Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: Universidade de Trás – os – Montes e Alto Douro

Tag Archives: Universidade de Trás – os – Montes e Alto Douro

Aguiar da Beira acolhe 8ºdia aberto

14502946_1182027375191532_8102724051772665163_nNo âmbito das ações de experimentação levadas a cabo pelo Protocolo de Cooperação entre o Município de Aguiar da Beira, a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), União de Freguesias Aguiar da Beira e Coruche e ArvoFruti,  vai ter lugar, o 8º dia aberto no próximo dia 8 de outubro no pavilhão da Associação da Fontearcadinha.

Desta forma o programa previsto aqui fica:
9.15h – Início do dia aberto – Auditório
1) Ponto de situação sobre candidaturas ao PDR2020.
2) Vantagens e desvantagens da instalação de pastagem no souto. Como fazer a sua instalação.
3) Seleção da variedade de castanha Martaínha no Concelho de Aguiar da Beira.

10.45h – Partida para o souto
4) Sementeira da pastagem

13.00h – Final do dia aberto.

Por:MAB

Protocolo de promoção da cultura do castanheiro em Trancoso

O Município de  Trancoso e a Universidade de
Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) irão assinar esta quarta-feira, 29 de julho,
um protocolo de colaboração que tem por objetivo promover o reforço da
cultura do castanheiro no concelho de Trancoso.
O evento
decorrerá, pelas 10h30m, no Pavilhão Multiusos de Trancoso e contará com
a presença do Presidente da CMT, Professor Amílcar José Nunes Salvador,
e do Vice-Reitor da UTAD, Professor Doutor Artur Fernando Arede Correia
Cristóvão, em representação das duas instituições.

Este protocolo pretende fomentar a implementação de práticas de cultivo
conducentes à melhoria da produtividade do castanheiro no concelho de
Trancoso, mediante a realização de um conjunto de ações de
experimentação em soutos disponibilizados para o efeito, bem como
através da transferência de conhecimentos quer para o Gabinete Técnico
do Município, quer diretamente para os produtores.
O protocolo tem a
duração de 36 meses e tem como eixos principais de intervenção a
Instalação de uma unidade de demonstração num souto adulto, pertença de
um produtor do concelho, e atividades de extensão com grupos de
produtores, visando sensibilizar para a adoção das práticas culturais
mais adequadas às variedades de castanheiro e às especificidades
climáticas e de solo da região. Proporcionará ainda a realização de uma
tese de mestrado tendo como objeto de estudo a produção de castanha no
concelho e sua melhoria, a conceção e edição de um livro sobre melhores
práticas de cultivo e a efetivação de jornadas técnicas anuais sobre as
problemáticas da fileira da castanha.
Com esta colaboração com a
UTAD, a CMT pretende desenvolver, melhorar e aumentar a produção de
castanha no concelho, inserindo esta ação no eixo estratégico de
desenvolvimento que representa o reforço das atividades agrícolas.
A castanha representa no concelho de Trancoso um produto agrícola de
importância económica fundamental. O concelho é responsável por cerca de
5% da produção nacional de castanha, gerando um rendimento para os
produtores de cerca de 3 milhões de euros anuais.

Por:Mun.Trancoso