Início » Ambiente » TMG acolhe Music Set Fest: Um Novo Festival de Música

TMG acolhe Music Set Fest: Um Novo Festival de Música

O verão de 2024 promete ser inesquecível na cidade da Guarda com a chegada do Music Set Fest, um novo festival que promete agitar os finais de tarde na esplanada do Café Concerto do Teatro Municipal da Guarda. Este evento, que decorrerá de 29 de junho a 19 de julho, reunirá cinco conceituadas bandas portuguesas, proporcionando ao público uma experiência musical diversificada e de alta qualidade. O Music Set Fest é uma iniciativa do Teatro Municipal da Guarda e da Câmara Municipal da Guarda, que visa celebrar a música portuguesa e criar um espaço de convívio cultural único na cidade.

29 de junho – A abertura do festival ficará a cargo dos ECOS DA CAVE

A cena musical nacional da segunda metade dos anos 80 trouxe à ribalta alguns projectos que acabaram por ver o seu percurso divulgado por via das editoras independentes que foram então surgindo, como se de uma missão se tratasse. A Ama Romanta, ligada a João Peste, e a Dansa do Som, de Mário Guia, foram dois faróis nesse campo na zona de Lisboa mas outras etiquetas despontaram a nível nacional e contribuíram para diversificar estas correntes musicais. Formados em 1987, os Ecos da Cave eram oriundos de Santo Tirso e juntavam Carlos Lima (guitarra e harmónica), Armindo Lima (baixo), Chico Zé (guitarra), José Augusto Costa (bateria) e Alfredo (voz). No ano seguinte, encontramo-los no 5.º Concurso de Música Moderna do Rock Rendez-Vous, que seria ganho pelos futuros Ritual Tejo (então designados ainda Easy Gents). Na mesma edição, concorreram também os Sitiados e a Quinta do Bill, dois grupos que nos anos 90 chegariam ao “campeonato das multinacionais” do disco.

5 de julho – A segunda noite será protagonizada pelos MISS UNIVERSO

“Ser Português” é o single de estreia dos Miss Universo. O tema foi lançado no passado dia 5 de janeiro. A banda é composta por Afonso Branco, neto de José Mário Branco, e André Ivo. A canção, que já se encontra disponível em todos os serviços de streaming de música, conta com letra e música dos dois jovens artistas. O videoclip, com realização de André Ivo, também já foi divulgado. “Se aquilo que tu lês são pensamentos de um burguês/ Explica então outra vez o que é que é ser português?/ Se aquilo que tu vês são só canções ao fim do mês/ Explica então outra vez o que é que é ser português?”, cantam os Miss Universo no refrão do single de estreia.

6 de julho – O palco será tomado pela ANA LUA CAIANO

Ana Lua Caiano explora a fusão musical, através da junção da música tradicional portuguesa com música eletrónica. Cria melodias que remetem para a tradição – fazendo uso de coros, harmonias e cânones – numa união com sintetizadores, beat-machines e sons retirados do quotidiano, atuando num formato “one woman show”. Considerada “artista revelação” com os seus dois EPs, Cheguei tarde a ontem e Se dançar é só depois, apresentados ao vivo em várias dezenas de palcos nacionais e internacionais, Ana Lua Caiano lança em 2024 o primeiro álbum. Neste concerto, Ana Lua Caiano apresenta-se em colaboração com o Projeto Benjamim, ensemble constituído por alunos da Academia de Música de Espinho e da Escola Profissional de Música de Espinho, com arranjos criados especialmente para o efeito.

18 de julho – A penúltima noite do Music Set Fest contará com a atuação dos KUMPANIA ALGAZARRA

Os Kumpania Algazarra nasceram em 2004 nas ruas de Sintra, inspirados pela energia da folia e da boa disposição. Saltimbancos apaixonados, têm na sua música um aglomerado que vai do ska ao folk, do reggae aos sons dos Balcãs, dos ritmos latinos ao funk, e que faz deles uma das mais poderosas brass bands portuguesas. Com mais de 17 anos de história, a banda leva na bagagem centenas de concertos realizados por todo o mundo, oito álbuns e um EP já editados. Em novembro de 2020 a banda lançou o seu mais recente single “Let’s go” remisturado pelos produtores belgas Dr. Fre & Sam Rabam, um avanço do álbum “Remixed Vol. 2” que foi editado em janeiro de 2021. Em 2020 a banda lançou também o álbum “Live”, gravado em concertos dentro e fora de Portugal. Ao vivo, os Kumpania Algazarra já percorreram a Europa várias vezes para concertos em Espanha, França, Bélgica, Holanda, Inglaterra, Itália, Eslovénia, Sérvia, Alemanha, entre outros. Em 2008 venceram o Mercè a Banda, concurso internacional de bandas de rua nas Festas de La Mercè, em Barcelona, e em 2010 foram convidados para representar Portugal nos Encontros Culturais de Língua Portuguesa no Rio de Janeiro. Em Portugal, a banda já pisou o palco dos principais festivais como o Sudoeste, NOS Alive, Vodafone Mexefest, Músicas do Mundo de Sines, Med, Boom, entre muitos outros.

19 de julho – Para encerrar o festival em grande estilo, teremos o CLUB MAKUMBA

Nascem da união entre Tó Trips (guitarra), João Doce (bateria), Gonçalo Prazeres (saxofone) e Gonçalo Leonardo (baixo e contrabaixo), para um exercício musical livre, espontâneo, experimental e tribalista. Abrindo a janela para uma viagem pelas sonoridades do Mediterrâneo e pela África imaginada, a música dos Club Makumba é uma bandeira de resistência hasteada em costas mediterrânicas, livre de qualquer preconceito ou fronteira geográfica ou estilística. Um estreito de influências numa fusão de cartografias rock, guitarras das costas do sul, ritmos quentes do norte de áfrica, varridos por espíritos que vagueiam no ar e nas dunas do jazz, melodias e afinações antigas, que chegam até nós em tempestades de poeira elétrica. Em palco, vivem de uma energia gloriosa e contagiante, capaz de exorcizar todos os problemas e fantasmas.

O Music Set Fest não é apenas um evento musical, mas também uma oportunidade para a comunidade se reunir e celebrar a cultura portuguesa. A esplanada do Café Concerto será um espaço de encontro, onde os participantes poderão desfrutar de boa música e um ambiente acolhedor. Com um alinhamento de luxo e um cenário encantador, o Music Set Fest promete ser o ponto alto do verão na Guarda.

Publicidade...