Início » Tag Archives: Unidade de Emergência de Proteção e Socorro da GNR

Tag Archives: Unidade de Emergência de Proteção e Socorro da GNR

Unidade de Emergência de Proteção e Socorro da GNR já está a funcionar na Guarda para acolher 250 militares

UEPS nas instalações da antiga Escola de S. Miguel

O Município da Guarda e a Unidade de Emergência de Proteção e Socorro (UEPS) da Guarda Nacional Republicana (GNR) assinaram um Contrato de Comodato, no âmbito da cedência das instalações da antiga Escola de S. Miguel para a sede do Comando da UEPS. A cerimónia decorreu no dia 21 de dezembro, nas instalações da antiga escola.

Na sessão o presidente da Câmara da Guarda, Sérgio Costa, referiu que “foi um trabalho de anos, sempre com a firme convicção de que era absolutamente importante a fixação desta unidade nacional aqui na cidade da Guarda” e que contou com o apoio dos ministros da Administração Interna, José Luís Carneiro e Eduardo Cabrita. O autarca acrescentou ainda que “é este caminho de descentralização que Portugal deve trilhar”.

Durante o seu discurso o edil adiantou que ambiciona que também o Comando Territorial da GNR do Distrito da Guarda se desloque para uma zona adjacente a estas instalações “libertando assim o espaço ocupado no centro da cidade, para criar uma Nova Praça Central na Guarda, com a dimensão necessária para promover diversas iniciativas e a sua requalificação integral”.

A instalação do comando da UEPS da GNR, na cidade da Guarda, foi anunciada em 2019 pelo então ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita. Em 2021, durante a cerimónia de entrega do Estandarte Nacional à UEPS, na cidade mais alta, o governante renovou a intenção.

Para o Comandante da UEPS, Brigadeiro-General José Rodrigues, «esta mudança é um contributo para o desenvolvimento social e económico da cidade e da região». O dirigente referiu, ainda, que a integração das equipas nas novas instalações será realizada de forma faseada. Nesta primeira fase ficarão instalados cerca de 50 a 55 militares, que no futuro poderão vir a ser cerca de 250 militares a operar diariamente.

Na antiga escola ficará instalado o Comando Nacional e o Estado-maior da UEPS, uma Companhia Ataque Estendido, o comando da Companhia de Intervenção e Socorro 14 Viseu/Lafões/Beiras e Serra da Estrela/Beira Baixa, o posto de intervenção e proteção e socorro da Guarda e o Centro Nacional de Formação para a UEPS