Início » Tag Archives: vespa

Tag Archives: vespa

Trancoso reuniu várias entidades do concelho em debate

O auditório do Pavilhão Multiusos, em Trancoso, acolheu uma reunião de trabalho onde foram abordados os seguintes temas, Programa Aldeia Segura – Pessoas Seguras, Operação Floresta Segura 2024, Vespa Velutina (vespa asiática), Animais Errantes e Toponímia e números de polícia.
Sob moderação do  Presidente do Município de Trancoso, Amílcar Salvador, a reunião contou, entre outros, com a presença de representantes das seguintes entidades: Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, Guarda Nacional Republicana, Corporação dos Bombeiros Voluntários de Trancoso e de Vila Franca das Naves, Presidentes das Uniões e Juntas de Freguesia do Concelho, Oficiais de Segurança Locais e CTT.
Fonte:MT

Fornos de Algodres-Colocado parasitoide específico utilizado no controlo da praga que afeta os castanheiros

O Gabinete Técnico Florestal da Câmara Municipal de Fornos de Algodres (CMFA) em parceria com a RefCast – Associação Portuguesa da Castanha, no âmbito do combate à vespa das galhas do castanheiro, iniciaram no passado dia 13 de maio , as largadas, em diferentes freguesias, do parasitoide específico utilizado no controlo da praga que afeta os castanheiros.

Esta atividade enquadrada numa candidatura conjunta com a Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIM BSE) ao PDR2020, no âmbito da Operação 8.1.3 “Prevenção da floresta contra agentes bióticos e abióticos”, enquadrada no sistema florestal do Castanheiro, contou com a presença do Vereador da Câmara Municipal de Fornos de Algodres, Bruno Costa, da equipa técnica da Proteção Civil da CMFA, do Eng.º Almeida da DRAPC, da Eng.ª Silvia Pereira da CIM BSE, do Professor Laranjo da RefCast e dos proprietários.

Considerando que a vespa-da-galha-do-castanheiro está presente no território concelhio, de forma bastante evidente, a Câmara Municipal tem efetuado ao longo dos últimos anos várias largadas, em locais de maior concentração de soutos e castinçais.

O Dryocosmus kuriphilus Yasumatsu é um inseto conhecido com o nome vulgar de “vespa-da-galha-do-castanheiro” que ataca vegetais do género Castanea, induzindo a formação de galhas nos gomos e folhas, provocando a redução do crescimento dos ramos e a frutificação, podendo diminuir drasticamente a produção e a qualidade da castanha e conduzir ao declínio dos castanheiros.

O controlo da vespa-da-galha-do-castanheiro tem apenas um modo de luta autorizado, a luta biológica, que é realizada exclusivamente através da introdução de um inseto parasitoide específico, o Torymus sisnensis.

A vespa-da-galha-do-castanheiro é o mais perigoso inimigo do castanheiro até agora conhecido e contínua em expansão no Norte e Centro do país.

O município continua atento à evolução da praga no concelho e no próximo ano voltará a realizar as largadas necessárias face ao ataque detetado.

Largadas do parasitoide Torymus sinensis na área da CIMBSE

A CIM-BSE iniciou as largadas do parasitoide Torymus sinensis, em toda a área de intervenção com o objetivo de diminuir o grau de infestação do agente biótico Dryocosmus kuriphilus, vulgarmente conhecido por vespa das galhas do castanheiro que se encontra em grande expansão em Portugal, pondo em risco a produção da castanha e a sua rentabilidade económica, já verificadas noutros países.

Numa candidatura conjunta ao PDR2020, no âmbito da Operação 8.1.3 “Prevenção da floresta contra agentes bióticos e abióticos”, enquadrada no sistema florestal do Castanheiro, para dez dos quinze municípios que integram o território, tem como objetivo a luta biológica contra a vespa das galhas do castanheiro (Dryocosmus kuriphilus), e será executada ao longo de 3 anos.

São parte integrante desta candidatura os municípios de Celorico da Beira; Fornos de Algodres; Gouveia; Guarda; Manteigas; Mêda; Pinhel; Sabugal e Trancoso pertencentes ao distrito da Guarda e o município da Covilhã pertencente ao distrito de Castelo Branco.

Este ano pretende-se realizar 311 largadas distribuídas pelos municípios que integram a candidatura.

Ação de Formação/Divulgação sobre a praga e a Luta Biológica em Trancoso

17917679_718295888350690_7174634980460905733_oTendo sido sinalizada a presença da vespa das galhas do castanheiro (Dryocosmus kuriphilus) em diversos concelhos e dado que a praga representa uma ameaça para os soutos e castinçais da região, a Direção Regional de Agricultura Pescas do Centro em parceria com a RefCast- Associação Portuguesa da Castanha e em colaboração com a Câmara Municipal de Trancoso irão realizar uma Ação de Formação/Divulgação sobre a praga e a Luta Biológica ,nesta sexta- feira, dia 21 de abril, pelas 10h00, no Pavilhão Multiusos de Trancoso.

A ação é aberta, mas dirigida especialmente a técnicos dos
municípios, bem como às associações ou outras entidades afins que possam vir a estar envolvidos no seu controlo.

A ação tem uma duração prevista de 2h30.

Por:Mun.Trancoso

Formação para combate à vespa da galha do Castanheiro

Combate à vespa da galha do Castanheiro

No âmbito do cumprimento do designado Protocolo Biovespa, que pretende implementar ações de luta Contra a Vespa da Galha do Castanheiro, teve lugar no dia 18 de maio, uma ação de sensibilização conjunta entre técnicos da DRAPC, da Associação Portuguesa da Castanha e representantes do Município. Esta ação, permitiu aos agricultores presentes clarificar aspectos referentes a esta praga, nomeadamente, perceber a gravidade das suas consequências e as alternativas de luta existentes.

A ação de formação, inseriu-se no âmbito da primeira intervenção de combate à praga, levada a cabo no concelho de Fornos de Algodres. Sendo a luta biológica, aquela que atualmente se assume como a mais eficaz, esta consistiu na libertação, nos locais infectados, de insectos que vão atacar a vespa da galha dos castanheiros quando estes ainda se encontram no interior das galhas.

Neste primeiro ano , a autarquia assumiu já os encargos com o programa de combate, custeando nesta fase 5 largadas de insectos. Contudo, os serviços técnicos da autarquia detectaram já novos focos da praga no concelho, prevendo-se um reforço de verba para o ataque no próximo ano.

Por:Mun.Fornos de Algodres

Primeira largada de parasitoides no Concelho de Trancoso

0.18 tranco Realizou-se esta quarta-feira,18 de maio, a primeira largada de parasitoides para combater a vespa das galhas do castanheiro no Concelho de Trancoso.
A iniciativa contou com a presença do Presidente do Município Prof. Amilcar Salvador e do Vereador Humberto Almeida.
Esta ação decorreu, no Parque Municipal de Trancoso e irá acontecer em mais dezasseis localidades do Concelho tendo por objetivo mostrar os danos provocados por esta praga, demonstrar a técnica de largada dos parasitoides e fazer uma análi
018trancosose do processo, com representantes do Município de Trancoso, da Direção Regional de Agricultura e Pescas do Centro e da RefCast – Associação Portuguesa da Castanha.

Por;Mun.Trancoso

Doenças nos castanheiros em debate

Decorreu abno passado dia 02 de maio, no auditório da Câmara Municipal de Aguiar da Beira, uma ação entre técnicos do grupo de trabalho do Plano de Ação Nacional e técnicos dos diversos Municípios atingidos pela praga da Vespa da Galha do Castanheiro Dryocosmus kuriphilus.

Resultou desta ação a implementação do plano de largadas do parasitoide Torymus sinensis de modo articulado, e foi a mesma dirigida pelo  Diretor de Serviços da Direção Regional de Agricultura e Pescas de Coimbra.

Por:Mun.AB