMIO JUVENTUDE CURTA-METRAGEM INTERNACIONAL

FLIGHT TO EARTH, Ignacio Rodó, Espanha, 2021, Animação (6’)

>> MENÇÃO HONROSA JUVENTUDE CURTA-METRAGEM INTERNACIONAL

ACORNS, Bradley Furnish, Bradley Furnish, EUA, 2020, Animação (16’)

>> PRÉMIO JUVENTUDE TELEVISÃO

O LADO NEGRO DO AZEITE, Sandra Cóias e Pedro Rego, Portugal, 2021,

Documentário (31’)

>> MENÇÃO HONROSA JUVENTUDE TELEVISÃO

PLÁSTICO, O NOVO CONTINENTE (EPISÓDIO 1), Catarina Canelas, TVI,

Portugal, 2020, Documentário (17’)

>> PRÉMIO JUVENTUDE LONGA-METRAGEM EM LÍNGUA PORTUGUESA

A NOSSA TERRA, O NOSSO ALTAR, André Guiomar, Portugal, 2020,

Documentário (78’)

>> PRÉMIO JUVENTUDE CURTA-METRAGEM EM LÍNGUA PORTUGUESA

PARA CÁ DO MARÃO, José Mazeda, Portugal, 2020, Ficção (22’)

>> MENÇÃO HONROSA JUVENTUDE CURTA-METRAGEM EM LÍNGUA PORTUGUESA

O QUE NÃO SE VÊ, Paulo Abreu, Portugal, 2020, Experimental/Ensaio (24’)

ALMA, Mónica Santos, Portugal, 2020, Experimental (8’)

>> PRÉMIO JUVENTUDE PANORAMA REGIONAL

UM QUADRO DE HISTÓRIA, Gabriel Ambrósio, Seia, Portugal, 2021,

Documentário (16’25’’)

>> MENÇÃO HONROSA JUVENTUDE PANORAMA REGIONAL

O MEU VENTO É O NORTE, Mariana Silveira, UBI, Covilhã, Portugal, 2021,

Ficção (8’37’’)

Sobre o CineEco

O CineEco é membro fundador e faz parte da direção da Green Film Network, uma plataforma de 40 festivais de cinema ambiental. É organizado há 26 anos pelo Município de Seia e conta com o Alto Patrocínio do Presidente da República e do Departamento de Ambiente das Nações Unidas.

Seia-Novo executivo municipal reuniu para distribuição de competências

Realizou-se  a primeira reunião de Câmara do novo executivo municipal, presidido por Luciano Ribeiro, sessão ordinária que passará a ter lugar quinzenalmente, às sextas-feiras, pelas 09h30.

A reunião iniciou com cumprimentos entre os novos elementos que compõem a vereação, onde de parte a parte foi manifestada a intenção de colaboração e congregação de esforços pelo desenvolvimento do concelho.

O novo Presidente da Câmara Municipal, Luciano Ribeiro, reiterou na ocasião o congregar de energias, sendo que se manterá fiel ao projeto político que recolheu o apoio maioritário dos eleitores, num percurso que define como “caminho de continuidade”, com outras opções e visão dos problemas.

Identificou como assuntos prioritários, os setores da saúde e da educação, como o já havia feito na sessão de tomada de posse que decorreu no domingo passado, na necessidade de ação imediata no lançamento das obras de requalificação do Centro de Saúde de Seia e da Escola Secundária de Seia. Ainda no que concerne à educação, mostrou-se disponível para, em conjunto com a Escola Superior de Turismo e Hotelaria – IPG, encontrar novas abordagens de valorização deste ciclo de ensino, de enorme relevância para o concelho e para a região.

Em matéria de intervenção no edificado, frisou a intenção de encontrar soluções para a uma nova residência de estudantes da ESTH, prevista para o edifício da Estamo, mas também de ver terminada a obra do Centro Interpretativo da República e Afonso Costa, e de concluir o projeto de ampliação do quartel da GNR, para que se possa avançar para a obra física.

Na área do investimento económico, referiu-se às intervenções a ser efetuadas no CACE, para a implementação em definitivo de uma incubadora de empresas em Seia, obras de pequena envergadura, que referiu como “suficientes, num percurso para o ótimo”.

No domínio do espaço público, elencou um conjunto de intervenções, com especial relevância na empreitada “Porta da Estrela”, que se encontra a decorrer no centro da cidade no âmbito do PEDU (Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano), mas também em Santiago e em São Romão e nos projetos a desenvolver em Seia – Quintela e nos bairros da Raposeira e Santa Cruz.

Já no período da ordem de trabalhos, foram objeto de deliberação o regimento da Câmara Municipal e a periodicidade das reuniões de Câmara, que terão lugar quinzenalmente, às sextas-feiras (09h30), na sala de Sessões do edifício dos Paços do Concelho, sendo abertas ao público e com carácter participativo.

Da ordem de trabalhos constaram, igualmente, a delegação de competências no Presidente da Câmara, a integração de Mário Azevedo como vereador a tempo inteiro e a distribuição de pelouros entre os elementos do executivo que acompanham o presidente Luciano Ribeiro, nos próximos quatro anos na gestão do município.

O autarca senense terá a seu cargo a coordenação geral e as áreas da Coordenação Geral; Planeamento Estratégico e Ordenamento do Território; Desenvolvimento Económico; Empresas e Inovação; Fundos Comunitários; Segurança e Proteção Civil; Desenvolvimento Rural; Participação Externa, Geminações e Diáspora; Apoio aos Órgãos Autárquicos; e Apoio às Freguesias.

A nova vice-presidente do executivo é Célia Barbosa, a quem foram entregues os pelouros de Recursos Humanos; Educação e Cultura; Desporto e Juventude; Assuntos Sociais e Cidadania; Urbanismo e Regeneração Urbana; Habitação; Saúde e Qualidade de Vida.

Por seu turno, Cláudio Figueiredo será vereador responsável pela Administração Geral; Modernização Administrativa; Finanças; Património e Aprovisionamento; Atividades Económicas e Empreendedorismo; Turismo; Taxas e Licenças; Mercados e Feiras; e Contraordenações.

Mário Silva terá a seu cargo os pelouros das Infraestruturas Municipais; Ambiente e Sustentabilidade; Energia; Espaços Verdes; Cemitérios; Obras Municipais; Mobilidade; Fiscalização Municipal; e Bem-Estar Animal.

Os três vereadores da oposição, Luís Caetano e Susana Ferreira, do PSD/PP, e Tenreiro Patrocínio, do movimento independente Juntos Pela Nossa Terra (JPNT), não têm pelouros atribuídos.

Por:MS

Ler Mais »