Templates by BIGtheme NET
Início » Mangualde (Pagina 170)

Mangualde

AF Viseu – Resultados da Divisão de honra

JORNADA 24
Classificação
P J V E D GM GS DG
1 Moimenta da Beira 57 24 17 6 1 45 13 +32 a
2 Sátão 46 24 13 7 4 39 25 +14 a
3 Silgueiros 45 23 13 6 4 33 21 +12 a
4 Resende 41 24 11 8 5 35 20 +15 a
5 Penalva Castelo 37 24 10 7 7 37 23 +14 a
6 Ferreira de Aves 35 23 10 5 8 29 26 +3 a
7 Carregal do Sal 33 24 7 12 5 26 24 +2 a
8 ACDR Lamelas 31 24 8 7 9 25 29 -4 a
9 Castro Daire 30 24 8 6 10 27 33 -6 a
10 Sport Clube Paivense 27 24 5 12 7 19 26 -7 a
11 Sampedrense 26 24 6 8 10 33 43 -10 a
12 Mangualde 24 24 3 15 6 21 29 -8 a
13 Alvite 23 24 6 5 13 23 32 -9 a
14 Molelos 23 24 6 5 13 24 32 -8 a
15 Tarouquense 22 24 6 4 14 24 36 -12 a
16 Viseu e Benfica 16 24 5 1 18 17 45 -2

Apresentação do livro “Freguesia de Real

realA Freguesia de Real promove, no próximo dia 24, pelas 15h00, no seu edifício-sede, a apresentação do livro “Freguesia de Real: o Futuro da nossa Memória”, assim como os resultados do projeto que estiveram na sua origem, uma iniciativa que se insere na comemoração local dos 42 anos da Revolução Abril.

O livro, com 128 fotografias sobre os lugares e gentes de Real e distribuído gratuitamente às famílias residentes na freguesia, poderá ser adquirido durante a iniciativa.

Por:BMPC

Mangualde inaugura intervenção de valorização da envolvente à torre MEDIEVAL de Gandufe

No âmbito do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios

Estão concluídos os trabalhos de valorização da envolvente à Torre de Gandufe, em Espinho, Mangualde. Nesse sentido, a Câmara Municipal de Mangualde e a Junta de Freguesia de Espinho realizam, no próximo dia 18 de abril, uma cerimónia de inauguração, pelas 18h00. O momento assinala ainda as comemorações do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios.

As obras foram promovidas pela Junta de Freguesia de Espinho com o apoio do Município de Mangualde. Trata-se da primeira obra de valorização arqueológica no concelho que contemplou a existência de uma estrutura de inclusão através da construção de um acesso para pessoas de mobilidade condicionada. Pelas 18h00 terá lugar a receção aos convidados e pelas 18h30 começará o Cocktail de boas-vindas, pelo Chef Paulo Cardoso. O momento musical, que acontece pelas 19h00, antecede as intervenções do Arqueólogo António Tavares, do Presidente da Junta de Freguesia de Espinho e do Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, que terão lugar pelas 19h30. O descerrar da Placa e a Bênção decorrerá pelas 20h00.

PROJETO DE VALORIZAÇÃO ARQUEOLÓGICA

O Projeto de Valorização Arqueológica e a Direção Científica da Execução é da autoria do arqueólogo António Tavares. A Valorização Arqueológica da envolvente à Torre medieval consistiu na execução de um projeto que permitiu dotar o sítio patrimonial de condições de higiene e salubridade públicas, pela eliminação de elementos arquitetónicos e outras dissonâncias paisagísticas, pela colocação de luminárias, com o objetivo de dotar o sítio arquelógico-patrimonial de dignidade e de condições de visita ao mesmo. Os trabalhos consistiram na pavimentação de todo o Largo com cubos de granito. Dado que a Torre apresenta apenas dois paramentos e o arranque de um terceiro, colocou-se no seguimento dos paramentos, e numa largura idêntica, cubos de granito de cor diferente dos da pavimentação, por forma a “desenhar” a planta do bem patrimonial. Garantiu-se, assim, o evidenciar do Monumento.

 

PROGRAMA

18H00 Receção

18H30 Cocktail de boas-vindas pelo Chef Paulo Cardoso

19H00 Momento Musical

19H30 Intervenções

Arqueólogo António Tavares

Presidente da Junta de Freguesia de Espinho

Presidente da Câmara Municipal de Mangualde

20H00 Descerrar da Placa e Bênção

Por:Mun.Mangualde

 

 

Operação “IGNIÇÃO ZERO” da GNR em Nelas

igmni O Núcleo de Proteção Ambiental do Destacamento Territorial da Guarda Nacional Republicana de Mangualde, com a colaboração do Sr. Vice Presidente da Câmara Municipal de Nelas, do Sr. Presidente da Junta de freguesia de Vilar Seco, Nelas, da Técnica do Gabinete Florestal, e dois elementos da Secção de Fiscalização da Câmara Municipal, realizou uma ação de sensibilização, no âmbito da operação “IGNIÇÃO ZERO” com o objetivo de sensibilizar os seus habitantes para a necessidade de

prigniçaoocederem à limpeza dos terrenos junto das habitações e infraestruturas de apoio à agricultura, bem como períodos, condições e métodos de elaboração de queimas de sobrantes agrícolas e florestais.

Por:GNR Viseu

“Dormir com Livros” em Mangualde

dormir com livrosNa noite de 23 para 24 de abril, as crianças entre os 6 e os 11 anos podem voltar a “Dormir com Livros”. A iniciativa, que vai já na sua 10ª edição, tem início marcado para as 21h30 e assinala o Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor, que se comemora a 23 de abril. A organização é da Câmara Municipal de Mangualde, através da Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves.

Com o objetivo de fomentar o gosto pela leitura junto dos mais novos, esta atividade pretende proporcionar uma noite diferente, onde a maratona dos contos só termina quando o sono chegar. As crianças, acompanhadas do encarregado de educação, do pai ou da mãe, vão passar uma noite rodeados de livros e participar em diversas atividades. Apresentação da obra infantil “O Mundo Mágico do João”, de Maria Isabel Lopes Castro com ilustração de Daniela Vasco, sessão de Yoga com Livros, com Filipa Antunes, leituras pela noite dentro e ceia partilhada entre pais e filhos são alguns dos momentos esperados. Na manhã de dia 24 de abril será servido o pequeno-almoço a todos os participantes, oferecido pela Câmara Municipal de Mangualde.

Nesta iniciativa, dinamizada pela equipa da Biblioteca Municipal, cada criança e acompanhante deverão trazer um saco cama, pijama ou fato de treino, escova e pasta de dentes e o/s livro/s preferido/s, e ainda, um doce ou salgado para a ceia.

As inscrições, gratuitas mas obrigatórias, são limitadas a um máximo de 25 crianças (+25 adultos) e decorrem até 21 de abril na Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, através do telefone 232 617 172 ou do email biblioteca@cmmangualde.pt. Podendo ainda ser enviadas por correio para Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves – Rua José Maria de Almeida, nº 1 – 3530 -091 Mangualde.

Por:Mun.Mangualde

Liga Port. contra o Cancro (núcleo Mangualde) recebe sala por parte do Município de Mangualde

Assinatura do Cedência de sala para liga portuguesa contra o cancroprotocolo decorreu na manhã desta terça-feira no Salão Nobre

Decorreu esta manhã, dia 5 de abril, a assinatura do protocolo no qual a Câmara Municipal de Mangualde cede uma sala ao Grupo de Voluntariado Comunitário de Mangualde, da Liga Portuguesa contra o Cancro, para realização de reuniões de trabalho, atividades diversas, etc. Para o efeito estiveram presentes, para assinar o documento de cedência de espaço sito no edifício do ex-colégio, o Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo, e o Presidente da Direção Regional de Coimbra, Prof. Doutor Carlos Freire de Oliveira.

 João Azevedo sublinhou que é com «satisfação que assinamos hoje este protocolo, que permitirá à Liga e ao Voluntariado ter o seu espaço, valorizar-se e crescer. Com a cedência deste espaço estamos a valorizar a rede, o seu trabalho em prol do município e da comunidade mangualdense». Referiu ainda que «o trabalho da Liga e do Voluntariado deve ser invisível mas tem de ser valorizado, o sistema e a comunidade devem valorizar o trabalho desta rede».

Por sua vez, o Prof. Doutor Carlos Freire de Oliveira agradeceu a cedência deste espaço e sublinhou que o seu papel «é mesmo este, assinar protocolos com as câmaras municipais, porque a estrutura base é o voluntariado, que agora passam a ter um local para se encontrarem, reunirem, trocarem ideias, aumentando a sua atividade e crescerem».

Por:Mun.Mangualde

 

 

 

 

Centenas de pessoas visitaram o Monte da Nossa Senhora do Bom Sucesso

O Monte da Nossa Senhora do Bom Sucesso, em Tavares – Mangualde, acolheu este fim de semana, 2 e IMG_93543 de abril, a III Edição da Feira de Março. Na iniciativa marcou presença o Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo, o Presidente da União de Freguesias de Tavares, Alexandre Constantino, e centenas de visitantes. O evento, que é orgaIMG_8795nizado pela União de Freguesias de Tavares, contou com o apoio da Câmara Municipal de Mangualde e teve como parceiro a Real Confraria do Porco.

Para o edil mangualdense, ‘a Junta de Tavares tem tido um papel determinante na organização deste grande evento’, salientando que ‘para dar coesão territorial nós temos que polarizar eventos que tenham a ver com a tradição, com o ADN das freguesias’. Na mostra estão destacadas áreas como a agricultura, os seIMG_8801rviços da terra, o setor agropecuário, o que permite ‘chamar gente a Mangualde através deste projeto para depois podermos fomentar a agroindústria, o queijo da serra, o bom leite. Isto tem que ter uma consequência. IMG_8841Não é só organizarmos uma festa para que as pessoas possam cá vir neste dia, mas ter um papel determinante na melhoria das condições de vida dos agricultores, dos produtores de leite para poderem promover e valorizar o seu produto. Eu acredito que com o investimento que vamos ter no concelho na área da produção do queijo da serra da estreIMG_9381la, por exemplo, os agricultores de Mangualde vão estar com mais conforto no futuro’ acrescenta João Azevedo. Em suma, o autarca considera este evento ‘promove cultura, tradição, respeito histórico, mas também promove os produtos locais’. Finalizando, ‘eu acredito que Mangualde também pode crescer neste setor de atividade. O objetivo é manter as pessoas de Mangualde no território e trazer gente de fora’.

Também para Alexandre Constantino o balanço foi positivo. ‘Apesar do mau tempo, com empenho e sacrifício os agricultores e produtores vieram mostrar o seu trabalho e o orgulho que sentem nos seus animais. Isto faz com que seja uma festa diferente. É o nosso ADN.’ E acrescenta, ‘queremos reconhecer e preservar a própria raça. Fazer uma homenagem aos produtores.’ Considerando, ‘é fundamental que as pessoas sintam que o seu trabalho é útil, é importante e que é reconhecido’.

A Mostra Gastronómica arrancou no sábado à tarde acompanhada pela atuação de um Rancho Folclórico e da Tuna de Real. No domingo foi possível assistir ao Concurso de Ovinos e ao Concurso do Vinho do Produtor, à Eucaristia na Capela da Nossa Senhora do Bom Sucesso e ao espetáculo da artista Maria Lisboa.

No Concurso de Ovinos, Rui Soeiro (1º lugar), Armando Oliveira (2º e 3º lugares) e João Oliveira (4º lugar) foram os vencedores da categoria Malatos. No que diz respeito ao rebanho mais bem enfeitado, o vencedor foi Rui Soeiro, seguido de Armando Oliveira, João Oliveira e Rui Constantino que arrecadaram o 2º, 3º e 4º lugar, respetivamente. Rui Soeiro (1º lugar), Armando Oliveira (2º lugar) e João Oliveira (3º lugar) venceram ainda na categoria de Melhor Pega. Na classificação por espécie, destacaram-se Fernando Figueiredo (1º e 3º lugar) e Rui Soeiro (2º lugar com as suas ovelhas, João Oliveira (1º lugar), Rui Soeiro (2º lugar) e Armando Oliveira (3º lugar) com os carneiros e João Oliveira na categoria Malato.

No Concurso do Vinho do Produtor o destaque foi para o produtor José Pinto de Vila Cova de Tavares.

Por:Mun.Mangualde

Exposição ‘‘Salvar toda aquela gente – A ação de Aristides Sousa Mendes” está aberta ao público

IMG_9653A Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, em Mangualde, acolhe, até 30 de abril, a exposição ‘‘Salvar toda aquela gente – A ação de Aristides Sousa Mendes”. A mostra, organizada pela Câmara Municipal de Mangualde, é de entrada livre e pode ser visitada no horário da Biblioteca Municipal.

A iniciativa tem coIMG_9651mo objetivo dar a conhecer, resumidamente, a ação do Cônsul de Bordéus, Aristides de Sousa Mendes, que, contrariando as ordens do regime chefiado por António de Oliveira Salazar e perante o êxodo de milhares de pessoas que fugiam ao pesadelo da II Guerra Mundial, lhes atribuiu os vistos de que necessitavam, salvando-lhes assim a vida. Daí o título desta iniciativa, que é citação de uma frase de Aristides, em defesa da sua própria ação: “Era realmente meu objetivo salvar toda aquela gente, cuja aflição era indescritível”.

Esta mostra surge da compilação, levada a cabo pela Biblioteca Municipal/Centro de Artes de Sines, dos conteúdos da Fundação Aristides de Sousa Mendes, do Museu Virtual Aristides de Sousa Mendes, da Sousa Mendes Foundation e dos projetos ‘Os nove dias de Sousa Mendes’ (jornalista Inês Faro) e ‘Vidas Poupadas’ (Arquivo Histórico Diplomático do Ministério dos Negócios Estrangeiros).

Por:Mun.Mangualde

fotos:António Pacheco

Rafael Bento homenageado no lll Estágio de Karaté Shokokai

IMG_8571  Um dia movimentado e as gentes do Karaté aderiram em massa

Fornos de Algodres acolheu o lll Estágio de Karaté Shokokai, no Pavilhão Gimnodesportivo, um evento que teve a presença das 20 escolas de Karaté da zona centro do país e com  150 atletas entre os 7 e 50 anos, o que demonstra que o Karate é um desporto para todas as idades e sem preconceitos.

Sobe a orientação técnica IMG_8636do Sensei Luís Pereira 5º Dan, o estágio começou por volta das 9.00h, com os mais graduados (cintos pretos e castanhos), seguindo-se depois os cintos azuis e mais de 12 anos e antes do almoço entraram os atletas com menos de 11 anos.

Pausa para o almoço onde os atletas acompanhados pelos pais poderam apreciar a gastronomia de Fornos de Algodres nos vários restaurantes da Vila.

Depois do almoço foi o momento mais emotivo com a presença de todos os atletas de todas as idades no tatami homenageou-se o atleta Fornense Rafael Bento que no pretérito dia 27 de Março conquistou o 3º lugar em Kumite, no campeonatorafa do Mundo de Karate Shokokai realizado no Japão.

O Estágio acabou por volta das 18.3oh com a satisfação e a convicção de que o CEKS de Fornos de Algodres está no bom caminho para o desenvolvimento do Karate e do desporto em geral no Concelho de Fornos de Algodres.

Por:MB/AP

Hotel Rural Mira Serra reabre em Abrunhosa-a-Velha

hotel_miraSerra2O Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo, marcou hoje (1 de abril) presença na reabertura do Hotel Rural Mira Serra, em Abrunhosa-a-Velha. O autarca mangualdense considera que “esta reabertura é sem dúvida uma mais-valia turística para o concelho e para a região”, acrescentado que “seria um crime ter este hotel fechado”. “Com a reabertura do Hotel Mira Serra, ficam a ganhar os turistas com mais um local de lazer, mas acima de tudo fica a ganhar o concelho de Mangualde”.

Na cerimónia esteve ainda o Presidente da Junta de Freguesia de Abrunhosa-a-Velha, Eduardo Albuquerque, que ficou muito agradado com a reabertura, “esta notícia é muito boa para o concelho, mas muito importante para a nossa Freguesia, além de ser uma mais-valia turística, representa postos de trabalho locais, que de outra maneira não seriam possíveis. Este projeto vai trazer gente à aldeia, ao concelho, à região, vai ser uma mais-valia para a economia local. Estamos muito contentes.”

 Com uma localização privilegiada para o vale do Mondego e para a Serra da Estrela, esta unidade hoteleira,  dispõe de 20 quartos, todos eles equipados com ar condicionado, televisão, rádio, telefone direto e casa de banho completa. Os novos proprietários, João Oliveira e José Rosário, esperam fazer deste Hotel uma referência turística, tanto nas áreas de alojamento e restauração, como na área de saúde.

“Este hotel irá ter várias valências, além do habitual alojamento e restauração para os turistas, vamos criar a valência do turismo de saúde virado para aquele turista que quer ter uma estadia mais prolongada, numa perspetiva de repouso, recuperação e renovação. Iremos ter acompanhamento médico e de enfermaria, para este tipo de estadias, serviços de fisioterapia e podologia. Também não nos podemos esquecer da nossa água, com características medicinais excecionais”, salientaram. “Teremos também na área cultural, animação sociocultural” concluíram.

HOTEL RURAL MIRA SERRA DISTINGUE-SE PELOS

ELEMENTOS TERAPÊUTICOS NATURAIS QUE O ENVOLVEM

Em pleno coração das Beiras foi construída, em 1927, pelo Prof. Dr. Costa Sacadura, a Casa de Repouso de Abrunhosa-a-Velha, para curas de repouso e curas de ar livre. O Hotel Rural Mira Serra, e toda a sua quinta envolvente, têm duas características que a natureza se encarregou de lhe atribuir: o microclima da região e as águas que aqui brotam. Virado ao Sol e a Sul, abrigado do Norte, rodeado de paisagem majestosa, este Hotel possui um clima de escolha, que retempera e tonifica. Quanto às águas, elas têm parentesco próximo com as do Luso e do Gerês. A água do Hotel é estimulante da vida celular e sedante do sistema nervoso, e com a especialização da nutrição geral (magnésio, ferro, potássio, entre outros) e na desintoxicação do organismo.