Início » Tag Archives: Ciclo “12 em Rede – Aldeias em Festa”

Tag Archives: Ciclo “12 em Rede – Aldeias em Festa”

Aldeia Histórica de Castelo Rodrigo celebra raízes judaicas

“Exodus” é o tema do evento do Ciclo “12 em Rede | Aldeias em Festa” 2021 na Aldeia Histórica de Castelo Rodrigo, que acontece no próximo dia 28 de agosto. Um dia para recordar a presença de uma comunidade judaica na Aldeia Histórica de Castelo Rodrigo, com um programa pleno de atividades para toda a família.

Conservam-se, até aos nossos tempos, várias marcas da permanência de uma comunidade judaica na Aldeia Histórica de Castelo Rodrigo. É o caso, por exemplo, da Casa do Rabino (uma habitação com uma estrela de cinco pontas no peitoril, que seria a residência do representante da comunidade judaica), da Cisterna Medieval (que terá sido uma antiga sinagoga), ou da antiga judiaria. Castelo Rodrigo terá sido um dos refúgios do povo judeu, na Península Ibérica.

Também o imaginário popular do povo da aldeia está repleto de mitos sobre esta comunidade: como a famosa Lenda da Marofa, sobre Zacuto e a sua filha Ofa, judeus que terão escolhido aquela Aldeia Histórica como nova morada, ou a história de Epharim Bueno, de nome cristão Martim Álvares, que, por ser judeu, deixou a sua terra Natal, Castelo Rodrigo, para estudar e tornar-se médico.

Para celebrar esse legado, no próximo dia 28 de agosto, o tema do Ciclo “12 em Rede – Aldeias em Festa” 2021 é o “Exodus”. Lembrando o livro sagrado que conta a saída dos judeus para fora da sua Israel Natal (“Êxodo”), simboliza as partidas e chegadas de que Castelo Rodrigo tem sido palco.

O programa promete um fim de semana de diversão para todos os gostos e idades, com jogos para toda a família, vídeo-visita, workshops de cozinha, showcookings, jantar comunitário e um concerto de Manuel de Oliveira com Marco Rodrigues.

Este ano, o Ciclo “12 em Rede – Aldeias em Festa” 2021 prevê uma atividade complementar, no domingo, dia 29 de agosto: uma caminhada e degustação de petiscos e vinhos da Adega de Figueira de Castelo Rodrigo, no Convento de Santa Maria de Aguiar.

Devido à pandemia, a participação nos eventos do Ciclo “12 em Rede | Aldeias em Festa” será limitada e sujeita a inscrição prévia – mas a festa poderá ser sentida e vivida em todo o mundo, via streaming, no Facebook das Aldeias Históricas de Portugal.

A inscrição, que é gratuita, pode ser feita para a totalidade do evento ou apenas para um momento específico, como um concerto ou uma visita guiada – sendo que o limite de participantes dependerá do espaço e da tipologia de cada atividade. Para se inscrever para o programa da festa na Aldeia Histórica de Castelo Rodrigo é necessário contactar o Posto de Turismo de Castelo Rodrigo, através do contacto 271311277, o e-mail turismocr@cm-fcr.pt ou as Aldeias Históricas de Portugal, junto do número 275 913 395 ou do e-mail inovacao@aldeiashistoricasdeportugal.com.

Este evento é promovido pela Associação de Desenvolvimento Turístico Aldeias Históricas de Portugal, numa organização do Município de Figueira de Castelo Rodrigo, Junta de Freguesia de Castelo Rodrigo, Associações e Agentes económicos locais. Uma iniciativa apoiada pelo Centro 2020, Portugal 2020 e Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, através do Programa de Valorização Económica de Recursos Endógenos (PROVERE).

Participe nesta festa e viva grandes emoções na Aldeia Histórica de Castelo Rodrigo!

Programa do evento e limite de participantes
Sábado, 28 de agosto
10h – 19h – Programação de Jogos para toda a Família
Local: Rua da Cadeia

10h30 – Apresentação da Plataforma de vídeo-visita
Local: Início na Porta do Sol

11h – Workshop #1 – Saberes e Sabores – O Pão
Local: Forno Comunitário
15 pax máx

13h – Chef Álvaro Costa – Comida d’época – Showcooking
Local: Cozinha Comunitária
15 pax máx

15h30 – Workshop #2 – Saberes e Sabores – O Azeite
Local: Pátio do Castelo
15 pax máx

16h30 – Workshop #3 – Saberes e Sabores – A Amêndoa
Local: Sabores da Geninha
15 pax máx

17h30 – Workshop #4 – Saberes e Sabores – O Mel
Local: Ginjinha O Castelo
15 pax máx

19h15 – Pôr-do-sol no Castelo
Local: Cantinho Café e Pátio do Castelo
30 pax máx

20h – Comunidade Convida! – Jantar Comunitário
Local: Rua da Cadeia
80 pax máx

22h – Concerto – Manuel de Oliveira com Marco Rodrigues
Local: Palácio de Cristóvão de Moura
90 pax máx

Domingo, 29 de agosto
10h – Caminhada & Degustação
Petiscos & Vinhos da Adega no Convento de Santa Maria de Aguiar
50 pax máx

A festa só acaba em novembro!
O Ciclo “12 em rede – Aldeias em Festa” 2021 só termina em novembro! Depois de Castelo Rodrigo, a festa segue para Marialva, a 11 de setembro; Piódão, a 25 de setembro; Idanha-a-Velha, a 30 de outubro; e Monsanto, a 6 de novembro.

Aldeias Históricas de Portugal voltam a celebrar a cultura, as tradições e o património

As festas estão de regresso às Aldeias Históricas de Portugal! Entre junho e novembro, a cultura, a gastronomia, as tradições, os costumes, o património, as lendas e os mitos de cada uma das 12 aldeias que integram a rede, voltam a ser o mote para mais uma edição – a quinta! – do Ciclo “12 em Rede – Aldeias em Festa”. Uma dúzia de eventos que estão a ser preparados para a participação presencial de público, ainda que mantendo a aposta no “live streaming”, que se revelou um sucesso em 2020.

Quando o desconfinamento for uma realidade, às Aldeias Históricas de Portugal não faltam argumentos para serem um dos destinos de eleição dos portugueses. Para além da maior segurança que um destino não-massificado proporciona, há muitos segredos para descobrir ou simplesmente redescobrir: a História e o extraordinário património edificado; a natureza ainda intacta pronta a ser experienciada em atividades de lazer, desporto ou aventura; a gastronomia e os vinhos identitários; mas também diferentes propostas de cultura e animação.

Nesse particular, destaque para o Ciclo “12 em Rede – Aldeias em Festa”. Uma iniciativa que, pelo quinto ano consecutivo, celebra e promove o património cultural material e imaterial das Aldeias Históricas de Portugal, através de uma programação cultural genuinamente diferenciadora, assente em animações diversas, como visitas teatralizadas, workshops, novo circo, música e, claro, na gastronomia.

Com início a 5 de junho, em Trancoso, e término a 6 de novembro, em Monsanto, o Ciclo “12 em Rede – Aldeias em Festa” percorre as 12 Aldeias Históricas que compõem a rede. E à semelhança das edições anteriores, como ponto de partida de cada evento estará sempre algo que pertence à memória coletiva de cada aldeia, como uma personagem, uma lenda ou um conto tradicional, um acontecimento histórico ou um elemento patrimonial. Ou seja, a História, mas também as estórias e as lendas do território vão sair dos livros e do imaginário da comunidade e ganhar vida nas ruas de cada aldeia.

Uma iniciativa, que tendo em conta a conjuntura, também constitui uma excelente oportunidade para ajudar à recuperação e dinamização económica do território, uma vez que será realizada com “portas” abertas ao público, se as regras de desconfinamento assim o permitirem, mas nunca descurando a segurança sanitária e a aplicação das medidas que, na altura, estiverem em vigor. Nesse sentido, recorde-se que, em 2020, as Aldeias Históricas de Portugal foram o primeiro – e único! – destino em rede do país a implementar um rigoroso plano operacional de combate à Covid-19, com o objetivo de reforçar as 12 aldeias da rede como destino seguro e sustentável.

No entanto, independentemente da abertura do Ciclo “12 em Rede – Aldeias em Festa” ao público presencial, os eventos voltarão a beneficiar de cobertura “live streaming”. Uma aposta de enorme sucesso em 2020, como confirmam os números: quase meio milhão de pessoas alcançadas em 14 países e quase 82.000 minutos de visualizações. Ou seja, um tempo total que corresponde a cerca de 55 dias de visualizações!

Ciclo “12 em Rede – Aldeias em Festa” começa em Trancoso, no dia 5 de junho, seguindo-se Castelo Novo (19 de junho), Castelo Mendo (26 de junho), Sortelha (3 de julho), Belmonte (10 de julho), Almeida (17 de julho), Linhares da Beira (31 de julho), Castelo Rodrigo (28 de agosto), Marialva (18 de setembro), Piódão (25 de setembro), Idanha-a-Velha (30 de outubro) e Monsanto (6 de novembro).

Por último, sublinhe-se que, por ser organizado de acordo com os requisitos internacionais de sustentabilidade, o Ciclo “12 em Rede – Aldeias em Festa” será, pelo terceiro ano consecutivo, o único ciclo de eventos em rede, a nível mundial, com certificação BIOSPHERE© Events.

Ciclo “12 em Rede | Aldeias em Festa”-Castelo Mendo, Almeida e Piódão

De 2 a 4 de outubro, o Ciclo “12 em Rede | Aldeias em Festa” vai levar mais vida e animação às Aldeias Históricas de Castelo Mendo, Almeida e Piódão. Um fim-de-semana prolongado, graças ao feriado de 5 de outubro, segunda-feira, que promete um sem fim de experiências únicas: concertos de Capicua, Orquestra Sem Fronteiras e Noiserv, declamação de poemas com o ator e encenador Sinde Filipe, showcookings, visitas guiadas, exposições, e muito mais.
Este ano, no fim-de-semana prolongado do feriado de 5 de outubro (segunda-feira), todos os caminhos vão dar às Aldeias Históricas de Portugal. É por esses dias que o Ciclo “12 em Rede | Aldeias em Festa” chega às Aldeias Históricas de Castelo Mendo, Almeida e Piódão. A festa começa logo na sexta-feira, dia 2 de outubro, na Aldeia Histórica de Castelo Mendo, seguindo para Almeida, onde acontece no sábado, dia 3 de outubro, e termina só no domingo, dia 4 de outubro, na Aldeia Histórica de Piódão. Um excelente pretexto para fazer umas “miniférias” pelas Aldeias Históricas de Portugal.
Sublinhe-se que, devido à pandemia, a participação nos eventos do Ciclo “12 em Rede | Aldeias em Festa” é limitada e sujeita a inscrição prévia – mas a festa poderá ser sentida e vivida em todo o mundo, via livestreaming, na página de Facebook das Aldeias Históricas de Portugal.
No dia 2 de outubro, o tema da festa na Aldeia Histórica de Castelo Mendo será “D. Mendo, a Donzela que se fez Varão”. Um romance antigo (pequeno canto épico) que simboliza a força e o poder da mulher – e cujos pormenores serão desvendados no evento. Estando a figura feminina em grande destaque, a cabeça-de-cartaz só podia ser uma das grandes mulheres da música portuguesa dos nossos tempos, Capicua.
O programa inclui ainda uma conferência “Donzela que se fez Varão”, sobre o poder e a liberdade da mulher; um showcooking e jantar com o chef Álvaro Costa e uma visita guiada/percurso performativo partindo da temática do evento, com a participação de atores profissionais da Cooperativa Artística da Raia Beirã (CARB) e elementos da comunidade.
No dia seguinte (3 de outubro), na Aldeia Histórica de Almeida, o tema da festa será a “Roda dos Eispostos” (expostos). Instituída em Almeida no ano de 1843, a roda dos expostos (ou dos “enjeitados”) consistia num mecanismo utilizado para abandonar (na linguagem da época, expôr, ou “enjeitar”) recém-nascidos, que ficavam ao cuidado das instituições de caridade. O mecanismo, em forma de tambor ou portinhola giratória, embutido numa parede, era construído de tal forma que quem deixava a criança não era visto por aquele que a recebia. Este modelo existiu por toda a europa, a partir do século XVI.
A partir do tema e a época em que se contextualiza, o evento do Ciclo “12 em Rede” na Aldeia Histórica de Almeida promove visitas guiadas encenadas e comentadas por investigadores da temática, momentos musicais e gastronómicos alusivos à altura. O chef Álvaro Costa será o anfitrião de um momento de prova de produtos endógenos, showcooking e jantar, e no final da noite, a Orquestra Sem Fronteiras, dirigida pelo maestro João Gaspar, apresenta o concerto “Do convento ao Quartel”, com comentários de Maestro Vitorino de Almeida e participação do Coro Etnográfico de Almeida.
No domingo, dia 4 de outubro, na Aldeia Histórica de Piódão, o tema da festa do Ciclo “12 em Rede” será “A Estrada Real”. Piódão volta a emergir no tempo para recordar os contrastes de uma época longínqua, em que a Estrada Real – que passava por Piódão –, era uma das mais importantes rotas comerciais e vias de comunicação entre a Beira Litoral e a Beira Interior.
Como uma autêntica viagem no tempo, o evento levará habitantes e visitantes em vários momentos evocativos da época, como um showcooking “Cozinha do Piódão: os sabores dos produtos de cá”, instalações artísticas, uma sessão de declamação de “Poemas de Torga” pelo ator e encenador Sinde Filipe, concerto de Noiserv, e muito mais.
A inscrição, que é gratuita, pode ser feita para a totalidade dos eventos ou apenas para um momento específico, como um concerto ou uma visita guiada – sendo que o limite de participantes dependerá do espaço e da tipologia de cada atividade.
Para se inscrever para o programa da festa na Aldeia Histórica de Castelo Mendo é necessário contactar o Posto de Turismo de Almeida, através do número de telefone 271 570 020 ou e-mail turismo.almeida@cm-almeida.pt, ou as Aldeias Históricas de Portugal (inovacao@aldeiashistoricasdeportugal.com), o Café Venceslau (marcação presencial), ou a Junta de Freguesia, junto dos números de telefones 912 149 316 ou do e-mail uf.cmamm@gmail.com.
No que se refere à festa na Aldeia Histórica de Almeida, o contacto indicado para efeitos de reserva é o Posto de Turismo de Almeida, através do número de telefone 271 570 020  ou e-mail turismo.almeida@cm-almeida.pt.
Para inscrições na festa da Aldeia Histórica de Piódão, os contactos a utilizar são o Posto de Turismo do Piódão, através do número de telefone 235 732 787; o Museu do Piódão, pelo e-mail museu.piodao@cm-arganil.pt; o Posto de Turismo de Arganil, pelos contactos 235 200 137, 235 200 139 ou turismo.arganil@cm-arganil.pt, ou o Município de Arganil, através do número de telefone  235 200 137 ou e-mail info@visitarganil.pt.
Para melhor conhecer as Aldeias Históricas de Castelo Mendo e Almeida, em pleno clima de festa e animação, a Associação de Desenvolvimento Turístico Aldeias Históricas de Portugal, promotora do Ciclo “12 em Rede | Aldeias em Festa”, em parceria com o associado The Travel Corner, propõem um programa turístico de duas noites com alojamento e pequeno-almoço, entrada nas festas do Ciclo “12 em Rede” das Aldeias Históricas de Castelo Mendo e Almeida, visitas guiadas, passeios de charrete, prova de vinhos numa adega cooperativa, e muito mais. O programa pode ser consultado em: https://aldeiashistoricasdeportugal.com/pacote/experiencias-e-programas-turisticos-almeida-castelo-mendo/ e tem data de limite de reserva até 20 de setembro.
Há também um programa turístico criado por ocasião da festa na Aldeia Histórica de Piódão, promovido em parceria com o associado Try Portugal, que que inclui alojamento em quarto duplo com pequeno-almoço; caminhada “Piódão Terra do Fim do Mundo” e caminhada “Mata da Margaraça”, com almoço volante nas duas caminhadas; entrada garantida nos programas da festa do Ciclo “12 em Rede” na Aldeia Histórica de Piódão, entre outros. Pode ser consultado em: https://aldeiashistoricasdeportugal.com/pacote/a-estrada-real-em-piodao-try-portugal/ e tem data de limite de reserva até dia 18 de setembro.
Os eventos são promovidos pela Associação de Desenvolvimento Turístico Aldeias Históricas de Portugal, numa organização do Município de Almeida, do Município de Arganil, da Junta de Freguesia de Castelo Mendo, da Junta de Freguesia de Piódão, Associações e Agentes económicos locais. Uma iniciativa apoiada pelo Centro 2020, Portugal 2020 e Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, através do Programa de Valorização Económica de Recursos Endógenos (PROVERE).
Programa dos eventos e limite de participantes
Castelo Mendo
18h – Conferência “Donzela que se fez varão” – O poder a liberdade da mulher  – 15 pessoas
Local: Interior da Igreja de Santa Maria
Transmissão via livestreaming
19:30h – Showcooking e Jantar com Chef Álvaro Costa – 60 pessoas
Inclui criação e apresentação do novo Licor de Amora.
Local: Largo do Pelourinho
21:30h – Concerto “Capicua” – 80 pessoas
Local: Largo do Pelourinho
Livestreaming
23h – Visita guiada/percurso performativo partindo da temática “DOM MENDO – Donzela que se fez Varão” – 20 pessoas x 3 grupos
Com o envolvimento de atores guias profissionais CARB e elementos da comunidade.
Local: Início na porta da Vila.
Almeida
10h30 – Visita comentada – 25 pessoas
“Pregão do Senado – Casa da Roda dos Expostos em Almeida, 1843”.pela CARB e Prof. Doutor Augusto Moutinho Borges
Local: Início na Praça Dr. Casimiro Matias (antiga praça de são João)
16h00 – Visita comentada – 25 pessoas
“Pregão do Senado – Casa da Roda dos Expostos em Almeida, 1843”. pela CARB e Prof. Doutor Augusto Moutinho Borges
Local: Início na Praça Dr. Casimiro Matias (antiga praça de são João)
18h00 – Apresentação da brochura “Almeida – A Casa da Roda dos Expostos, 1843” – 30 pessoas
Local: Solar de São João
18h45 – Momento gastronómico por Chef Álvaro Costa – 60 pessoas
(provas de produtos endógenos, showcooking e jantar)
Local: Solar de São João
21h00 – Concerto – 60 pessoas
“Do convento ao Quartel” por Orquestra Sem Fronteiras dirigida pelo Maestro João Gaspar Comentários de Maestro Vitorino de Almeida
E com participação  do Coro Etnográfico de Almeida
Local: Claustros do Convento (em caso de condições adversas Picadeiro D’El Rey)
Livestreaming
Piódão
10h30 – Colherofone, com Kin Thiessen – 25 pessoas
Local: Rua Cónego Manuel Fernandes Nogueira
11h00 – Showcooking “Cozinha do Piódão: Os Sabores dos Produtos de Cá”, com Chef Rui Cerdeira – 15 pessoas
Local: Parreira
Livestreaming
12h30 – Há Sons Cá, com Inês Lúzio – 20 pessoas
Local: Capela São Pedro
Livestreaming
15h30 – Descamisada na Eira: “Milho Rei, Milho Rei” Rancho Folclórico Rosas de Côja – 30 pessoas
16h30 – Instalação Mário Vitória (Inauguração) – 30 pessoas
Local: Igreja Matriz de Piódão
17h30 – Sinde Filipe, “Poemas de Torga” – 30 pessoas
Local: Socalcos do Piódão
Livestreaming
18h30 – Noiserv – 40 pessoas
Local: Socalcos do  Piódão
Live Streaming
Exposição pelas ruas: “As gentes da serra na serra da gente”
A festa só acaba em novembro!
O ciclo “12 em rede | Aldeias em Festa 2020” só termina em novembro! Depois de Castelo Mendo, Almeida e Piódão, a festa segue para Sortelha, a 17 de outubro; Castelo Novo, a 24 de outubro, Idanha-a-Velha, a 31 de outubro; e Monsanto, a 7 de novembro.

Trancoso e Marialva recebem o Ciclo “12 em Rede | Aldeias em Festa”

Nos próximos dias 25 e 26 de setembro, as Aldeias Históricas de Trancoso e Marialva recebem o Ciclo “12 em Rede | Aldeias em Festa”, este ano adaptado ao contexto de pandemia – com participação limitada e transmissão via streaming. Duas festas imperdíveis, que vão trazer mais vida e animação às duas localidades, oferecendo a habitantes e visitantes um fim-de-semana inesquecível.
Cerca de 20 minutos de carro separam as Aldeias Históricas de Trancoso e Marialva. Basta um fim-de-semana para conhecer estes lugares, no interior da região Centro de Portugal. Por isso, nada melhor que aproveitar as festas do Ciclo “12 em Rede | Aldeias em Festa” em Trancoso e Marialva, que este ano se realizam no fim-de-semana de 25 e 26 de setembro, para descobrir estas Aldeias Históricas, em clima de festa e animação.
O Ciclo “12 em Rede” chega à Aldeia Histórica de Trancoso na sexta-feira, dia 25 de setembro. Com o mote “Bandarra. O Sapateiro Contador de Histórias e Futuros”, apresenta um programa baseado na figura do mítico sapateiro, poeta e profeta. Bandarra deixou as suas palavras imortalizadas em trovas, nas quais fala do futuro de um povo que se há-de cumprir, e sobre quem Fernando Pessoa disse que “o coração não foi português, mas Portugal”.
Ligado à identidade do território, Bandarra faz parte da História e do imaginário desta Aldeia Histórica, que o celebra com carinho, lembrando versos das suas trovas como pedaços de memória e das tradições de Trancoso.
O Ciclo “12 em Rede” em Trancoso vai animar aquela Aldeia Histórica com atividades como urban scketch, degustações de pratos regionais, showcooking, uma visita guiada encenada e três performances imperdíveis, que juntam vários nomes do panorama artístico nacional.
No dia seguinte, sábado 26 de setembro e a apenas pouco mais de 20 quilómetros de Trancoso,  o Ciclo “12 em Rede” visita a Aldeia Histórica de Marialva, celebrando “As Mulheres de Marialva”. A festa vai dar destaque ao papel que as mulheres da aldeia tiveram na sua herança patrimonial e cultural, com gastronomia, visitas guiadas encenadas e uma caminhada, terminando com um concerto de um dos grandes mestres da guitarra portuguesa, António Chainho, com uma grande mulher do fado, Kátia Guerreiro.
Devido à pandemia, a participação nos eventos será limitada e sujeita a inscrição prévia – mas as festas poderão ser sentidas e vividas em todo o mundo, via streaming, nas redes sociais.
A inscrição, que é gratuita, pode ser feita para a totalidade dos eventos ou apenas para um momento específico, como um concerto ou uma visita guiada – sendo que o limite de participantes dependerá do espaço e da tipologia de cada atividade. Para se inscrever para o programa da festa na Aldeia Histórica de Trancoso é necessário contactar o Posto de Turismo de Trancoso, através do número 271 811 147 ou do e-mail turismo@cm-trancoso.pt. Para reservar a sua presença na festa da Aldeia Histórica de Marialva deve contactar o Posto de Turismo de Marialva, junto do número 279 859 288 ou do e-mail turismomarialva@cm-meda.pt .
Para melhor conhecer as Aldeias Históricas de Trancoso e Marialva, em pleno clima de festa e animação, a Associação de Desenvolvimento Turístico Aldeias Históricas de Portugal, promotora do Ciclo “12 em Rede | Aldeias em Festa”, em parceria com o associado The Travel Corner, propõem um programa turístico que inclui alojamento em quarto duplo com pequeno-almoço, entradas exclusivas nas festas do Ciclo “12 em Rede”, visita e prova de vinhos em quintas vínicas, degustação de produtos típicos, visitas guiadas, entre outros. O pacote pode ser consultado neste link: https://aldeiashistoricasdeportugal.com/pacote/experiencias-turisticas-12-em-rede-trancoso-marialva/ e pode ser reservado até 10 de setembro.
Os eventos são promovidos pela Associação de Desenvolvimento Turístico Aldeias Históricas de Portugal, numa organização do Município de Trancoso e Município de Mêda, Junta de Freguesia de Marialva, Associações e Agentes económicos locais. Uma iniciativa apoiada pelo Centro 2020, Portugal 2020 e Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, através do Programa de Valorização Económica de Recursos Endógenos (PROVERE).
Entre nestas festas e viva grandes emoções nas Aldeias Históricas de Trancoso e Marialva!
Programa dos eventos e limite de participantes
Trancoso:
10h30 – Início dos trabalhos de URBAN SCKETCH (sem limite de participantes)
12:30 – Entrega dos trabalhos para Impressão em A2 (sem limite de participantes)
15h – Intervenção plástica (sem limite de participantes)
18h30 – Performances #1 #2 e #3 – 25 pessoas x 3grupos
20h30 – Degustação – 75 pessoas
22h30 – Visita Guiada encenada “Bandarras” 25 pessoas x 3 grupos
Marialva:
9h – Caminhada PR2 ahp de Longroiva-Marialva (12km) – 60 pessoas
12:30h – Petisco típico das vindimas (degustação) a ter lugar nas vinhas/adegas (coordenadas GPS a divulgar) – 60 pessoas
13h – Caminhada PR1 AHP de Marialva (circular 3km) – 60 pessoas
16:00h – visita guiada MARIALVA#1 – 30 pessoas
17:15h – visita guiada MARIALVA#2 – 30 pessoas
18:45h- sunset@camionete + Música ao pôr do sol – 60 pessoas
20:00h – showcooking/jantar com chef Álvaro Costa e agentes locais – Casa da Judia – 120 pessoas
21:30h – Concerto “Mestre António Chainho convida Kátia Guerreiro” – Interior do castelo – 120 pessoas (streaming)
A festa só acaba em novembro!
O ciclo “12 em rede | Aldeias em Festa 2020” só termina em novembro! Depois de Trancoso e Marialva, a festa segue para Castelo Mendo, a 2 de outubro; Almeida, a 3 de outubro; Piódão, a 4 de outubro; Sortelha, a 17 de outubro; Castelo Novo, a 24 de outubro, Idanha-a-Velha, a 31 de outubro; e Monsanto, a 7 de novembro.

Almeida recria as Bodas Reais de D. Maria I e D. Pedro de Bragança

“D. Maria, a Princesa, Vai Casar” é o tema do décimo primeiro e penúltimo evento do Ciclo “12 em Rede – Aldeias em Festa”, promovido pela Rede das Aldeias Históricas de Portugal, que chega à vila e Aldeia Histórica de Almeida nos dias 29 e 30 de novembro.

Uma festa que promete grandes emoções, graças a um programa que inclui bailes de época, workshops de construção de fantoches, gastronomia, música, visitas guiadas temáticas, e até subidas de balão de ar quente – para contemplar, em todo o seu esplendor, o magnífico desenho poligonal das fortificações da Aldeia Histórica de Almeida.

A Aldeia Histórica de Almeida recria, assim, as Bodas Reais de D. Maria I e D. Pedro de Bragança, quando a sua função militar e utilitária passou para segundo plano, transformando-se num palco de demonstração do espetacular jogo barroco, dramático, sonoro, efémero e luminoso. Uma festa que conhecemos apenas pelas páginas dos livros de História, e que ganha vida em dois dias de grande festa e animação.

Com um extenso e diversificado programa para todas as idades, com entrada gratuita, a Aldeia Histórica de Almeida convida habitantes e participantes a participar nos vários momentos da festa “D. Maria, a Princesa, Vai Casar”. Uma forma muito divertida de descobrir esta Aldeia Histórica e as suas origens, assim como os seus costumes e tradições.

Em suma, dois dias imperdíveis na Aldeia Histórica de Almeida, para que todos regressem a casa de coração cheio de momentos inesquecíveis!

Todas as atividades são gratuitas, mas algumas são de inscrição limitada e são sujeitas a marcação prévia, através do telefone 271 571 229, ou do telemóvel 939 612 622, ou ainda do e-mail museu.militar@cm-almeida.pt.

Este evento é promovido pela Associação de Desenvolvimento Turístico Aldeias Históricas de Portugal, numa organização do Município de Almeida. Uma iniciativa apoiada pelo Centro 2020, Portugal 2020 e União Europeia através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

A festa só acaba em dezembro!

O ciclo “12 em rede | Aldeias em Festa 2019” só termina em dezembro! Depois de Almeida, a festa segue para Belmonte, de 27 a 30 de dezembro.

Fotos:Aldeias Históricas de Portugal