Início » Tag Archives: traçado da linha de alta velocidade ferroviária

Tag Archives: traçado da linha de alta velocidade ferroviária

Tomada de posição sobre o traçado da linha de alta velocidade ferroviária entre Lisboa e Porto, no troço Carregado – Soure

O traçado da linha de alta velocidade entre Lisboa e Porto, apresentado a 29 de setembro de 2022, no Porto, pelos Exmos. Srs. Primeiro-Ministro e Ministro das Infraestruturas e Habitação, mantém a opção anteriormente selecionada para aquele projeto de alta velocidade, que previa a passagem a poente da Serra d’Aire e Candeeiros.

No novo projeto de alta velocidade prevê-se a aplicação de bitola ibérica, pois esta permite uma interligação com a restante rede ferroviária nacional, contribuindo para a redução de tempos de viagem para outros pontos da rede.

A decisão tomada no início deste século, relativa a um traçado a oeste da Serra d’Aire e Candeeiros, não teve como pressuposto a utilização de bitola ibérica. Com a utilização
desta bitola será possível a integração com as Linhas da Beira Baixa e do Norte, num traçado a nascente da Serra d’Aire e Candeeiros, o que aumentará os impactos positivos
do projeto de alta velocidade.

Nas atuais circunstâncias, a decisão de construir a linha de alta velocidade entre Lisboa e Porto em bitola ibérica, deveria considerar um traçado a nascente da Serra
d’Aire e Candeeiros.

A alteração do traçado da linha Lisboa – Porto para nascente da Serra d’Aire e Candeeiros permitirá gerar poupanças significativas no tempo de viagem para Lisboa, para as
populações das Beiras e Serra da Estrela e da Beira Baixa. Estes benefícios estão em linha com a prioridade apresentada pelo Governo de criar impactos positivos para as regiões do interior do país, com a construção do projeto de alta velocidade entre Lisboa e Porto, e promover a coesão territorial nacional.

Pelo que antes se afirma, as Comunidades Intermunicipais da Beira Baixa e das Beiras e Serra da Estrela solicitam a reavaliação, no mais curto espaço de tempo, do
traçado da linha de alta velocidade no troço Carregado – Soure, considerando-se os impactos de um traçado a nascente da Serra d’Aire e Candeeiros que preveja a integração com as Linhas do Norte e da Beira Baixa.

[aprovada, por unanimidade, nas reuniões dos Conselhos Intermunicipais da CIMBB (03/11) e CIMBSE (08/11/2022)]